Fernanda e Hugo queriam se casar ao pôr-do-sol e, por isso, escolheram o mês de maio. Essa época marca o início da seca e o céu de Brasília fica lindo, azulzinho, com poucas chances de chuva. A escolha foi ideal: o dia estava muito bonito e a cerimônia aconteceu com a luz incrível do fim do dia. 

Durante os preparativos do casamento, os noivos fizeram questão de tomar todas as decisões em conjunto. Esse processo fez com que tudo refletisse a personalidade dos noivos. Na decoração, o estilo boho e romântico recebeu elementos clássicos e contemporâneos. Tudo ornamentado com flores em variados tons de rosa. O resultado ficou super romântico e charmoso, o que criou um ambiente aconchegante para o casamento.

Tudo sobre o casamento de Fernanda e Hugo estão na matéria, contados com muitos detalhes pela noiva. 

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelas noivas ou noivos. Nossa proposta é uma troca real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outras noivas que ainda estão no processo, com foco e inspiração!

 

Noivos: Fernanda Manara e Hugo Alves

Local: Mansão dos Arcos, local da cerimônia e festa, Brasília-DF

Data: 12 de maio 2018

 

◊ ANTES DO CASAMENTO

 

 

História do casal:

Eu e Hugo nos conhecemos em uma festa em Brasília em março de 2016. Foi muito engraçado, pois inicialmente eu não queria nada como ele, rs. Trocamos telefone e nada além. Na semana após a festa ele não parava de me chamar para sair para jantar com ele. Eu acabei topando ir, fomos a um restaurante e ficamos conversando até fechar o restaurante, de lá ele me chamou para ir a uma baladinha que estava tendo em Brasília, hoje ele conta que fez isso somente porque queria passar mais algumas horas comigo… rs quando estávamos saindo do restaurante e indo para a festa, nos beijamos antes de entrar no carro. Nunca mais nos largamos depois disso. Hehe E foi tudo muito intenso e gostoso, tanto que ele me pediu em casamento em junho de 2017 e nos casamos em maio de 2018.

 

 

O pedido de casamento:

Nosso noivado foi muito especial. Nós íamos muito ao Rio, pois temos vários amigos que moram lá. Em junho de 2017 fomos para o Rio de Janeiro, em uma viagem que eu achava que seria apenas mais uma… no entanto, o Hugo quis se hospedar no Copacabana Palace. Eu achava que ficaríamos lá apenas porque ele tinha vontade de conhecer o hotel… Quando chegamos no quarto, fui surpreendida com um lindo buquê de rosas vermelhas que estava me esperando na cama, e um balde com uma champagne… Eu não desconfiei de nada, pois o Hugo é muito romântico… Quando fomos para a varanda ver o mar, ele me abraçou bem forte e eu senti o coração dele batendo muitoooo rápido. Ele então se ajoelhou, naquela varandinha do Copacabana Palace com um sol lindo em frente ao mar e fez o tão esperado pedido de casamento. Foi muito romântico. Eu disse sim, claro!!!! Começamos a chorar e nos abraçar na varanda, brindando com o champagne!! O Hugo cuidou de tudo, inclusive pediu para uma amiga minha, Caroline Komka, que é designer de joias, para criar e confeccionar um anel exclusivo para mim.  O mais legal é que como temos vários amigos no Rio, saímos com eles a noite para comemorar o noivado, com um jantar no Fasano, que se estendeu para uma baladinha muito íntima e animada depois no próprio Fasano. Logo depois do noivado começamos os preparativos para o nosso grande dia!

 

◊ O CASAMENTO

 

 

Os preparativos:

Começamos a preparar tudo logo após o noivado, em junho de 2017. Ao longo desses 10 meses organizamos tudo com muita calma… Eu e o noivo fomos os únicos envolvidos, fomos muito parceiros e participamos de todas as reuniões juntos para decidirmos sobre os fornecedores. Fomos buscando as melhores referências na cidade, e firmamos com os que considerávamos ser os melhores para a proposta que buscávamos para nosso casamento.

Escolhemos o mês por ser inicio da seca, e, portanto Brasília fica mais bonita nessa época, com céu azul e difícil chances de chover (sempre quisemos um casamento no jardim e durante o dia).

