Chamamos a Carol Hungria para conversar sobre o vestido de noiva para quem está ganhando peso na quarentena. 
 
Existe um padrão estético criado pelas mídias que vem se transformando aos poucos, mas na vida real já sabemos que os nossos desejos e percepções de beleza passam por vários outros critérios, baseados no nosso repertório de vida.
 
 
A beleza está nos olhos de quem vê. 
 
 
Enxergar a nossa beleza tem a ver com aceitação, auto-estima e liberdade. A Carol Hungria irá nos ajudar com esse tema tão importante para (quase) todas nós! Vamos lá?!
 

Carol-Hungria-foto-Marina-fava-317x475
Fotografia: Marina Fava

Quando falamos de corpo, os padrões são muito diferentes. Cada noiva que senta na minha frente tem uma maneira de se enxergar que às vezes é diferente da maneira que eu enxergo elas.
 
Às vezes eu vejo noivas magérrimas dizendo pra mim que precisam emagrecer 10kg, e às vezes ouço noivas mais cheinhas que não ligam para a perda de peso e estão super felizes com o corpo delas.
 
Por isso, sempre digo que determinar padrões para cada silhueta é algo muito relativo, porque está muito ligado com percepções individuais e com a maneira como cada um se sente, como cada um gosta de se ver, se enxergar…
 
 
No fundo no fundo eu acho que a maioria das pessoas sempre quer perder 1 ou 2 quilos, mas isso depende muito da auto estima de cada um. 
 
Estamos num momento de quarentena que as pessoas estão provavelmente descontando suas ansiedades na comida. Não estamos podendo sair para fazer exercícios e as atividades do dia a dia, então normal que a gente acabe ganhando uns quilinhos. E isso é zero problema. Imagina? Querer administrar tudo? Ficar em casa, fazer dieta, manter a rotina de exercício, lidar com calma com a mudança na data do casamento… Não é por aí. É super normal se sentir mais ansiosa e comer mais que antes.
 
Trabalhamos com uma certa “folga” em todos os vestidos de noiva. Deixamos um excessozinho para qualquer emergência, que é eliminado somente na última prova, quando finalizamos todo o vestido internamente. Então existe uma certa “segurança” para as noivas que estão com prova em andamento.
 
E para as noivas que estão começando a querer ver o vestido, elas ainda terão um certo tempo para se programar se quiserem emagrecer esses quilinhos a mais. 
Mas isso não deve ser uma “encanação”. Gosto muito da visão de que as pessoas precisam valorizar o que elas têm.
 
Quando eu atendo uma noiva que fala para mim que está acima do peso que gostaria, a minha orientação sempre é para fazermos algo que ela se sinta bem agora, porque eu acho que a gente não entra numa pressão de ela TER que emagrecer para entrar em um modelo X.
 
É claro que se a pessoa realmente perder peso e quiser ajustar um pouco mais, termina sendo uma coisa normal. Mas é legal a gente partir desse princípio de preparar alguma coisa pro corpo dela atual.
 
Falando um pouco de biotipo, a maioria das pessoas são incomodadas com o braço, por isso os diversos tipos de mangas sempre foram muito pedidos. Mas atualmente eu sinto que até por uma questão de modismo, as noivas estão começando a abstrair um pouco essa encanação e entrando na vibe do tomara que caia e da alcinha. 
 
Pras noivas baixinhas e cheinhas, eu sempre aconselho uma silhueta alongada, com corte mais evasê e decote V porque dá uma alongada boa e não marca tanto o que elas não querem mostrar do corpo.
As que são altas e cheinhas, tem uma vantagem porque elas já são pessoas alongadas, o que faz bastante diferença para um visual esguio, mas também gosto de aconselhar a modelagem evasê com decote V para esses casos. 
 
E para quem gosta de valorizar as curvas, como bumbum, quadril e busto, por quê não explorar o semi sereia? O sereia não valoriza quem tem um bumbum maior e quem é mais cheinha, mas o semi sereia produz uma silhueta alongada, e para quem tem bumbm, busto e não tem muita barriga, ele fica muito legal.
 
Outra dica que acho importante, é usar tecidos mais encorpados, porque vai dar uma segurança maior em relação à estrutura. 
 
 
Roteiro-completo-para-organizar-seu-casamento_-cronograma-comentado-em-7-etapas-750x200
 
 
A Carol Hungria tem experiência com muitas noivas de diferentes padrões e sabe valorizar a beleza de cada uma. Então, se você está insegura com seu corpo e ainda não escolheu seu vestido de noiva, converse com a Carol. E deixe suas dúvidas nos comentários que ela responderá todas as mensagens.
 
Assista a live Resenha da Pauta sobre este assunto com a Carol Hungria.
 

 
 
 
 

Deixar um comentário