Lua de Mel na Tailândia.

 

Imagine uma honeymoon cheia de cenários incríveis, com mar tão cristalino quanto o do Caribe, mas em um destino muito mais reservado, exclusivo e quase intocado? Estamos falando da Tailândia, mais especificamente de Koh Samui e Krabi.

Esses dois lugares fogem do que o país tem de mais convencional, como as ruas lotadas da agitada Bangkok ou as populares praias de Phuket, mas sem perder sua essência cultural ou deixar de lado as tradições locais que podem se refletir tanto nos tratamentos de bem-estar quanto na gastronomia local, garantindo aos casais apaixonados um segundo amor à primeira vista e a bagagem cheia de memórias épicas no retorno para casa.

 

 

Koh Samui

 

 

A segunda maior ilha da Tailândia esconde tesouros naturais dentro e fora d’água. São 228 quilômetros quadrados de cenários idílicos, que chamam a atenção pela beleza das praias e pela diversidade das suas áreas verdes.

E se as praias de Koh Samui são um must, é claro que a vida marinha não pode – e nem deve – ser deixada de escanteio. Com uma grande variedade de corais, a Coral Cave, por exemplo, é uma ótima pedida de praia para os recém-casados que praticam snorkelinge gostam de apreciar os cardumes coloridos desfilando entre as águas calmas e transparentes – aqui, os equipamentos quase não são necessários para observá-los com nitidez.

 

Embora um pouco mais movimentada, outra excelente praia com mar tranquilo para atividades aquáticas é a Choeng Mon, bastante procurada para caiaque e mergulho. Mas, para quem deseja apenas relaxar e aproveitar um dia de sol, ainda há a isolada Silver Beach, considerada um pequeno paraíso tropical da ilha.

 

Também vale encaixar no roteiro a Taling Ngam, emoldurada por palmeiras e com um mar tão tranquilo quanto uma piscina natural, e a charmosa Thong Krut, também conhecida pelos passeios de barco que são ótimas sugestões para explorar as riquezas ao redor.

 

Mas o mar não é á única marca na identidade de Koh Samui. O Ang Thong National Marine Park é a prova de que a natureza tailandesa vai muito além das riquezas escondidas no fundo do Oceano Pacífico. Embora algumas lindas praias também componham o cenário do parque, cachoeiras e vegetações endêmicas também podem ser exploradas durante o passeio nessa área protegida, além de lagos belíssimos, como o Thale Nai de água esmeralda, montanhas ideais para trekking, que proporcionam vistas panorâmicas do seu topo, e uma rica vida selvagem – são macacos, lontras, águias, tartarugas marinhas, iguanas e uma série de animais que fazem do Ang Thong o seu habitat natural.

 

E as belezas da ilha não param só por aí! Cercada por pedras, falésias e uma floresta exuberante, as cachoeiras de Muang formam uma piscina natural superconvidativa para quem adora nadar, relaxar e estreitar os contatos com uma natureza bruta como a de Koh Samui.

 

Ainda falando de área verde, também é bacana conhecer o Secret Buddha Garden, um jardim escondido no alto das colinas que conta com uma coleção de esculturas de pedra inspiradas em animais locais e divindades sagradas do folclore budista.

 

 

É certo que a natureza revitaliza as energias e acalma o espírito de quem procura se desconectar das loucuras do mundo urbano. Mas em Koh Samui, os templos budistas e os santuários chineses espalhados pela ilha também cumprem muito bem esse papel. 90% da população tailandesa segue o budismo como religião, e não é à toa que o destino guarda alguns dos monumentos religiosos mais bonitos do mundo.

 

Dois deles são os mais impressionantes de Koh Samui: o Big Buddha Temple, com uma estátua dourada de Buda de quase 12 metros de altura, e o Wat Plai Laem, que exibe uma grandiosa imagem branca de Guanyin, a deusa da misericórdia e da compaixão.

O Grande Buda é um dos marcos mais icônicos da ilha, e já chama atenção dos visitantes antes mesmo do avião pousar graças à altura e imponência da estátua que já pode ser vista lá do alto. Ao redor da atração, há barraquinhas vendendo artigos artesanais e peças religiosas, além de comidinhas típicas e pequenos restaurantes dedicados à culinária local.

Os devotos costumam realizar oferendas diariamente ali, e esses rituais podem ser observados a qualquer hora do dia, complementando a experiência de estreitar o vínculo com as tradições locais e vivenciar a cultura em sua forma mais legítima.

 

 

O Wat Plai Laem não fica muito longe dali, e proporciona aos visitantes uma visão das crenças chinesas e tailandesas, exibindo obras de arte que retratam o budismo e uma arquitetura também inspirada na religião. Vários monumentos e murais estão ao redor do templo, com técnicas artísticas baseadas em filosofias centenárias, embora o lugar, de design moderno, só tenha sido construído no século 21. A estátua branca de Guanyin não é a única atração do templo, mesmo sendo considerada uma das principais. Há também santuários menores dedicados a divindades como Ganesha e Vishnu, e uma estátua branca do monge chinês Budai que deixa claro a forte herança cultural deixada pela China.

