A Joana foi uma noiva mais do que decidida. Queria um casamento no campo, casou na Coudelaria Souza Leão, queria um vestido de noiva com manga comprida já idealizado por ela, e o encomendou ao Quirino, queria uma decoração clássica rústica e os decoradores arrasaram. O resultado foi um casamento espetacular e, principalmente, com a identidade dos noivos, algo que ela nunca abriu mão!

Veja aqui todos os detalhes e confira suas dicas:

 

Noivos: Joana Fiuza de Araujo e Valdir Nery de Santana Jr.

Data: 16/09/2017

Local: Coudelaria Souza Leão, Recife – PE

 

◊ ANTES DO CASAMENTO

História do casal: Nós tínhamos alguns amigos em comum mas nunca tínhamos conversado, até que nos encontramos na lancha de um desses amigos, no Cabanga Iate Club onde estava tendo o show do Asa de Águia. Foi onde demos o primeiro beijo. Pouco tempo passou, a afinidade era tão grande que já começamos a namorar.

 

O pedido de casamento: Foi em Buenos Aires. Eu já sabia que a data do pedido estava próxima mas não tinha certeza de que seria naquela viagem. Cheguei a procurar a aliança por todo canto da mala, mas ele me conhece tanto que levou a aliança sem a caixa e dentro da carteira para que eu não achasse, rsrs. Então, quando estávamos almoçando e tomando um vinho no Porto Madero ele me pediu em casamento.

 

◊ O CASAMENTO

 

Os preparativos: Marcamos a data logo que chegamos em Recife, cerca de 1 ano e 3 meses de antecedência. Os preparativos foram tranquilos porque eu contratei uma assessoria que me auxiliou em tudo que era necessário na cerimônia e na festa. Ela solicitou orçamentos e até fechou diretamente com alguns fornecedores quando a demanda do meu trabalho não permitiu que eu mesma fosse. Para a escolha dos profissionais peguei algumas a indicações com a assessoria e outras pesquisei na internet. Então eu selecionava os que me interessavam, solicitava orçamento, marcava reunião e depois definia.

 

O vestido de noiva: Eu já sabia que queria um vestido de noiva clássico, mas que tivesse a minha identidade. Sempre soube que não queria brilho e queria que ele tivesse manga longa, então optei por aplicações de uma renda totalmente diferente do tradicional, com desenhos grandes e gola alta, que tornou o vestido mais imponente.

Sou uma pessoa que quando decido o que eu quero ele tem que ser daquela forma, então sempre soube que não conseguiria comprar o vestido pronto e teria que mandar fazer. Na minha primeira pesquisa de estilista consultei uma pessoa que me cobrou um valor exorbitante, um verdadeiro absurdo, o que me angustiou bastante e me fez refletir se eu conseguiria casar com o vestido que tanto tinha idealizado. A mesma pessoa chegou a reduzir um pouco o valor inicialmente cobrado sob a condição de que “eu deixasse nas mãos dela”. Contudo, além do valor ainda permanecer exorbitante, fiquei preocupada com o fato de ter que deixar nas mãos dela e não ter o vestido que idealizei. Dessa forma, segui em adiante procurando outros estilistas, e me deparei com José Quirino Albuquerque, conhecido como Quirino. Com toda sua competência e humildade, me cobrou um justo valor e realizou o sonho do meu vestido de noiva sem criar qualquer dificuldade, realizando todas as provas necessárias para que eu ficasse completamente feliz e este foi, de fato, o dia mais feliz da minha vida.

Meu véu teve 6 metros e em sua borda tinham aplicações da mesma renda do vestido.

Consegui prender perfeitamente a cauda do vestido para a festa com a ajuda do cerimonial da Unique Eventos.

 

Dica: Escolha algo que encaixe com a sua personalidade, que tenha a sua identidade, que lhe deixe feliz e segura. Eu cheguei a pesquisar muito na internet e principalmente no Instagram, o que ajuda bastante, só que no meu caso como eu sabia o que eu queria as pesquisas me ajudaram de outra forma, me deram a certeza do que eu não queria e que de fato eu queria o que já havia idealizado.

