Você já deve ter se deparado com os tão famosos colágenos nas farmácias ou lojas de suplementos alimentares, e talvez as dúvidas tenham ficado na cabeça: “será que eles têm benefícios para a firmeza da pele? Será que estou na idade para tomar?” O que faz diferença mediante a uma gama tão grande de marcas? Basta tomar um saquinho desses por dia para ficar durinha?”.

Sei que essas dúvidas são frequentes e que todas procuram a forma mais rápida e menos trabalhosa para alcançar o objetivo do corpo durinho e dizer bye byte à flacidez. E a resposta é: “não existe milagre!”.

Mas, vamos retornar ao colágeno e listar alguns benefícios:

 

1. Entenda o que é o colágeno

O colágeno é uma proteína que está presente no nosso organismo, não só na pele, mas também nos ossos, músculos, tendões e articulações. Ele é responsável pela firmeza, elasticidade e tônus desses tecidos. Na pele, ele será o carro chefe para manter o viço e a firmeza, adiando o aparecimento das rugas e flacidez.

O grande problema é que a partir dos 30 anos temos uma redução na produção do colágeno, e aí começamos a observar o aumento da flacidez, rugas e marcas de expressão.

 

2. Atividade física 

A prática de exercícios deve ser MODERADA E FREQUENTE para estimular a produção de colágeno natural. Em contra partida, se você, noiva, é atleta ou pratica atividade física em excesso, TEM que fazer suplementação de colágeno, já que a atividade em excesso acaba por gerar mais radicais livres que são um dos vilões e responsáveis pelo envelhecimento cutâneo, devido a um processo de oxidação que acaba gerando alterações metabólicas gradativas como a queda na produção do colágeno.

Em resumo: atividade moderada ajuda, atividade em excesso prejudica na formação natural de colágeno e, por isso, necessita fazer reposição!

 

3. Suplementação com o colágeno

Existem inúmeras marcas de colágeno nas farmácias. O ideal é optarmos pelo colágeno hidrolisado em pó e não por cápsulas,  já que as pílulas têm quantidades bem menores e são mais dificilmente absorvidas.

O colágeno hidrolisado em pó é absorvido mais rapidamente e fica disponível na corrente sanguínea mais rápido e com menos perdas para serem aproveitados pelos tecidos como a pele.

 

4. Quantidade

A quantidade recomendada é de 5 a 10 gramas diárias. As cápsulas contém 500 mg e para atingir a dose de 10 g precisaríamos de 20 cápsulas. Esqueça! Prefira o colágeno em pó.

 



5. Idade

A minha orientação é iniciar a suplementação aos 25/30 anos, quando começamos a ter a queda na produção pelo nosso organismo.

 

6. Orientação médica e nutricional

É importante destacar que na maioria das vezes esses suplementos não causam efeitos adversos, mas não se arrisque! Procure sempre orientação médica ou de um nutricionista, eles entenderão a sua necessidade do momento e saberão se existe alguma contra indicação no seu caso.

 

7. Diga adeus

Existem alguns outros vilões além da atividade física em excesso e que você deve dizer adeus. Aí vão eles: consumo excessivo de álcool, dietas ricas em açúcares, tabagismo e, é claro, exposição solar sem a proteção adequada e em horários inadequados.

 

E aí, animada para manter a pele durinha?

Não esqueça: milagres não acontecem, é preciso dedicação! Mas, como esse período pré-casasamento é de total dedicação, tenho certeza que com essas dicas você vai tirar de letra!

dra-tatiana-dermato-correto-750x208

Leia mais:

5 dicas para deixar sua pele incrível neste outono

As 7 verdades sobre o melasma

A importância da logística no seu casamento

 

Deixar um comentário