Carol foi bem atenta, observava os fornecedores quando ia a casamentos de amigos, portanto quando chegou a vez do seu já tinha a sua lista de fornecedores selecionados. Uma das coisas que ela ainda não sabia era com quem faria seu vestido, mas bastou uma ida ao ateliê da Carol Hungria para ter certeza que ela seria a responsável – e preciso dizer – o seu vestido de noiva, com manga longa removível, na renda Chantilly, ficou lindíssimo!! Veja todos os detalhes do seu casamento aqui:

 

Noivos: Ana Carolina Hauer Viveiro e Paulo Esteves Viveiro

Data: 04.11.2017

Local: Casa das Canoas, Rio de Janeiro

 

◊ ANTES DO CASAMENTO

 

História do casal: Fui morar em SP em 2014 e exatos 40 dias depois que cheguei conheci o Paulo, no Mercearia São Roque. Uma das minhas amigas, também do mercado de seguros, nos apresentou de uma maneira despretenciosa. Conversamos a noite inteira, mas ele diz “apenas meia hora”. Nenhum deu bola para o outro. E cada um seguiu a vida…

Exatos 365 dias depois nos reencontramos, no mesmo bar e com a mesma amiga. Quando cheguei, avistei “aquele amigo da Duda…”. Entrei e fiquei com as minhas amigas. A noite passou e, quase no fim, nos reencontramos novamente. Quando saí ele estava lá, na calçada… começamos a conversar. Papo vai, papo vem, o pessoal começou a ir embora e ele foi ficando (não entendi muito bem, mas ok). Resolvi chamar um táxi e ele se ofereceu para me deixar em casa. Insistiu e eu aceitei. Nada aconteceu e cada um seguiu a vida…

Na semana seguinte nos reencontramos, novamente, no mesmo bar. Eu e minhas amigas íamos para uma festa. Ele convenceu todas elas a ficarem lá, acabamos indo para um show e foi quando aconteceu o primeiro beijo. A partir de então não nos separamos mais. Em menos de um mês começamos a namorar.

Um ano e meio se passou e fomos morar juntos.

Um mês e 5 dias morando juntos, veio o pedido mais especial da vida.

 

O pedido de casamento: O pedido veio no dia 11/10/2016, depois do casamento do Guga, que foi nosso DJ. Tinhamos ido para o Rio e o Paulo me deu a desculpa que tinha que pegar um documento que estava na casa de um amigo ao lado da casa da minha mãe e me apareceu com um embrulho enorme e que não tinha cara de documento. Logo suspeitei que fosse a minha aliança… Chegando em SP procurei por tudo, mas nao achei nada e no dia seguinte esqueci de procurar enquanto ele não chegava do trabalho. Na 3ª feira, véspera de feriado, eu queria sair e ele disse que não queria porque tinha jogo do Brasil a noite (!!!). Acabou que eu cheguei do trabalho super tarde e ele já tinha aberto um vinho super especial. Não entendi nada e falei que ia tomar banho. Ele não deixou e me deu uma taça de vinho, mas eu não sou do vinho tinto, só em ocasiões muito especiais. Ai ele começou com uma ladainha que não tinha certeza se eu ia casar com ele, que eu nunca tinha dito SIM, que ele estava inseguro e etc. Depois ficou falando várias coisas lindas e ai o jantar chegou (tinhamos pedido algo pelo Ifood). Jantamos, ele abriu outro mega vinho e continuou com o papo. Ai falei que ia tomar banho e quando levantei do sofá da varanda ele ajoelhou e fez o pedido de casamento. Começamos a chorar e quase cai dura quando vi o anel! Depois descobri que a ladainha era um teatro e ele já tinha contado para um amigo tudo que ia fazer!

 

◊ O CASAMENTO

 

Os preparativos: Como meu irmão mora na França e estaria no Brasil para um outro casamento dia 28/10, resolvemos fazer no dia 04/11 para otimizar a vinda dele e da mulher. Assim que veio o pedido já marcamos a data. Obviamente a agenda do Guga contou muito para que essa data desse certo. Todos os outros fornecedores já tinham a data livre. Os preparativos foram super tranquilos – eu já sabia todos os fornecedores que eu queria e como eu queria a decoração. Foi só ajustar as datas com todo mundo. Minha mãe me ajudou muito na organização, até porque morando em outro Estado, às vezes ficava difícil de ver algo. Mas contratei a Paula Rocha que é um espetáculo! Ela foi essencial nos momentos críticos e para me dar segurança e calma, principalmente na semana que antecedeu o grande dia. Escolhi os profissionais por já ter ido a muitos casamentos e ter observado o que eu gostava. Fechei todos por telefone e no inicio do ano passei 1 semana no Rio conhecendo e fazendo reuniões com quase todos eles.

 

O vestido de noiva: Uma amiga me indicou a Carol Hungria. Eu nunca quis comprar pronto. Na primeira reunião com ela, para nos conhecermos, eu sai com o croqui pronto. Fiquei apaixonada por ela e pelos vestidos dela. Escolhi um todo em renda Chantilly, e quis casar de manga comprida para tirá-las para a festa. Foi a melhor coisa!! Ao invés de véu preferi uma mantilha com renda, que dava um charme especial no altar. A cauda do vestido era discreta e prendi para a festa, mas durante a noite ela foi caindo de tanto dançar!!

