O casamento da Izabela e do Felipe tem tudo a ver com o Natal. Foi em um dia como o de ontem, com a família reunida, que o Felipe pediu a mão da Izabela em casamento.

 

O pedido de casamento foi no Natal da minha família, no meio do amigo oculto. No dia 24/12/2017. Eu nem desconfiava, mas ele conversou com meus pais antes. Então meus pais e minha irmã já sabiam.

 

Para o restante da familia foi surpresa, como foi para mim! Abri a caixa do presente do amigo oculto, e lá estava o pedido. Era uma caixa grande e dentro saia um balão com o escrito: ”Quer casar comigo” e com a caixinha da aliança de noivado.

 

Izabela é uma noiva prática que ama produzir festas, e assumiu o desafio de (praticamente) sozinha organizar todos os detalhes do casamento. Contratou uma cerimonialista apenas para ajudar nas últimas semanas, e no dia do casamento. E com ela deu super certo. 

 

Se você é uma noiva como a Izabela, vai gostar de conhecer este casamento e ler as dicas preciosas de quem produziu seu próprio casamento

 

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelos noivos, em 1ª pessoa. Nossa proposta é uma troca livre e real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outros casais que ainda estão no caminho!

 

 

Noivos: Izabela Barcelos e Felipe Belchior

Local: Casa Bravo em Nova Limas, Belo Horizonte, MG

Data: 12 de outubro de 2019

 

Créditos da foto do destaque: O Novo Dia

 

 

 

História do casal:

 

Nos conhecemos em uma boate em Belo Horizonte, em agosto de 2010. O Felipe era muito amigo de um primo da minha melhor amiga. E com essas amizades em comum, nos conhecemos nessa boate de BH. Começamos a namorar 2 meses depois, no dia 12/10/2010. E sempre brincávamos que iriamos casar na nossa data de namoro. E 9 anos depois casamos no dia 12/10. 

Somos os apostos. Eu sou muito agitada, adoro sair, conversar, não consigo ficar quieta. O Felipe é super calmo, tranquilo, caseiro e na dele. Mas encontramos o equilíbrio nas nossas diferenças. 

 

 

O pedido de casamento:

 

O pedido de casamento foi no Natal da minha família, no meio do amigo oculto. No dia 24/12/2017. Eu nem desconfiava, mas ele conversou com meus pais antes. Então meus pais e minha irmã já sabiam. 

Para o restante da familia foi surpresa, como foi para mim! Abri a caixa do presente do amigo oculto, e lá estava o pedido. Era uma caixa grande e dentro saia um balão com o escrito: ”Quer casar comigo” e com a caixinha da aliança de noivado. 

Depois no dia 31/03/2018 oficializamos o noivado com um jantar bem íntimo, apenas para nossos familiares mais próximos. 

 

Créditos: todas as fotos desta matéria são da O Novo Dia

 

Os Preparativos:

 

Como tinha dito, a gente sempre soube que nos casaríamos em um dia 12/10 e coincidência ou não, no ano que resolvemos casar o dia 12/10 caia em um sábado. 

Eu sou muito prática, resolvo tudo muito rápido. Comecei a organizar o casamento com 6 meses de antecedência. Já sabia a data desde quando fiquei noiva mas só comecei a olhar tudo mesmo no final de março desse ano. 

Os preparativos foram bem tranquilos mas acho que foi justamente por eu ser prática e super resolvida! Já sabia exatamente o que queria e segui fiel na minha ideia até o final. 

Eu amo organizar festa e resolver tudo sozinha, então tomei frente as decisões e ia organizando sozinha. Claro, que o Felipe, minha mãe e minha irmã me ajudaram. Mas na maioria das coisas era eu sozinha mesmo, realmente amo organizar festa. 

Eu contratei cerimonial, que para mim foi essencial para a semana e para o dia do casamento. Durante a organização do casamento, eu gosto de fazer tudo do meu jeito, então recorria ao cerimonial quando tinha alguma dúvida ou queria alguma indicação.

Mas na semana do casamento, foi essencial. São muitos detalhes que precisam ser organizados e nós noivas, não damos conta. 

Além do casamento, tem outras coisas acontecendo. Organizar lua de mel, apartamento e casamento ao mesmo tempo é uma loucura. 

