O casamento de Aline e Rafael na Fazenda Santa Barbara foi um casamento maduro, responsável e muito esperado pelos noivos. Eles são raros. O tipo de casal que segura a ansiedade do presente para construir um futuro sólido, dentro dos planos. 

 

A história de hoje vai inspirar casais que estão na luta para alcançar seus objetivos, antes de poder casar. São faculdades, concursos, casa própria, muitos motivos para casais testarem suas resistências por longos anos, e conquistarem no final um casamento muito especial

 

“A vida de estudos para o concurso nos privava de muitas coisas… mas fomos dando conta de tudo, mesmo quando parecia que essa fase nunca passaria.” conta Aline.

 

O casamento foi esperado e pensado por tanto tempo que quando a data pode enfim ser marcada eles já sabiam exatamente como queriam o casamento: uma celebração nada clássica e bastante íntima.

 

Eles esperaram mais de 6 anos para casar e organizaram o casamento em 4 meses. Foi o necessário. Estavam mais do que prontos. Foram visitar a Fazenda Santa Barbara e foi amor à primeira vista. Não procuraram mais nenhum lugar, sentiram na hora que era o cenário perfeito para o casamento, a cara deles.

 

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelos noivos. Nossa proposta é uma troca livre e real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outros casais que ainda estão no caminho!

 

 

Noivos: Aline Marques Lima e Rafael Alvarez Moreno

Local: Fazenda Santa Barbara em Itatiba – SP

Data: 23 de fevereiro de 2019

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-1-750x50

 

 

 

História do casal:

 

Fomos apresentados por uma amiga em comum da faculdade, com a qual eu também trabalhava no escritório de advocacia que atuava na época, no último semestre da faculdade (em dezembro de 2011). Em pouco mais de um mês já estávamos namorando, foi uma sintonia muito forte logo de início. Rafael estava viajando com a família na Espanha quando me mandou um e-mail super fofo dizendo que me amava. Depois desse dia, aguardamos ansiosamente o retorno dele para que começássemos a namorar (25 de janeiro de 2012). A partir dai fomos crescendo e construindo nossa vida juntos!

 

 

O pedido de casamento:

 

Sempre tivemos muita sintonia em planos de vida. Como ele estudava para a Defensoria Pública do Estado de São Paulo, a ideia sempre foi aguardar a aprovação e posse para depois fazermos a celebração e festa. Enquanto ele estudava, eu trabalhava e seguia com meus planos profissionais e acadêmicos. Começamos a morar juntos um pouco depois do início do namoro e fizemos a união estável em cartório no dia 24 de junho de 2015. Esse apoio e força incondicionais foram fundamentais para lidarmos com os desafios desse período. A vida de estudos para o concurso nos privava de muitas coisas… mas fomos dando conta de tudo, mesmo quando parecia que essa fase nunca passaria.

 

Finalmente, o concurso abriu depois de quase 3 anos que estávamos formados. Em dezembro de 2015, o Rafael já estava sendo aprovado nas fases do concurso e passou para a fase oral (última fase) de primeira! Saímos para jantar em comemoração a isso (Manioca) e na volta, quando chegamos em casa, ele me pediu em casamento (18 de dezembro de 2015). Fui totalmente surpreendida, porque esperava que o pedido fosse acontecer somente quando ele tomasse posse.  

 

Ele me contou que a ideia era pedir no restaurante, mas eu acabei ficando meio mal humorada durante o jantar em razão de umas pessoas que estavam sentadas próximas de nós (hahaha!) e aí ele decidiu pedir em casa! Foi a melhor coisa que aconteceu, porque eu nunca sonhei com um pedido público e nada extravagente, queria algo bem íntimo e em casa foi assim…

 

Créditos: todas as fotos desta matéria são da Manuk Foto e Vídeo

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-2-750x50

 

 

 

 

Os preparativos:

 

Depois disso, achamos que casaríamos super rápido, mas tivemos que aguardar quase 3 anos para a nomeação e posse dele e, assim que isso aconteceu, já começamos a organizar o casamento. Não queríamos mais perder tempo! (ou pessoas queridas… infelizmente o padrinho do Rafael faleceu nesse período). Queríamos celebrar logo o nosso amor, com todos que amamos! Organizamos tudo em 4 meses!! Começamos a organizar em agosto do ano passado e até novembro já estava praticamente tudo fechado. Um pouco antes de sair a posse do Rafael de forma oficial, já havíamos ido visitar a Fazenda e ficamos apaixonados, tanto é que não visitamos mais nenhuma depois dessa e fizemos a reserva da data.