A dica é: o vestido tem que ser a cara da noiva, tem que ter a ver com a personalidade! Eu jamais poderia usar um vestido sereia – não tem nada a ver comigo!

 

Acessórios: A grinalda foi da Casa Vasconcellos. Eu não queria nada na cabeça, mas quando cheguei lá e comecei a experimentar as peças fui me apaixonando e acabei escolhendo duas peças lindas! Inicialmente era uma só, mas como eu tenho muito cabelo e está enorme, ela sumiu. Então foram duas, com florzinhas em madre-pérola.

 

Os brincos eram de brilhantes da minha bisavó e eu pedi para o joalheiro (mesmo que fez a aliança de noivado e as alianças de casamento) para colocar uma pérola em cada um. Ficaram lindos! O sapato eu escolhi quando fiz uma prova na Carol Hungria e me deram um da Kila para ver o tamanho do salto. Amei de tão confortável e acabei fazendo sob medida com eles.

 

Roupa do noivo: O noivo me pediu ajuda para a escolha da roupa dele. A camisa social mandou fazer sob medida e o terno comprou na Brooksfield, da marca italiana Mazzotto. Escolhemos um terno preto que combinou melhor com a gravata prata, do Giorgio Armani.

 

Making of: Ficamos hospedados no Hotel Sheraton desde a 3ª feira, dia 31/10. Muitos dos nossos convidados tambem estavam lá. A última vez que nos vimos foi na piscina quando eu me despedi para ir para Casa das Canoas. Eu me arrumei na própria casa, junto com a minha mãe e uma madrinha, e ele no hotel.

 

Eu estava super calma e tranquila. Até tirei um cochilo enquanto a Dani Kobert preparava minha madrinha. Ele disse que estava tranquilo também, mas tenho dúvidas hehehe.

Nos falamos quando ele recebeu o presente de casamento! Comprei um relógio Cartier para ele com um cartão e pedi ao meu irmão para entregá-lo.

 

Cerimônia: Eu sempre adorei a Casa das Canoas e achava que era um lugar lindo para fazer a cerimônia, já que não queríamos igreja e tinha a comodidade para os convidados. Queria uma cerimônia emocionante, e na igreja as vezes não é possível, pois se for muito grande quem está no fundo não consegue ouvir direito e as pessoas dispersam. A Paula Rocha indicou o Pastor Luiz Longuini, e na 1ª reunião com ele tive certeza da escolha. Voltei pra SP, conversei com Paulo e fechamos. Fizemos uma última reunião com ele dia 02/11 e não precisou de mais para ele captar a nossa história e fazer uma cerimônia leve e emocionante. Eu convidei uma madrinha e um padrinho para falarem para gente, de surpresa para o Paulo, e ai quando o Pastor Longuini chamou os dois no altar o Paulo me perguntou se eles sabiam disso, falei que sim, ai ele perguntou quem tinha falado com eles e eu falei “eu”, já rindo. Ai ele perguntou porque não contei antes e eu só respondi “porque era surpresa”. E ele não desconfiou de nada! Foi maravilhoso.

 

Música da cerimônia: Como eu também sabia quem queria para cerimônia, contratei a Ornamentus. O Paulo queria entrar com a música Gonna Fly Now, do filme Rocky Balboa, e o Fernando conseguiu fazer exatamente o que tínhamos em mente! Ficou ótima! Todas as outras músicas eram clássicas.

 

Padrinhos e madrinhas: Chamamos 8 casais de cada lado, total de 32 padrinhos! Os padrinhos usaram terno escuro com gravata prata que demos de presente. E as madrinhas eram livres, mas tinha que ser longo.

 

Damas e pajens: Foram 4 damas e 4 pajens. 7 eram sobrinhos do Paulo e 1 filha de uma amiga que foi madrinha. As roupas deles compramos na Maria Cereja e na Brooksfield Kids. E delas comprei o tecido das saias em Paris e o resto mandei fazer na Maria Cereja, mas nao tive boa experiência com eles. As flores do cabelo das damas também eram da MC.

 

Local da festa: Eu ja conhecia o lugar, ja tinha ido a vários casamentos lá, mas superou todas as expectativas. A decoração ficou mais do que eu esperava, que foi feito em conjunto entre as Canoas e a Carla Vidal. Ficou deslumbrante!!

 

Decoração: A decoração foi chique, mais para o clássico. Eu já sabia as cores que queria: azul marinho, branco e as flores fúcsia. Dei esse briefing para a Carla Vidal e para a Canoas, e fomos construindo juntas. Hoje não faria nada diferente, faria exatamente igual!