 

O vestido de noiva:

Eu sempre sonhei com um vestido clássico, mas ao mesmo tempo moderno e romântico, que tivesse a ver comigo e com a minha personalidade. Procurei em quase todas as lojas em Brasília, mas não achei nada muito interessante. Foi então que resolvi procurar em São Paulo, por saber que existem mais opções… Eu já conhecia a Pronovias, por ser uma marca ícone das noivas mundialmente. Cheguei a procurar em outras lojas… mas foi lá que me encantei pelo meu vestido.

 

 

Na loja da pronovias em São Paulo, eles apenas vendem e não alugam… no fim eu achei bom comprar, pois queria ficar com ele. Uma dica que posso dar é: prove vários vestidos!!! Mesmo que você vá mandar fazer, é bom ter uma ideia de como os vestidos ficam no seu corpo. Eu por exemplo sonhava com um vestido mais princesa, mais volumoso e com mangas, porem quando eu provei nada disso favorecia muito meu corpo… eu acabei optando por um modelo mais sequinho no corpo, pois achei que me valorizava mais.

Às vezes temos uma ideia do que vai ficar bom, mas não é exatamente assim… temos que provar vários modelos… O que me encantou no meu vestido foi a renda suave e a delicadeza. Eu me apaixonei por ele.  Acho que outra coisa que me ajudou muito foi o fato de eu ter ido procurar e escolher meu vestido sozinha, assim não tive muitas opiniões externas, eu escolhi o que meu coração bateu mais forte! E não teve erro, no fim todo mundo amou! Minha mãe ficou apaixonada pelo meu vestido, mas ela só foi vê-lo pessoalmente quando eu trouxe de São Paulo faltando uma semana para o casamento.

Com relação ao véu, eu sempre quis usar… e a loja da pronovias me emprestou uma linda mantilha, com uma renda belíssima que combinava com o meu vestido.

 

 

 

Meu vestido tem uma cauda grande atrás, pois mesmo sendo sequinho eu queria algo para ficar mais clássico. O modelo dele prende atrás, o que foi ótimo para eu conseguir aproveitar a pista de dança após a cerimônia…

 

Acessórios:

Eu optei por usar uma tiara romântica de madre pérolas na cabeça, por ser de dia meu casamento, e fazer um estilo mais boho chic, achava que não combinava tanto coroas… optei por usar essa tiarinha juntamente com um brinco em perólas e ouro branco bem romântico e discreto, o qual alugei da Baroque Atelier em Brasília.

O meu buquê ficou muito lindo! Eu tinha uma ideia do que queria: algo bem romântico, com rosas, tulipas e angélicas.. em tons de rosa e com folhagens… Eu tinha algumas fotos de referência e mandei para o fornecedor para que fizesse parecido… para minha surpresa ele fez um buquê muito mais lindo do que poderia imaginar… eu amei!!!

 

 

O sapato eu comprei um novo, na loja Corello, mais importante para mim que a beleza era o conforto!! Eu quis algo bem confortável, optei por um salto não tão alto e bem grosso. Consegui ficar com ele bastante tempo… somente depois mais pro fim da festa que coloquei o chinelinho distribuído para as convidados, vi todo mundo usando e resolvi entrar na brincadeira e descer do salto!!

 

Roupa do noivo:

Hugo é muito vaidoso e adora ternos… por isso optou casar com um terno da Ricardo Almeida, pois se identifica com o corte e sabe da qualidade do tecido, além de ser um terno sob medida…  como nosso casamento foi de dia, ele optou por um terno azul mais claro… uma cor bem diferente!!!

 

 

Eu o ajudei nesse processo de escolha do terno, nós dois fomos muito parceiros em todo o processo de casamento… ele apenas não viu meu vestido, não mesmo rs Mas ia comigo para todas as viagens para São Paulo, e me esperava perto da loja da Pronovias.

Já os sapatos, o Hugo optou por algo bem diferenciado da grife Louis Vitton, ele não queria casar com sapato muito formal... e escolhemos juntos um muito lindo que compôs o look perfeitamente.

