Verena e Caio se conhecem desde a época de pré adolescência mas foi em 2013 que eles deram o primeiro beijo em uma festa em Belém. Depois desse dia eles namoraram por 6 anos até o Caio pedir a Verena em casamento! E no dia 14 de março de 2020 aconteceu o casamento desse casal animado e divertido.

A cerimônia foi na Igreja Santo Alexandre com a Orquestra Quorum do Sérgio Lobato. Foi nesta igreja que a Verena fez a missa dos seus 15 anos; e o Padre Eloi, quem celebrou o casamento, é amigo da família então foi mesmo uma cerimônia emocionante. Sem falar na noiva que estava linda e radiante com seu vestido do Atelier Luciana Collet e beleza por Júnior Fiel.

A festa estava incrível! O cerimonial ficou por conta da Duas Cerimonial e a decoração moderna – misturando toalhas de renda e muitas flores – foi executada pela decoradora Cristina Mutran. O bolo do Milton Santos também chamou a atenção, tinha 5 andares e cheio de flores brancas.

Tudo foi registrado pela Carol Marques e Sidney Produções que captaram perfeitamente a emoção desse dia tão especial.

Confira a história do casal e inspire-se nas fotos lindas deste casamento!

 

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelos noivos, em 1ª pessoa. Nossa proposta é uma troca livre e real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outros casais que ainda estão no caminho!

 

Noivos: Verena Tandaya e Caio Bangoim

Local: Cerimônia: Igreja Santo Alexandre / Recepção: Estação das Docas, Belém – PA

Data: 14 de Março de 2020

 

Créditos da foto do destaque: Carol Marques

 

 

 

História do casal:

 

Já nos conhecíamos da época de pré-adolescência. Quando final de 2013, ambos estavam solteiros, nos encontramos em uma festa em Belém e aconteceu o primeiro beijo. Depois disso começamos a conversar e não conseguiamos mais ficar sem se falar um dia.

Em abril de 2014 começamos a namorar (ou seja, 6 anos de namoro). Somos muito diferentes, mas amamos estar um com o outro. Diversão é o nosso sobrenome. Gostamos desde ficar em casa vendo um filme, até ir para festa e chegar de manhã.

 

 

O pedido de casamento:

 

O pedido de casamento foi um surpresa pra mim e para minha família. Final de novembro de 2018 íamos fazer uma viagem para Colômbia. O Caio estava programando para fazer o pedido nessa viagem. Porém, começou a comentar com algumas pessoas da minha família e percebeu que a melhor forma de fazer o pedido era com toda a familia reunida e não só nós dois.

Então, dia 17 de novembro de 2018, no dia do aniversário do meu primo, Júlio, Caio aproveitou a oportunidade e fez o pedido. Foi muita emoção. Maravilhoso. Não poderia ser melhor.

Quando foi em dezembro oficializamos o pedido com um jantar reunindo toda a família e amigos mais próximos.

O anel de noivado é maravilhoso, todo de brilhante. Caio escolheu e disse que essa missão não foi fácil (risos).

 

 

Créditos: todas as fotos desta matéria são da Carol Marques

  

 

Os Preparativos:

 

Nós marcamos a data com 1 ano e 3 meses de antecedência . Os preparativos foram tranquilos, eu e minha mãe ficamos mais à frente. Caio participou daquilo que ele se interessava mais.

Nós contratamos um cerimonial (As Duas Cerimonial) e foi essencial. Escolhemos a grande maioria dos profissionais por indicação.

 

Roteiro-completo-para-organizar-seu-casamento_-cronograma-comentado-em-7-etapas

 

No dia do casamento, antes da cerimônia: 

 

O casamento foi às 11 horas da manhã do dia 14 de março de 2020, ou seja, o nosso dia do casamento foi reduzido. Na sexta, no dia anterior, foi ótimo. Reunimos com a família que veio de fora.

Caio dormiu no hotel com o filho dele e eu fiquei em casa. Nos despedimos na sexta a noite. Nós nos falamos pouco durante os preparativos da cerimônia e estávamos muito ansiosos.

Caio e o filho dele, Gustavo, passaram o making of juntos.

No meu making of estava a minha mãe (Vera), meu pai (Alvaro), minhas irmãs (Vanessa e Vitória), minha tia (Nazaré) e minha sogra (Ana Lúcia).

 

 

O vestido de noiva:

 

Não tive muita inspiração. Escolhi uma estilista (Luciana Collet Couture) para fazer o vestido. Conversei com ela de como eu imaginava que fosse e fomos compondo o vestido.  

O véu e a grinalda eram mantilha. E eu pude prender a cauda durante a festa.

É muito dificil a escolha do vestido, pois você começa com uma ideia e perto do casamento já está pensando em outra coisa.

A dica que eu possa dar é, se você for fazer um vestido sob medida, converse muito com a sua estilista, exponha seus gostos, saiba o que cabe melhor no formato do seu corpo e não fique pesquisando outros modelos a partir do momento que você escolheu o seu.

E se ficar insatisfeita durante o processo, converse com a sua estilista que vocês vão achar a melhor forma de chegar no vestido dos seus sonhos.

 

 

Acessórios:

 

Eu já tinha alguns acessórios em mente, como o brinco.

Já a mantilha era um sonho que eu tinha e desenvolvi com a estilista.

Sapato igualmente e mandei confeccionar com a Kila Calçados.

