Camila sempre sonhou em casar na praia e na igreja, e não sabia como conciliar os dois. Quando viu as fotos da capelinha de Noronha se apaixonou. A decisão não foi fácil porque a logística para os convidados seria mais complicada. Mas eles apostaram na idéia e hoje podem dizer:  “Melhor escolha da vida foi casar em Fernando de Noronha.”

 

Veja em detalhes como Camila e Lucca, morando em Curitiba, organizaram seu destination wedding, na praia.

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelas noivas ou noivos. Nossa proposta é uma troca real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outras noivas que ainda estão no processo, com foco e inspiração!

 

Noivos: Camila Petrycovski e Lucca Calil Vicente Ampessan

Local: Fernando de Noronha

Data: 23.09.17

 

◊ ANTES DO CASAMENTO

 

 

História do casal:

Nos conhecemos na faculdade. Estudávamos na mesma sala, mas só no final da faculdade começamos a conversar mais (com a ajuda do professor, meu futuro sogro), aí não resisti e resolvi sair com ele. O lugar do primeiro beijo não podia ser diferente: um bom samba, um bom chopp e tudo aconteceu. À partir daí percebemos que aquelas diferenças que achávamos que tínhamos era só impressão e que éramos muito mais parecidos.

Muuiita praia, música boa, cervejinha gelada, churrasco e famílias da mesma cidade só nos uniram. Tudo que mais amo fazer é aquilo que ele mais ama também. Sem dúvidas ele é o melhor parceiro que a vida me deu!

 

O pedido de casamento:

Foi então que em 2015 resolvemos fazer uma viagem de 30 dias de campervan pela Nova Zelândia. E foi nessa viagem, uma das mais incríveis da nossa vida, que dia 24 de dezembro noivamos! Foi ao por do sol na beira do mar, num lugar lindo demais!

 

◊ O CASAMENTO

 

Os preparativos:

Quando voltamos de viagem comecei a ver tudo pro casamento. Eu sempre sonhei em casar na praia e na igreja, e não sabia como conciliar os dois. Foi aí que eu vi fotos da capelinha de Noronha e me apaixonei. Não seria fácil levar todos os convidados e fazer um casamento pra poucas pessoas e por isso a decisão não foi muito rápida. Mas conversando com todos decidimos que lá seria o lugar perfeito.

Tive ajuda de uma conhecida que casou lá e ela me passou vários fornecedores, assim como o cerimonial. Em maio/16 estava com a capela reservada e em junho fui pra Fernando de Noronha conhecer os fornecedores de lá, e o cerimonial. O restante organizei de longe mesmo, pois moro em Curitiba.

O vestido de noiva:

Queria um vestido bem estilo praia e queria muito usar véu. Porém todos indicavam para eu não usar, pois o vento na capelinha é muito forte e atrapalharia. Resolvi fazer uma mega cauda. Sou muito de ter idéias, por isso resolvi mandar fazer em um ateliê em Itajaí, Atelieria, já que em Curitiba não havia nada estilo praiano. O vestido ficou mais lindo do que eu imaginava, prendi a cauda antes de entrar na festa e não deu nenhum trabalho.

 

Acessórios:

 

Quanto aos acessórios, não tinha nada em especial. Sapatos confortáveis e jóias mais discretas era o que eu queria. O buquê eu já sabia que queria algo sem muita cor, que combinasse com a coroa de flores e minha decoradora indicou a Taciana Souto de Recife para fazer ele. Ficou maravilhoso!

Roupa do noivo:

Quem escolheu a roupa do noivo na verdade fui eu. O tom claro combina com praia, e já que ele tem maravilhosos olhos azuis, optamos pelo terno azul sem gravata para ficar mais praia.

 

Making of

Chegamos em Noronha na terça antes do casamento, e todos os dias até o casamento foram de festa. Escolhemos a sexta para fazer o passeio de barco com os padrinhos.

 

A última vez que nos vimos foi na sexta a noite, mas durante todo o dia do casamento conversamos pelo telefone. Eu nem me reconhecia de tão tranquila que estava. Me arrumei na pousada Solar dos Ventos, a qual recomendo de olhos fechados! Foi maravilhoso mesmo!! Minha mãe e minha madrinha ficaram comigo, assim como minha amiga maquiadora e salvadora Paulinha. Mesmo não sendo cabeleireira profissional fez meu cabelo impecavelmente!

Cerimônia:

Eu conheci a capela e inclusive assisti uma missa emocionante lá em 2016. Não tive dúvidas de que estava casando no lugar certo. O Padre Flávio faz uma celebração leve e muito emocionante. Escolhemos setembro por ser uma época de pouca chuva e não tão quente quanto no verão. Mas os imprevistos acontecem e no dia choveu. Por isso a celebração foi um pouco mais curta, mas em momento algum isso atrapalhou aquele momento lindo naquele lugar maravilhoso.

 

 

Pra mim a hora mais emocionante foi ao entrar e olhar para o noivo. Essa hora é inexplicável.

 

E a hora da saída que tocou uma de nossas músicas, vendo todas as pessoas que amamos nos esperando e comemorando, foi lindo e emocionante também.

 

Música da cerimônia:

As músicas foram modernas e escolhidas por nós dois juntos, tirando a marcha nupcial que era a única clássica. O Buiu, excelente músico da ilha, tocou violão e cantou, e havia mais um sax para acompanhá-lo.