 

Making of

 

 

Eu e Hugo nos arrumamos no hotel Brasília Palace, um ícone em Brasília. Esse hotel é muito intimista e gostoso. Pegamos duas suítes no hotel, eu me arrumei com minha mãe e minha irmã, e o Hugo se arrumou com meu irmão.

O mais legal foi que nosso fotografo e a equipe de filmagem puderam filmar nos dois, apenas trocando de quartos durante essa fase pré casamento… Como nos casamos a tarde, eu comecei os preparativos às 11h. Minha maquiadora chegou ao hotel e eu e Hugo nos despedimos. Estávamos muito ansiosos… enquanto eu me arrumava com minha Irma e minha mae, o Hugo mandou um buquê de rosas e um lindo anel de presente para o quarto. Não parávamos de nos falar por mensagens e por telefone durante todo esse período…. até a hora de irmos para o local.

 

 

 

Quando ele estava indo para o local com meu irmão, ele me ligou… nos despedimos com um “te vejo no altar meu amor”. Foi emocionante.

 

Cerimônia:

Buscávamos um local que pudéssemos fazer a cerimônia e a festa. Sempre sonhamos em casar num jardim ao pôr do sol… não queríamos um casamento tão clássico e portanto buscamos locais que tinham a ver conosco e com o que queríamos.

 

 

Visitamos vários lugares, mas quando chegamos à Mansão dos Arcos ficamos apaixonados! Ela é linda, charmosa e muito diferente de tudo que tínhamos visitado. A Mansão dos Arcos é considerada um monumento arquitetônico, projetada pelo renomado arquiteto João Filgueira Lima, conhecido como “Lelé”. Muita gente não sabe, mas a Mansão dos Arcos era uma casa.. não foi construída para ser um salão de eventos. Como queríamos um casamento não tão grande ( para 150 convidados), achamos o local perfeito para fazer uma decoração mais intimista com uma pegada de casa.. onde as pessoas se sentissem à vontade, com bastante mobilidade, em um estilo bem jardim e romântico! Amo o mês de maio em Brasília, pois é o início da seca, a paisagem fica belíssima, e raramente chove essa época. Aliamos o mês que gostamos, com a disponibilidade do local e do nosso fotógrafo, e então definimos a data!

 

 

Casamos somente no civil, e, portanto nossa celebrante foi uma juíza de paz. Escolhemos a Dra. Eunice por saber que ela é muito feliz com as palavras. Ela foi uma celebrante muito querida e carinhosa!

 

 

Música da cerimônia:

Contratamos orquestra, pois amamos música instrumental ao vivo para a cerimônia. Tivemos músicas mais modernas durante a Cerimônia, como “Elephant Gun do Beirut” , “My Girl do Themptations”, saímos com “Ain’t no Mountain High Enough” uma música super românctica que tem um significado muito grande para o casal.  O noivo optou entrar com a versão instrumental de “singing in the rain” . Já a entrada da noiva foi mais clássica, não abri mão de entrar com a Marcha Nupcial que acho linda e romântica, e também com Ave Maria, que minha mãe disse que havia entrado com ela quando se casou com meu pai e adorava… Foi uma mistura de clássico com modernidade, rs! Ficou a nossa cara!

 

Padrinhos e madrinhas:

Foram 14 casais de padrinhos. Convidamos nossos irmãos e os amigos mais próximos. Para os padrinhos demos uma gravata borboleta cor marsala, e para as madrinhas indicamos uma paleta de cores que tinham tons de marsala, vermelho e rosa escuro.

 

 

Damas e pajens:

Não tivemos damas e pajens, não temos crianças próximas na família. Quem entrou com nossas alianças foi a avó paterna da noiva, que é muito especial para o casal

 

 

Local da festa:

Como temos muita família de fora, acabamos optando por fazer a cerimônia e festa no mesmo local! Para facilitar na locomoção. O local da festa foi também na Mansão dos Arcos, que além de possuir um jardim charmoso, possui uma área interna incrível para fazer festa.

Quando eu vi tudo pronto, estava bem melhor do que em meus sonhos.. atendeu e superou todas as expectativas! Eu amei o resultado!