 

 

A serenidade dos templos permite que práticas de meditação sejam bem-vindas nesses espaços, e as vistas bonitas que se tem de lá parecem completar ainda mais a sensação de preenchimento da alma. É o que acontece também nos spas de Koh Samui, dedicados totalmente ao bem-estar físico, mental e espiritual dos visitantes. Seus tratamentos são uma boa dica para se aproveitar a dois, com opções que vão de massagens terapêuticas a yoga, aromaterapia, pilates, reiki, sauna e tratamentos hidrotermais. Os spas costumam investir em métodos relaxantes que garantem o revigoramento do corpo, utilizando técnicas tailandesas ancestrais de cura e tendo como pano de fundo cenários arrebatadores da natureza local para despertar ainda mais o clima agradável.

 

 A gastronomia é outro highlight da Tailândia e Koh Samui não poderia se destoar das demais cidades grandes do país. Para aqueles que amam os sabores únicos da culinária tailandesa, famosa – e marcante – por combinar perfeitamente os paladares doce, salgado e apimentado não podem deixar de fora os restaurantes que privilegiam a autenticidade da gastronomia local. Dá pra juntar sofisticação, estilo, romance e boa comida no mesmo jantar, principalmente quando se trata de um date especial para deixar a lua de mel ainda mais inspiradora.

Cozinhas elegantes como a do Namu e também a do restaurante Koh Thai, que prezam pelos ingredientes regionais para composição dos pratos e ainda se atentam aos pequenos detalhes de uma decoração intimista, são paradas obrigatórias para experiências gastronômicas incríveis.

 

 

Krabi

 

 

Não é só Koh Samui que ostenta belas praias. Em Krabi, o cenário não deixa nada a desejar. Areias douradas, águas límpidas e clima de romance em cada paisagem. O visual é arrebatador, principalmente quando as imensas falésias emolduram as praias para complementar os encantos do destino. De mar azul turquesa irresistível, águas calmas e convidativas, o lugar é considerado um dos melhores para mergulho na Tailândia, já que sua vida marinha muito rica pode ser facilmente contemplada em atividades aquáticas.

 

Em Krabi, a idílica Phra Nang Bay, por exemplo, é uma ótima pedida para ser explorada em passeios de barco, que costumam realizar algumas paradas durante o trajeto para mergulho, snorkeling e nado. Caiaque e vela também são bastante praticados, aproveitando a serenidade das ondas e a beleza infinita da natureza que rodeia.

A Railay Beach também merece visita, principalmente dos casais que adoram praticar atividades radicais como escalada ou trekking, já que as montanhas em volta da praia atraem viajantes de todo o mundo em busca de uma aventura a mais no roteiro. Vizinha dela, há também a Tonsai Beach como opção de escalada, com suas grandes rochas calcárias e um clima descontraído marcado por barzinhos e muito reggae music.

 

 

Mas há uma lista de atrativos em Krabi que não se limita apenas às praias. Piscinas naturais de água doce, cachoeiras e selvas verdejantes exibem um pôr do sol tão bonito quanto àqueles assistidos à beira-mar. Há cavernas escondidas que são um verdadeiro espetáculo – e mistério – da natureza, e visitá-las em um passeio de caiaque ou canoa, remando entre as lagoas e a vida selvagem dos mangues, é um programa imperdível. O Thung Teo Forest Natural Park é uma das pedidas que não pode ficar de fora do roteiro. A Emerald Pool é sua atração mais bonita, mas as trilhas realizadas em meio à diversidade da flora endêmica, que levam para cachoeiras e ainda permitem proximidade à fauna local, também são perfeitas sugestões para aproveitar o dia ao ar livre. 

 

 

Além das maravilhas naturais, Krabi é conhecida por uma vida noturna bem animada e vibrante, com barzinhos de atmosfera casual e casas de música ao vivo que servem excelentes coquetéis artesanais e até exibem performances de dança típica. O oposto de toda essa agitação pode ser encontrado nos templos e santuários, como o sagrado Wat Tham Sua, dono de uma visão panorâmica para a cidade após a subida dos mil degraus de sua escadaria, e o Wat Kaew Korawaram, um dos maiores templos de Krabi – e, por muitos, também considerado o mais bonito.

 

 

Diante de tanto charme, há quem diga que Krabi é uma das regiões mais majestosas de toda a Tailândia – ou talvez até do continente inteiro. Famosa por suas águas esmeraldas, e pelos manguezais situados à sua costa, o destino também chama a atenção por suas paisagens de calcários que se erguem sobre o mar como rochas gigantes, guardando tesouros surpreendentes da natureza tailandesa e inspirando uma viagem épica para ser vivenciada a dois.

