O casamento ao ar livre de Babi e Marcos foi na serra do Rio de Janeiro, nos jardins da casa de campo do noivo. Eles contaram com o bom gosto e profissionalismo da Marcela Lenz César  para criar uma atmosfera boho na casa, bem campestre para combinar com o ambiente. Tons de rosa foram lindamente colados em lugares estratégicos da decor: nas almofadas, arranjos de mesa e vela. A delicadeza da decoração transformou completamente o ambiente de uma residência na serra.

O casal teve como um dos padrinhos o Alexandre Birman, que fez uma linha de noiva especialmente para a Bárbara e para as madrinhas. Elas ganharam sandálias personalizadas, todas escritas “Babi Beluco” embaixo. Para completar, no meio da festa, para ter maior conforto, a noiva trocou o sapato por uma botinha branca de couro.  

Além de muito lindo e encantador, vocês precisam conhecer cada detalhe deste casamento, registrado pelas lindas fotos do Rodrigo Sack. A inovação no look dos padrinhos ficou super estilosa e atual. Confira todo o relato da noiva Babi

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelas noivas ou noivos. Nossa proposta é uma troca real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outras noivas que ainda estão no processo, com foco e inspiração!

 

Noivos: Bárbara Beluco e Marcos Vinicios Motta 

Local: Araras, Petrópolis – RJ 

Data: 08/09/2018

 

◊ ANTES DO CASAMENTO

 

 

História do casal:

Foi muito engraçado pois uma amiga em comum (eu na verdade não sabia que ela era amiga dele) me indicou um “Snapchat” para seguir, o “cara” dava dicas e mostrava toda suplementação que usava para malhar e na vida mesmo não trabalhando com isso.

Ele nunca aparecia nos vídeos então ele realmente pra mim era o “cara dos suplementos”. Um dia eis que o “cara dos suplementos” curtiu a minha foto. Como ele não aparecia nas imagens dele eu achei estranho e perguntei para minha amiga (Shantal Abreu, nossa cupida) qual era a do “cara”.

Dai ela falou… Pois é, ele é meu amigo e pediu seu telefone. Na hora eu levei um susto mas aí falamos por um mês no Whats antes de nos conhecermos. Rolaram 3 encontros até rolar o primeiro beijo. Apesar da aproximação ter sido super tempos modernos (rede social) todo resto foi a moda antiga, até o primeiro beijo ser na porta da minha casa no carro. Rs

 

O pedido de casamento:

Nós já namorávamos ha 1 ano e o Mavi (como todos chamamos o Marcos pois é Marcos Vinicios) e era um dia antes do Natal em Caxias do Sul na serra gaúcha. Ele ficaria um dia apenas pois passaria o Natal com a família dele no Rio de Janeiro, estávamos todos reunidos depois do almoço vendo a chuva com toda a “parentada” quando o Mavi começou um discurso de agradecimento, o que é normal, ele é ótimo em discursos, eu achei que fosse um agradecimento normal eis que ele fala: 

– Eu gostaria de oficializar nossa união, dr. Beluco (meu pai). O senhor me concede a mão da sua filha

A família foi ao delírio e eu não sabia o que fazer era um misto de felicidade com surpresa. Se não fosse minha prima/madrinha Caroline Marchioro eu não teria nenhuma foto do momento. Foi surpresa mesmo. Eu nunca tinha esperado, nem sonhado com isso. Acho que por isso foi tão maravilhoso.

 

 

◊ O CASAMENTO

 

 

Os preparativos:

Marcamos a data 2 meses depois, como tínhamos resolvido que seria em araras (Serra do Rio) queríamos que não estivesse mais tão frio e menos possibilidade de chuva.  Os preparativos foram bem tranquilos pois tivemos uma ajuda essencial da cerimonialista Carla Baroncini, que foi indicação da nossa decoradora que era amiga de infância do Marcos, a Marcela Lenz César.

 

O vestido de noiva:

Eu fiz, com uma marca que sempre gostei que faz vestidos lindos e eu costumo usar em festas. Elas lançaram ano passado um segmento bride, então com ajuda da Malu, a designer e dona da marca, decidi detalhe por detalhe… Comecei mandando 50 referências do que eu gostava, rs no começo eu não tinha ideia do que eu queria, só do que eu não queria…Ela desenvolveu uns croquis e aí chegamos no modelo final. Com a leveza que eu queria. Aproveitei e fechamos todas as madrinhas com elas também. Ficou divino tudo!

Eu não tinha pensado em véu, preferi não fazer mas 5 dias antes surtei e liguei pra Malu… “Maluuu pelo amor de Deus eu resolvi que quero um véu.” Como o vestido era fluido, optamos por um véu curto para não atrapalhar o movimento da saia. Logo que a cerimônia acabou as madrinhas me ajudaram a prender a cauda. A minha maior dica é, escolha alguém que confie e a deixe livre para escolher mesmo que seja diferente… você tem que ter essa liberdade e decida oque NÃO QUER… será mais fácil.