 

 

Decoração:

Desde o início não queríamos um casamento muito clássico, queríamos um estilo mais moderno e romântico ao mesmo tempo. Queríamos fazer uma decoração estilo jardim, e que o local ficasse um estilo casa, com bistrôs, sofás e lounges.. para ficar bem dinâmico e confortável! A nossa decoradora é muito talentosa e ela entendeu exatamente o que queríamos! Ela fez o projeto e nos apresentou, fizemos algumas reuniões e fizemos algumas alterações juntos, para chegarmos a um projeto final. Quando vi a cerimônia e entrei no salão da festa, eu nem acreditei! Estava tudo lindo e impecável. Nossa querida decoradora fez muito mais do que esperávamos. Estava tudo lindo! Ela entendeu perfeitamente o que queríamos e parece que conseguiu expressar nossa personalidade na decoração. Ficou literalmente a nossa cara! De verdade, sendo bem sinceros.. não mudaríamos nada! Estava tudo incrível!

 

 

Bolos e doces:

Eu e Hugo somos apaixonados pelos doces da Maria Amélia, uma confeitaria bem conhecida aqui em Brasília, que possui alguns cafés também pela cidade. Não tivemos dúvidas que iriamos fechar nossos doces e bolos lá. A própria Maria Amélia nos atendeu, e toda a equipe foi muita atenciosa e nos auxiliaram na decisão do bolo e doces. Escolhemos uma maquete mais moderna que foi feita exclusivamente para nós. Nos doces variamos (escolhendo alguns de chocolate, outros de morango e frutas, e claro não podai faltar leite ninho, o favorito da noiva hehe).

 

 

Buffet:

Amamos o buffet! Ao invés de jantar no estilo americano (que as pessoas se servem), decidimos fazer ilhas (tínhamos três locais diferentes), o qual o jantar era finalizado na hora. Optamos por ter macarrão, risoto, carne e peixe… Além do coquetel volante e também da mesa de antepastos. Todo mundo amou e nos contou que comeram bastante hehe Na hora extra, como todo mundo estava na pista, o buffet tinha a opção de passar com brigadeiro de colher, batata-fritas e hambúrguer, algo bem “junkie” hehe e foi um sucesso!

Eu e meu noivo (agora marido..rs) jantamos sim, antes de voltarmos ao salão após a cerimônia.. estava tudo uma delícia.

 

 

Contratamos um bar para fazer drinks, pois nossos amigos gostam muito de beber… no bar tinham os drinks queridinhos como Moscow Mule, Caipirinha, Gin Tônica e Aperol. Além disso, como os amigos do noivo gostam de fumar charuto e beber whiskey, fizemos um “wine and whiskey bar” que tinham alguns rótulos de vinho, whikey e charutaria. Foi sucesso entre os homens!

O Buffet serviu apenas o espumante, cerveja e bebidas não alcoolicas (água, sucos e refrigerante). Gostamos dessa divisão, deu super certo

 

Música da festa:

 

 

Decidimos colocar banda na festa, acreditamos que anima mais! Escolhemos uma banda baile de Brasília muito animada. Como tínhamos convidados de todas as faixas etárias, ela tocou desde música dos anos 80 até sertanejo e funk, acredito que todos se sentiram contemplados e foi uma festa verdadeiramente animada! A banda tocou por 3 horas seguidas, e depois contratamos um DJ que tocou por mais 2 horas… o pessoal gostou bastante! Tocou até rock no final, literalmente agradou a todos.

 

 

Registros:

Já conhecíamos o trabalho do Celso Júnior, um renomado fotógrafo. Não tínhamos dúvida que queríamos que ele fotografasse nosso casamento, inclusive a data que queríamos inicialmente ele não podia, e até trocamos a data para conseguir tê-lo conosco registrando esse dia mega especial. O Celso é um ser humano incrível, muito querido e nos fez ficar a vontade todo o tempo… é engraçado a sensação de famoso rsrs Ele nos indicou três nomes para a filmagem, ao pesquisarmos escolhemos a Capela, que também foram super profissionais. Gostamos do resultado!

