Antes mesmo do Palácio Tangará ficar pronto, Fernanda disse para André que seria lá que ela casaria. E não é que ela acertou? Depois de mudarem os planos de um casamento na Itália por um motivo muito nobre, os noivos escolheram o exuberante Palácio Tangará para sua recepção. A a cerimônia foi realizada na Paróquia Nossa Senhora do Brasil – igreja que Fernanda sempre sonhou casar, porque foi onde seus pais casaram. 

O destino permitiu que os sonhos de Fernanda se tornassem realidade e o casal promoveu uma grande festa nos salões do Tangará para mais de 300 convidados. Dani Machado ficou encarregada da missão de decorar o hotel de forma elegante, mas fugindo dos clássicos lustres de cristal e a mesa de doces tradicional. Assim, a decoradora usou da elegância de nobres flores brancas para compor o lugar. O resultado ficou moderno, primoroso e sofisticado.

Para conhecer mais detalhes sobre o casamento de Fernanda e André, confira a matéria

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelos noivos, em 1ª pessoa. Nossa proposta é uma troca livre e real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outros casais que ainda estão no caminho!

 

Noivos: Fernanda Puschnick Lourenço e André Franco Penteado Moraes

Local: Paróquia Nossa Senhora do Brasil e Palácio Tangará

Data: 09/03/2019

 

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-1-750x50

 

 

História do casal:

 

Nós estudávamos no Dante Alighieri, mas como o colégio era muito grande não nos conhecíamos.

Um dia tinha marcado de sair para jantar com um amigo e sem querer ele também tinha marcado com o meu marido e para não desmarcar com ninguém acamamos indo todos juntos. Fui eu com a minha melhor amiga e meu amigo com o meu marido. Após esse encontro ele me adicionou no MSN e nos falamos algumas vezes, mas nada havia acontecido.

No final daquele ano era a nossa viagem de formatura e fomos todos para Porto Seguro. Como temos muitos amigos em comum sempre estávamos juntos, mas meu foco não era ele e o dele era pegar todas as meninas hahaha.

No último dia da viagem e nos últimos minutos da festa ele veio conversar comigo e simplesmente aconteceu e desde então nunca mais nos largamos.

Ele foi fazer intercâmbio de seis meses para Boston e nos falávamos TODOS os dias, e claro ele não aguentou de tanta saudade e voltou antes do programado hahah! Assim que ele chegou nos encontramos e ele me pediu em namoro na porta do cinema, zero romântico ne? Hahahah!!!

Após 10 anos de namoro (9 anos e 10 meses) e um pedido de casamento incrível, começamos a organizar o noivado e o casamento.

 

O pedido de casamento:

 

Fomos para Praga em março/18 e era o nosso primeiro dia da viagem. Estávamos saindo para jantar e o André colocou um casaco que não combinava com a roupa dele e quando sugeri para trocar ele insistiu que iria mesmo, achei estranho, mas ok.

A princípio ele iria me pedir em casamento no restaurante, mas quando chegamos lá só tinham 5 mesas e ele ficou morrendo de vergonha de ajoelhar hahaha.

Como era aniversário dele dois dias depois eu tinha falado com o hotel para preparar uma surpresa e tinha pedido uma champanhe, só que era para o dia seguinte. Quando chegamos no quarto e abri a porta eu olhei e falei “amor, erraram o dia mas podemos comemorar hoje também”, dai quando olhei para trás ele estava ajoelhado me pedindo em casamento. Foi inesquecível, me lembro como se fosse ontem e me da muitas saudadessss!!!

Em junho/18 fizemos um jantar na casa dos meus pais só para a família e padrinhos para celebrar o noivado.

 

Créditos: todas as fotos desta matéria são da Cissa Sannomiya

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-2-750x50

 

 

Os preparativos:

 

A princípio íamos nos casar na Itália. A viagem que fizemos quando fui pedida em casamento, o último destino era Itália para definir o local e fazer as degustações dos buffets (marcamos tudo mas eu ainda não estava noiva e não imaginava ficar nessa viagem). Mas como nossos avós não tinham condição de fazer uma viagem longa por conta da idade e eles são fundamentais, mudamos de ideia.

Em agosto/18 marcamos a data para março/19, foram sete meses para organizar.

O meu assessor foi o Miguel Kanashiro, ele tinha feito o casamento da minha melhor amiga e no final da festa ele olhou pra mim e falou “eu vou fazer seu casamento”, e não é que fez mesmo hahaha! Eu SUPER recomendo ele.

Contratei a assessoria somente para o dia e fui fechando tudo sozinha com a ajuda da minha mãe e da minha sogra. Minha melhor amiga não ia nas reuniões mas sempre estava a par de tudo também.