 

 

Convite para os padrinhos e chá bar

 

O convite dos padrinhos foi feito em Uberaba e São Paulo. Como sou de Uberaba, viajamos para lá em um feriado de setembro e chamamos os padrinhos para um almoço. Em seguida, no final do feriado, fizemos um churrasco em São Paulo com a ajuda dos meus sogros para convidar os padrinhos daqui.

Foi muito divertido e especial! Nós entregamos uma lembrancinha muito fofa da Cuisine et Papier. Depois disso, em dezembro, tivemos um chá bar organizado pelos meus pais em conjunto com os padrinhos Bruna Pavanello e Victor Gelli. Foi muito divertido também e contamos com a presença de padrinhos e amigos próximos.

 

 

No dia do casamento, antes da cerimônia: 

 

No dia do casamento nós fomos casar no civil, logo no primeiro horário, pois como o Rafael foi nomeado em agosto, ele não teria férias para viajarmos, apenas a licença casamento. Para casar a data da viagem, tivemos que escolher fazer o civil no próprio dia da cerimônia. Mas deu tudo certo, foi super rápido e em seguida seguimos para a Fazenda.

 

Um dos padrinhos do civil foi um dos celebrantes da cerimônia (o Wagner) e além deles minha avó também estava e foi pega de surpresa quando o juiz de paz pediu para ela falar algumas palavras! Foi muito emocionante!!

 

Nós dois nos arrumos na fazenda, em quartos diferentes. E depois que a Karina chamou a gente para ver o resultado final da decoração do salão de festas, e entregar o buquê e grinalda, nós só nos vimos na cerimônia.

Nos falamos durante todo o processo e estávamos muito ansiosos! Quando comecei a ouvir os convidados chegando de dentro do meu quarto, fui ficando nervosa. Tinha uma varanda que eu conseguia espiar a entrada do noivo e dos padrinhos!

 

O vestido de noiva:

 

Eu não fazia ideia… primeiro pensava em comprar fora, mas depois de entrar em contato com uma loja em NY vi que seria muito complicado em razão das provas. Pensei em fazer na minha cidade, mas não queria algo do zero, porque não conseguiria me imaginar em um desenho… no fim, uma amiga e madrinha, Samara Melosi, me indicou a Whitehall Atelier, que eu não conhecia. Marquei um horário e uma outra madrinha e amiga de longa data, Rafaela Meirelles, foi comigo. Provei cerca de 10 a 15 vestidos e sai de lá achando que tinha gostado de um. Quando me vi nas fotos, percebi que estava apaixonada por um vestido que nunca imaginava usar!!! Foi amor à primeira vista. Marquei um horário com a Nana Martinez e pedi umas alterações nas costas. O resultado foi incrível!! Elas prepararam o vestido do zero, apesar de ser um modelo pré-existente, e ajustam qualquer coisa que você queira mudar. A equipe da Whitehall foi maravilhosa!

 

A cada prova eu sentia o carinho e dedicação de todo o time! E das minhas madrinhas, que tiveram um papel super especial me acompanhando nas provas. Cada madrinha participou um pouquinho, Gabriela Junqueira foi um dia, Samara me acompanhou em praticamente todas as provas, tirando varias fotos para que eu pudesse acompanhar a evolução do vestido e guardar de recordação. No dia do teste de cabelo, maquiagem vestido (faltando um pouco menos de 1 mês pro casamento) além da Samara, a madrinha Fernanda Bombonati também foi. E, por fim, que quem foi buscar vestido comigo pra levar pra casa foi a Marília Siqueira. Sou muito grata a todas por isso!

 

 

O vestido já tinha um mecanismo de prender a cauda (que não era tão grande). Fica lindo e parece que é o modelo do vestido, fica maravilhoso!! A Tatiane Alves e a Dell Casagrande prenderam o vestido pra mim depois da cerimônia.

