Quem disse que cupidos não existem? O grande cupido da Michelle e do Arthur surgiu de onde menos esperava, da professora de francês, Josie. Ela sempre achou que os dois combinavam e deu seu jeito de apresentá-los, e não é que ela estava certa?

Quer saber um pouco mais da história do casal? Sobre seu incrível pedido de casamento na Itália? Veja tudo aqui:

 

Noivos: Michelle Piñeiro e Arthur Bichmacher

Data: 09/09/2017

Local: MAM – Rio de Janeiro, RJ

 

◊ ANTES DO CASAMENTO

 

História do casal: Comecei a minha carreira na área marketing da L’Óreal e nessa época eu fazia aula de Francês com uma professora super querida (Josie Doval). Nessa mesma época o Arthur também fazia aulas de Francês com a Josie, para se preparar para o processo de Intercâmbio da UFRJ. O sonho dele era passar temporada fora, estudando em outro país. Nesse período as nossas vidas eram muito diferentes, eu já trabalhava e o Arthur ainda estudava engenharia. A Josie sempre comentou do aluno dela que fazia engenharia de produção na UFRJ, que era muito bonito, que tocava violão e que era super educado, ela super “vendia” seu perfil e falava que tínhamos tudo a ver, mas eu nunca levei muito a sério.

Nessa época o destino jogava super contra. Eu namorava outra pessoa e ele também. Logo depois eu terminei meu namoro e ele foi fazer intercâmbio na França. Nessa época, eu também passei uma temporada fora estudando, enfim seguimos caminhos distintos.

Acredito que tudo acontece na hora certa, no momento que deve ser! Um dia depois da minha aula de francês a Josie me convidou para “tomar um chopp” num barzinho em Copacabana. Eu achei super “contra mão” porque eu trabalhava no centro da cidade, morava na Barra da Tijuca e o pior não bebia chopp, só coca cola (eu não bebo nada! Arthur sempre me perturba querendo cia para um bom vinho!). O que eu iria fazer em Copacabana? Além do mais eu estava super cansada, depois de uma semana “pesada” de trabalho. Foi um dia que eu fui trabalhar com a pior roupa do meu armário, simplesmente a que era mais confortável. O meu objetivo era só trabalhar e voltar para casa. Mas enfim, ela insistiu muito e ela realmente é muito convincente nos argumentos, acabei cedendo!

Quando chegamos no barzinho, ela foi se direcionando para uma mesa que por coincidência não estava vazia! Tinha um menino, lindo por sinal, com uma caixa de bombom na mão. Eu não entendi nada. Eles se cumprimentaram, ela então perguntou do intercâmbio e ele respondeu dizendo que foi ótimo e logo foi entregando o bombom em forma de agradecimento. Na hora liguei os pontos e entendi o contexto, ela estava querendo nos apresentar. Armou tudo!!!!! O que eu não imaginava é que ela seria tão direta. Ela pegou o bombom, tirou uma foto com o Arthur e depois disse: “Mi e Arthur, eu queria muito que vocês se conhecessem. Vocês têm tudo a ver, então aproveitem. Bisoussss” e foi embora!!!!!! Eu gelei! Nos olhamos e começamos a rir. O Arthur tem um sorriso irresistível e, o melhor, uma conversa super interessante. Ficamos ali por horas conversando sobre a sua viagem, a minha e sobre o estágio que ele iria começar no mercado financeiro, ele estava super animado. Naquele dia ele ainda não sabia, mas eu já tinha certeza que ele seria meu namorado! Foi amor à primeira vista.

Em tempos modernos, nada mais de flores ou cartas pelo correio, eu fiquei mesmo é esperando ele me adicionar no Facebook e isso demorou 3 diassss! Quase morri de tanta ansiedade. Quando ele mandou o convite eu precisava deixar claro que realmente tinha interesse nele e a resposta foi mais do que direta. Por inbox eu respondi: “está adicionadíssimo!”. Depois disso veio o tão esperado convite para sairmos e logo começamos a namorar.

