mudanca nome de casada

Optou por alterar seu nome após o casamento civil e agora precisa mudar os documentos para o nome de casada? 

Então segue nesta matéria porque fizemos um passo a passo para você realizar esta missão.

Veja como e o que você precisa para mudar o nome de solteira para nome de casada na Identidade ou RG, CPF, CNH ou carteira de motorista, Título de Eleitor e Passaporte.

Vamos lá?!

 

Hoje, a lei no Brasil permite que a alteração do nome seja opcional.

Mas por tradição ou por uma questão cultural, muitas mulheres optam por acrescentarem o sobrenome de seu marido. Assim como homens podem acrescentar o sobrenome da sua esposa, o que é mais raro.

Apesar de não existir prazo para realizar a atualização do nome de casada, o ideal é que os documentos sejam alterados 3 meses após o retorno da lua de mel, quanto antes melhor.

 

 

Passo 1: Mudar o nome no RG

 

No caso da mudança de nome no RG você deverá buscar fazer uma Segunda Via do documento.

 

Procedimentos:

 

1. Pagar a taxa de serviço 

2. Agendar seu atendimento 

3. Comparecer a um dos postos de Identificação Civil, com a documentação exigida.

 

Pagar a taxa de serviço:

 

No Rio de Janeiro é necessário gerar e pagar boleto DUDA no site do Banco Bradesco, neste link aquiBuscar por DETRAN RJ – GRD, DUDA e GRM e clicar em gerar boleto. Buscar por DUDA, marcar Identificação Civil e seguir o passo-a-passo. O valor do Duda é de R$ 41,79.

 

Em São Paulo a taxa para a emissão de segunda via da Carteira de Identidade é de R$ 43,64. E pode ser paga das seguintes maneiras:

a) Internet Banking (Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander).
b) Boleto bancário (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais – DARE), pago em qualquer agência bancária.
c) Agências do Poupatempo, em cartão de débito ou dinheiro.
d) Totem de autoatendimento no cartão de débito.

 

***  valores atualizados em abril de 2021.

 

Agendar seu atendimento:

 

Depois de pagar a(s) taxa(s) de serviço é hora de agendar a entrega da documentação em um dos postos.

Você precisará agendar um atendimento no DETRAN ou no Poupa Tempo.

No caso do Rio de Janeiro acesse este link para agendar a segunda via do seu RG e em São Paulo acesse este link

 

Documentação exigida:

 

◊ Certidão de nascimento (original)

◊ Certidão de casamento (original e cópia)

◊ CPF (caso queira que conste na ID)

Importante: Todos os documentos dessa lista devem estar presentes com o original e suas respectivas cópias.

◊ Taxa paga específica para a 2ª via da Carteira de Identidade.

 

Prazo para entrega: 10 dias úteis

 

Banner-CaseMe-MEDIO

 

 

Passo 2: CPF

 

Para solicitar a alteração do nome de solteira(o) para nome de casada(o) online, entre neste link da Receita Federal. Não há custos, o serviço é gratuito.

Para atendimento presencial, você pode pedir a mudança de nome no seu CPF nas agências do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal, dos Correios ou dos Cartórios de Registro Civil. O custo será de R$7,00 (valor máximo a ser cobrado do solicitante).

 Verifique aqui a lista de cartórios conveniados: Cartórios conveniados que realizam serviços de CPF (Pago)

 

Residentes ou domiciliados no exterior (quando estiverem no Brasil) só poderão realizar a mudança em uma unidade de atendimento da Receita Federal.

 

Confirmação da alteração:

 

◊ Se você fez a solicitação em uma agência do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal, dos Correios ou em uma representação diplomática brasileira, utilize o código de atendimento recebido para acompanhar, via internet, a situação do pedido .

 

◊  Você também pode checar se o seu nome foi atualizado no  Comprovante de Situação Cadastral no CPF ou no Comprovante de Inscrição no CPF.

 

 

 

 

 

 

Passo 3: CNH

 

O processo de atualização do nome de casada na CNH, carta ou carteira de motorista é bem parecida com a do RG. Mas lembre-se que o RG deve ser o primeiro documento a ser atualizado.

 

Procedimentos:

 

1. Pagar a(s) taxa(s) de serviço.

2. Agendar a entrega da documentação em um dos postos.

3. Comparecer ao posto no dia marcado, com a documentação necessária.

 

Pagar a taxa de serviço:

 

No caso do Rio de Janeiro, é necessário gerar e pagar boleto DUDA no site do Banco Bradesco, neste link aqui.  Buscar por DETRAN RJ – GRD, DUDA e GRM, clicar em gerar boleto. Buscar por DUDA, marcar Habilitação e seguir o passo-a-passo.