 

Acessórios: Eu fui na Marie Noivas que, na minha opinião, é a melhor loja de acessórios para noivas aqui em Recife e escolhi um pente, porque já sabia que a tiara não faria meu estilo. Ocorre que quando meu vestido estava ficando pronto fiz a prova do penteado e notei que a gola do meu vestido limitava, porque o coque não poderia ser muito baixo, então o pente que eu tinha escolhido não servia. Diante disso fiquei angustiada e enviei uma mensagem pra Marília Lacerda (que fez a minha maquiagem e cabelo) informando que eu estava em pânico, kkk, porque não estava gostando da proporção do pente no meu penteado. Ela gentilmente me perguntou se eu gostaria de marcar outra prova porque queria que eu ficasse confiante, nenhuma noiva merece ansiedade + dúvida. Topei e marcamos. Depois entrei em contato com a querida Andréa, dona da Marie Noivas, pedindo que ela me atendesse logo após a prova do penteado para que eu encontrasse um pente que encaixasse perfeitamente, e foi exatamente o que aconteceu.

Então, no meu caso, eu priorizei o penteado, diante das limitações ocasionadas pela gola do meu vestido. Achei essa minha ideia de realizar a prova do penteado e logo em seguida – com o penteado na cabeça, ir decidir a peça do cabelo perfeita porque evita surpresa de ter que adaptar o cabelo a peça escolhida.

 

O brinco eu também já sabia que queria algo pequeno e delicado, na Marie Noivas encontrei exatamente o que eu queria.

 

O sapato eu comprei novo e foi da Schutz! Estava passeando no shopping e quando vi me encantei.

 

Roupa do noivo: Foi difícil, kkk, porque o noivo deixou pra resolver de última hora e não tínhamos tempo de mandar fazer, mas depois de muita procura encontramos um que vestiu perfeitamente na Brooksfield, da marca Italiana Mazoto.

 

Making of: Me arrumei no Hotel Raddison, junto com minha mãe, minha irmã e uma grande amiga. O Valdir se arrumou na casa dos pais. Nos falamos rapidamente pela manhã pra acertar alguns preparativos finais relativos às bebidas. É um dia que passa muito rápido, de muita ansiedade!

 

Cerimônia: Queria casar no campo, em Bezerros, onde já foi a casa da família, cerca de 94 km de Recife. Ocorre que quando comecei os preparativos vi que ia demandar uma estrutura maior devido a algumas adaptações necessárias na casa. Diante disso logo desisti e depois de algumas visitas escolhi a Coudelaria Souza Leão por ser mais próximo da ideia que eu tinha de casar no campo. O celebrante foi Dom Paulo Garcia, da Igreja Episcopal Carismática do Brasil, e a cerimônia foi linda, leve e emocionante!

 

Música da cerimônia: Contratamos uma orquestra da Produtora Bravo e foi um cortejo clássico com músicas escolhidas juntamente com meus pais e Alexandre Lemos, dono da produtora.

 

Padrinhos e madrinhas: Foram chamados 24 padrinhos e eu os deixei livres para escolher a cor do terno, da gravata, do vestido e etc.

 

Damas e pajens: Tivemos 3 damas e 3 pajens, filhos da família e amigos. Todos entraram e as roupas foram alugadas. A das daminhas eu escolhi um tom rosé e foram alugadas na Micas e a dos meninos escolhi um terno preto, com gravata off white e foram alugados na Vert Rouge.

 

Local da festa: O local era lindo, parecia que estávamos no campo e atendeu todas as nossas expectativas.

 

Decoração: Na minha opinião meu casamento foi um clássico rústico, queria algo clássico mas que tivesse o rústico da madeira e a cara do campo. Conversei com os decoradores, Fabiano Reis e Silvio Medeiros, e passei para ele a ideia do que eu queria e fizemos um esboço de como seria. No final a decoração atendeu todas as minhas expectativas, tanto que eu não mudaria NADA.

 

Bolo e doces: Posso dizer que a escolha do bolo foi uma das coisas mais difíceis do casamento porque não queria nada muito tradicional e queria que tivesse flores. Tive que pesquisar bastante na internet até achar exatamente o que eu queria.

 

Buffet: O buffet nós contratamos por fora e fiquei extremamente satisfeita com minha escolha. Tivemos mesa de welcome drinks, com águas aromatizadas e sucos regionais, coquetel volante frio, coquetel volante quente, coquetel volante panelinhas com 4 opções cada, carrinho gourmet servindo farfalhe grano duro ao fondue de queijos trufado, duas mesas americanas postas durante toda a noite servindo salada, atum selado, quiches, queijos, terrine, pernil, salmão, moqueca de frutos do mar, filé trufado e etc. Também tivemos lanche da madrugada, mini cachorro quente e batatas fritas.

