Após 10 anos de relacionamento, sendo 2 anos de noivado à distância, finalmente aconteceu o tão sonhado casamento! Tainá escolheu dois lugares com uma arquitetura incrível para celebrar seu grande dia, cerimônia na Igreja São José e festa na Confeitaria Colombo, um casamento clássico e urbano em tons neutros.

Noivos: Tainá Duarte Meinicke Farias e Rodrigo Jorge de Castilho Barilli

◊ ANTES DO CASAMENTO

História do casal: Nos conhecemos em 2006 em uma vigem de carnaval para Garopaba, nós não nos conhecíamos, mas estávamos no mesmo grupo graças a um grande amigo em comum. Éramos muito novos, ele estava no pré vestibular e eu tinha acabado de entrar na faculdade de odontologia, o que fez com que fosse preciso amadurecer e aprender juntos. Passamos por muitas coisas nesses 10 anos, alguns momentos muito difíceis envolvendo a saúde de pessoas queridas, algumas perdas, mas muito momentos felizes, grandes conquistas, viagens e diversão, sempre rodeados por muitas pessoas especiais. Somos o típico casal “topa tudo”, adoramos estar entre amigos e adoramos uma programação agitada, sempre concordamos em deixar o “jantarzinho” para depois. Crescemos juntos, foram  duas faculdades, especialização, residência, embarques a trabalho, 2 anos de noivado à distância (ele morou 1 ano nos EUA e 1 ano no Japão), mas sempre pensamos e soubemos que tudo valia a pena pelo nosso futuro juntos. Começamos a falar em casamento antes da ida dele para os EUA em 2014, motivado por essas conversas e pela importante decisão de mantermos o relacionamento mesmo à distância que ele decidiu fazer o pedido de casamento.

O pedido de casamento: Passamos o carnaval de 2014 em Gramado com um casal de amigos e ele armou um plano com o casal para jantarmos sozinhos. Fomos em um restaurante lindo e romântico na beira de um lago (Bouquet Garni) e o pedido foi feito durante o jantar quando os garçons trouxeram as alianças ao servirem a sobremesa. Ao retornar para o hotel o nosso chalé estava todo enfeitado com velas e pétalas de rosas, e havia uma garrafa de champagne sobre a cama.  Uma semana depois, a mãe da minha melhor amiga ofereceu um pequeno jantar para as nossas famílias e alguns amigos muito queridos. Minha mãe é falecida desde 2010 e todo esse carinho foi muito especial.

◊ O CASAMENTO

Os preparativos: Comecei a organizar o casamento com bastante antecedência, a data foi marcada 1 ano e meio antes, o que me permitiu fazer a escolha dos fornecedores com calma e pesquisar muito. Nenhum deles foi escolhido às cegas, todos foram indicações de amigos ou outros fornecedores, acho muito importante conhecer o histórico de trabalhos, pois assim diminuem as chances de surpresas negativas. Me aprofundei no trabalho de cada um deles através de sites, blogs e revistas do ramo. Sempre levei em consideração a qualidade do serviço oferecido e preço cobrado, buscando uma boa relação custo-benefício. Como no período de planejamento do casamento o Rodrigo morou fora do Brasil eu acabei ficando mais a frente das tarefas e decisões, mas alguns itens tiveram forte participação dele, como: o local da festa, as bebidas, o que seria servido, as louças que seriam utilizadas pelo buffet e as músicas que seriam tocadas pelo DJ. As famílias e algumas amigas queridas ajudaram em algumas decisões, sempre respeitando o fato de que os nossos desejos e opiniões eram as mais importantes.

O vestido de noiva: Sempre adorei o universo dos casamentos e tinha uma empolgação especial quando o assunto era vestidos de noiva. Quando iniciei a busca eu já tinha uma ideia muito clara das minhas preferências, que eram: estilo princesa, tomara que caia, com bastante renda e bem marcado na altura da cintura. E foi com todas essas referências que cheguei ao Atelier Marie Lafayette. Decidi iniciar a minha busca por lá, pois queria começar por um local onde encontraria vestidos de alta qualidade e acabamento impecável, o que me daria uma boa referência, só não esperava que a busca teria início e fim no mesmo dia. Me apaixonei pelo segundo vestido que experimentei e não tive a menor dúvida de que aquele era o vestido dos meus sonhos, na verdade melhor do que o dos meus sonhos. A escolha do meu vestido se resumiu a um local visitado e a dois vestidos experimentados! Como o vestido escolhido era todo em renda chantilly francesa e esse tipo de renda é muito delicado, optamos por não colocar uma cauda muito grande, porque ao prendê-la danificaria o tecido, então desta forma ficamos livres para abusar no comprimento do véu. Com o auxílio da equipe do atelier escolhi um véu de 4,5 metros de comprimento repleto de cristais aplicados delicadamente. Já a grinalda casava sutilmente com o cinto de cristais austríacos do vestido.