Eu acho que só é necessário e essencial a assessoria no dia. É muito gostoso participar de todas as reuniões, é a fase que você mais curte do casamento porque no dia passa voando!

 

No dia do casamento, antes da cerimônia: 

 

No dia do casamento eu passei o dia no cabeleleiro (L’Offciel III) com a minha família, família do meu marido e todas as minhas madrinhas e fui me vestir no Tangará com a minha mãe. O André passou o dia na piscina do Tangará com os amigos e família.

 

Nos vimos na quinta-feira pela última vez, na sexta só nos falamos por telefone para organizar algumas pendências e no sábado nos falamos muito pouco só por mensagem.

 

O vestido de noiva:

 

Eu queria um vestido simples e ao mesmo tempo clássico, sem ter bordado ou bolo. Como gosto de criar vestidos, eu mesma o desenvolvi com a minha costureira de anos, que sempre faz os meus vestidos.

 

Meu véu tinha 5m e meu vestido tinha uma cauda de 3m que só usei na igreja, na hora da festa eu prendi pra dançar.

 

Minha dica é sempre escolher um vestido confortável para você aproveite a noite toda sem se preocupar.

 

Acessórios:

 

Eu mandei fazer uma flor para colocar no cabelo, o brinco e o terço, que usei para entrar na igreja, são da minha avó.

 

O sapato escolhi um confortável mas sem ser caro porque nunca mais iria usar.

 

O buquê a minha florista, Zabelle Fleur, fez exatamente como eu queria!

 

Roupa do noivo:

 

Eu sempre quis que ele casasse de fraque, rolou uma briguinha mas no final eu venci hahaha! O noivo e os pais estavam de fraque e os padrinhos meio fraque. Todos alugaram na Black Time.

 

 

Cerimônia:

 

Meu sonho sempre foi casar na Nossa Senhora do Brasil porque meus pais casaram lá.

 

A cerimônia toda me emocionou muito mas teve três momentos que foram mais marcantes: quando eu entrei e olhei para o André e ele estava muito emocionado, quando as avós entraram com as alianças e eu não conseguia parar de olhar para a minha avó que estava muito emocionada, e nos cumprimentos quando fui abraçar meus pais.

 

 

Música da cerimônia:

 

Na cerimônia contratei o Coral Baccarelli e só escolhi músicas clássicas:

Introdução: Bach Porta / Buscai Primeiro Reino de Deus

Noivo: Clarins de Roma

Padrinhos: Nessun Dorma

Entrada da Noiva: Marcha Nupcial

Salmo

Aclamação

Entrada Avó: Nossa Senhora 

Alianças: Ave Maria

Cumprimentos: Con Te Partiro

Saída: Pompa

 

Padrinhos e madrinhas:

 

Foram 4 padrinhos de cada lado e os homens estavam de meio fraque, já ara as madrinhas eu deixei de livre escolha.

 

 

Damas e pajens:

 

Eu não tive daminhas nem pajens, quem levou as alianças foram as avósDuas levaram as alianças e a terceira a imagem da Sagrada Família.

 

 

Local da festa:

 

Um dia estava lendo uma revista e saiu uma matéria do Palácio Tangará, ele nem estava pronto ainda e comentei com o André “eu vou casar nesse lugar”, ele riu e nem deu importância. Mas não é que casei mesmo? Hahaha!!!

 

O lugar já é maravilhoso mas a Dani Machado, cenógrafa, junto com a Isa da Zabelle Fleur, deixaram o lugar ainda mais lindo!

 

 

Decoração:

 

Eu não queria um casamento clássico, já estava cansada de ir em casamentos e encontrar a mesma decoração: lustres de cristal e mesa de doces com a mesma estrutura. Quando mostrei para a Dani e para a Isa elas super entenderam e executaram como sempre imaginei.

 

 

Bolos e doces:

 

Eu escolhi o bolo na semana do casamento, até então não estava querendo mas de última hora resolvi para fazer para ter a famosa foto cortando o bolo. Eu escolhi ele todo branco com flores brancas e optei por não deixar na mesa de doces, coloquei em uma mesa de apoio ao lado e achei muito mais moderno e chique saindo do convencional.

 

Quem fez meu bolo foi a Nininha Sigrist e o sabor era de Nutella com chocolate branco e na hora de servir ia uma calda de brigadeiro por cima.

Os doces estavam deliciosos, quase não sobrou nada. Encomendei da Nininha Sigrist, Mariza Doces, Petit Fleur e Maria Beatriz.

 

Como eu não gosto de bem casado e minha melhor amiga faz os melhores alfajores do mundo eu encomendei os alfajores tradicionais do Alfajores Itati.