O buquê foi a decoradora Cristina Mutran que fez, falei como queria e ela desenvolveu de forma brilhante.

O brinco de brilhante, o terço e o acessório da cabeça foram peças especiais de família que eu usei. 

 

 

Roupa do noivo:

 

A escolha da roupa do noivo foi fácil. Ele vestiu um Camargo Alfaiataria. No início eu ajudei, mas no final ele viu sozinho.

 

 

Cerimônia:

 

Não tinha nada programado para a data. A data escolhida foi a que tinha vaga na igreja que a gente queria , juntamente com o local da festa.

A igreja que casamos foi a mesma que fiz a missa dos meus 15 anos, Igreja Santo Alexandre. É linda e tem um significado especial para mim.

O celebrante (Padre Eloi) possui um histórico na minha família e foi incrível a escolha. Todos os momentos da cerimônia foram muito emocionantes, desde a entrada do noivo até a nossa saída. 

 

 

Música da cerimônia:

 

Para música da cerimônia contratamos a Orquestra Quorum do Sérgio Lobato. Foi um mix de cortejo clássico e músicas modernas.

 

 

Padrinhos e madrinhas:

 

Foram chamados 24 casais.  

Não tinha regra, apenas tinham que usar terno, blusa branca e a gravata que demos de presente.

E as madrinhas não tinham restrição de roupa, estavam livres.

 

 

Damas e pajens:

 

Foram 4 pajens e 2 damas. Eram filhos de família. Mandamos fazer as das damas com a Dona Ceciliana. Dos pajens nós compramos.

 

 

Local da festa:

 

A escolha do local foi bem tranquila. Já queríamos esse local, Estação das Docas, desde quando fui pedida em casamento.

O lugar foi muito melhor que do que imaginávamos e atendeu a todas as nossas expectativas.

 

 

Decoração:

 

Escolhemos um casamento moderno. A idealização do projeto foi uma união entre a decoradora Cristina Mutran e a gente, e foi melhor do que as minhas expectativas.

Não faríamos nada diferente. 

 

 

Bolos e doces:

 

A escolha do bolo até que foi fácil. Experimentamos alguns lugares de Belém e fizemos nossas escolhas. O bolo do Milton Santos estava lindíssimo.  

Em relação ao chocolate e a mesa de doces estava tudo maravilhoso, não faltou nada e sobrou docinhos.

 

 

Buffet:

 

Ficamos muito felizes com a nossa escolha. Foi servido o buffet, porém tinham também as mesas de antepasto, eram duas ilhas; além das entradas volantes. Foi sensacional.

De bebidas alcoólicas foram servidos Cerveja (Coronita), espumante (Chandon), wisky (Gold Label), e drinks (Jane Tunas).  Contratamos a Jane Tunes como serviço de bar além do buffet da Roberta Gastronomia e Buffet.

 

 

Música da festa:

 

Como o casamento foi durante o dia, a escolha das bandas foi bem difícil. Mas fizemos as melhores escolhas. Teve banda e dj.

 

 

Registros:

 

Contratamos a Carol Marques para a foto e o Sidney Produções para o vídeo. Gostamos de registrar todos os momentos, mas a cerimônia tem um sentimento especial. Incrível. 

 

 

Convidados:

 

Fizemos uma festa para 450 convidados.

A minha dica é: lista de convidados é muito difícil de fazer, portanto escolha aquelas pessoas que tem um envolvimento com o casal e que torcem pela felicidade de vocês.

 

 

 

Lua-de-mel:

 

Não fomos para lugar nenhum por conta da pandemia do Coronavírus.

 

 

Dicas importantes sobre a organização pós casamento + lua-de mel + novo apartamento:

 

Não tivemos lua de mel, mas se tiver uma dica é: contrata uma agência para resolver tudo para vocês. Montar um apartamento é uma tarefa desgastante e difícil.

 

 

Ficha técnica:

 

♦︎ Local: Estação das Docas

♦︎ Cerimônia: Igreja Santo Alexandre

♦︎ Cerimonial: As Duas Cerimonial

Celebrante: Padre Eloi.

Música de Cerimônia: Orquesta Quorum

♦︎ Fotografia: Carol Marques

♦︎ Filme: Sidney Produções

♦︎ Decoração: Cristina Mutran

♦︎ Buquê: Cristina Mutran

♦︎ Dj: Dan Miller

♦︎ Atração: Thiago Costa

♦︎ Atração: Royal Band

♦︎ Sax: SAX ON BEAT

♦︎ Buffet: Roberta Gastronomia e Buffet

♦︎ Open bar: Jane Tunas

♦︎ Bolo: Milton Santos

♦︎ Doces: Claudia Moraes Cake Designer

♦︎ Bem-casados: Conceição Bem Casados    

Doces: Brigadrie

♦︎ Vestido: Luciana Collet

♦︎ Véu: Luciana Collet

♦︎ Beleza: Junior Fiel

 Acessórios: Casa Vasconcellos

♦︎ Sapatos: Kila Calçados

♦︎ Terno do noivo: Camargo Alfaiataria

Identidade visual: Luiza Acatauassu

Convite: Leila Lessa Convites

Gerador: Anderson Barros

 

Cadastre-se para receber nossas matérias no seu email.

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

Leia mais:

 

Casamento Caroline e Claudio no Central Hall

 

Plantas e folhagem na decoração do casamento

 

Roteiro do casamento: dia da noiva

Deixar um comentário