Conhecido por seu trabalho impecável de alta costuraCarlos Tufvesson é um dos nomes no topo da lista dos grandes estilistas brasileiros.

Durante um gostoso bate papo ele nos contou tudo sobre seu retorno ao mundo da moda, nos mostrou vestidos lindíssimos e nos deu uma verdadeira aula sobre modacidadania e política. 

Retorno? Sim! Noivas, mães e madrinhas, o sonho de usar um vestido Carlos Tufvesson voltou a ser possível!

Antes de revelar detalhes precisamos ressaltar que o que mais nos encantou durante o nosso bate papo foi ver a sensibilidade e o amor que o Carlos tem por sua profissão.

O estilista nasceu e cresceu em um ateliê de costura, da sua mãe Glorinha Pires Rebelo, e para ele fazer um vestido não é apenas um trabalho, é uma paixão que exige dedicação e talento. O resultado? Vestidos que são verdadeiras obras de arte.

Pós-graduado pela Domus Academy, Carlos Tufvesson é sinônimo de elegância e sofisticação.

 

O eterno apaixonado por moda voltou ao mundo das noivas quando recebeu o convite para reformar um vestido para a filha de uma cliente, que não aceitava ninguém menos que ele para a tarefa. Certamente, Tufvesson não imaginava o quão emocionado ficaria, assim como também não previu que aquele seria o pontapé certeiro para retornar ao mundo da moda!

“Apesar de eu estar recomeçando eu tenho um estio bem definido e não vou mudá-lo, quem se identificar com ele pode vir ao atelier porque irá encontrá-lo.”

 

Vestidos de noiva

 

Apesar do seu sucesso na alta costura, por seu trabalho impecável e extensa lista de clientes, Carlos nunca havia pensado em se dedicar ao universo das noivas:

“Nunca pensei em fazer vestidos de noiva, foi uma coisa que simplesmente aconteceu. Fiz um desfile no Museu de Belas Artes e como de costume nos desfiles de alta costura resolvi encerrar com um vestido de noiva, quem desfilou com ele foi a atriz Carolina Casting. O resultado é que ele foi o vestido mais comentado, sua foto se espalhou pelo Brasil inteiro e eu comecei a receber diversos pedidos.”

 

Agora um fato bem curioso deste universo: Você sabia que ele foi o pioneiro nos vestidos de noiva tomara que caia? Pois é, a febre desta tendência se deve a ele.

“Uma vez uma cerimonialista me ligou e falou: Tufvesson, não se usa tomara que caia na igreja. E eu simplesmente respondi: Olha, respeito a sua opinião, mas eu estudei alta costura, vivi na alta costura e acho que não existe isso não de poder, exceto por questões religiosas. O tomara que caia que eu faço tem uma estrutura que molda o corpo da noiva, para isso uso pences horizontais – muitos acham antiquado – mas desta forma consigo construir e moldar o corpo como se fosse uma lycra, criando um tomara que caia perfeito, que não cai, e não aperta os seios.”

E seguiu com uma aula de costura e elegância: “Dior e Balenciaga foram pessoas que pensavam na construção do corpo através da costura, porque na época não exista tecido tecnológico. Até hoje a maneira que nos vestimos se deve a Dior, ele foi o estilista responsável por marcar a cintura da mulher.

 

Leia também: We Wear Culture: a maior exposição virtual de moda mundial

 

Hoje o vestido de noiva Carlos Tufvesson está mais exclusivo que nunca, ele atenderá apenas duas noivas por mês, desta forma acredita que terá mais tempo para se dedicar a cada projeto. Ao criar um vestido de noiva, ele se debruça sobre a causa, com toda sua atenção, sensibilidade e experiência.

“Eu gosto de entender o perfil da cliente, analisar pontos que devo ressaltar e pontos que devo suavizar. Também é preciso entender que muitas vezes a noiva não sabe o que quer, precisamos ter sensibilidade para criar juntos. As referências trazidas muitas vezes não combinam com o corpo da noiva e por isso temos focar apenas nas idéias que de fato vão valorizar a beleza completa dela. Eu, particularmente, sempre gostei de ter um controle sobre o look inteiro da noiva, para criar uma harmonia entre o vestido, os acessórios e inclusive a maquiagem. E só me proponho a fazer modelos que acredito que vá dar certo para minha cliente, de acordo com a minha estética.”

 

Vestido de festa pret à couture Carlos Tufvesson

 

Os vestidos de festa pret à couture fazem parte de uma coleção com 10 bases, com seus estilos mais marcantes, que permite às clientes elaborar o seu vestido Carlos Tufvesson personalizado.

A cliente vai a loja, experimenta ou o coloca apenas na frente, desta forma ela consegue ter uma ideia do que é o vestido e qual o seu conceito. Com a base escolhida, definimos juntos o tecido (se será alterado ou não) e também se serão acrescentados detalhes. Tenho uma infinidade de tecidos à disposição das clientes, inclusive estampas que já fizeram muito sucesso e que hoje podem ser consideradas vintage. Trabalhar apenas com estas bases, que trocarei de tempos em tempos, me permite não ter estoque e também desenvolver um vestido em cima do gosto e desejo da cliente.

 

O setor da moda no Brasil

 

Em nossa conversa ficou claro que a sua paixão é movida por moda, arte e política, e o quanto esses assuntos estão interligados sob a sua visão.

 

“A moda é o 3° maior gerador de empregos no estado do Rio e o setor público ainda não conhece o poder da moda.

Minha mãe (Glorinha Pires Rebelo) chegou a ter mais de 400 funcionários em seu ateliê, na época que a Maison Dellas começou, e eu vi de perto  homens deixando seus empregos porque a mulher virou renda primária de casa. É um dos poucos setores em que a mulher ganha mais do que o homem. Sem mencionar que nele você tem um campo para inserção social através dos setores de confecção, e não estou falando da indústria têxtil, das máquinas, e sim das costureiras, bordadeiras, modelistas, e por aí vai. São trabalhos que dependem basicamente da mão de obra humana, portanto sempre irá gerar emprego. O mercado da moda é uma inserção para mulher e para a terceira idade, é uma revolução social através da moda e ninguém percebe.”

 

 

O estilista Carlos Tufvesson além de talentosíssimo profissional é uma pessoa pé no chão, inteligente e extremamente simpático. Com certeza viramos ainda mais fãs dele e do seu trabalho. E você? Já tem um vestido Carlos Tufvesson para chamar de seu?

 

 

Leia mais:

Veja a coleção de sapatos Louboutin inspirada na alta-costura

Lua de mel na Provence

Maquiagens de farmácia: dicas imperdíveis

3 comentários “O sonho de usar um vestido de noiva Carlos Tufvesson voltou a ser possível!

Deixar um comentário