A família dos noivos são amigas há anos, e apesar de se conhecerem desde a infância demorou para acontecer aquele “click”… mas depois o tempo não apitou em mais nada! Com 6 meses de namoro veio o pedido de casamento e 1 ano e 9 meses o casamento. Veja aqui como foi:

 

Noivos: Carla Campos Amorelli de Freitas e Pedro Augusto de Mattos Alexandre

Data: 03/06/2017

Local: Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé e Museu Histórico Nacional, RJ

 

◊ ANTES DO CASAMENTO

História do casal: Modéstia parte, temos uma história muito peculiar e especial. Nos conhecemos a vida toda mas namoramos apenas 6 meses até o pedido de noivado, e 1 ano e 9 meses até o casamento!!! Somos amigos de infância, então nossa história começou com nossos pais, que são amigos desde que eram solteiros. Assim, conheci o noivo na barriga da mãe dele, já que sou mais velha 1 ano!

Meus pais foram padrinhos de casamento dos pais do Pedro.

Sempre fomos muito próximos, em razão das nossas famílias passávamos férias e natal todo ano juntos. Já na vida adulta sempre tivemos afinidades, mas nunca fomos amigos, nossa proximidade era baseada nos encontros familiares, que não eram poucos!!

Cerca de dois anos antes do nosso “primeiro encontro”, o Pedro começou a se aproximar mais e fazer convites para jantar até que notei que algo estava diferente, por isso recusava todos os convites – o que chegou a virar brincadeira na família!!!! Eu achava que tínhamos uma relação familiar e que não teria sentido uma relação que não fosse exclusivamente assim. Até que algum tempo depois nos aproximamos mais. Pedro me ajudou a organizar um aniversário surpresa para minha mãe e logo depois me chamou para fazermos juntos um curso sobre vinhos (que eu adoro!!). Acabamos saindo para jantar e ficamos pela primeira vez antes de começar o curso. Nessa altura já começamos o curso namorando!

Somos bem diferentes de temperamento, mas temos alguns pontos bem importantes em comum: adoramos viajar, sair para jantar, estar entre amigos, com a família e dançar!! Esses são nossos programas preferidos.

 

O pedido de casamento: O pedido de casamento foi inesquecível. Já havíamos conversado sobre casamento algumas vezes, mas até então não havia nada concretizado. No dia que fizemos 6 meses de namoro, Pedro me convidou para jantar e falou que iria passar para me buscar na casa dos meus pais. Chovia muito e sugeri que nos encontrássemos direto do trabalho no restaurante (já que trabalhávamos perto – Centro e Flamengo e morávamos na Barra), no entanto Pedro não quis, insistiu em me buscar em casa. Confesso que achei estranho, mas nunca passou pela minha cabeça o que estava por acontecer!! Voltei correndo do trabalho para dar tempo. Quando cheguei em casa e sai do elevador me deparei com uma cartaz colado na porta de casa com o seguinte dizer: “PREPARE-SE PARA ENTRAR NO MUNDO DOS MEUS SENTIMENTOS MAIS ÍNTIMOS EM QUE VOCÊ É A PERSONAGEM PRINCIPAL”. Minha respiração chegou a falhar!!!!! Foi difícil até abrir a porta de casa. Quando abri a porta havia um caminho de pétalas de rosas vermelhas e velas, cada um com um bilhete me orientando por onde deveria ir, junto haviam fotos da nossa vida toda, desde a infância, e objetos que simbolizavam o conteúdo de cada bilhete escrito. O caminho acabava no meu quarto, onde havia um buquê de rosas em cima da minha cama e uma plaquinha escrito: quer casar comigo?

Quando cheguei ao final daquele percurso, já me debulhando em lágrimas, o Pedro apareceu emocionado e com o anel na mão. Foi uma surpresa indescritível e inesquecível!!!!

 

◊ O CASAMENTO

Os preparativos: Marcamos a data do casamento em fevereiro de 2016, com 1 ano e 4 meses. Preparamos tudo com muita antecedência e pensando em cada detalhe. Posso dizer que durante esse tempo todos os dias me pagava olhando algum detalhe para o grande dia.

Posso dizer que os preparativos foram tranquilos, e em sua grande parte muito prazerosos. Como foi tudo muito planejado ficamos calmos durante esse tempo. Contratamos um cerimonial, a Paula Rocha, mas já chegamos com alguns itens fechados como: local da festa, local da cerimônia, orquestra e decoração.

Optei pelo plano intermediário do cerimonial, então a Paulinha me deu algumas diretrizes, mas fomos eu e Pedro que fechamos e cuidamos de todos os fornecedores do casamento.

 

O vestido de noiva: Desde o momento que fiquei noiva eu já tinha em mente a estilista que gostaria que elaborasse meu vestido. Quando fui no ateliê da Marie Lafayette, cerca de 11 meses antes do casamento, tive a certeza de que realmente seria ela. Cheguei a visitar outros ateliês, mas acabei voltando a primeira opção. Eu amei, não só ela, como toda a equipe, além de ter ficado encantada com os vestidos de noiva que vi no ateliê.

