Escolher cerimonialista, local da cerimônia, da festa, orquestra, DJ, cabeleireira e maquiador, fotógrafo, vídeo, decoração, buffet, bolo, doces, vestido, sapato, convidados. Ufa! Esqueci de alguma coisa? Sim! Da lua de mel!

 

São tantas coisas para resolver durante os meses dos preparativos do casamento que os noivos quase não tem tempo para escolher os destinos e planejar a sua lua de mel. Mas uma coisa todos, sem exceção, querem o mesmo: que ela seja uma viagem incrível

 

Mas diante de tantos lugares maravilhosos pelo mundo e de diversas variáveis que precisam ser levadas em consideração, essa escolha pode virar um (ótimo) problema.

 

Organizando um pouco as expectativas e adequando-as à época do ano em que irão viajar, ao quanto se deseja gastar e à quantidade de dias que se tem disponível, é possível chegar à uma conclusão que irá agradá-los bastante.

 

Cidade ou praia? Agito ou descanso?

 

O primeiro passo é parar para pensar em quais são suas expectativas para a lua de mel e em como mais gostam de aproveitar quando estão viajando.

 

Conversando com muitos noivos e recém-casados, é quase que unânime a vontade de descansar e não pensar em nada. O mais comum é se imaginar em uma praia paradisíaca sentados em uma espreguiçadeira e só levantar para mergulhar no mar. Mas a verdade é que essa vida mansa não funciona para todos e, quando dá certo, dificilmente é por muito tempo.

 

Por isso é muito importante não esquecer de como vocês gostam de curtir uma viagem e, principalmente, tentar adequar as escolhas às expectativas dos dois, muitas vezes elas são diferentes.

 

Afinal, ficar 10 a 15 dias na Polinésia Francesa ou nas Maldivas vivendo de sol, sombra e água fresca pode parecer maravilhoso, mas pode acabar se tornando entediante para aqueles que não gostam muito de ficar parados. Ao mesmo tempo, viajar para grandes cidades românticas como Paris e Roma pode ser delicioso para quem curte passear e “turistar”, mas por serem cidades que transbordam passeios turísticos, pode acabar sendo mais cansativo.

 

A verdade é que esses interesses variam de casal para casal e até de pessoa para pessoa, encontrar o meio termo pode ser a receita do sucesso para não só descansar mas também para passear e curtir bastante.

 

 

Os destinos dos sonhos

 

 

Depois que chegarem a conclusão do que esperam desses dias de lua de mel, vale a pena elencarem todos os lugares que sonham em visitar e que irão atender à essas expectativas. Para aqueles que só querem relaxar, nada melhor do que um bom hotel nas ilhas da Polinésia Francesa, em uma ilha do Caribe ou nas Maldivas.

 

Caso queiram mesclar a viagem, com cidades mais agitadas e regiões mais tranquilas, lembre de juntar destinos diferentes, como por exemplo Santiago e Atacama, Miami e uma ilha caribenha, Paris e Provence, Roma e Toscana, Sardenha e Costa Amalfitana, África do Sul e Ilhas Maurício, África do Sul e Seychelles ou Nova Zelândia e Fiji.

 

Há também aqueles destinos que combinam sozinhos o descanso com atividades e passeios, como é o caso de Fernando Noronha, do Havaí, de Bali e das Ilhas Gregas.

 

 

Por quanto tempo irão viajar?

 

Pode parecer bobagem, mas a quantidade de dias da lua de mel pode influenciar e muito na escolha dos destinos. Já imaginaram pegar alguns vôos que durarão praticamente um dia inteiro para chegar na Austrália ou no Sudeste Asiático, mas só ter em torno de 7 a 10 dias para aproveitar?

 

Vocês viajarão para locais do outro lado do mundo, repletos de lugares lindos e ricos para conhecer, mas não conseguirão visitar nem a metade deles. Sinceramente, melhor deixar esses destinos para outra oportunidade e escolher opções mais perto, não é? Até porque se optarem por lugares que necessitam de mais tempo, além de se tornar uma viagem cansativa pelos vôos, vão ter que “rebolar” para conseguir decidir o que visitar em tão pouco tempo

 

 

A melhor época para cada destino

Captura-de-Tela-2016-02-16-às-15.35.12

 

Estações do ano e condições climáticas são variáveis essenciais que devem ser levadas em consideração. Já imaginou chegar no Caribe e correr o risco de pegar um furacão? Ou ir para a Costa Amalfitana encontrar a maioria dos restaurantes fechados ou não conseguir nem dar um mergulho no mar, de tão fria que estará a água mesmo sendo o início da primavera? Pensa na decepção de chegar nas belíssimas praias tailandesas e ter que ficar dentro do hotel porque não para de chover. Esses são apenas alguns exemplos de como pesquisar antes as melhores épocas para visitar os lugares desejados, é mandatário para ter uma lua de mel incrível e indescritível.

 

 

A lua de mel que cabe no seu bolso

 

É super comum destinar uma quantia de dinheiro maior para a lua de mel. Afinal até esse momento será a viagem mais importante e especial da vida do casal. Mas não colocar os pés pelas mãos e ser consciente na hora de escolher os destinos é muito importante para conseguir curtir toda a viagem sem preocupação.

Passagens e hospedagens costumam ser os principais gastos, mas o dia a dia em cada destino também tem um custo e deve ser considerado, ainda mais com o câmbio atual. Por isso não se esqueçam de levar em consideração que em destinos paradisíacos e de difícil acesso, como é o caso das Maldivas e do Tahiti, os consumos de comida, bebida e atividades serão no hotel, pois não há outra opção. Por esse motivo, eles costumam cobrar fortunas que, com certeza, irão impactar no seu orçamento. Esse é apenas um exemplo, mas isso pode acontecer em viagens para destinos mais baratos, vai variar de acordo com o valor total que possuem disponível.

Algumas alternativas legais são reduzir a quantidade de dias da viagem para se hospedar em bons hotéis ou manter a quantidade de dias, mas escolher uma cidade (sugiro sempre a primeira) para ficar em um hotel legal e nos demais destinos optar por opções mais simples. Destinar dias específicos para comer em restaurantes legais e nas demais refeições ir à locais com preço mais em conta também irá ajudar bastante.

Como podem ver, não são só os preparativos do casamento que dão trabalho. O planejamento de toda a lua de mel também demanda muito tempo. Se deixado de lado e decidido em cima da hora, pode acabar fazendo com que gastem mais do que o necessário, com que não consigam reservar um hotel super legal ou que tenham que resolver tudo isso junto com todos os detalhes do casório.

 

s3x-9412-712-713x475

 

Dica

Nossa dica é que comecem a planejar a lua de mel com bastante antecedência, seja cuidando de todos os detalhes sozinhos ou contratando a ajuda de agências e consultorias especializadas. Sem dúvidas a antecedência e o cuidado no planejamento serão essenciais para garantir que essa seja a melhor viagem de suas vidas.

atelie-de-destinos-750x297

Deixar um comentário