 

Uma dica que eu dou é provar vários, porque o vestido vai escolher a noiva e não o contrário. E muitas das vezes a gente se imagina em um modelo, mas na hora outro tipo de modelo fica melhor! E é fundamental escolher um fornecedor de confiança e competente, porque em alguns momentos você tem que se jogar e confiar que vai ficar perfeito, porque no meio do caminho às vezes é difícil ver isso… eu, particularmente, gosto de ter muito controle sobre tudo, então tive que aprender a confiar no trabalho e fechar os olhos, aproveitando o momento!

 

Acessórios:

 

Sempre soube que não usaria véu. Sobre a grinalda eu estava indecisa e em uma das conversas com a Tatiane tive a ideia de ver se a Karina Saab poderia fazer, e a Tatiane adorou a ideia! Marcamos uma reunião nós três e ficamos falando sobre isso por muito tempo, a Karina entendeu direitinho o que eu queria e o resultado foi maravilhoso. Foi ótimo porque ela também fez o buquê e a flor de lapela, então ficou tudo sintonizado. Todas as ideias que trocamos inspiraram a Karina na grinalda e no buquê. Mandei algumas referências para ela também.

 

Sapato eu sempre soube que seria da Juliana Bicudo e azul. Já namorava esse sapato há tempos… super confortável e lindo!

Brincos o Rafael me deu de natal.

 

 Roupa do noivo:

 

Ele comprou na Brooksfield e pediu minha ajuda, mas decidiu tudo sozinho. Ele usou um terno com um colete, sem gravata. Sapatos também de lá.

 

Cerimônia:

 

Sempre sonhamos em casar em uma fazenda e já estávamos apaixonados pela Fazenda Santa Barbara antes de conhecer pessoalmente. Quando conhecemos, tínhamos certeza que seria lá e fizemos uma pré-reserva. Durante a pré-reserva o Rafael foi nomeado e começamos os preparativos!

 

O Rafael estava super emocionado antes mesmo que eu entrasse. Estava chorando muito quando entrei, foi muito emocionante. Nossos votos também emocionaram muito.

 

Os celebrantes foram o nosso amigo Wagner e um primo Dhiogo. O Wagner convidamos há muito tempo, antes mesmo de iniciar os preparativos do casamento. Sempre soubemos que seria ele. O Dhiogo nos surpreendeu no final do ano com um texto lindo no Natal e aí chamamos ele para falar faltando 2 meses para o casamento. Foi lindo!

 

Leia aqui os votos na íntegra da Aline e do Rafael.

 

Padrinhos e madrinhas:

 

Foram 9 casais de cada lado, contanto com os celebrantes que também foram padrinhos.

Os homens usaram calça de sarja bege e camisa branca, as mulheres cores livres e de longo.

 

 

Damas e pajens:

 

Não tivemos. Quem levou as alianças foram os meus avós! Foi super emocionante! Eu entrei com minha avó até a metade do caminho e aí segui com o meu pai e minha avó ficou com meu avô, que estava ao lado do meu pai. Depois meus avós entraram com as alianças.

 

 Decoração:

 

Sempre soubemos que não seria nada clássico, queríamos algo com a nossa cara, bem íntimo. O projeto foi feito pela Karina Saab e superou todas as nossas expectativas! Não mudaria nada!  A Fazenda é muito linda!

 

Buffet:

 

Melhor escolha impossível. Buffet da região, super acostumado a trabalhar na Fazenda Santa Barbara. Tiveram welcome drinks antes da cerimônia e pós-cerimônia, tivemos o coquetel que circulava e o jantar com 2 pontos para as pessoas se servirem. Na parte de bebidas o Baracat serviu água e refrigerantes. Os drinks foram do Conceito Bar. E nós fornecemos espumantes, cervejas e whisky que eram passados pelo garçom do Buffet.

 

 Música da festa:

 

A música que mais marcou foi a nossa dança, Forever do Kiss. Depois também tocou Shallow da Lady Gaga e Bradley Cooper para todos os casais dançarem também.

 

 

 Convidados:

 

150 convidados (tivemos 136 presentes e convidados 212 no total)

RSVP feito pela Viki apenas para as pessoas que não confirmaram no site.