Então os detalhes da semana, de montagem e conferência precisam ser feitos por uma cerimonial. 

Alguns profissionais eu já conhecia, são famosos em BH. Ou já fiz algum trabalho junto. Outros foram indicações da cerimonialista ou de amigas que já casaram. 

Indicações e referências são sempre importantes neste momento. 

 

 

Roteiro-completo-para-organizar-seu-casamento_-cronograma-comentado-em-7-etapas

 

No dia do casamento, antes da cerimônia: 

 

No dia anterior a festa de casamento, nos casamos no civil. Então nos encontramos de manhã no cartório, casamos e depois tivemos um almoço com a nossa familia. Depois do almoço já nos despedimos e só fomos nos ver no casamento.

O Felipe se arrumou em casa e eu fui para um salão. Estava com a minha mãe, minha irmã e 3 madrinhas.

Nos falamos durante todo o dia. Ele me avisou assim que chegou no local do casamento e me deu notícias que estava tudo maravilhoso. Ele sabia que eu estava louca para ver a decoração. 

Eu também mandei uma mensagem quando saí do salão e estava a caminho da cerimônia. 

Acho que os dois estavam nervosos e ansiosos, não tem como não ficar! Acho que é normal de todos os noivos. 

 

O vestido de noiva:

 

Meu vestido de noiva foi criado do zero e especialmente para mim, pela equipe maravilhosa da Vivaz. 

A Vivaz é uma marca surper famosa de vestidos de festa e de noivas de BH, e a Isabela Faria, uma das donas da Vivaz é uma super amiga minha. 

Sempre soube que ela seria a responsável por criar meu vestido. 

Cheguei lá sem nenhuma inspiração, o vestido era a única coisa do casamento que eu não sabia com queria. 

Sabia apenas que queria ele bem fluido e que eu tivesse movimento e conforto para aproveitar muito a festa. 

Fomos conversando, provando alguns modelos prontos e dai foi surgindo meu vestido. 

Fiz várias provas e íamos modificando aos poucos para chegar exatamente no que eu queria. 

Tive um véu básico só no tule pois meu vestido já tinha muito bordado. A calda na verdade foi uma sobre cauda. Que eu colocava ela por cima do vestido e depois tirava para a festa.  Eu particulamente não gosto da cauda presa atrás. 

 

 

Acessórios:

 

Meu bouquet eu decidi junto com meu decorador, fomos vendo algumas referências até encontrar o que seria o ideal para mim. 

Escolhi um brinco clássico e que eu conseguisse usar depois. Comprei em uma joalheria em SP de uma super amiga da minha irmã e que tem peças incríveis. Escolhi por WhatsApp por fotos e vídeos e depois ela me enviou para BH. 

O sapato desenvolvi um modelo exclusivo para mim, pois minha mãe tem uma empresa de calçados. Eu não sou muito do salto alto, sempre fui das rasteirinhas, então como não tenho costume de usar salto, queria algo bem confortável. Mas que ao mesmo tempo fosse maravilhoso e delicado. Escolhi um modelo de salto grosso, todo de pedrinhas. Ficou lindo. 

 

 

Roupa do noivo:

 

Eu e minha sogra fomos com o noivo para ajudar na escolha da roupa dele.

 

 

Cerimônia:

 

O local foi o mesmo da festa. Sempre quis assim, pois acho mais prático para os convidados não terem que sair de um lugar e ir para o outro. 

Queria uma cerimônia diferente e não queria que uma pessoa que eu não conhecesse, falasse da gente no casamento. Então decidir que iria convidar algum amigo ou alguém próximo para celebrar. 

A escolha final foi o meu cunhado. Que convive comigo e com o Felipe desde que começamos a namorar. Uma pessoa que tem muito contato com a gente, conhece a nossa história e o nosso relacionamento. Além disso ele é uma pessoa que fala e escreve muito bem. E não contamos para ninguém que ele seria o celebrante, apenas para nossos pais e irmãos. Para o restante da festa foi surpresa. 

No final todo mundo elogiou muito, foi uma cerimônia super diferente. Ele nunca tinha feito nenhuma celebração e nem nada parecido. Mas ficou lindo, pois falou realmente sobre eu e o Felipe, coisas que um Padre ou um celebrante contratado não saberia falar. Foi algo muito intimista, ”personalizado” e a nossa cara. 