O meu vestido foi desenhado exatamente como eu sonhava, um modelo clássico que não fosse pesado. A parte de cima foi toda elaborada a mão em renda francesa, cristais e mini pérolas, sobre o tule ilusion, formando um leve decote na frente e nas costas dando ideia de renda flutuante. A saia era de tule com barrado de renda.

A cauda do meu vestido ficou presa a festa toda. Curti muito minha pista de dança!

Foi uma delicia viver todo processo de construção do vestido. Escolhi um véu de três camadas, liso e com 06 metros de comprimento. Ficou maravilhoso.

Minha grinalda era de cristais e foi utilizada como porta coque, não queria nada muito chamativo.

Dicas: Para as noivas que estão começando a pesquisar o vestido eu diria para escolherem algo relacionado a sua personalidade, não se deixem influenciar por opiniões externas, mas também, ouçam a experiência da estilista para tentar alinhar aquilo que deseja com o que se adequa melhor ao seu corpo. E, principalmente, pesquisem bem antes de decidir, mas, desde já, direcionem o estilo que desejam.

Acessórios: Usei apenas 03 peças no dia do meu casamento: meu anel de noivado, uma aliança que ganhei do meu pai há alguns anos atrás (eu queria usar algo que ele tivesse me dado) e os brincos que ganhei de presente da minha mãe, colados na orelha e de brilhantes.

A minha intenção era usar peças leves, mas marcantes.

Making of: Nos vimos pela última vez na noite anterior ao casamento. No dia não nos falamos, mas o Pedro passou pelo Copacabana Palace e confesso que dei um tchau da varanda!! Rsrs. Ele e meu pai tinham ido ao Museu Histórico entregar os itens para serem utilizados no dia.

Me arrumei no Copa com a minha mãe, meu pai, minha cunhada e uma grande amiga de infância. Foi um dia mágico!

Eu estava muito calma, radiante de alegria. Nada foi capaz de afastar a felicidade que vivi naquele momento.

O Pedro se arrumou na nossa casa com 4 amigos. Tentamos preparar o máximo o nosso apartamento para que o making of dele fosse lá.

Cerimônia: A escolha de tudo no casamento foi em função da igreja. Era um sonho antigo casar na Nossa Senhora do Carmo, então todos os preparativos e contratações giraram em torno da data disponível na igreja.

É difícil escolher um momento mais emocionante na cerimônia… Mas a entrada é algo inesquecível!! Jamais vou esquecer os minutos que antecederam a minha entrada e o momento que a porta da igreja se abriu! É uma sensação difícil de ser traduzida em palavras.

O nosso celebrante foi o Frei Zé Pereira. Chegamos a ele por indicações da orquestra, Delfim Moreira, e pela cerimonialista. Adoramos a reunião antecedente e a nossa cerimônia.

Padrinhos e madrinhas: Essa é uma tarefa muito árdua!!! Escolhemos 8 casais de cada lado. Os homens usaram terno liso preto e gravata presenteada por nós, noivos, em tom prata.

As madrinhas usaram vestido longo, com escolha livre de cor.

Damas e pajens: Tivemos 04 pajens, todos filhos de grandes amigos, um deles é meu afilhado. Também tivemos uma dama, filha de grandes amigos.

No entanto, só três pajens entraram, que são irmãos. O outro pajem e a daminha não entraram.

Os 02 pajens, de 11 anos, meus primos, que levaram as alianças.

Local da festa: Eu já tinha uma preferência pelo Museu Histórico. Trabalhei anos perto e tinha o costume de almoçar no bistrô de lá. Presenciei algumas vezes a montagem de decorações para casamento e era algo encantador. Quando levei o Pedro para conhecer ele também se encantou e batemos o martelo.

Posso dizer que nosso casamento superou nossas expectativas!

 

Decoração: Sinceramente, não faria nada de diferente. Faria tudo igual. Nosso projeto foi elaborado pelo Daniel Cruz e por mim. Ele ouviu bem tudo o que eu desejava e ficou perfeito!!!

Música da festa: Nosso DJ foi o Taw da Rastropop, foi uma escolha do Pedro, que adora musica. Além do dj contratamos o sax do Breno Morais e o Mc Andinho.

Para mim a música mais marcante do casamento foi “All of me”, pois é a nossa música e embalou desde a trilha sonora do site à primeira dança.

Buffet: Nosso buffet foi Ecila Antunes, o Museu Histórico não possui fornecedores próprios. Servimos jantar e havia também uma estação com risotos e sobremesas. Servimos de bebida alcoólica espumante, vinho tinto, whisky, cerveja e bar de drinks com a Help Bar.

Antes de entrarmos no salão havia uma mesa preparada para jantarmos, com todas as opções que escolhemos antes do dia do casamento. E durante a festa o garçom nos servia com bebida e comidas que já havíamos informado o que gostávamos.

 

Registros: Contratamos foto e filmagem, com a Fabricia Soares e a AG2 Digital.

