Os casamentos, como fenômeno cultural que são, acompanham as mudanças de comportamentos e modificam aos poucos as tradições que regem este ritual. E com os cumprimentos não é diferente.

 

Quando os casamentos eram menos íntimos, com funções sociais mais significativas, os cumprimentos eram uma formalidade imprescindível e cheia de protocolos.

Hoje os casamentos são muito diferentes. São, na maioria dos casos, realizados unicamente para celebrar a união de um casal com a presença das pessoas mais importantes para os noivos, família e amigos, e neste cenário o assunto cumprimentos ganha outra dimensão.

 

Como receber os cumprimentos ou quando cumprimentar os convidados, é assunto de muitas dúvidas para alguns casais; e para outros dúvida nenhuma porque nem pensam na questão. 

 

Vamos aqui falar deste cuidado com seus convidados, que vai muito além de uma formalidade.

 

 

Cumprimentar os convidados é, antes de ser um protocolo, uma manifestação natural. Os convidados presentes no seu casamento devem estar ali pelo amor, pela amizade e a vontade de compartilhar com vocês os momentos importantes. Deste modo, naturalmente, acontece a vontade de cumprimentar e agradecer a presença de cada um deles.

 

Confira abaixo alguns momentos clássicos de cumprimentos e observações que podem te ajudar a pensar no assunto para conduzir os cumprimentos do seu casamento com mais eficiência e educação.

 

 

Cumprimento dos padrinhos na cerimônia

 

Os cumprimentos dos pais e padrinhos são tradicionalmente realizados no altar, no final da cerimônia.

Os padrinhos permanecem em seus lugares enquanto os noivos se dirigem até eles para um abraço que não deve ser demorado.

Os noivos podem cumprimentar juntos cada casal de padrinhos, ou cada um (noiva e noivo) cumprimentam um lado do altar e depois trocam de lado, deixando seus pais por último, que geralmente é o ponto alto da emoção.

 

0775_Monica-e-Fred_Por_Collage-750x282
Foto: Marina Fava

 

Outra opção que tem sido muito escolhida é manter os noivos no centro do altar, virados para os seus convidados e o primeiro casal de padrinhos da noiva dirige-se até eles, cumprimenta-os tira uma foto e já abre o cortejo de saída, em seguida o primeiro casal de padrinhos do noivo e assim sucessivamente até a saída dos noivos.

 

Esta opção tem um grande risco, na minha opinião. Ao deixar claro para os convidados que a cerimônia está no fim, com a saída dos padrinhos, eles começam a dispersar atenção e muitos já saem para a recepção. Desta forma os noivos saem com uma cerimônia vazia e dispersa, cheia de convidados em pé. No filme e nas fotos este cenário vazio e bagunçado não fica bonito.

 

 

Dica: Sabe aquela foto da saída dos noivos passando por um corredor de padrinhos segurando Sparkles? Elas ficam mesmo muito bonitas e são super desejadas pelos noivos. Mas para essa cena funcionar com segurança e eficiência sugiro fazerem na entrada para a festa, ao invés da saída da cerimônia. A logística de organizar e acender as varetas durante a saída dos noivos é demorada e não é seguro

 

 

Se vocês pensam em ter sparkles no casamento, leiam a matéria Alerta sobre os sparkles no casamento  até o fim. Além dos depoimentos de acidentes, ao final explicamos as 3 medidas de segurança que devem ser tomadas para usar o sparkles no seu casamento.

 

 

Os cumprimentos dos padrinhos também podem ser realizados após a cerimônia em um local reservado, na sacristia ou no local onde serão feitas as fotos com os padrinhos e pais.

 

Roteiro-completo-para-organizar-seu-casamento_-cronograma-comentado-em-7-etapas

 

Cumprimento dos pais na cerimônia

 

Os cumprimentos dos pais devem ser sempre no altar. É um momento simbólico importante, que tem a ver com a despedida de uma fase, agradecimento pelo casamento e ajuda neste início importante da vida dos noivos como uma nova família. 

 

Os cumprimentos dos pais representam em si o símbolo do rito de passagem. 

