O gin é uma bebida que voltou a ser popular e tem cada vez mais fiéis e variações em seu preparo. Ele se tornou um grande protagonista na festa de casamento. O coquetel, com onda vintage e cool, muito consumido nas décadas de 30 a 50, é amargo e harmonizado à base de especiarias e frutas.

 

DrinKings, especialista em open bar para casamentos, nos revelou 5 receitas diferentes à base de gin que vão te conquistar pelo paladar.

 

Teste as combinações e descubra qual delas faz mais o seu estilo!

 

giphy

 

Há cerca de três anos todos os casamentos tinham os clássicos bares de caipirinha. Sim, eles já foram tendência nos casamentos. Hoje, o must have dos casamentos são bares especializados em drinks mais sofisticados. Quando pensamos em drinks de casamento automaticamente pensamos em Gin Tônica!

 

Esse drink passou um tempo esquecido em bares e eventos. Hoje em dia há restaurantes com carta especializada em variadas versões de gin tônica. Voltou a ser tendência, caiu no gosto das pessoas, e é um dos drinks mais pedidos em casamentos. Por que? Porque o gin é uma bebida versátil, que pode ser preparado com frutas, ervas e sementes. A gama de possibilidades para esse drink é imensa e as combinações são deliciosas.

 

O Mixologista e Bartender Chefe da DrinKings Premium Open Bar, Igor Gomes, escolheu 5 receitas da bebida. Experimente e escolha a sua preferida!(Não esquece de contar pra gente o resultado!)

 

Vamos às receitas?

1. Gin + Maracujá + Cardamomo + Hortelã + Tônica 

– 50ml de Gin (Nacional ou Importado)

– 100ml de Tônica

– 20ml de maracujá

– 5 grãos de cardamomo

*Sirva em taça de vinho Bordeaux, decorada com das folhas de hortelã.

 

2. Gin + Limão Siciliano + Syrup de Gengibre + Alecrim + Tônica

– 50ml de Gin (Nacional ou Importado)

– 100ml de Tônica

– meio limão siciliano

– 20ml de syrup de gengibre

– 1 filete pequeno de alecrim para guarnição

*Sirva em taça de vinho Bordeaux.

 

3. Gin + Grãos de Café + Canela Defumada + Tônica

– 50ml de Gin (Nacional ou Importado)

– 100ml de Tônica

– 6 ou 7 grãos de café

– 1 canela em pau.

*Use o maçarico gastronômico para flambar a canela e sirva em taça de vinho Bordeaux.

 

4. Gin + Chá de Hibisco + laranja + água de laranjeira + Tônica

– 50ml de Gin (Nacional ou Importado)

– 100ml de Tônica

– 15ml de chá de hibisco

– 15ml de água de laranjeira

– 1 rodela de laranja para guarnição

*Sirva em taças de vinho Bordeaux.

 

5. Gin + Chá Branco + suco de grapefruit + Pepino + Tônica

– 50ml de Gin (Nacional ou Importado)

– 100ml de Tônica

– infusão de 1 sachê de chá branco

– 15ml de suco de grapefruit

– 1 rodela de pepino para guarnição

*Sirva em taças de vinho Bordeaux.

 

giphy

Como combinar a melhor receita para o seu casamento?

 

Escolher os melhores drinks que harmonizem com a sua festa é uma maneira especial de receber seus convidados. Para casamentos de dia, no verão, todas as receitas, com exceção da número 3, são recomendadas. A gin tônica tem uma característica de ser refrescante por causa da combinação das frutas e especiarias: ideal para dias de calor e sol!

 

Para casamentos na praia, dê preferência às frutas cítricas. As opções das receitas 2 e 4 são deliciosas, e criar variações a partir delas pode ser uma ótima pedida. Em casamentos no campo e na serra, todas as receitas combinam! Que maravilha, né?

 

Para casamentos no inverno e com clima frio, escolha por preparações como as de número 2, 3 e 4. Essas receitas são mais consistentes e trazem uma força para o drink. A combinação de um bom drink com uma pista de dança animada não tem como não esquentar!

 

Pronto. Antes de entrar na curiosidade sobre o que é de fato o gin e de contar um pouco da sua história tenho uma notícia boa: uma dose de Gin tem apenas 60 calorias!

 

Pronto. Agora antes de entrar na curiosidade sobre o que é de fato o gin e de contar um pouco da sua história tenho uma notícia boa: uma dose de Gin tem apenas 60 calorias!

 

Leia também: Os 10 drinks favoritos das celebridades selecionados pela DrinKings

 

⇒ Curiosidade:

 

O que é o Gin?

O gin, à semelhança do uísque, é uma bebida alcoólica destilada que é feita à base de uma fruta chamada zimbro e de cereais neutros. O processo pós-destilação é que confere as características específicas do sabor, do aroma, da textura e da cor da bebida. Assim que o Gin é destilado, ele sai do alambique com elevado teor alcoólico, sendo, inclusive, considerado inapto para consumo. Para que o teor alcoólico seja reduzido, é preciso adicionar água destilada à fórmula na etapa final, deixando a bebida pronta para apreciação.

 

A origem do Gin

O gin teve origem na Holanda em meados do século XVII. Ele surgiu pela mão do médico Francisco De La Boe que procurava uma fórmula simples e de baixo custo para a realização de um diurético. Este medicamento seria usado para o tratamento de doenças renais na faculdade de Leyden, junto à cidade de Amsterdão. No entanto, o preparado obtido não chegou a transformar-se em medicamento e passou a ser apreciado por muitos degustadores de destilados – devido ao seu preço acessível e sabor intenso – ficando conhecido como o “Gin De La Boe”.

* Fonte baraberto.com

 

E você, é de gin? Conte-nos nos comentários abaixo sua combinação preferida.

 

Leia mais:

Os 10 drinks favoritos das celebridades selecionados pela DrinKings

Novidades para buffet de casamento por Carol e Ecila Antunes

Alimentação para staff

Deixar um comentário