Ele conseguiu emocionar todos os convidados, foi algo maravilhoso. Ele ainda convidou a minha melhor amiga e a minha cunhada para falarem um pouco também. 

 

Música da cerimônia:

 

Tivemos uma orquestra, Opera Galante. Foi um cortejo clássico, com músicas brasileiras que são músicas que nós dois gostamos de ouvir em nosso dia-a-dia. 

Foi apenas instrumental.

Entrada Noivo: Apenas Mais Uma de Amor

Entrada Padrinhos: Toda Forma de Amor

Entrada Damas: Aquarela

Entrada Noiva: Marcha Nupcial + Céu de Santo Amaro

Entrada Alianças: Fico Assim Sem Você

Votos: Ave Maria

Livro Assinatura: Por Você

Saída Noivos: Do Seu Lado

 

 

Padrinhos e madrinhas:

 

Tivemos apenas 8 casais de padrinhos, pois foi uma festa bem intimista. Então não queria aquele exagero de padrinhos, até porque o local para a cerimônia era pequeno. 

As madrinhas usaram tons de rosa e os padrinhos uma gravata rosa que demos de presente. 

 

 

Damas e pajens:

 

Foram 4 daminhas 2 pajens. Tinham entre 9 a 2 anos. Todos entraram.

Teve tanto crianças da família (primos, sobrinhos e irmão), quanto filhos de amigos. 

Alugamos a roupinhas de todos. Demos de presente o sapatinhos para todas, as daminhas de Luiza Barcelos e os pajens um All Star.

 

Local da festa:

 

Tive muita dificuldade em encontrar o local pois queria algo diferente, fora do tradicional. 

Em BH não tem muitas opções assim e a maioria dos salões são para casamentos grandes. 

Então queria um lugar diferente e que fosse pequeno, para ficar aconchegante para o números de convidados da minhas festa (180 pessoas). 

A Casa Bravo inaugurou tem pouco tempo, assim que descobrir já me apaixonei pelo o lugar. Tem uma cara completamente diferente de salões de festa, a proposta deles é um lugar bem descontraído e moderno. O meu casamento foi o primeiro que aconteceu lá. 

Atendeu todas as expectativas.

 

Decoração:

 

Sempre quis um casamento colorido, e o Valter (V Design) conseguiu fazer exatamente o que eu queria. 

Idealizamos o projeto juntos, foram meses conversando e fazendo adaptações no layout para chegar em uma proposta moderna e diferente. 

Não faria nada diferente, achei que ficou perfeito.

 

 

Bolos e doces:

 

A escolha do bolo foi super fácil, pois fiz no meu lugar preferido de bolos de BH.

A Les Juliettes faz os bolos de todos os meus aniversários, fez o bolo do meu noivado e o do meu casamento. Amo o bolo delas, além de delicioso é lindo. 

Os doces fiz degustação em algumas empresas que gosto, para escolher qual seria. Mas também foi fácil de escolher. 

A Eduarda Ballesteros acabou fazendo os doces do meu chá de panela e do casamento. 

 

 

Buffet:

 

Muito feliz com a minha escolha, na minha opinião, é o melhor buffet de BH.  O menu era jantar sentado, tinham 3 opções de jantar e cada convidado precisava pedir seu prato para o garçom. 

Nós dois comemos super pouco na festa, pois queríamos aproveitar o máximo e não dava tempo de parar para comer. Fiquei um pouco arrependida, pois só escutei elogios da comida e não provei nada. Rsrsrsr

Servimos espumante, cerveja, whisky e teve bar de drinks. 

 

 

Música da festa:

 

O DJ escolhi o que tocou na festa de 30 anos da minha irmã e que eu tinha amado. E a banda escolhemos uma que iria agradar tanto os convidados mais jovens como os mais velhos. 

A música que mais marcou foi: Dog Days Are Over, acho que é clássica dos casamentos. Foi um momento da festa suuper animado.

 

 

Registros:

 

As fotos foram feitas pela Leca e o Juliano, do O Novo Dia. A Leca é parceira da minha empresa há anos e a gente já ama o trabalho dela. 