Making of: Meu making of foi no Hotel Belmond Copacabana Palace. Fui acompanhada das minhas duas irmãs de sangue e das duas de coração, minhas melhores amigas. Foi o próprio Rodrigo que me levou até o hotel na manhã do dia do casamento, carinhoso e atencioso, como sempre. Em seguida seguiu para a casa dos pais e passou as últimas horas acompanhado deles, do irmão e do amigo querido que nos apresentou dez anos antes. Nos falamos uma vez ao telefone ao longo do dia, ele me ligou para perguntar quantos minutos durariam os meus votos, em todo o processo de organização do casamento o que deixou o noivo mais nervoso, sem dúvidas, foram os votos! Eu estava bem tranquila, a ansiedade veio quando me vi totalmente pronta!

Cerimônia: A escolha do local foi norteada pelo estilo clássico da Igreja e pela localização. Além disso, a mesma oferecia os músicos, o que reduziu minhas tarefas e os custos. Um diferencial da nossa cerimônia foi a escolha do celebrante, tivemos a honra de ter nosso casamento conduzido por um diácono casado com uma grande amiga, o que tornou tudo mais pessoal e exatamente o estilo de celebração que desejávamos. Os momentos mais emocionantes foram a entrada do meu irmão como pajem e a leitura dos votos.

Padrinhos e madrinhas: Tivemos 10 casais de padrinhos. Os padrinhos vestiram meio fraque e as madrinhas ficaram livres para escolher as cores que desejassem. A decisão de não definir uma cor ou uma paleta de cores veio da minha parte, queria que todas se sentissem maravilhosas e estivessem à vontade com os looks escolhidos, isso, para mim, era o mais importante.

Damas e pajens: Foram 3 damas e 1 pajem, todos da família. As damas são minhas primas: Laura e Helena (gêmeas, tinham 1 ano e 11 meses), e Júlia (tinha 2 anos e meio). As 3 superaram todas expectativas, entraram sozinhas e arrancaram suspiros de todos os convidados. O pajem foi o Pedro, meu irmão de 1 ano e 10 meses, como ele entrou no momento das alianças, convidei a minha madrasta para conduzi-lo até o altar. Foi um festival de fofuras!!!

Local da festa: Nunca tinha participado de nenhum casamento na Confeitaria Colombo, me apaixonei pela ideia de tê-la como palco do meu sonho ao ver uma foto da primeira dança de um casal em meio as minhas buscas de inspirações na internet. À partir daí bastou confirmar que meu encantamento poderia se tornar real. Comecei a reunir informações de todos os conhecidos que já haviam participado de um evento desse estilo no local e todos só tinham elogios a fazer. Fizemos uma degustação, conversamos com a equipe de decoração e, enfim, decidimos esse era o local perfeito. Tudo superou muito as minhas expectativas. O buffet e o serviço foram impecáveis, e a decoração estava exatamente do jeito que eu tinha imaginado!

Decoração: O nosso casamento seguiu o estilo clássico, o que ficou bem representado nas escolhas da Igreja e do local da festa. Escolhemos esses locais porque gostamos da combinação do clássico com o urbano que, em conjunto com bairro, deram um clima sofisticado e elegante ao casamento, além de ser central e de fácil acesso para os convidados. Ambas as locações têm arquiteturas incríveis, dispensando exageros de decoração e despertando muito encantamento. À partir dessas escolhas todas as outras foram feitas para complementar o cenário de maneira delicada, para que não ofuscassem a beleza dos locais. Minha paleta de cores preferida sempre foi a de tons neutros e foi exatamente a que utilizamos, através de uma mescla de flores brancas e rosa chá, toalhas peroladas, suportes de vidro e bandejas de prata. Um pequeno diferencial da nossa decoração foram as fotos da minha mãe, falecida há 6 anos, que fiz questão de colocar, senti que seria uma bela forma de homenageá-la. O projeto foi idealizado por mim com a ajuda da equipe de decoração da Confeitaria Colombo.