 

 

Convidados:

A festa foi para 150 convidados. Gostaríamos de algo mais intimista para os amigos mais próximos e familiares. Acabamos chamando umas 220 pessoas (um pessoal de fora sabíamos que não viriam, mas enviamos convites). Acredito que não tenha faltado ninguém. A dica que daria é fazer umas listas com aquelas pessoas essenciais, e aquelas outras que não são tão próximas, infelizmente cortar. Alguns colegas de anos que eu não falava mais com tanta frequência não deram pra chamar. Uma dica que dou também é: não se indispor com pais por convidados. Meus pais e os pais do noivo quiseram chamar alguns amigos e familiares distantes, vale a pena deixa-los chamar. No fim das contas o casamento é um momento da família também… Por mais que os noivos estejam pagando pelo casório, eu acho que os pais gostam de se envolver e é importante inseri-los e deixa-los também ter alguns convidados. Quem surpreendeu com a presença foi a irmã da minha vó, que já é uma senhora e até o último momento não sabia se viria, e decidiu vir. Ficamos muito felizes e honrados.

 

 

Ferramentas:

Eu usei muito o excel, eu gosto de planilhas e me ajudou muito a visualizar tudo que ainda faltava fazer e pagar.

 

◊ APÓS O CASAMENTO

 

 

Lua-de-mel:

Tínhamos muita vontade de conhecer a Itália, como o voo saindo de Brasília para em Lisboa, resolvemos fazer essa parada na capital portuguesa. Amamos todos os locais que visitamos, mas na Itália nosso local favorito foi Capri: charmoso e romântico.

 

Dicas importantes sobre a organização pós casamento + lua-de mel + novo apartamento:

São muitas novidades, rs. O ideal é ir fazendo uma coisa de cada vez… até hoje não terminamos de arrumar o apê novo hehe uma coisa por vez, pois o mais importante é curtir a vida de casados e ir indo um dia de cada vez.

 

Presentes:

Enviamos mensagem pelo próprio Icasei agradecendo cada presente. Foi muito legal ver as mensagens carinhosas das pessoas e claro poder retribuir.

 

Ficha técnica:

♦ Cerimonial e Assessoria: Fernanda Aguiar – Monumental Eventos 

♦ Local da Cerimônia : Mansão dos Arcos – Brasília-DF  

♦ Celebrante: Juíza de Paz, Dra. Eunice Penaforte

♦ Música de Cerimônia: Letícia Castro – Quero Música

♦ Decoração da cerimônia: Dirce Decorações

♦ Local da Festa: Mansão dos Arcos

♦ Buffet: Coffee Break Buffet

♦ Decoração: Dirce Decorações

♦ Florista: Dirce Decorações

♦ Mobiliário: Dirce Decorações

♦ Bar: Week Bar

♦ Música da Festa (DJ, Banda, Sax, Bateria): Banda Casa 20

♦ Fotografia: Celso Júnior

♦ Filme: Capela Filmes

♦ Bolo: Maria Amélia

♦ Doces: Maria Amélia

♦ Bem-casados: Maria Amélia

♦ Convite: Lapela Design

♦ Identidade visual: Lapela Design

♦ Manobra e Segurança: DNA Eventos

♦ Vestido de Noiva: Pronovias São Paulo

♦ Véu: Pronovias São Paulo

♦ Grinalda: Baroque Ateliê

♦ Cabelo e Maquiagem: Jackeline Monteiro

♦ Acessórios: Baroque Atelier

♦ Sapatos: Corello

♦ Buquê: Netto e Sousa

♦ Roupa do noivo: Ricardo Almeida

♦ Lapelas dos padrinhos: Netto e Sousa

♦ Alianças: Designer Caroline Komka

♦ Hotel da noite de núpcias: Brasília Palace Hotel

♦ Lua de mel: Portugal e Itália

♦ Lista de presentes: Site icasei

 

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

Leia mais:

Vestido de noiva – tudo o que você precisa saber

Destination Wedding | Vale do Cuiabá – Maria Clara e Pedro

Cerimônias de casamento com Atelier do Sim

Comentários “Casamento Romântico em Brasília: Fernanda e Hugo

Deixar um comentário