 

Buffet:

 

O buffet era do próprio hotel e a comida estava deliciosa, só recebo elogios até hoje. O menu eu modifiquei algumas coisas e harmonizou muito bem.

Fizemos jantar sentados e comemos antes de entrar para a pista.

De bebidas alcoólicas contratamos o Help Bar para fazer alguns drinks: Aperol Spritz, Mojito, Gin&Tônica (harmonizado), Moscow Mule, Negroni, Bossa Nova e Capirinhas.

Além disso, tinha whisky, espumante e vinho tinto.

 

Música da festa:

 

O DJ escolhemos o Henrique Secchi e de atração o Marcelo Freitas no sax. Foi incrivel os dois, uma super energia!

 

 

Registros:

 

Contratamos a Cissa Sannomiya e o Vinícius Credidio. Eu amo tirar foto e registrar tudo então foi demais.

Usamos a #casamentofeealf

 

 

Convidados:

 

Nossa festa era para 300 convidados. A lista foi um pouco complicada pois a família do meu marido é muito grande e infelizmente não conseguimos chamar todo mundo.

 

Fizemos RSVP e de 350 confirmados foram 311.

Minha dica é sempre fazer a lista com uma quebra de 20% e no RSVP mais 10%.

 

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-3-750x50

 

 

Lua-de-mel:

 

Fomos para Dubai, Abu Dhabi, Deserto Al Wadi, Omã, Maldivas. SUUUUUUPER recomendo, foi a melhor viagem da minha vida!!!

 

Dicas importantes sobre a lua-de mel + novo apartamento:

 

Ainda estou nessa fase hahaha. É uma correria maluca colocar a casa no lugar mas ao mesmo tempo é gostoso. Cada dia chega algo novo então é sempre uma novidade e curtimos todos esses momentos.

 

 

Presentes:

 

Fizemos lista em três lojas sendo que duas recebíamos tudo em casa. Foi um pouco estressante pois tinha muita caixa e foi ficando bagunçada na casa dos meus pais mas era muito bom ir abrindo todo dia um presente novo.

Estou fazendo os cartões de agradecimento. Dá muito trabalho mas acho educado e acho legal fazer.

 

Ficha técnica:

 

♦ Cerimonial e Assessoria: Miguel Kanashiro

♦ Local da Cerimônia: Paróquia Nossa Senhora do Brasil

♦ Celebrante: Padre Alessandro

♦ Música de Cerimônia: Coral Baccarelli

♦ Decoração da cerimônia: Rubens Decorações

♦ Local da Festa: Palácio Tangará

♦ Buffet: Palácio Tangará

♦ Decoração: Dani Machado

♦ Florista: Zabelle Fleur

♦ Iluminação: Blackout Iluminação

♦ Mobiliário: 100% Eventos

♦ Plantas: Zabelle Fleur

♦ Toldo: Palácio Tangará

♦ Bar: Help Bar

♦ Música da Festa (DJ, Banda, Sax, Bateria): Henrique Secchi (dj) e Marcelo Freitas (sax)

♦ Fotografia: Cissa Sannomiya

♦ Filme: Vinícius Credidio

♦ Bolo: Nininha Sigrist

♦ Doces: Nininha Sigrist, Mariza Doces, Petit Fleur e Maria Beatriz

♦ Bem-casados: fiz alfajores do Alfajores Itati 

♦ Lembrancinhas: Alfajores Itati

♦ Convite: Velox

♦ Gerador: Palácio Tangará

♦ Ar Condicionado: Palácio Tangará

♦ Manobra e Segurança: Palácio Tangará

♦ Vestido de Noiva, véu e grinalda: fiz com uma costureira que sempre faz os meus vestidos e ela não é famosa

♦ Cabelo e Maquiagem: L’Officiel III – Cabelo Antonieta e Maquiagem Marcelo

♦ Sapatos: Durval Calçados

♦ Buquê: Zabelle Fleur

♦ Roupa do noivo: Black Time

♦ Lapelas dos padrinhos: Zabelle Fleur

♦ Carro da noiva: um tâxi inglês da família do meu marido

♦ Alianças: joalheiro Ricardo Bontempo

♦ Hotel da noite de núpcias: Palácio Tangará

♦ Lua de mel: eu que organizei toda a lua de mel e fomos para Dubai, Abu Dhabi, Deserto Al Wadi, Omã, Maldivas

♦ Lista de presentes: Mickey, FastShop e Tânia Bulhões

 

Caseme_banner_728x100px

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

Leia mais:

Roteiro do dia do casamento

Casamento Clássico em Goiás – Karina e Lucas

 

Deixar um comentário