E ser fotografada por quem você já conhece e tem intimidade, é muito mais fácil.

 

Convidados:

 

A princípio a festa seria para 150 pessoas, mas você sempre vai lembrando de alguém no caminho e a lista sempre cresce da ideia inicial. No final convidamos 187 pessoas e foram 170 pessoas. 

Tivemos uma quebra muito pequena, justamente por ter sido uma festa muito intimista. Os convidados eram todos muitos próximos nossos, então não teve quebra. 

Não fiemos RSPV ativo e quase ninguém confirmou no site. Mas como todos eram muito próximos do casal, a gente sabia quem iria e quem não poderia ir. Não tivemos surpresas quanto a isso. 

 

Dica:

 

Fiz uma planilha no Excel, para me ajudar a controlar os gastos, meu budget disponível, as datas de pagamento e o que ainda faltava fechar. 

Controlar o budget que você planejou para a festa com o que já gastou é muito importante. No caminho vamos nos empolgando e querendo cada vez mais itens, então o controle é importante. 

 

 

 

Lua-de-mel:

 

Fomos para Portugal e rodamos várias cidades de carro. 

 

Dicas de lua-de mel + novo apartamento:

 

A lua de mel recomendo fechar com uma agência de viagens, o casamento e o novo apartamento tomam muito tempo e isso é algo difícil de ter ajuda externa. 

A minha lua de mel foi a 1° viagem que fechei 100% com uma agência. Eu geralmente gosto de planejar as viagens, pesquisar sobre as cidades. Mas nesta não tive tempo, então a agência me ajudou muito. Organizou tudo, fez roteiro, mandou as dicas dos lugares/restaurantes.

 

 

Presentes:

 

Amava chegar em casa todo dia e ter um presente para abrir e um cartão para ler. Gosto de ver o que cada pessoa escolheu para dar. Ainda não conseguir agradecer todos, mas já agradeci a grande maioria. 

 

 

Ficha técnica:

 

♦︎ Local: Bravo Catering

♦︎ Assessoria e cerimonial: Celebritá Cerimonial

♦︎ Celebrante: Felipe Macedo (meu cunhado)

♦︎ Música da cerimônia: Opera Galante

♦︎ Fotografia: O Novo Dia por Leca Novo

♦︎ Filme: Jelter Duarte Filmes

♦︎ Decoração: V Design

♦︎ Florista: V Design

♦︎ Mobiliário: Arte e Brilho Festas

♦︎ Mobiliário: Loja das Festas

♦︎ Iluminação: Satellite Iluminação

♦︎ Fechamento: Made In Brasil Eventos

♦︎ Buffet: Bravo Catering

♦︎ Bolo: Les Juliettes

♦︎ Doces: Eduarda Ballesteros

♦︎ Doces: Bravo Catering

♦︎ DJ: DJ Ronan Rossato

♦︎ Banda: Pipa

♦︎ Open bar: Drink & Art Coquetéis

♦︎ Vestido: Vivaz Brasil     

♦︎ Véu: Vivaz Brasil     

♦︎ Beleza: LM Studio – Leo e Mauricio

♦︎ Brincos da noiva: Alessandra Semioni

♦︎ Grinalda: Marcia Marquez

♦︎ Alianças: Loxus Joias

♦︎ Sapatos: Luiza Barcelos

♦︎ Buquê: V Design

♦︎ Roupa do noivo: Zac

♦︎ Lapelas dos padrinhos: V Design

♦︎ Roupa das damas: Mariah Damas

♦︎ Roupa dos pajens: Laçarote

♦︎ Convite Artes Gráficas Cândida Amorim

♦︎ Identidade visual: Artes Gráficas Cândida Amorim

♦︎ Segurança: Victory Eventos

♦︎ Carro da noiva: Fui no do meu pai

♦︎ Manobra: Victory Eventos

♦︎ Lista de presentes: La Ville, Tool Box e Quero de casamento (Magazine Luiza)

 

 

 

Cadastre-se para receber nossas matérias no seu email.

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

 

Leia mais:

5 Dicas para o seu Save the date

Custos extras com o casamento que você não imaginou que teria

7 erros que os noivos não devem cometer

Deixar um comentário