Os erros e acertos mais importantes em um casamento têm a ver com a relação do casal e não com a decoração, vestido ou etiqueta. Separamos para vocês os 7 erros que os noivos não devem cometer. 

 

É um momento maravilhoso, mas com um equilíbrio delicado. Afinal, além da sobrecarga de funções, ainda temos um projeto desenvolvido em conjunto com 2 famílias diferentes, muitas despesas e algumas despedidas.  

 

Separamos neste post os 7 erros mais comuns que noivos e noivas cometem diariamente, e que com um pouquinho mais de consciência poderiam ser evitados. São coisas simples, mas que podem atrapalhar a experiência de vocês com o casamento. 

 

Confira nossa lista dos 7 erros mais comuns e que podem ser evitados pelos noivos:

 

 

1- Não participar

 

A sobrecarga de organizar um casamento para quem tem uma jornada intensa de trabalho pode ser difícil e atrapalhar muito a rotina, o que influencia a relação com o casamento. Muitos noivos e noivas passam por isso. Arrumar desculpa para não comparecer às reuniões com os fornecedores não é o método mais amigável para resolver essa questão. Por mais complicada que seja a rotina alguns ajustes deverão ser feitos para que os dois participem do casamento.

 

Sejam honestos e alinhem expectativas e realidade. Faz parte da vida de um casal construir algo juntos, mas também faz parte um cobrir o que falta para o outro e as vezes um dos dois terá mesmo que ter maior participação nas reuniões, e isso precisa ser bem conversado para não virar um jogo de culpas, cobranças e transferência de responsabilidades

 

2- Implicar com as decisões tomadas

 

Criticar decisões já tomadas em reuniões das quais você não participou: se você não participou é sinal de que você confia nas decisões tomadas pela sua noiva ou noivo. Agora, se você realmente discorda de algo e quer fazer algo a respeito, seja pró ativa/o. Não traga apenas a crítica, mas pense bastante na solução e tome algumas atitudes, procure as informações para mudar a situação. A sua atitude mostrará que você não está passivo/passiva, apenas reclamando. 

 

3- Convidar padrinhos sem um comum acordo

 

No início dos preparativos é comum o casal pensar em várias pessoas importantes que poderiam ser seus padrinhos, sem o compromisso (ainda) de tomar uma decisão, ou fazer um convite. E acontece muito da noiva ou o noivo encontrarem uma dessas pessoas na rua e, diante da empolgação com que a notícia é recebida, a vontade de convidá-lo supera o entendimento de que esta decisão deve ser tomada em conjunto.

O comum acordo pode incluir a liberdade de cada um escolher seus padrinhos sem a necessidade de avisar, se assim o casal resolver. Mas que seja sempre uma decisão do casal a forma como os padrinhos serão escolhidos e convidados

 

 

4- Não se posicionar diante de conflitos familiares 

 

O casamento é um ritual muito interessante. Tem uma função prática importantíssima de gerar uma série de situações onde o casal terá que lidar com divergências de opiniões, terá que alinhar valores financeiros e emocionais de duas famílias diferentes.

Esse exercício de ceder, de acomodar o que é importante para sogras e sogros, mães e pais, revela muito da maturidade e comportamento deste casal. E se as decisões estão gerando muitos conflitos, é um excelente momento para refletir e aprender a ceder e cuidar do que é importante para o seu amor. Não rivalize nunca, seja sempre muito generosa ou generoso com as dificuldades e necessidades de todos os envolvidos, e vocês estarão preparados para a vida de casados.

9 meses nos prepararam para ter um filho, e geralmente 1 ano para casar. Justamente porque precisamos também deste momento peculiar, que é a organização de um casamento, para nos prepararmos para diminuir nossos hábitos individualistas e nos tornarmos mais capazes de formar uma família saudável e feliz. 

 

5- Convidar amigos sem entregar o convite

 

Acreditem, é comum. Essa façanha geralmente é do noivo, mas os papéis estão se equilibrando e os comportamentos não se restringem mais a gêneros.  Fiquem de olho se o seu noivo (ou noiva) está deixando os convites no carro e avisando seus convidados por mensagem ou telefone a data e local do casamento.