Assim que a cerimônia terminou tiramos algumas fotos e em seguida nos levaram para comer, mas estávamos muito ansiosos para curtir a festa, então comemos rapidamente e voltamos pro salão.

O serviço de bar foi fornecido pelo buffet e tivemos de bebida whisky, vodka (caipiroska) e champagne.

 

Música da festa: Tivemos dois Dj’s e duas bandas que animaram a festa até o dia amanhecer.

 

Registros: Contratamos Edno Bispo para a fotografia e a equipe da Teik Brasil para a filmagem. Eu particularmente pensei que ia me incomodar o fato de ficar sendo filmada e fotografada, também achei que o Valdir ia dar trabalho na fotografia porque não tem muita paciência para fotos, mas estávamos tão felizes e radiantes com nosso casamento que fazíamos questão de registrar todos os momentos.

 

Convidados: Eu honestamente me perdi na elaboração da lista de convidados e nunca tive um número exato da quantidade, apenas um número aproximado de 570 pessoas.

Dica: Não percam esse controle porque é a base para o número de mesas, bebidas, doces e buffet.

 

◊ APÓS O CASAMENTO

Lua-de-mel: Eu e Valdir gostamos de tomar um bom vinho e comer uma boa comida, então escolhemos como destino a Itália. Chegamos por Roma, depois passamos uns dias em Capri, Sorrento, Florença e Toscana.

Foi uma viagem maravilhosa, a nossa cara e que foi perfeitamente organizada por uma agência de turismo italiana chamada Cieli di Toscana.

Dica: Escolha um destino romântico e que se encaixe na personalidade de ambos para que façam aquilo que se vocês se identificam.

 

Presentes: Inicialmente, mandava uma mensagem agradecendo pelo presente e pelo carinho conforme ia recebendo, mas com o aumento da quantidade de presentes que chegava e com a proximidade do casamento eu comecei a ficar meio perdida e acabei não agradecendo alguns.

 

Ficha técnica:

✓ Cerimonial e Assessoria – Unique Eventos

✓ Celebrante – Dom Paulo Garcia

✓ Local da Cerimônia e Festa – Coudelaria Souza Leão

✓ Vestido de Noiva e Véu – Quirino

✓ Cabelo e Maquiagem – Marília Lacerda

✓ Acessórios – Marie Noivas

✓ Sapatos – Schutz

✓ Buquê e Lapelas dos Padrinhos – Fabiano Reis e Silvio Medeiros

✓ Roupa das Damas – Micas

✓ Roupa dos Pajens –Vert Rouge Sophistiqué

✓ Alianças – Zeca Moraes Joalheiro

✓ Música Cerimônia (Coral, Orquestra) – Produtora Bravo

✓ Música Festa (DJ, Banda, Sax, Bateria) – DJ Gulliver, DJ Rodrigo Guerra, Banda Felipe e Gabriel, Rafa Mesquita

✓ VJ – Rodrigo Limoni

✓ Foto – Edno Bispo

✓ Filme – Teik Brasil

✓ Buffet e Bar – La Cusine

✓ Decoração – Fabiano Reis e Silvio Medeiros

✓ Iluminação – One Light

✓ Bolo e Doces – Lucinha Cascão

✓ Arrumação mesa de doces – Carola Queiroz

✓ Forminhas – Fátima Luna

✓ Bem-casados –Wilde Bem Casados

✓ Convite e Identidade Visual – Denise Lins

✓ Caligrafia – Juliana Parmera

✓ Roupa do noivo – Brooksfield

✓ Gerador – Auri Geradores

✓ Manobra e Segurança – RCC

✓ Limpeza e Higienização – Alcance Terceirização

✓ Hotel da noite de núpcias – Raddison Hotel

✓ Lua de mel – Cieli di Toscana

✓ Lista de presentes – Prima Casa e site

 

 

Leia mais:

10 erros que os noivos não devem cometer

Metabolic Detox, a fórmula perfeita para emagrecer com saúde para o seu casamento ou para o verão

Descubra a opinião do dj Mau sobre atrações musicais no casamento

 

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

Deixar um comentário