Coluna Fellipelli - Percepcao ou Julgamento

Ao identificarmos os tipos psicológicos, podemos compreender melhor as nossas características pessoais e suas consequências. E sem dúvida, o autoconhecimento é chave para um bom relacionamento.

E quais seriam essas características pessoais? Alguns exemplos são: seus pontos fortes e comportamentos eficazes; pontos cegos, áreas potenciais para crescimento, administração de conflitos; resolução de problemas e comportamentos relacionados ao estresse.

Como a Adriana Fellipelli explicou nos posts anteriores, a identificação do tipo Psicológico feito pelo assessment de personalidade MBTI, caracteriza quatro preferências pessoais básicas. 

 

1- Percepção dos estímulos externos que lhe chegam –  Sensação ou Intuição – S ou N 

2- Julgamento para tomar decisão  Pensamento ou Sentimento – T ou F

3- Direcionamento de energia vital  Extrovertido ou Introvertido – E ou I  

4- Relacionamento com o mundo externo – Percepção ou Julgamento – P ou J 

 

E é esse sobre o último que vamos abordar hoje. Percepção ou Julgamento, com qual você se identifica?

 

Continue reading

Na última matéria que postamos da Fellipelli abordamos as atitudes de Extroversão e Introversão.

Assim como temos a atitude de nos voltarmos para o interior (introversão) e exterior (extroversão), nós também possuímos uma maneira particular de perceber o mundo, que pode ser feita de forma sensorial ou intuitiva

Consequentemente os casais podem ter três combinações: ambos podem preferir a sensação; ou ambos podem preferir a intuição; ou uma pessoa ser sensorial enquanto a outra prefere a intuição.

Nesta matéria vamos te ajudar a entender a sua forma de perceber o mundo e dar algumas dicas que podem ajudar na compreensão do(a) parceiro(a) quando há diferenças.

Vamos lá?

Continue reading

Hoje iniciamos uma série de artigos, desenvolvidos pela Fellipelli  para que você, que vai casar, aproveite todo o conhecimento do assessment de personalidade MBTI para desenvolver um relacionamento mais harmônico.

Afinal, casamento não é uma cerimônia seguida de festa, é um compromisso de dividir a vida para somar. E se o relacionamento não está somando como poderia, precisamos buscar ajustar a equação. E essa coluna tem essa missão; te ajudar nesse processo que envolve autoconhecimento e olhar generoso para o outro.

 

⇒ Falamos sobre a nossa nova colunista na matéria sobre autoconhecimento


Você já ouviu falar sobre questionários de personalidade? O assessment de personalidade MBTI é uma metodologia 
baseada na teoria de Carl Gustav Jung, muito usada por empresas para identificar perfis, mas que também podem ser aplicado às relações e ao casamento.

Existe tipo certo de personalidade para eu me casar? Será que eu me atraí por ele ou ela por causa da sua “tipologia”? Essas perguntas são frequentes quando você conhece o assessment de personalidade MBTI.

Então venha conhecer melhor o que é o MBTI e ver as diferenças entre perfis extrovertidos e introvertidos e como os casais se comportam.

Continue reading

Autoconhecimento por Fellipelli

O casamento é um rito de passagem. A tensão, a expectativa, os investimentos financeiros e emocionais nesta produção do casamento funcionam como uma gravidez para a vida de casados.

É nesta preparação que muitas vezes o dinheiro vai ser um assunto discutido pela primeira vez, os valores do que é importante no casamento serão abordados, os laços entre as famílias se estreitam, e nesta evolução muitas conversas acontecem, ajustes de valores, e sem perceber vocês estarão mais maduros e unidos para esta nova jornada.

Quando amamos e estamos apaixonados, naturalmente, a última coisa que passa pela cabeça são as questões práticas do dia a dia. Em geral, elas só vão nos incomodar quando o relacionamento já está mais estabilizado, ou (bate na madeira!) não vai lá tão bem.

É aí que o autoconhecimento entra como o primeiro passo para reconhecer e identificar as próprias emoções. Pode parecer um pouco egoísta mas é a partir daí que nasce o respeito ao próximo, a escuta ativa e a empatia, que sem dúvida são fundamentais para um casamento saudável e feliz.

Para falarmos sobre assuntos como esse, que vão além da decoração e da beleza da noiva, convidamos a Adriana Fellipelli para ser nossa colunista aqui no CaseMe.

Continue reading

ciúme no relacionamento

Você com certeza já sentiu ciúme alguma vez na vida! Sim, ele é um sentimento quase que inevitável. Pode aparecer na infância quando nasce um irmãozinho ou com amigos na escola, e muito provavelmente quando se inicia uma relação amorosa.

Então se você sente ou já sentiu ciúme está tudo ok, é natural sentir medo ou se sentir ameaçada(o) por uma perda afetiva; o problema é quando o ciúme passa a causar sofrimento em você ou no(a) seu parceiro(a), e isso pode ser mais frequente do que você imagina. Não é atoa que o ciúme aparece como uma das principais causas do fim de muitos relacionamentos.

Se você está em um relacionamento onde o ciúme é o fio condutor de discussões entre vocês, veja algumas dicas de como vocês podem melhorar.

Vamos lá?

Continue reading

Cada pessoa carrega um significado diferente, de acordo com a forma como aprendeu em sua família. Ou seja, o dinheiro tem tantos significados quanto existem pessoas no mundo, e reflete a diversidade de crenças e valores que as família possuem.

Como lidar com a relação dinheiro x relação a dois? Entenda mais um pouquinho neste texto da Véspera. Continue reading

Quando escolhemos um parceiro/parceira para compartilharmos a vida, percebemos que dividiremos também muitas experiências, compromissos, responsabilidades e preocupações, além dos planos de vida e alegrias.

Alguns dos meus coachees me perguntam como devem proceder no caso de realizarem uma união ou casamento inter-religioso. Essa é uma questão muito interessante e delicada, visto que cada pessoa traz de suas famílias a referência de formação ética, valores e também crenças religiosas.

E ai? Como lidar com tudo isso? Continue reading

Foi pedida em casamento e logo a sua agenda quadruplicou com compromissos e responsabilidades? Você já colocou no papel todas as frentes em que precisarão atuar proativamente, individualmente e em parceria? Seu noivo é participativo? Afinal serão muitas as decisões a serem tomadas, antes, durante e depois do evento do casamento. O ideal é estarem juntos, sempre para construirem esse propósito de vida a dois, certo? Veja algumas dicas para obter vantagens e ampliar o sucesso no relacionamento com os seus fornecedores. Continue reading

Vivemos na correria, desempenhando vários papéis e funções de forma simultânea. A sensação é de viver no piloto automático. Acreditamos que podemos realizar duas ou mais tarefas simultaneamente com a mesma eficiência, porém precisamos nos organizar para dar conta de tudo com foco e atenção, se desejarmos obter os resultados esperados. Continue reading