O valor do Duda é de R$ 156,69

 

Em São Paulo para emitir segunda via da CNH o custo é de: Envio pelo correio (R$ 11,00) e taxa de R$ 107,00 que pode ser pago em um dos bancos conveniados (Banco do Brasil, Bradesco e Santander)

Também tem a opção do pagamento ser feito no local com cartão de débito das bandeiras Visa, Mastercard ou Elo nas unidades com o novo padrão de atendimento. Veja quais locais aceitam aqui.

E além disso, algumas unidades contam com um posto de correspondente bancário. Veja quais são os locais, aqui.

 

*** Atualizado em abril de 2021.

 

Agendar a entrega da documentação:

 

Depois de pagar a(s) taxa(s) de serviço, agende a entrega da documentação em um dos postos.

No Rio de Janeiro, o agendamento pode ser feito no Portal do Detran-RJ ou pela Central de Atendimento: (21) 3460-4040 / 3460-4041, de segunda a sexta, das 8h às 20h.

Compareça ao posto no dia marcado, com a documentação acima.

O serviço também pode ser realizado nos postos do Detran, nos seguintes endereços:

◊ America’s Shopping– Avenida das Américas, nº 15.500, Recreio dos Bandeirantes;

◊ West Shopping– Estrada do Mendanha, nº 555, Campo Grande;

◊ Center Shopping– Avenida Geremário Dantas, nº 404, Jacarépagua;

◊ Gávea – Avenida Rodrigo Otávio, nº 200, Gávea;

◊ Sede– Avenida Presidente Vargas, nº817, Centro, Rio de Janeiro.

 

Documentos necessários:

 

◊ Original documento de identificação (carteira de identidade, CTPS, carteira emitida por organismos reguladores de profissão) já atualizado como o nome novo

◊ Original e cópia do documento onde consta a nova informação;

◊ Original e cópia do comprovante de residência ou fazer  *declaração de residência;

◊ Original e cópia da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) – original (versão impressa ou CNH digital) e cópia simples. 

◊ Original do Duda ou Taxa paga.

 

Para verificar se a CNH já foi emitida e enviada pelos Correios, você poderá consultar o serviço online Acompanhamento de serviços de CNH. Apenas para São Paulo.

 

 

 

Passo 4: Título de eleitor

 

 

Para alterar o nome de solteira(o) para nome de casada(o) no título de eleitor é preciso ir ao cartório ou Zona eleitoral da sua região com os seguintes documentos:

 

Documentos necessários:

 

◊ Título de eleitor;

◊ Comprovante de residência recente: em nome do eleitor, sempre que for possível; caso não tenha comprovante em seu nome pode apresentar um com o nome de outro familiar que more na mesma residência, junto a algum documento que comprove o parentesco;

◊ Documento de identificação original: carteira de identidade (RG), carteira de habilitação, certidão de nascimento ou de casamento, carteira de trabalho ou passaporte (documentos que possuam o nome dos pais);

◊ Comprovante de quitação do serviço militar (somente para os maiores de 18 anos do sexo masculino);

◊ Certidão de casamento.

 

 Se o título de eleitor é de outra cidade, deverá ser feita a transferência do título. 

 

Banner-CaseMe-MEDIO

 

 

Passo 5: Passaporte

 

Pode deixar para alterar os dados quando estiver para vencer, mas até lá a passagem deverá ser emitida com o mesmo nome que consta no passaporte.

O passaporte é sempre confeccionado de acordo com os documentos apresentados pelo requerente ao tempo da solicitação de passaporte. Desta forma, caso o requerente apresente a documentação de solteiro, o passaporte será concedido com o nome de solteiro, caso apresente a documentação de casado, o passaporte será concedido com o nome de casado.

 

IMPORTANTE: Para países que exigem visto, é importante que o nome constante no passaporte seja o correto. Pois poderá ser exigido que o nome que constar no visto deverá ser igual ao que consta no passaporte.

 

Banner-CaseMe-crie-seu-site-de-casamento

 

E para finalizar, não esqueça também de alterar nomes do cartão de crédito, plano de saúde, bancos, seguro do carro e outros. 

 

E aí curtiu as dicas? Você vai mudar seu nome após o casamento?

 

Leia também:

 

Documentação para casamento civil em 5 passos

Casamento religioso com efeito civil

6 tapetes para decoração do seu casamento

34 comentários “Atualização de documentos para nome de casada

  1. Sou divorciada e tenho uma filha casada e ela está mudando os documentos de solteira para casada ela precisa da minha certidão de divórcio para fazer essa mudança? Porque nos documentos de solteira consta o meu nome de casada e depois que eu me divorciei passou para o meu nome de solteira.

    Resposta
    • Olá Luciene, tudo bem?

      Não achei nada sobre esse procedimento de forma digital. Acredito que você já saiba que basta ir ao Ministério do Trabalho com a carteira em mãos para registrar a alteração na própria carteira.