Convidados: Nossa festa foi para 350 pessoas e nossa lista possuía 470 convidados. Tivemos a presença de 366 pessoas, uma estimativa de 20% de falta. Fizemos RSVP ativo e foi fundamental para termos uma noção daqueles que não estariam presentes.

Um tio querido, irmão do meu pai, faltou por razões de saúde e fez uma imensa falta para mim, apesar de carregá-lo sempre no meu coração.

Com certeza, existem muitas histórias para contar desse incrível dia, a começar por um padrinho que de tanto dançar acabou rasgando a calça do terno!!!

Dicas: Noivas de 1ª viagem não se desesperem, algumas pessoas inesperadas acabarão faltando. Confie na estimativa do seu buffet e cerimonial, eles têm experiência e dificilmente erram!

 

◊ APÓS O CASAMENTO

Lua-de-mel: Fomos para Grécia (Atenas, Myconos, Santorini e Zakynthos) e Itália (Veneza, Toscana e Roma). A viagem foi maravilhosa, perfeita, pois começamos pela Grécia, local perfeito para descansar, e depois seguimos para Itália, que é encantadora e exige um pouco mais de esforço!!! Rs.

Dicas importantes sobre a organização pós casamento + lua-de mel + novo apartamento: Organize-se para não ficar desesperada perto da data, organize seu casamento com antecedência, pois além dele existem outras situações como: mudança, organizar mala e documentos para viagem. Procure não deixar pendências.

Presentes: Tivemos uma ótima experiência, pois diversificamos os estilos de presentes. Colocamos lista na Fast Shop, que nos atendeu com os eletrônicos para a casa; na Tutto per la Casa, que já possui outra proposta com itens de decoração, aparelhos de jantar, faqueiros… e, por fim, colocamos cotas de lua de mel em um site. Assim, distribuímos bem nossos presentes e atendeu a nossa necessidade.

Sobre o agradecimento, confesso que mandei confeccionar os cartões para enviar aos convidados, mas até hoje não consegui escrever… Acabei agradecendo por email ou pessoalmente.

Ficha técnica:

✓ Cerimonial e Assessoria – Paula Rocha Eventos

✓ Celebrante – Frei Zé Pereira

✓ Local da Cerimônia – Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé

✓ Local da Festa – Museu Histórico Nacional

✓ Vestido de Noiva e Véu – Marie Lafayette

✓ Grinalda – Casa Assuf

✓ Cabelo e Maquiagem – Equipe Viviana Borlido

✓ Acessórios – Daniela Luna, Amsterdam Sauer e Vivara

✓ Sapatos – Lidu

✓ Buquê – Ana Cavalcanti

✓ Lapelas dos padrinhos – Clube das Flores

✓ Roupa das Damas e Pajens – Night Line e Sylvinha Freire

✓ Alianças – H.Stern

✓ Música Cerimônia (Coral, Orquestra) – Delfim Moreira

✓ Música Festa (DJ, Banda, Sax, Bateria) – Dj Otávio Taw, da Rastropop, Breno Morais (sax) e Mc Andinho

✓ Foto – Fabricia Soares

✓ Filme – Ag2 Digital

✓ Buffet – Ecila Antunes

✓ Bar – Help Bar

✓ Decorador – Daniel Cruz

✓ Iluminação –  Two Lights

✓ Toldo – Lonarte

✓ Bolo – Regina Rodrigues

✓ Doces – Fabiana D’Angelo, Denise do Rego Macedo e Barriga de Freira

✓ Bem-casados – Elvira Bona

✓ Brownies – Bassoul Brownies

✓ Convite e identidade visual – Papel a la Carte

✓ Carro – Indo Casar

✓ Roupa do noivo – Ermenegildo Zegna

✓ Gerador – Noalge

✓ Ar Condicionado – DRB

✓ Manobra e Segurança –  JLF

✓ Hotel da noite de núpcias – Copacabana Palace

✓ Lua de mel – Grécia e Itália

✓ Lista de presentes – Fast Shop, Tutto per la Casa e site

 




Leia mais:

Carol Hungria comemora 10 anos com desfile no Copacabana Palace

Filmes de casamento: AG2 Digital no Vale do Cuiabá

Punta Cana é um convite irrecusável para relaxar na sua lua de mel

Comentários “Casamento Carla e Pedro Augusto

  1. Casamento impecável e abençoado com certeza, numa Igreja lindíssima. Festa maravilhosa. Tudo perfeito, irretocável. Um lugar de energia e soberania histórica ímpar. Dia mágico e data mágica, que esse sentimento de magia, alegria, felicidades, muito amor, amizade e muito alto astral permeie cada momento da vida de vocês.
    Saúde aos noivos tão amados por nós, família e amigos.
    Deus os abençoe sempre, e cubra de luz essa união e esse novo lar.
    Contem sempre com meu apoio e minha benção.
    Beijos grandes.
    Parabéns a todos da equipe, fornecedores e cerimonialista.
    Denise.

    Resposta

Deixar um comentário