 

O pedido de casamento: A nossa música é “Fly in to the moon“, do Frank Sinatra.
Nós amamos Frank Sinatra e sempre que toca essa música nós paramos e começamos a dançar! Parecemos dois malucos dançando no meio do nada. Essa música foi tema do pedido de casamento.

Nós estávamos em Roma e o Arthur me disse que tinha feito uma reserva especial num restaurante referência em culinária mediterrânea. Quando chegamos o restaurante era maravilhoso, com vista dos Jardins da Villa Borghese e de todo Vaticano. A nossa mesa era a primeira, com uma vista impecável do pôr do sol!! O ambiente era muito romântico e tinha ao fundo uma música lounge bem calma. Nós jantamos ali e no final da noite começou a tocar “Fly in to the moon“. Nesse momento eu já comecei a chorar, ele riu e me beijou! Dois garçons entraram carregando travessas especiais com tampas, depois da contagem: “Uno, due, tre” eles tiraram as tampas. Em baixo de uma tinha uma sobremesa escrito “Principessa mi vuoi sposare” e debaixo da outra tinha uma caixinha linda com o anel mais perfeito do mundo! Arthur se abaixou, fez o pedido mais importante das nossas vidas e eu com toda certeza do mundo disse SIMMMM. Todos do restaurante aplaudiram e choraram… foi a maior festa, rsss.

 

◊ O CASAMENTO

 

Os preparativos: Comecei a organizar o nosso casamento 1 ano antes. Nós ficamos noivos em Junho de 2016 e em Setembro de 2017 marcamos a data do casamento.

A minha mãe foi fundamental em todo o processo. Ela me acompanhou e embarcou nessa loucura planejando comigo cada detalhe.

Para ajudar ainda mais eu contei com todo o profissionalismo da Flávia Cavaliere, nossa cerimonial. A expertise dela tornou todo o processo mais fácil e o resultado final inesquecível! Eu conheci a Flávia por acaso e foi amor à primeira vista! Ela me passou confiança em todos os momentos e eu via o “brilho nos olhos” que ela tinha ao fazer o seu trabalho.

Todos os meus profissionais foram validados por ela. E para tomar a decisão, eu busquei informações em blogs, revistas e através de amigos.

 

O vestido de noiva: Eu sou publicitária e sempre fui muito decidida. Desde o início eu já tinha uma ideia de como gostaria que fosse o meu vestido de acordo com o meu estilo e personalidade.

Para a primeira entrevista com a Carol Hungria eu fui toda preparada com um “Moodboard” de referências, tipos de renda e acessórios. Mas quando estava na recepção, ainda antes de entrar eu parei e pensei que antes de ficar noiva eu já acompanhava o trabalho da Carol e amava todos os modelos que ela desenhava. Então eu decidi que a deixaria livre para criar o meu modelo. Dar criatividade para quem tem talento é o ingrediente de maior sucesso!!!!

O meu veú foi bem leve combinando com a minha grinalda de pérolas com cristais. A minha cauda foi suspensa e na festa eu me joguei sem medo! É o momento que você tem que aproveitar sem medo de ser feliz! A minha manga saía e eu ficava com um detalhe mais curto e confortável para aproveitar a pista de dança. Mas eu me achei tão maravilhosa de manga que não quis tirar! Fiquei a noite toda e dancei sem restrições!

Dica: A minha dica para quem vai casar e está buscando o vestido de noiva ideal é confiar na estilista que escolheu. Procure alguém que tenha sinergia com o seu perfil e estilo, que transpire felicidade e que faça por amor! Com isso não tem erro! Eu ameiiiii a Carol Hungria e toda a sua equipe. O momento de pegar o meu vestido foi super especial e muito marcante. O ateliê inteiro desceu para fazer a entrega e foi o maior chororô. Jamais vou esquecer tamanho carinho que recebi dessa equipe!

