Ao decidir o repertório musical para o seu casamento, há sempre algumas dúvidas sobre quais são as melhores opções de músicas para harmonizar a cerimônia. O que mais importa, afinal, é que estas escolhas reflitam a personalidade dos noivos.  

Fernando Vilela, músico da Ornamentus, dá algumas dicas para o CaseMe Tv sobre a escolha do repertório musical para o seu casamento.

 

 

 

 A personalidade

 

O músico Fernando Vilela fala neste CaseMe TV sobre o grande peso da personalidade dos noivos na decisão sobre o repertório musical do casamento. Como um vestido de casamento, não adianta impor um estilo para uma noiva que não se identifica com ele. É preciso sempre levar em consideração a personalidade dos noivos e respeitá-las na hora de selecionar as músicas

“Escolher repertório é igual escolher roupa.”

 

A escolha de repertório

 

Nem sempre as músicas mais clássicas para casamento, como a Marcha Nupcial para a entrada da noiva, são as que combinam com o estilo dos noivos. O importante é que a música emocione os noivos: aquele momento será eternizado. Leve em consideração que esta música precisa traduzir a personalidade dos noivos para selecionar o seu repertório. Por isso, a dica do Fernando é que saindo das músicas super clássicas você terá uma série de possibilidades, como Pompa e Circunstância, de Elgar.

“Têm noivas que ouvem a Marcha Nupcial e se debulham em lágrimas”.

 

 

Leia mais: 

A roupa do noivo: tudo o que você precisa saber

Decoração do casamento: Tudo que você precisa saber

O novo repertório da cerimônia

 

Deixar um comentário