Quem já precisou fazer uma lista de convidados para casamento sabe a dificuldade que é. Não é só o trabalho de coletar as informações como nome completo, endereço, email e telefone que complica. O mais difícil mesmo é manter a lista no número estipulado. Encaixar os convidados de várias pessoas envolvidas: mães, pais, irmãos e, claro, os noivos; não é tarefa simples.

 

Para tentar te ajudar na missão de diminuir a lista de convidados escrevemos 10 perguntas que podem te ajudar a avaliar melhor cada convidado e adotar critérios coerentes para que as “saias justas” sejam, pelo menos, justas mesmo. Imagina encontrar com uma amiga do trabalho que não foi convidada com outra que foi, no mesmo almoço? Caso o assunto apareça, você terá argumentos claros para justificar (mesmo que só para você) o motivo da diferença

 

Leia a matéria completa e crie coragem de cortar. Perguntas práticas nesta hora que a emoção toma conta podem te ajudar.

 

 

Como já falamos muito por aqui, é pela lista de convidados que vocês devem começar o casamento, porque é com este número que vocês vão poder definir o tamanho do casamento, ou pelo menos a ordem de grandeza. E assim definir o local, decoração, buffet, doces, bolo, número de convites e quase todos os outros itens que variam conforme o número de convidados.

 

Tudo sobre a lista de convidados: do início ao RSVP

 

Infelizmente é impossível convidar todo mundo, sempre vai existir alguém querido que ficará de fora.

Ao fazer a lista de convidados vão surgir mil questionamentos e divergências entre os pais, os noivos e todo mundo. Normal. Essa é uma etapa que não se cumpre de um dia para o outro. Tenha calma e paciência. Mas não deixe para depois, imprima um ritmo para que não vire uma urgência e acentue o estresse natural deste trabalho.

 

Responda às 10 perguntas abaixo, e decida quem cortar!

 

 

1-2

1- Vocês se falaram nos últimos dois anos?

 

As pessoas que não mantém contato regular com vocês, entenderão se não forem convidadas. E as pessoas que foram bastante importante para vocês, ficarão muito felizes em serem convidados, mesmo depois de vários anos sem se verem.

 

 

 

2-22- Você já foi na casa dele, ou ele na sua?

 

Este critério é muito usado e faz todo sentido, apesar de não ser assertivo em 100% dos casos. A resposta à esta pergunta evidencia o grau de intimidade que vocês tem com este convidado. Mas as relações de trabalho as vezes são profundas, mas não se estende à vida privada.

 

 

3-13- Seus pais sentirão falta deste convidado?

 

Essa pergunta vale tanto para dimensionar o quanto este amigo é presente na sua vida, como para determinar o número de convidados exclusivamente dos pais. Mesmo que o casamento seja dos noivos, claro, é muito indelicado não deixar que os pais comemorem junto com seus melhores amigos o casamento de seus filhos.

 


4-1
4- É seu amigo fora das redes sociais?

 

Amigos só de redes sociais não precisa convidar, né? Os casamentos normalmente são bastante postados, todos vão poder curtir e comentar na redes.

 

 

5-1 5- Você se sentirá mal por não convidar?

 

Essa é uma pergunta para derrubar critérios. Caso este convidado nunca tenha ido à sua casa, seus pais não conhecem, vocês não se falam faz um tempo, mas você se sentira mal por não convidar? Convide. Aqui vale a máxima: “melhor se arrepender do que fez, do que lamentar não ter feito”.

 

 

6-1 6- Existe alguma razão especial para convidá-lo?

 

Existem razões para chamar determinadas pessoas que passam por questões diplomáticas, ou mesmo de logística. Por exemplo, alguém mais ou menos próximo estará hospedado na casa da sua irmã na época do casamento. Ou, alguém da família que não seria chamado se prontifica a ajudar na locomoção da sua avó. E muitos outros casos específicos.

 

7-1

7- Você foi convidada para o casamento dele?

 

Esse é um clássico. Quando o convidado já casou e não te convidou, legitima a sua escolha de corta-lo. Mas não deixe de considerar quando esta amizade cresceu após o casamento dele, nestes casos esta pergunta só atrapalha. 

 

 

 

8-18- Será necessário convidar outras pessoas porque ele foi incluído?

 

Na árdua tarefa de cortar convidados, não deixe na lista alguém que abre nichos de relacionamento, como grupos de infância da escola, turmas de cursos, aulas, academias. Quando vocês cortam um nicho de relação por completo, todos costumam entender. Mas se de um grupo de relação, vocês escolherem apenas alguns, será uma atitude bastante indelicada com os outros.

 

 

9-19- Este convidado estará ao seu lado em outras comemorações?

 

O casamento é um rito de passagem, e por mais que os convidados não assinem os documentos, eles fazem parte da cerimônia como testemunhas. O ideal é que os convidados sejam importantes para vocês e possam compartilhar e acompanhar o desenvolvimento desta família que nasce agora. Não convide ninguém que não se importe com a vida de vocês.

 

10-110- Será divertido para o seu casamento?

 

Por fim, se o convidado fizer a festa, convide! Tem gente que nasceu para uma boa balada, é divertido e incendeia a pista. Quase que como uma atração esses amigos são fundamentais em uma boa festa de casamento.

 

 

 

Se essas perguntas não forem um salto na resolução do seu problema, e o número de convidados continuar acima do estipulado, reveja o orçamento. É possível economizar em algum item e priorizar os convidados. 

 

Veja como economizar de acordo com o perfil do casal

 

Gostaram das perguntas? Fariam outras diferentes? Deixe nos comentários!

 

 

Leia também:

Passo a passo para organizar meu casamento

O que não pode faltar no seu casamento no inverno

O tamanho do casamento faz diferença no valor do cerimonial?

2 comentários “10 perguntas para diminuir sua lista de convidados

  1. Ameiii… principalmente a pergunta 8.. tem pessoas que acabam “arrastando” outras e no final vc ta convidando um monte de gente só por educação!!

    Resposta
    • Exatamente! Melhor viver a saia justa de jogar limpo com alguém… do tipo… amigo se eu te convidar terei que chamar mais 8, você entende, né? Melhor que pagar R$ x 8 por educação.;-)

      Resposta

Deixar um comentário