 

Acessórios:

Todas as joias foram do Julio Okubo e a grinalda também, eu não gosto de pérolas então eu quis algo suave mas poderoso… Uma correntinha fina que ganhei de uma madrinha da marca the Zion foi o detalhe que eu já tinha mas usei pois não tiro nunca.

Como o Alexandre Birman é um dos nossos maravilhosos padrinhos, ele fez uma linha bride especialmente para mim e para as minhas madrinhas, todas  escrito Babi Beluco embaixo, foi um máximo. No meio da festa para dançar e pular eu troquei para uma botinha (a minha cara adoro uma pitada de rock) branca de couro estilo boxeador, do Alexandre Birman também. 

 

Roupa do noivo:

Ele me fez uma surpresa! Não me falou a cor que ele usaria e ainda por cima teve troca de paletó. Ele começou todo de marfim com um lenço vinho e depois trocou para o paletó vinho. Ele se veste muito bem e como tudo foi desenhado por Alexandre Won (sempre faz os ternos dele e é impecável ) eu estava tranquila

 

Making of

Um dia antes acabamos subindo a serra juntos e ficando juntos na mesma pousada, rs dizem que da má sorte mas com a gente não tem isso. Encontramos amigos a noite e relaxamos, na manhã do casamento ainda fui correr. Uma semana antes do casamento estávamos tensos… medo de chover e das coisas não darem certo aí ficamos uns 4 dias ele no Rio e eu aqui para sossegar os ânimos.

 

 
Cerimônia:

A cerimonia foi na casa mesmo, na parte debaixo, onde colocamos cadeiras e a nave de flores para passarmos. Queríamos uma cerimônia diferente então com indicação da Carla Baroncini (cerimonial) chegamos até a Carla Vergara, uma poetisa que conversou com a gente para criar a cerimônia. O auge da cerimônia foi quando o Marcos pegou a palavra e contou para os convidados que a mãe e o pai dele (falecidos) estavam la em espírito e que ele agradecia muito a todos por estarem junto com a gente. Também quando todos juntos “eu vos declaro marido e mulher“. 

 

Música da cerimônia:

Foi uma orquestra com instrumentos clássicos e também um violão brasileiro, o noivo entrou com “pétala” do Djavan e eu com “você é linda” do Caetano Veloso mais tocada por um embalo de violão, saímos com “pela luz dos olhos teus”. 

 

Padrinhos e madrinhas:

Tivemos 11 casais de padrinhos e 1 casal de amigas pois faltou homem rsrs. Pedimos que os padrinhos usassem tons de azul e o noivo deu de lembrança um lenço para eles usarem, as madrinhas foram feitas pela Printing, em tons de rosa que eu escolhi (rosa granada e rosa pó) com as sandálias que o Alexandre Birman fez especial e ainda com as clouchs feitas pela Isla (@isla_oficial).

 

Damas e pajens:

Eram 3 damas que são sobrinhas do Marcos, como elas moram em Miami, alinhamos a cor idêntica à das madrinhas para ficar homogêneo… como elas são mais crescidinhas pareciam madrinhas em miniatura. Ficou lindo. Nosso casamento não era para crianças então ficou perfeito.

 

Local da festa:

Foi na casa de campo do Marcos, depois que toda estrutura ficou pronta nos nos surpreendemos, a Seriflex deixou como se fosse quase um castelo. Ficou ainda mais incrível do que esperávamos. 

 

Decoração:

Nós queríamos algo meio boho, campo, delicado e de bom gosto… nossa decoradora Marcela Lenz César deixou tudo incrível. Acho que não mudaríamos nada… Pelo contrário, se pudesse deixar tudo daquele jeito pra sempre iríamos amar. Montaram uma extensão da casa, com pufes, armários, tapetes… 

 

Bolos e doces:

Escolhi os doces primeiro. Fiz 2 degustações mas me apaixonei pelos doces da Nininha Sigrist, fiz uma seleção com as minhas amigas (Renata Kuerten, pri lacerda e Ana Paula Scopel) escolhi brigadeiros, doces com morangos, de ovos, coco e uma mesa especial só com doces sem açúcar por Isabela Bulk, todas foram sucesso

 

 

O bolo, como eu amei os doces da Nininha, resolvi fechar com ela também, me encantei pelo mais “light” era de massa de castanhas, baba de moça e creme de nozes

Ele era doce na medida para ninguém ficar enjoado, naked por que não queria o bolo branco tradicional… com flores, ficou bucólico, lindo e ornou perfeitamente com a festa. Sobrou o suficiente para fazer a família feliz e eu e os amigos que dormiram lá atacarmos no dia seguinte

 

Buffet:

Primeiro que não era buffet, é uma modalidade diferente que o grupo Irajá RJ está fazendo, se chama cozinha show, o chefe vai trocando o cardápio e os pratos são feitos na hora pelos chefes e ambulantes. Eu adorei, escolhia os pratos e se sentava, ou esperava um stake tartare, por exemplo, passar por ela e ficava de pé. 