 

O eixo familiar vai mudar, noivo e noiva deixam suas famílias de origem para se lançarem em novas construções familiares. E esse cumprimento no altar simboliza a despedida e a benção. Portanto não deixem de dar o melhor de vocês, com muito amor e gratidão

 

Dica: Pensem com carinho neste momento e preparem seus “mini votos” para dizerem na intimidade deste abraço aos seus pais o quanto são gratos por tudo o que viveram até este momento. E o quanto contam com eles na vida que está por vir.

 

0783_Monica-e-Fred_MF1_9458-750x475
Foto: Marina Fava
Captura-de-Tela-2015-11-12-às-11.36.01-750x475
Foto: Marina Fava

 

 

Cumprimento dos convidados

 

Fazer uma fila na Igreja é o formato mais tradicional de cumprimentos e ultimamente é o menos utilizado. Pouco tempo atrás era bem comum um grupo seleto ser convidado para a recepção e o restante apenas para a Igreja, por isso os cumprimentos na igreja eram imprescindíveis. Hoje esse costume ainda se faz presente nos casamentos de famílias reais e chefes de estado.

 

Quem quiser adotar este formato precisa organizar a logística de modo que os convidados entendam que haverá cumprimentos, uma opção é o celebrante anunciar onde os noivos receberão os cumprimentos. É bom ter recepcionistas em pontos estratégicos para auxiliar na formação da fila dos convidados.

 

d6vxgrdnbcolgm2gvm1eey3ly1
Foto: Reprodução

 

Quando os cumprimentos não acontecem no local da cerimônia, os noivos podem ir direto para a recepção e agradecer a presença de todos no microfone, logo no início da festa, antes da abertura da pista de dança.

 

Este agradecimento geral, cumpre com a formalidade mas não entrega o valor maior de um cumprimento, que é algo íntimo e pessoal. Portanto, mesmo que vocês não queiram ter a obrigação de passar de mesa em mesa ou fazer algo planejado para os cumprimentos dos convidados, o que mais funciona na prática hoje em dia é um cumprimento natural ao longo de toda a recepção, conforme encontram

 

 

Captura-de-Tela-2015-10-29-às-15_Fotor_Collage-750x283
Fotos: Rodrigo Sack
 
 

Logo que os noivos entram na festa geralmente fazem uma primeira dança e alguns outros rituais. Na sequência a pista começa e os noivos ficam livres para interagir com os convidados, que naturalmente vem até a pista cumprimenta-los.

 

 

Captura-de-Tela-2015-11-12-às-11.11.18-750x428
Foto: Marina Fava
Captura-de-Tela-2015-10-29-às-14_Foto_Collage-750x282
Fotos: Rodrigo Sack
Captura-de-Tela-2015-11-12-às-11.12.13-750x426
Foto: Marina Fava

 

Fazer os cumprimentos de mesa em mesa, principalmente nas mesas dos familiares, pessoas mais idosas e os convidados que vieram de longe, é a forma mais carinhosa e educada de agradecer a presença deles, e garantir uma boa foto para a lembrança. 

 

Dica: Veja com a sua equipe de fotografia se é possível ou necessário contratar um fotógrafo extra para os pais. Assim vocês podem incumbi-los de passar pelas mesas dos convidados mais velhos, representando vocês, para tirar fotos com eles e dar uma atenção com mais tempo e dedicação.

 

0775_Monica-e-Fred_Por_Collage-2-750x282
Fotos: Marina Fava

 

Moral da história: cumprimentar não é protocolo, é sinal de carinho, respeito e educação.

 

Vocês convidaram estas pessoas porque são importantes para vocês. Mostrem esta importância. Ainda que naturalmente, não deixem de reservar espaços no tempo curto do casamento para dar um beijo com atenção plena nestas pessoas que serão as testemunhas e propagadoras das histórias do seu casamento.

 

Quero saber a opinião de vocês.

Vocês estão pensando em como serão os cumprimentos do seu casamento, ou nem tocam neste assunto? 

E se vocês já casaram, como foi a experiência? Valeu a pena o modo como foram seus cumprimentos? Ou se arrependeram de não fazer?

 

Beijos e até a próxima!

Laura Vilela

 

Leia também:

 

5 dicas para o sucesso do casamento ao ar livre

O lugar da cerveja no casamento

Deixar um comentário