Noivos : Dani Torraca e Caique Reis

◊ ANTES DO CASAMENTO

História do casal: Nos conhecemos desde a época de colégio. Como nossas escolas eram na mesma rua, tínhamos diversos amigos em comum. Quando estávamos no último ano de colégio, nossos grupos ficaram bastante próximos e começamos a sair para as mesmas festinhas juntos. Eu, Daniella, não curtia muito o Caique (como é conhecido). Achava ele “metidinho” e era apaixonada por um outro menino. Em uma dessas festinhas, ao ver o menino que eu gostava ficando com outra menina, brinquei com as minhas amigas “vou pegar o primeiro que passar na minha frente”. Não foi que o primeiro que passou, era o Caique?! Era para ser! À partir desse dia vi a pessoa incrível que ele era e não nos separamos mais! No mês do nosso casamento, fizemos 12 anos de namoro!

Temos muitas afinidades e curtimos os mesmos programas, pegar uma praia final de semana, viajar para lugares novos, descobrir coisas novas e sair para jantar.

O pedido de casamento: Eu desconfiava que iria rolar o pedido. Um dia, cheguei na nossa casa em SP (já morávamos juntos) e o porteiro me entregou um envelope proveniente de Tiffany – 5° avenida. Só poderia ser algo que ele tinha comprado. Fiquei tensa, e no fundo sonhava com o anel de noivado. Mas, por outro lado, não tinha 100% de certeza, porque ele tinha acabado de voltar de Miami com um brinco da mesma loja para mim. Mas, comecei a achar estranho o fato do envelope ter desaparecido lá de casa. Se não fosse nada, ele teria me dado o envelope! Isso foi em maio. Em setembro fomos para a África de férias (lembrando que até esse momento, nada do envelope e nada de anel). Um certo dia da viagem, ele perguntou se não gostaria de tomar um vinho no hotel. Curti a ideia e fui trocar de roupa. Ele me pediu para pegar a camisa dele que estava em cima da cama. Quando puxei, a blue box estava ali! Lindo! Super Caique! Não poderia ser diferente! Se fosse diferente, não seria ele!

◊ O CASAMENTO

Os preparativos: Passamos exatamente um ano organizando o casamento. Contratamos uma cerimonialista para ajudar em todo o processo. Como moramos em SP, trabalhamos a semana toda, íamos apenas de 15 em 15 dias ao Rio e casaríamos em Itaipava, para não termos “dor de cabeça” achamos melhor contratar alguém com experiência para nos auxiliar. Nesse cenário contratamos a Carla Baroncini e sua equipe. Foi perfeito! Ela super pegou o nosso jeito bastante prático e direto de trabalhar. Quando chegávamos no final de semana no rio, ela já tinha organizado a minha agenda com as reuniões, levava opções de dois ou três fornecedores (se fosse o caso), escolhíamos e batíamos o martelo na hora. Melhor cenário impossível! Faria quantas vezes mais fosse preciso! Não existe nada pior no mundo do que uma “briddezila”!

O vestido de noiva: Não curto vestido bolo de noiva. Gosto de itens simples, chiques e com movimento. Fui em algumas estilistas de vestido em SP e me recusava totalmente a pagar o que estavam cobrando. Uma amiga acabou me indicando a Maria Mendes, no Rio. Conversamos bastante sobre o que eu queria, seu custo era 1/3 dos outros apresentados. Não tive dúvidas. Fechei com ela!

Único detalhe que pedi foi, uma vez que não teria véu, que colocasse um super cauda. O vestido ficou maravilhoso!

Acessórios: Nunca sonhei em casar de véu e grinalda. Sempre tive em mente que queria apenas um penteado e um flor no cabelo. Assim seguimos! Melhor ainda quando descobri que a própria Maria Mendes também tinha acessórios, e maravilhosos. Não me estressei! Fechei tudo com ela!