É indispensável a entrega do convite, o convidado só se sente realmente convidado com o convite em mãos.

 

Leia a matéria: Tudo sobre a lista de convidados: do início ao RSVP

 

6- Exagerar na bebida antes ou durante o casamento

 

Exagerar na bebida antes da cerimônia é deselegante e desrespeitoso. Depois também. O casamento é um momento importante para os noivos e suas famílias, devemos estar conscientes de que muitas expectativas de familiares são diferentes das nossas. É importante viver intensamente esse dia, sem que extrapole para algo que você se arrependa depois. E não sinta a tristeza de não ter aproveitado ao máximo seu casamento até o fim. 

 

Também não é indicado fazer despedida de solteiro/a no dia anterior ao seu casamento . Existe a possibilidade da ressaca, e a chance de vocês estarem cansados no dia do seu casamento é enorme. Procure comemorar algumas semanas antes.

 

 

7- Ser babá do outro

 

Não incomode o outro no dia do casamento com perguntas sobre sua roupa, transporte ou pagamentos, essas e qualquer outras situações, devem ser planejadas anteriormente. No dia do casamento todos devem estar sabendo quais são suas responsabilidades. Não transfira, nem assuma todas as funções de comando. Lembrando do item nº4, é importante aprender a dividir funções e poder contar com o outro nas mil tarefas que a vida apresenta.

 

 

O ponto central de um casamento é a união de duas pessoas, que assumem um compromisso de seguir uma vida juntos. Mas essa declaração de intenção de viver junto não resolve todos as nossas fraquezas e dificuldades, vamos continuar errando porque somos humanos. Casar não “sara” tudo. Então abrace os erros do seu par com muita paciência, firmeza e principalmente amor

 

Uma dica que funciona para algumas pessoas:

Quando seu noivo/noiva estiver fazendo algo que você não gosta, pense se você gostaria de entregar esse “defeito” para outra mulher ou homem lidar. Ou, se você consegue pensar…  – Nada disso! Esse defeito é do meu amor, e EU vou lidar com isso. É um privilégio ser a pessoa íntima deste defeito.

 

Um amor generoso, paciente e inteligente pode operar milagres. Sem submissão nem opressão, apenas com o máximo de respeito, tanto com o outro para ceder e tolerar, quanto com você para se afastar quando for necessário.

 

Você cometeu algum destes erros? Tem receio que seu noivo ou noiva cometa? Ou seus erros são outros?? Conte para nós nos comentários! 😉

 

Leia também:

Roteiro do dia do casamento

O caimento correto do terno masculino

O que esperar de um vídeo de casamento?

TAGS:

2 comentários “7 erros que os noivos não devem cometer

  1. Oiee !! Adorei a matéria, planejar um casamento não é fácil.. sem dúvidas no meio do processo sempre rola um estresse… no meu caso o nosso erro foi ficar voltando muito em coisas que já tínhamos decidido. Se a gente já conversou e considerou todas possibilidades, não há pq ficar voltando atrás. Pq isso demanda muito tempo, e se tratando de um casamento com data marcada, não podemos dar bobeira.
    Então a dica que eu dou pros casais é: conversem e levem tudo em consideração na hora de decidir qlqr coisa, preço, distância, importância daquilo,façam várias cotações, isso tudo antes de sentar e falar : Vamos colocar isso no nosso casasmento. Pq as vezes vc perde um super tempo procurando uma coisa pra vocês e no final falam “ah isso nem é tão importante assim”, ou “já parou pra pensar que vai da um super trabalho trazer isso pra nossa cidade?” e ai vc perde tempo vendo uma coisa que é inviável e que era inviável desde o início, mas vocês não se fizeram as perguntas certas. E o tempo que ficaram atrás disso poderia ser aproveitado tomando um bom vinho em casa assistindo um filme. Tempo para o casal sem estar o tempo todo falando ou resolvendo coisas do casamento é ótimo! Essa é minha dica! Um bjão

    Resposta
    • Oi Lorena! Perfeito, é isso mesmo! E se os noivos conseguirem entender que essas dinâmicas podem ser evitadas, tudo pode fluir melhor! E como você disse, sobrar mais tempo para os momentos bons! 😉

      Resposta

Deixar um comentário