      Você já tentou ligar para o Ministério do Trabalho? Pode ser que eles tenham alguma informação.
      Vou pesquisar também para atualizar nossa matéria.
      Se você descobrir e puder vir nos contar como foi, será uma super ajuda para outras noivas 😉

      Bjs,
      Laura Vilela

      Resposta
  2. Troquei todos os documentos para o nome de casada. Porém quando fui trocar o nome do meu cartão para o de casada a gerente disse que eu precisaria ir até a receita federal pra atualizar os dados…..isso procede? Quem puder responder agradeço….

    Resposta
  3. Estou indo viajar para o exterior e já tenho identidade e passaporte com nome de casada, porém, OS CARTÕES DE CRÉDITO AINDA ESTÃO COM NOME SE SOLTEIRA POR ESTAREM NA VALIDADE. Tem algum problema para passar na imigração ou fazer compras?

    Resposta
    • Oi Rachel, seria importante levar os documentos antigos também, e se informar melhor. Não podemos responder pelos estabelecimentos. Procure o seu banco e peça novos cartões com seu nome de casada, mesmo dentro da validade é o melhor a fazer. Parabéns pelo casamento e boa viagem! Beijos, Laura

      Resposta
  4. Para mim, esse dispositivo legal (embora facultativamente) permitir a mulher acrescentar o sobrenome do marido depois do casamento constitui um recurso machista para humilhar a mulher com o objetivo psicologico de fazer com que ela se julgue inferior ou submissa ao marido e acho que as parlamentares (deputadas e senadoras) mulheres, com o apoio dos homens progressistas e de mente aberta, poderiam muito bem acabar com essa excrescencia juridica,inclusive porque, devido ao grande numero de separacoes, da traba
    lho para alterar para o nome de solteira.

    Resposta
    • Oi Eugenio, tudo bem? Eu concordo em parte com você. No meu primeiro casamento mantive o nome de solteira e foi a melhor coisa que fiz. Mas hoje tenho um casamento não oficializado por mais de 15 anos, com duas filhas, e gostaria de casar e fazer diferente: eu pegar um nome dele e ele um meu. A liberdade de escolha nesse caso não seria a opção mais justa? Até para só o marido pegar o nome da esposa, se assim o casal desejar. Mas também tenho pensado que o nome de cada um, é o nome de cada um. Não deveríamos mudar quando casamos, e assim manter todo mundo um nome só para a vida toda, né? Questões culturais e jurídicas muito complexas.

      Resposta
    • Até onde eu saiba, pelo menos aqui em São Paulo, não precisa mais pegar o nome um do outro. Eu por exemplo peguei o da minha esposa e ela o meu. Mas pode escolher de ficar com os nomes de solteiros, apenas alterando o status civil. Ou só a esposa ou o marido trocar de nome. Toda alteração fica a critério do casal.

      Resposta
      • Que bacana, ficamos muito felizes com essa mudança.
        Afinal o direito de escolha está sendo ampliado, como deve ser.
        Muito obrigada pela colaboração!

        Resposta
  5. Boa noite tenho que muda meu nome pra de casada no título de eleitor só que minha carteira de trabalho está com o nome de solteira á rg e o CPF já está com o nome de casada que devo fazer obrigada deste ja .

    Resposta
  6. Minha esposa inscreveu em um processo seletivo com o nome de casada, porem, no regisstro de conselho de classe dela ainda consta o nome de solteira, e logo, ao fazer consulta no conselho de classe ela aparece com não inscrita. pode ocorrer algum problema, caso ela seja aprovada e venha a assumir sua vaga no processo seletivo?

    Resposta
    • Oi Jorge, não tenho como te ajudar com essa informação. Sugiro que vocês entrem em contato direto com o conselho de classe. Abraços, Laura

      Resposta
  7. GOSTARIA DE SABER SE HÁ OBRIGATORIEDADE DE ALTERAR O NOME NAS CONTAS CORRENTE E POUPANÇA, DAS INSTITUIÇÕES BRADESCO E CAIXA E O PROCEDIMENTO .
    E SE TAMBÉM TENHO QUE ALTERAR CARTEIRA DE TRABALHO E PIS?

    Resposta
    • Oi Monique, o CaseMe é um site de conteúdo e serviços para casamentos, não saberia te responder com segurança. Sugiro que você busque cada instituição diretamente para buscar as respostas certas. Obrigada, Laura Vilela

      Resposta
    • Oi Márcia, tudo bem? Somos um site de conteúdo e serviços para casamentos. Não sabemos reponder a sua pergunta. Sugiro que procure o consulado brasileiro ou o site da Polícia Federal.

      Resposta
      • Sou divorciada e tenho uma filha casada e ela está mudando os documentos de solteira para casada ela precisa da minha certidão de divórcio para fazer essa mudança? Porque nos documentos de solteira consta o meu nome de casada e depois que eu me divorciei passou para o meu nome de solteira.

        Resposta
        • Olá Fátima,

          Para casos específicos assim, o melhor é entrar em contato com o cartório ou local onde será feita a mudança de nome.
          Boa sorte!

          Resposta

Deixar um comentário