As jóias eu sabia que gostaria de usar algo da minha família.

Making ofTudo aconteceu no Locanda – Making of dos noivos, cerimônia e festa. Estávamos nervosos, mas muito confiantes que tudo seria lindo! Acordamos juntos no sábado, tomamos café e depois disso o Caique foi para a piscina passar o dia com os amigos e eu fiquei me arrumando no quarto! Uma delícia de dia!

Cerimônia: Anos atrás fui em um casamento no Locanda que amei. Esse casamento me marcou em muitos aspectos: beleza natural, animação da festa, comida espetacular e, principalmente, este casamento na verdade começou na sexta e só acabou no domingo! Um próprio destination wedding! Eu sabia que queria algo desse tipo! Eu moro atualmente em SP, tenho muitos amigos aqui, tenho meus amigos de infância do RJ, sem contar com amigos de outros lugares do Brasil e do mundo! Reunir essa galera toda, de uma vez e poder curtir a maioria por três dias, era como um sonho! Ele se tornou realidade e mais, ficou marcado na memória de todos que compareceram para dividir conosco esse dia tão especial!

Padrinhos e madrinhas: Convidamos 12 casais. Não seguimos nenhuma regra, se deste casal apenas um membro fosse nosso grande amigo, chamávamos ele e pronto. Queríamos ao nosso lado no altar somente aqueles que de fato faziam desde o início parte ativamente da vida do casal.

Madrinhas não tinham dress code. Gostaria que todas fossem da forma como se sentissem bem e bonitas! Elas ficaram super à vontade.

Para os padrinhos, solicitamos terno azul marinho e nós demos de presente as gravatas.

Damas e pajens: Eram 7 crianças no total. 3 filhos de uma amiga (trigêmeos), 1 afilhado dos noivos, 1 filha da minha prima e 2 primas.

O vestido das damas eram simples, com renda e condizentes com o horário da cerimônia. Os meninos colocaram terno (porque já possuíam), gravata borboleta e tênis (não exigi sapato social). Gostaria que o clima estivesse mais descontraído.

Decoração: Não faria nada diferente. Eu idealizei o projeto! Passei diversas fotos como referência para a Carla e Mica (que também foi cerimonialista) e fomos montando a decoração. Eu sabia dos pontos que eram importantes para mim: muita vela, muita flor, mix de estampas e detalhes que fossem ao mesmo tempo chiques e descolados. Dessa forma saiu a nossa decoração. Não porque foi o meu, mas achei o casamento mais bonito que já fui!

Música da festa: Inicialmente por recomendação da cerimonialista. Por acaso, no dia da reunião com o DJ, conversando sobre o casamento no Locanda que havia me marcado, por coincidência da vida, ele havia sido o DJ. À partir desse momento não tive mais nenhuma dúvida. Tinha que ser o Kahl.

Outro ponto que eu sabia que queria era um funkeiro ao vivo. O pessoal vai a loucura. Não deu outra! Quando ele entrou, o casamento virou um baile funk dos anos 90. Foi uma delicia! Contratamos o MC Andinho, maravilhoso e super profissional!

Buffet: O buffet era da próprio Locanda. O local possui um super chef chamado Danio Braga. Não tinha dúvidas que ele arrasaria!

Tivemos jantar, buffet volante e a meia noite servimos pizza e mini hambúrguer.

Durante a festa só comíamos se a cerimonialista trouxesse para nós. Você não pensa em comer, não tem fome. Está eufórico e feliz de mais para parar e comer. Você só pensa em se divertir!

Em relação a bebida servimos:

– Contratamos chopeira da Stella

– Bar de caipirinha

– Black Label

– Prosecco Bossa 1 (bastante elogiado e com excelente custo x benefício).

Convidados: Pagamos o casamento para 320 convidados, com margem de erro de 5% para cima ou baixo. Como tratava-se de um destination wedding e a logística seria complexa, usei uma margem de falta de 40%. Faltaram 35%. Convidamos cerca de 480 pessoas no total.