 

Vó Vanda foi a sensação da noite! Dançou demais! Meus avós sempre foram muito importante para mim e para o Rafael, tanto quanto nossos pais, pois eles me criaram e sempre trataram o Rafael como um neto, desde o início. Apenas minha avó passou o making of comigo, porque eu queria tranquilidade nesse dia, então optei por ficar sozinha, já que eu tinha muitas madrinhas, e se tivesse optado por chamá-las ficariam muitas pessoas – o que eu acho que me deixaria nervosa. A Viki e equipe, a Karina, a Tati e a Dell foram muito atenciosas com minha avó, cuidaram dela com o maior carinho, o que me deixou tranquila para aproveitar o making of. O Rafael também passou a tarde sozinho e tranquilo, e quando ficou pronto, foi receber os padrinhos e se preparar para a entrada.

 

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-3-750x50

 

 
 

 Lua-de-mel:

 

Portugal, super recomendo! É um país relativamente próximo, ótimo para quem tem pouco tempo para a viagem, mas, além disso, é um local delicioso, que se come e bebe bem, com ótimo custo-benefício! Nós ficamos três dias em Lisboa, no quarto dia fomos à Sintra e voltamos para Lisboa. No quinto dia começamos a subida para o norte, de carro, parando em Óbidos, Nazaré, Alcobaça, Fátima e Coimbra, onde ficamos dois dias. No sétimo dia fomos para Porto, onde passamos dois dias, e retornamos à Lisboa para o último dia de viagem e retorno à São Paulo. A viagem durou dez dias, mas deu para aproveitar bastante e deixou um gostinho de que retornaremos em breve.

 

Dicas importantes sobre  lua-de mel + novo apartamento:

 

Nós já moramos juntos desde 2012/2013, então não tivemos que nos adaptar. Sempre fomos muito parceiros, então toda organização foi feita por nós dois juntos. Isso é fundamental, para nenhum dos dois se sobrecarregar e ficar estressado.

 

Presentes:

 

Fizemos duas listas digitais, porque como ainda não temos certeza de onde vamos morar, queríamos ter a flexibilidade de ter tempo para escolher tudo depois. A lista digital é uma boa ideia, porque você recebe tudo em dinheiro. Na medida em que recebíamos os presentes, agradecíamos por whatsapp mesmo. Fizemos no nosso site (www.alineerafael.com.br) e no site da Wedding List.

 

 

Ficha técnica:

 

♦ Cerimonial e Assessoria: Viki Albuquerque Eventos

♦ Local da Cerimônia: Fazenda Santa Barbara         

♦ Celebrantes: Wagner Ussifati e Dhiogo José Correia de Sá

♦ Música de Cerimônia: DJ Rafael Moares

♦ Decoração da cerimônia: Karina Saab

♦ Local da Festa: Fazenda Santa Barbara

♦ Buffet: Baracat

♦ Decoração: Karina Saab

♦ Flores: Karina Saab

♦ Iluminação: DB2 Produção

♦ Mobiliário: Marcia Locações

♦ Toldo: Styllus Eventos

♦ Bar: Conceito Bar

♦ DJ: Rafael Moraes

♦ Fotografia: Manuk Foto e Vídeo

♦ Filme: Manuk Foto e Vídeo

♦︎ Doces: Pati Piva

♦︎ Doces: Nininha Sigrist Doces

♦ Doces: Petite Fleure

♦︎ Bem-casados: Pati Piva

♦︎ Bem-casados: Conceição Bem Casados  

♦ Lembrancinhas: Petit Souvenir (águas) e Conceito Bar (canecas de moscow mule)

♦ Convite: Petit Souvenir

♦ Identidade visual: Petit Souvenir

♦ Gerador: DB2 produção

♦ Manobra e Segurança: Retaguarda Segurança

♦ Vans: Itatiba Vans

♦︎ Vestido: Whitehall por Nana Martinez

♦ Grinalda: Karina Saab

♦ Cabelo e Maquiagem: Tatiane Alves e Dell Casagrande (equipe Tatmake)

♦ Acessórios: Vivara

♦ Sapatos: Juliana Bicudo

♦ Buquê: Karina Saab

♦ Roupa do noivo: Brooksfield

♦ Lapelas do noivo e pais dos noivos: Karina Saab

♦ Alianças: Vivara

♦ Lua de mel: Portugal

♦ Lista de presentes: www.alineerafael.com.bre Wedding List

 

CaseMe-seu-site-de-casamento-e-lista-de-presentes

 

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

Leia mais:

 

6 Fazendas para casar em São Paulo

Fazenda para casar: Fazenda União

Casamento na praia – Maira e Erick

Deixar um comentário