 

Bolo e doces: Eu nunca entendi porque tinha que ter bolo em casamento, então já que precisava fiz com a Comfeito, pois sou amiga da Amanda e adoro o bolo dela. Decidir foi super fácil. Escolhi um bolo clean, todo branco com bolinhas e decoração com orquídeas. Não quis colocar noivinhos em cima. Os doces escolhi a Ana Foster para os chocolates e a Denise Rego Macedo para os doces. Fiz a degustação para o Paulo conhecer, pois eu ja sabia quais chocolates e doces queria.

 

Buffet: O buffet era da Canoas. Tentei ser democrática na escolha dos pratos para tentar agradar a todos. Foi buffet sentado e tivemos um coquetel volante antes do jantar. Jantamos depois da cerimônia e só. Quando entramos na festa não saímos mais da pista… O bar foi com o time da Top Bartender, que montou um bar de Gin, Vodka, Sakê e Cachaça, com frutas e especiarias. Além disso tinha espumante e whisky, fornecidos pela Porto Di Vino.

 

Música da festa: Como eu já conhecia o trabalho do Guga Weigert, deixei ele livre para tocar conforme fosse sentindo a pista. Escolhemos apenas as músicas de entrada e a da 1ª dança. Fizemos uma reunião com ele para brifar do que não poderia ter e foi isso! A data do casamento foi em função da agenda dele, se não pudesse mudaríamos o dia!

 

Registros: Foto e filmagem tambem foi super fácil de decidir. Já sabia que eu queria a Set Digital, e um dos meus padrinhos, irmão do João da Set, me indicou a Marina Fava. Me apaixonei na 1ª conversa com ela. Eu nem senti o João no making of… foi muito discreto! E a Marina virou amiga, então foi super facil!. Amei a equipe inteira. A # do casamento era #carolepv.

 

Convidados: A lista foi o item mais problemático do casamento. Inicialmente fizemos uma lista com 950 pessoas e fomos cortando. Chegamos a 600 e depois, ao longo dos meses, fomos aumentando novamente… Queriamos 350 pessoas presentes. Fizemos RSVP ativo com o time da Paula Rocha e tivemos 374 convidados, o que foi ótimo! Convidamos todos que gostariamos. Muitos amigos que moram fora do país vieram para o casamento, o que foi um super prestigio. E os de SP que ficaram hospedados com a gente e em outros hoteis tb!

 

Ferramentas para organização: Usei apenas um site para fazer a página do casamento, com informações de cabelo e maquiagem, local, listas de presentes e etc.

 

◊ APÓS O CASAMENTO

 

Lua-de-mel: Vamos viajar só em dezembro para África do Sul e Ilhas Mauritius.

 

Dicas importantes sobre a organização pós casamento + lua-de mel + novo apartamento: Para quem puder morar junto antes, super indico. É bom para o casal se alinhar, se conhecer no dia a dia e ir arrumando o apto com calma. A lua de mel deleguei pro noivo organizar e eu cuidei do casamento todo.

 

Presentes: Vamos agradecer todos os presentes. Mandamos fazer cartão de agradecimento para mandar para as pessoas.

 

Ficha técnica:

✓ Cerimonial e Assessoria – Paula Rocha Eventos

✓ Celebrante – Luiz Longuini

✓ Local da Cerimônia e Festa – Casa das Canoas

✓ Vestido de Noiva e Véu – Carol Hungria

✓ Grinalda – Casa Vasconcellos

✓ Cabelo e Maquiagem – Dani Kobert

✓ Acessórios – de família

✓ Sapatos – Kila Calçados

✓ Buquê e Lapela dos padrinhos – Edla Barros

✓ Roupa das Damas e Pajens – Maria Cereja e Brooksfield Kids

✓ Alianças – Leonardo Gandelman

✓ Música de Cerimônia – Ornamentus

✓ Música da Festa – Guga Weigert e Breno Morais (Sax)

✓ Foto – Marina Fava Fotografia

✓ Filme – Set Digital

✓ Buffet – Casa das Canoas

✓  Bar – Top Bartender

✓ Bebidas – Porto di Vino

✓ Decoração – Carla Vidal Decoração

✓ Mobiliário – Festah

✓ Plantas – Horto Art

✓ Toldo – Casa das Canoas

✓ Bolo – Comfeito

✓ Doces – Denise do Rego Macedo

✓ Bem-casados – Elvira Bona

✓ Chocolate – Ana Foster

✓ Convite e identidade visual – Petit Souvenir

✓ Carro – Guiando Sonhos

✓ Roupa do noivo – Brooksfield

✓ Gerador, Ar Condicionado, Manobra e Segurança – Casa das Canoas

✓ Hotel da noite de núpcias – Hotel Sheraton Resort

✓ Lua de mel – África do Sul e Ilhas Mauritius

✓ Lista de presentes – Presentes Mickey, Fast Shop e Cotas de Lua de Mel

✓ Rasteirinhas e Robes (noiva e madrinha) – Wedding Shoes

✓ Presentes madrinhas – Velas Voluspa

✓ Picolés na pista – Sorvete Itália

 




Leia mais:

Filmes de casamento: Set Digital em Trancoso

Casamento Daniele e Rodrigo

Drinks que fizeram sucesso em 2016

Deixar um comentário