 

Acessórios: Para a grinalda eu queria uma joia de pérolas. Para mim as pérolas passam elegância e ao mesmo tempo delicadeza. É uma joia atemporal e que nunca sai de moda. O casamento é sim a ocasião perfeita para usar pérolas. Para achar o modelo ideal busquei vários ateliês mas comprei a minha no Ajour Atelie, em Belo Horizonte.

Para o sapato eu queria uma opção que fosse confortável e que ao mesmo tempo fosse “moderninho”. Acho que o sapato é a hora em que a noiva pode ser mais descolada. Escolhi uma sandália da Manufact furta-cor com rosa!

 

Roupa do noivo: A roupa do noivo foi mais fácil mas não menos especial! Escolhemos um estilista também para fazer sob medida e a dica é colocar o colete de outra cor! Depois que o noivo “cai” na pista e tira o paletó se o colete for do mesmo tom ele fica igual a todos os outros convidados!

 

Making of: Nós paramos de nos falar 2 dias antes do casamento. Acho importante essa expectativa para o grande dia, aumenta o nível de emoção! 🙂

O Arthur se arrumou em casa com seus pais e eu me arrumei com a minha mãe e avó no Copacabana Palace. O meu dia foi muito tranquilo e maravilhoso! A dica é relaxar e confiar na equipe que você contratou. Não adianta ficar se estressando e pensando nos detalhes! No dia do casamento já foi tudo que tinha que ser!!

O meu buquê foi escolhido a dedo e preparado com muito carinho pela Edla Barros! Ela é uma super profissional que eu realmente indico de olhos fechados! Ela foi perfeita, pontual e super cuidadosa!

 

Cerimônia:

 

Música da cerimônia: Para a cerimônia contratamos a orquestra Violinos Moza! Foi lindo! Embalamos a cerimônia com muita Bossa Nova, o que foi perfeito para o contexto que tinha como vista a Baía de Guanabara e o Pão de Açúcar!

 

Padrinhos e madrinhas: Tivemos 17 casais.

O dress code das madrinhas foi uma variação da escala Pantone Rosa e tons de bege.

Para os padrinhos o dress code foi terno preto com colete preto e gravata bordô que compramos e presenteamos.

 

Damas e pajens: Nós brincamos que tivemos uma creche inteira! Foi uma fofura! Tivemos 12 pajens e damas!

A roupa foi feita para os pequenos pela Atelier da estilista Andressa Gomes.

 

Local da festa: Eu sempre sonhei em casar no MAM. Sempre gostei da energia do lugar e da vista para a cidade maravilhosa. Isso facilitou muito a escolha. O lugar foi fantástico! Agradeço muito por toda parceria da equipe do MAM e do buffet Laguiole que foram sensacionais.

 

Decoração: A decoração foi rústica mas com alguns toques bem modernos, afinal estávamos no Museu de Arte Moderna! Eu pesquisei bastante antes de definir como gostaria, e para ficar mais fácil eu e Flávia fomos montando “Mood boards” de referência! Desenhamos tudo juntas e ela deu o toque final, sempre tem que ter uma surpresa para a noiva. Esse efeito “wowwww” no inicio da festa é maravilhoso!

 

Bolos e doces: Eu escolhi diretamente com a cerimonialista! Essa parte foi deliciosa e o noivo fez questão de estar presente hahaha.

 

Buffet: O nosso buffet foi bem diversificado!

Tivemos jantar empratado e mini porções. A ideia era atender a todas as necessidades!

Para beber tivemos bar de caipirinhas (Saque, Vodka Absolut e Cachaça), Prosseco Wine and Roses e open bar de chopp de cerveja artesanal Hocus Pocus.

 

Música da festa: Para animar a festa escolhemos a Banda Briefing e eu super recomendooo! Eles foram incríveis, ensaiaram com o noivo que entrou na dança e tocou junto com eles! O show foi inesquecível e a pista ficou lotada até o final!