O Pedro Artagão bolou especialmente para gente um cardapio healthy life style mas também tinha friturinhas para todos os gostos.  Não consegui comer durante a festa e se fosse para voltar atrás eu teria comido mais antes de entrar na festa. Bufê e bar separados, no bar teve até um drink novo chamado bossa nova, super carioca e foi com ele que eu passei a noite: vodka água de coco e uva verde.

 

Música da festa:

Tivemos 2 DJ e uma banda com o Rodrigo santos que fez toda a galera vibrar e cantar junto. Rsrs me marcou muito Anitta que foi quando joguei o bouquet. 

 

Registros:

Contratamos Hawa Films e Rodrigo Sack. Para mim foi normal, já que sou modelo e vivo em flash. Mas muitos convidados falavam, meu deus tem paparazzi aqui… rs a equipe era grande mas eles se disfarçavam de convidados para não estragarem momentos de relax.  #casamentobabiemavi  

 

Convidados:

A festa era para ser para 120 pessoas, não conseguimos e chamamos 180 mas no fim foram 165.  Rsvp ativo mas como era um local de difícil acesso eu teria mandado os convites e rvps antes… e teria feito também lembretes a mais do save the date

Acho que não faltou nada, no começo da festa eu fiz um giro e cumprimentei todos, como não era tão grande assim foi ótimo, pois consegui ver todos e depois me jogar na pista. Todos os convidados foram escolhidos a dedo então eu contava com a presença de todos já.

 

Ferramentas:

Sim eu usei o Icasei, gostei bastante pois tinha informações de pousada para os convidados, como chegar, lista  de presente que era diferente (cotas de um quadro da galeria Leme) foi show, super indico.

 

◊ APÓS O CASAMENTO

 

 

Lua-de-mel:

Pulamos a lua de mel, nós viajamos demais o tempo todo, ainda mais pelo casamento ter sido na Serra tudo que queríamos era ficar tranquilos em casa, a organização do casamento já é tanta loucura que nem pensamos duas vezes quando começamos a pensar sobre a lua de mel… resolvemos tirar um mês off ano que vem em algum lugar do mundo mas relaxarmos uma semana em casa pós casamento, e está sendo a melhor coisa da vida

 

Dicas importantes sobre a organização pós casamento + lua-de mel + novo apartamento:

Por isso a escolha da cerimonial é super importante, estava tudo organizado, malas, sobras de doces e tudo mais. Somos um casal moderno assim como existem muitos hoje em dia já moramos juntos ha um ano antes de casar, demos um refresh na casa com vários presentes de amigos e ficou tudo pronto para uma nova etapa da vida

 

Presentes:

Como já moramos juntos pensamos em algo que não tínhamos, em uma conversa com minha amiga Patrícia Barros que trabalha na galeria Leme, ela lançou a ideia… Por que vcs não fazem cotas de uma obra que vocês gostam… pensei bingo!! Vamos fazer isso! Foi ótimo já que já temos a casa completa … vamos sim agradecer cada presente. Eu acho que é uma educação e um carinho.

 

Ficha técnica:

♦ Cerimonial e Assessoria:  Carla Baroncini 

♦ Local da Cerimônia: araras, Petrópolis – RJ 

♦ Celebrante:  Carla Vergara (poetisa)

♦ Música de Cerimônia: durante a cerimônia apenas notas regidas pela equipe do Ornamentus

♦ Decoração da cerimônia: Marcela Lenz César 

♦ Local da Festa: no mesmo local 

♦ Buffet: A cozinha show do chefe Pedro Artagão do grupo Irajá

♦ Decoração: A FlorisbelaMarcela Lenz César

♦ Florista: A Florisbela

♦ Mobiliário: Chiavari e acervo pessoal 

♦ Toldo: Seriflex 

♦ Bar: Help Bar 

♦ Música da Festa (DJ, Banda, Sax, Bateria): Dj papagaio, Dj janot e banda do Rodrigo santos 

♦ Fotografia: Rodrigo Sack

♦ Filme: Hawa Films

♦ Bolo: Nininha Sigrist 

♦ Doces: Nininha Sigrist e Isabela bulk 

♦ Bem-casados: da Elvira bona bem casados e tínhamos pão de mel também fafa sumar 

♦ Chocolate: fafa sumar 

♦ Lembrancinhas: Carla Baroncini 

♦ Convite: Atelie allure 

♦ Identidade visual:  Marcela lenz Cesar 

♦ Manobra e Segurança: itatrade

♦ Vestido de Noiva: Printing 

♦ Véu: Printing

♦ Grinalda: Júlio Okubo 

♦ Cabelo e Maquiagem: Guto Mendes 

♦ Acessórios: Júlio Okubo 

♦ Sapatos: Alexandre Birman 

♦ Buquê: A Florisbela 

♦ Roupa do noivo: Alexandre Won

♦ Lapelas dos padrinhos: lenço Alexandre won

♦ Roupa das Damas e Pajens: Printing

 

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

Leia mais:

Deixar um comentário