Música da festa: Nossa primeira dança foi um sonho, ao som de Everything do Michael Bublé, fizemos uma coreografia simples, mas muito especial desenvolvida pelo próprio noivo. Porém, com certeza, o momento que o DJ escolheu para atender ao meu pedido e tocar a música Time of My Life, do filme Dirty Dancing, foi o mais inesquecível, essa música significa muito para mim. Minha mãe sempre foi apaixonada por esse filme, foram incontáveis as vezes que eu, minha irmã e minha mãe vimos esse filme juntas, desde quando nem éramos capazes de ler a legenda, então as memórias são muito fortes.

Na festa, quanto tocou a música, todos pularam e cantaram muito empolgados, mesmo os que não sabiam da importância dela, e no primeiro refrão alguns amigos, junto com o Rodrigo me levantaram como no filme, mesmo sem termos combinado nada! Além disso, na segunda parte da música vivi um momento de muita emoção dançando abraçada com a minha irmã, pois pude sentir a forte presença da minha mãe ali. Foi indescritível!

Buffet: O buffet foi o da própria Confeitaria Colombo e superou muito as nossas expectativas. Foram servidos aperitivos volantes, incluindo mini porções e um jantar, que contava com 2 tipos de massas, 1 risoto e 3 tipos de saladas. O jantar foi servido em 3 estações fixas, 1 no primeiro andar e 2 no segundo, o que fez com que os convidados se servissem com muita facilidade. As bebidas foram sucos, refrigerantes, cerveja, uísque e pró seco. Além disso também contratamos o open bar da Confeitaria Colombo que incluía drinks com saquê, cachaça artesanal e vodca.

Registros: Contratamos foto e filmagem, e divulgamos a # do nosso casamento, tainaerodrigo.

Convidados: Fizemos uma festa para 200 pessoas, convidamos 245 e tivemos 204 presentes. Nosso RSVP foi somente por e-mail. A lista de convidados é uma das partes mais difíceis da organização de um casamento, acho que esta opinião é unânime. Eu e Rodrigo somos um casal com muitos amigos, sempre estivemos rodeados de muitas pessoas especiais e decidimos organizar as nossas listas seguindo o mesmo critério, selecionamos pessoas que nos deixariam felizes por terem estado ao nosso lado nesse dia, mesmo quando recordarmos daqui a muitos anos. Sem dúvida cada uma dessas pessoas escolhidas fez com que esse dia se tornasse inesquecível, transbordando felicidade e animação.

 

◊ APÓS O CASAMENTO

Lua-de-mel: Deixamos para aproveitar nossa lua de mel em fevereiro de 2017 devido as agendas profissionais. Nosso roteiro será Tailândia – Laos – Camboja. Escolhemos estes locais devido as praias paradisíacas, templos grandiosos e divinos, povo e cultura interessante e receptiva. A Ásia é um continente que nos empolga.

Presentes: Receber os presentes é um momento repleto de carinho, cada mensagem enviada junto é recheada de carinho e bons desejos. Tive o cuidado de responder todas as mensagens.

 

Ficha técnica:

✓ Cerimonial e Assessoria – Carolina Waldhelm

✓ Celebrante – Diácono Jorge Alex

✓ Local da Cerimônia – Igreja São José

✓ Local da Festa – Confeitaria Colombo

✓ Vestido de noiva, Véu e Brincos – Marie Lafayette

✓ Grinalda – Marcelo Hicho

✓ Cabelo e Maquiagem – Gabriela Figueira

✓ Sapatos – Mega Shoes

✓ Buquê – Angela Silveira

✓ Lapelas dos padrinhos – Artedecore das Flores Naturais

✓ Alianças – Vivara

✓ Música Cerimônia (Coral, Orquestra) – Alexandre Longo (Igreja São José)

✓ Música Festa (DJ) – Uilson Faria (Japiassú)

✓ Foto – Claudia Queiroz

✓ Filme – Antonio Bier Filmes

✓ Buffet, Bolo e Doces – Confeitaria Colombo

✓ Decorador – Luciana Assis (Confeitaria Colombo)

✓ Iluminação – Japiassú

✓ Flores – Artedecore das Flores Naturais (igreja) e A Roseira

✓ Bem-casados – Casal Garcia

✓ Lembrancinhas – Brownies, bem-casados, rasteirinhas (Moment Shoes) e brownies fit (Brownfiteria)

✓ Convite – Struture Produções em Eventos

✓ Roupa do noivo – Só à Rigor

✓ Gerador – Annatrans

✓ Hotel da noite de núpcias – Belmond Copacabana Palace

✓ Lista de presentes – Site

Deixar um comentário