 

 

Onde comer

 

Koh Samui

 

 

Koh Thai Kitchen

 

Focado na cozinha do sul da Tailândia, o restaurante é um dos destaques gastronômicos do hotel Four Seasons. Especializado em frutos do mar e mariscos colhidos na região, o Koh Thai ainda conta com ambiente elegante e atmosfera super intimista, propícia para casais que desejam apreciar boa comida e, de quebra, se encantar com uma vista magnífica para o mar.

 

 

Namu 

 

O Namu é um restaurante muito bem decorado, com elegantes detalhes em madeira e iluminação suave que evidencia o clima intimista. No cardápio, a culinária inventiva japonesa é a protagonista, e conta com toques tailandeses que acentuam ainda mais a autenticidade dos sabores asiáticos. As janelas vão do chão ao teto para que a vista das paisagens naturais seja o pano de fundo da casa. 

 

 

Krabi

 

 

Lae Lay

 

O Lae Lay está instalado no hotel Phulay Bay, a Ritz-Carlton Reserve, e é especializado em frutos do mar colhidos na região. O décor é contemporâneo e conta com detalhes em madeira combinados a tons suaves. Intimista, o restaurante também tem vista para o mar, o que permite um clima ainda mais romântico.

 

 

 

Sri Trang

 

A tradicional culinária tailandesa é servida no Sri Trang, restaurante de decoração moderna e ambiente acolhedor. O restaurante é um dos destaques gastronômicos do Phulay Bay, a Ritz-Carlton Reserve, e os tons de azul e dourado nos detalhes da mobília propiciam ainda mais elegância ao ambiente.

 

 

 

Onde ficar

 

Koh Samui

 

Four Seasons Resort Koh Samui

 

A natureza está ao redor do Four Seasons Resort Koh Samui, proporcionando paisagens surpreendentes e uma serenidade típica das ilhas mais remotas. Tendo o oceano como pano de fundo, as villas contam com piscinas particulares de borda infinita e decks privativos, e são decoradas elegantemente com detalhes em madeira que dão um toque rústico às acomodações e evidenciam a sensação de íntimo contato com a natureza.

À beira-mar, o spa do hotel proporciona massagens relaxantes feitas com cocos tailandeses, assim como tratamentos com algas e óleos minerais para revitalização das energias. Além do icônico restaurante Koh Thai Kitchen, a gastronomia do Four Seasons é marcada pelo Koh Bar, que serve canapés harmonizados com vinhos tailandeses, e pela cozinha do Pla Pla, especializada em cortes de carnes nobres.

 

 

Belmond Napasai

 

Na costa norte de Koh Samui, o Belmond Napasai é um refúgio entre a mata e o oceano. Ideal para quem busca tranquilidade e contato estreito com a natureza legítima, o hotel está cercado por mar e vegetação endêmica. Nas acomodações e villas particulares, que garantem privacidade e conforto ao hóspede, detalhes coloridos da cultura indígena compõem o décor elegante, assim como elementos em bambu e madeira.

A gastronomia fica por conta do Lai Thai Restaurant, dedicado a carnes e frutos do mar que são preparados com produtos colhidos em horta própria. Na lista de atrativos, os recém-casados têm à disposição as massagens e o tratamentos de bem-estar proporcionados pelo spa, além de atividades aquáticas, como windsurfe, mergulho e snorkel, e as práticas ao ar livre, a exemplo da yoga e do boxe tailandês. A piscina de borda infinita virada para a praia também é uma boa pedida para aproveitar o clima de sol enquanto se aprecia bons drinques.

 

 

Krabi

 

 

Phulay Bay, a Ritz-Carlton Reserve

 

O design do Phulay Bay, a Ritz-Carlton Reserve tem inspiração nos templos e santuários tailandeses, com décor que evidencia ainda mais as tradições dessa parte da Ásia. As villas garantem privacidade, conforto e sofisticação ao hóspede, com suas piscinas particulares que estão de frente para o mar e para as paisagens incríveis de Krabi. A mobília é contemporânea e há pinturas nas paredes que retratam, de maneira sutil, as heranças culturais dos povos tailandeses. Vários sabores marcam a gastronomia do hotel, com restaurantes elegantes que se dedicam à comida local e a cardápios que privilegiam a culinária do Mediterrâneo. O spa tem como pano de fundo a selva tropical de Krabi, e seus tratamentos relaxantes são realizados a partir de técnicas ancestrais e terapias antigas.

 

 

Esse é um roteiro para casais que gostam de sossego junto à natureza. Para os praticantes de Yoga e os que amam spas, um verdadeiro sonho de lua de mel para reequilibrar as emoções, o corpo e a mente e entrar no dia a dia do casamento com outra energia.

 

Este roteiro foi útil para você? Conte para nós nos comentários.

 

teresa-perez-tours-e-caseme-750x111

Leia também:

 

Lua de Mel em Los Cabos, México

Lua de Mel na Nova Zelândia: Wellington e Rotorua

Hotéis para lua de mel nas Maldivas

Deixar um comentário