Para adicionar brilho na festa tivemos a presença do saxofonista Stanley Neto que arrasou com o DJ Alessandro Freitas! Tudo funcionou perfeitamente orquestrado o tempo todo de forma impecável pela Flávia Cavaliere e seu time!

Ela sempre falou: “O segredo para a pista bombar é os noivos não saírem da pista” e nós cumprimos essa missão à risca!

 

Registros: Nossa #bombou!!c #casamentomichelleearthur

Para cobrir o momento escolhemos um time top e com um super alto astral! Para foto Daud Pacha e Victor Miguel, e para filmagem o Beto Santoro.

 

Convidados: Essa parte é a mais complicada! Nossa festa era para 300 pessoas e no final foram 340 pessoas!

O número passou mesmo com RSVP e convites individuais! As pessoas sempre levam um acompanhante fora da lista, baba… esse momento é super delicado! Por mais que você controle ao máximo sempre tem um extra!

 

◊ APÓS O CASAMENTO

 

Lua-de-mel: A lua de mel foi maravilhosa! Fomos para Aruba, um destino super romântico do Caribe!

Escolhemos como destino o resort mais romântico do Caribe com o quarto na areia da praia! Melhor que isso impossível!!!

 

Dicas importantes sobre a organização pós casamento + lua-de mel + novo apartamento: Muito controle financeiro e calma! Pensa que é uma fase e vai passar!

 

Presentes: Nós agradecemos todos os presentes, fiz questão de responder uma a um! É consideração por aquela pessoa querida que se dedicou para comprar algo para você!

 

Leia também a matéria sobre este casamento no site da cerimonialista Flávia Cavaliere aqui.

 

Ficha técnica:

✓ Cerimonial e Assessoria – Flávia Cavaliere

✓ Celebrante – David Alhadeff

✓ Local da Cerimônia e Festa – MAM (Museu de Arte Moderna)

✓ Vestido de Noiva e Véu – Carol Hungria

✓ Grinalda – Ajour Atelier

✓ Cabelo – Flávio Santos e Gilberto Torrini Hairstyle

✓ Maquiagem – Raquel Ferreira

✓ Acessórios noivo – Mont Blanc

✓ Sapatos – Manufact

✓ Buquê e Lapela dos padrinhos – Edla Barros

✓ Roupa das Damas e Pajens – Atelier Andressa Gomes

✓ Alianças – Tiffany & co

✓ Música de Cerimônia – Violinos Moza

✓ DJ – Alessandro Freitas

✓ Coreografia noivos – Gil Rangel

✓ Iluminação – Rastropop

✓ Banda – Briefing

✓ Sax Live – Stanley Neto

✓ Foto – Daud Pacha e Victor Miguel

✓ Filme – Beto Santoro, da Bv1 Produções

✓ Buffet – Laguiole

✓ Bar – Laguiole / Prosecco Wine & Roses / Cerveja artesanal: Lacervas

✓ Decoração – Flávia Cavaliere

✓ Chocolate – Le Chocolat

✓ Lembrancinhas – Fave Sandálias

✓ Convite e identidade visual – Eurostile

✓ Carro – Black Tie Eventos

✓ Roupa do noivo – Eduardo Guinle

✓ Hotel da noite de núpcias – Copacabana Palace

✓ Lua de mel – Aruba

✓ Lista de presentes – Virtual

 

 

Leia mais:

Fotografias de casamentos únicas para inspirar

As 7 verdades sobre o melasma

Erros de gravação no CaseMe TV!

Comentários “Casamento Michelle e Arthur

  1. Lindos e super queridos!!! O casal é um sonho de amor!!! Super diferentes e ao mesmo tempo tão iguais!!! No amor… na cumplicidade.. na alegria!!! Adorei coreografa-los!!! A dança foi um espetáculo!! E ainda ganhei mensagem super fofa de agradecimento direto da lua de mel!!! Tem como não amar???!!! Bjks dançantes ? Gil Rangel

    Resposta

Deixar um comentário