◊ APÓS O CASAMENTO

Lua-de-mel: Tailândia, Laos e Camboja. Foram 18 dias de viagem no total. Meu sonho era conhecer a Ásia. Gosto de encarar viagens diferentes, com culturas e costumes totalmente novos. Porém, meu marido nunca tinha tempo suficiente de férias para encararmos uma viagem de muitos dias. Nossa chance era negociar esses dias para a Lua de Mel e foi o que fizemos! Fechamos um roteiro maravilhoso, no qual fomos capazes de vivenciar as mais diversas experiências: praias, natureza, espírito, mente e religião. Que lugares magníficos! Voltei apaixonada!

Recomendo!

Dicas importantes sobre a organização pós casamento + lua-de mel + novo apartamento: Vá para a Ásia apenas se tiver tempo disponível. Não vá para Ásia com o cronograma apertado. São muitas horas de vôo, jet leg…. você precisa de tempo para entrar no ritmo! Nós amamos!

– Agradeça os presentes. A pior sensação do mundo para um convidado é não saber se os noivos receberam o presente. Nós íamos a agradecendo por e-mail na medida que íamos recebendo. Todos os dias sentávamos uma horinha e agradecíamos.

– Use um vestido que te dê movimentação. Não existe nada mais boring que noiva que não consegue andar e fica plantada igual árvore no chão.

Troca de presentes: Agradecemos todos os presentes. É uma gentileza que não custa nada!

Ficha técnica:

✓ Cerimonial e Assessoria – Carla Baroncini e Micaela Fikoff

✓ Celebrante – Luiz Longuini

✓ Local da Cerimônia e Festa – Locanda

✓ Vestido de Noiva – Maria Mendes

✓ Cabelo e Maquiagem – G Junior

✓ Acessórios – Flor do Cabelo – Maria Mendes / Jóias de Familia

✓ Sapatos – Noiva: Manufact / Noivo: Ricardo Almeida

✓ Buquê, Coroa Damas e Lapelas dos padrinhos – Bia Gelli

✓ Alianças – Cartier

✓ Música Cerimônia (Coral, Orquestra) – Camerata Vivace

✓ Música Festa (DJ, Banda, Sax, Bateria) – MC Andinho

✓ Foto – Georgeana Godinho

✓ Filme – OUI Filmes

✓ Buffet –  Locanda (Danio Braga)

✓ DJ – Alexandre Kahl – Endorfina Eventos

✓ Decorador – Carla Baroncini e Micaela Fikoff

✓ Sousplats e Caminhos de Mesa – Ruth Dourado

✓ Iluminação – DJ  Mau – Mauricio Lahr 

✓ Mobiliário / Lustres –  Festah

✓ Flores e Plantas – Empório Santa Rosa

✓ Toldo – Seriflex

✓ Bolo – Myrian Aguiar

✓ Doces – Fabiana D’angelo

✓ Bem-casados – Elvira Bona

✓ Pão de Mel – Flavia Sumar

✓ Lembrancinhas – Apenas havaianas personalizadas. Arte encontrada através de pesquisa realizada pela noiva.

✓ Convite e identidade visual – S.Cards

✓ Roupa do noivo – Ricardo Almeida

✓ Gerador – A própria Locanda providencia

✓ Manobra e Segurança – Ita Trade

✓ Hotel da noite de núpcias – Locanda

✓ Lua de mel – Tailandia, Laos, Camboja

✓ Lista de presentes – H.Stern Home, Lista Virtual, Tutto Per La Casa, Fast Shop

 

Quer ver o seu casamento publicado aqui? Envie um email para contato@caseme.com.br

 

Leia também:

Casamento Real: Manuela e Marcus

Casamento Real: Antonia e João Paulo

Vestidos para mãe dos noivos: Truques e inspirações

Deixar um comentário