Os 16 tipo de personalidades no relacionamento Fellipelli-3

O que cada tipo de personalidade valoriza em um relacionamento?

Cada tipo de personalidade do MBTI tem diferentes necessidades e desejos em um relacionamento. Todos os tipos desejam respeito e bondade, mas existem certos valores que são mais importantes para alguns tipos de personalidades do que para outros.

Conhecer os pontos que são importantes para seu parceiro pode te ajudar a ter um relacionamento mais feliz e com menos conflitos.

E se você não está em um relacionamento, conhecer essas dicas pode te ajudar a ver o que é importante para um(a) parceiro(a) em potencial e o que é menos importante.

Então vamos conhecer as características dos 16 tipos de personalidade em relação ao relacionamento à dois e aprender como lidar com as diferenças entre eles?!

Continue reading

Coluna Fellipelli - Percepcao ou Julgamento

Ao identificarmos os tipos psicológicos, podemos compreender melhor as nossas características pessoais e suas consequências. E sem dúvida, o autoconhecimento é chave para um bom relacionamento.

E quais seriam essas características pessoais? Alguns exemplos são: seus pontos fortes e comportamentos eficazes; pontos cegos, áreas potenciais para crescimento, administração de conflitos; resolução de problemas e comportamentos relacionados ao estresse.

Como a Adriana Fellipelli explicou nos posts anteriores, a identificação do tipo Psicológico feito pelo assessment de personalidade MBTI, caracteriza quatro preferências pessoais básicas. 

 

1- Percepção dos estímulos externos que lhe chegam –  Sensação ou Intuição – S ou N 

2- Julgamento para tomar decisão  Pensamento ou Sentimento – T ou F

3- Direcionamento de energia vital  Extrovertido ou Introvertido – E ou I  

4- Relacionamento com o mundo externo – Percepção ou Julgamento – P ou J 

 

E é esse sobre o último que vamos abordar hoje. Percepção ou Julgamento, com qual você se identifica?

 

Continue reading

Pensamento ou Sentimento - Teste de Personalidade - FellipelliPensamento ou Sentimento - Teste de Personalidade - Fellipelli

Dando continuidade a nossa série de artigos, desenvolvidos pela Fellipelli sobre as principais diferenças entre os perfis traçados pelo MBTI, hoje iremos discutir o eixo Pensamento e Sentimento. 

Essas funções podem interferir na sua tomada de decisões e consequentemente afetar seu relacionamento amoroso.

A aplicação desse conhecimento nos casais pode ajudar a solucionar e evitar muitos problemas. 

Por exemplo: Casais mistos que preferem o Pensamento e o Sentimento experimentam muitos aspectos positivos. Eles podem se equilibrar e tomar decisões mais sábias se trabalharem para entender e respeitar as preferências um do outro. No entanto, tendem a haver lutas nesses relacionamentos por causa de desacordos nas decisões.

 

Vamos entender melhor esses conceitos e como aplica-los no relacionamento?

Continue reading

Na última matéria que postamos da Fellipelli abordamos as atitudes de Extroversão e Introversão.

Assim como temos a atitude de nos voltarmos para o interior (introversão) e exterior (extroversão), nós também possuímos uma maneira particular de perceber o mundo, que pode ser feita de forma sensorial ou intuitiva

Consequentemente os casais podem ter três combinações: ambos podem preferir a sensação; ou ambos podem preferir a intuição; ou uma pessoa ser sensorial enquanto a outra prefere a intuição.

Nesta matéria vamos te ajudar a entender a sua forma de perceber o mundo e dar algumas dicas que podem ajudar na compreensão do(a) parceiro(a) quando há diferenças.

Vamos lá?

Continue reading

Autoconhecimento por Fellipelli

O casamento é um rito de passagem. A tensão, a expectativa, os investimentos financeiros e emocionais nesta produção do casamento funcionam como uma gravidez para a vida de casados.

É nesta preparação que muitas vezes o dinheiro vai ser um assunto discutido pela primeira vez, os valores do que é importante no casamento serão abordados, os laços entre as famílias se estreitam, e nesta evolução muitas conversas acontecem, ajustes de valores, e sem perceber vocês estarão mais maduros e unidos para esta nova jornada.

Quando amamos e estamos apaixonados, naturalmente, a última coisa que passa pela cabeça são as questões práticas do dia a dia. Em geral, elas só vão nos incomodar quando o relacionamento já está mais estabilizado, ou (bate na madeira!) não vai lá tão bem.

É aí que o autoconhecimento entra como o primeiro passo para reconhecer e identificar as próprias emoções. Pode parecer um pouco egoísta mas é a partir daí que nasce o respeito ao próximo, a escuta ativa e a empatia, que sem dúvida são fundamentais para um casamento saudável e feliz.

Para falarmos sobre assuntos como esse, que vão além da decoração e da beleza da noiva, convidamos a Adriana Fellipelli para ser nossa colunista aqui no CaseMe.

Continue reading