Padrinhos e madrinhas:

Foram 14 casais, mais 1 que não pode estar presente. Escolhi as cores em tom pastel para as madrinhas e os padrinhos foram de camisa branca para fora da calça em tom caqui claro e sapato fechado.

 

Damas e pajens:

Foram 2 daminhas e 1 pajem. Uma das daminhas, a que entrou com as alianças, era filha de um casal de amigos padrinhos. Os outros eram priminhos meus. Todos entraram e foi coisa mais linda do mundo!! Optei por pajens mais novos, pois amo muito criança. Se fosse pra escolher entre as maiores iria ter mais do que padrinhos hahahah.

 

Local da festa:

O local da festa surpreendeu muito! Eu já conhecia e sabia que não era muito grande. A quantidade de convidados acabou passando um pouco do que o restaurante comporta. Mas a equipe do Mergulhão foi maravilhosa, atenderam super bem aos convidados, além da simpatia que espalhavam.

 

Decoração:

escolhi uma equipe de Recife que atendeu a todas as minhas expectativas. Sempre muito dedicadas e abertas a todas as minhas dicas, fizeram tudo muito do jeitinho que eu pedi. Foi uma decoração mais rústica, bem estilo praia, com conchas, estrelas e tons azuis para lembrar o lugar que estávamos.

Bolos e doces:

O bolo foi um verdadeiro desespero para mim! Não tinha como levar de Curitiba, não despacham bolo por ser muito frágil e em Noronha não há ninguém que faça. Então conversei com a boleira e na minha escala de 40 minutos por Recife tive que desembarcar e pegar com ela que estava me esperando no aeroporto. Me salvou mesmo! Além do bolo ficar lindo, gostoso e com a cara de Pernambuco.

Os doces optei pela Lana Bandeira que é impecável em tudo. Quem casa por lá não tem como escolher outra opção.

 

Buffet:

O buffet era menu fechado do restaurante. Mini porções dos pratos mais conhecidos de lá. Todoselogiaram. A bebida também era do restaurante (cerveja stella, vodka smornoff, 3 tipos de caipirinha, espumante chandom, whisky red label, energético). De fora trouxemos gin tônica.

 

Música da festa:

Escolhemos por DJ e a banda Samba depois da Missa, que toca todos os tipos de música em ritmo de samba, a nossa cara. Foi mais do que animado do começo ao fim! Pista cheia sempre!!

Registros:

Contratamos o Chico Bala e a Carol Sábio que são de Noronha para fotógrafos e o Guilherme Coelho (rabbit films) para vídeo (veja abaixo). Sem dúvidas nosso melhor investimento do casamento! O trabalho do Guilherme é cheio de detalhes, ele nos  filmou de quinta a sábado sem compromisso nenhum. O noivo não se sentia tão a vontade mas com o tempo se soltou. Na festa eu praticamente nem percebia que era filmada e fotografada.

 

Convidados:

Ao todo foram um pouco mais de 120 pessoas, grande para os padrões de Fernando de Noronha. A lista tinha 290 pessoas, mas por morarmos longe do local do casamento não esperávamos tantas pessoas. Ficamos muito felizes em poder receber todas elas. Fizemos RSVP somente através do site do casamento.

 

A dica que eu dou, como amante de praia e viagem, é que façam algo diferente, e que não dure somente um dia. Foi maravilhoso estar com os convidados durante a viagem, assim pudemos comemorar sem pensar “passou tão rápido”. Claro, mesmo assim a festa parece que durou muito menos, mas lembrar de todas as comemorações, encontrar todos os convidados e conseguir aproveitar com todos não tem preço. Melhor escolha da vida foi casar em Fernando de Noronha.

 

Quem faltou: Meu afilhado e sua irmãzinha com certeza foram os meus convidados que mais fizeram falta. E todos que estavam lá foram essenciais para nós.

 

 

◊ APÓS O CASAMENTO

 

Lua-de-mel:

Optamos por uma lua de mel que conseguíssemos curtir a sós, mas com um final para turistar também.

Por isso meu sonho sempre foi Maldivas e algum destino na europa para completar. Nunca tivemos muita curiosidade em conhecer Dubai.

Ficamos num resort voltado para o surf. Foi maravilhoso, recomendo mesmo a lua de mel lá. Depois de todo o empenho na organização da festa, nada melhor que uma semana curtindo sem nenhuma preocupação ou compromisso. Maldivas com certeza é o melhor lugar pra isso.

E depois escolhemos Istambul, uma cidade que o Lucca conhecia e queria muito que eu conhecesse. Maravilhoso também!! Com certeza recomendo minha lua de mel.

Ainda não conseguimos nos mudar para o nosso apartamento, coisas que sempre atrasam. Mas a única dica que fica de pós casamento é pra relaxar com esses imprevistos. Depois de tanta correria com o casamento eu estou bem tranquila em relação a isso.

 

Presentes:

Presentes: Fizemos a lista em 3 lugares e colocamos somente no site do casamento.

Agradecemos a maioria dos presentes por mensagem após recebermos o email avisando do presente. Infelizmente com a correria as vezes alguns passavam despercebidos, mas tentamos ao máximo retribuir o carinho de todos. Acho até que alguns presentes não vieram com nome, o que impossibilitou o agradecimento também (erro da loja que comprei, Camicado).

Ficha técnica:

♦︎ Cerimonial e acessoria: acquarius um mar de amor (Naná Diniz) :/

♦︎ Celebrante: Padre Flávio

♦︎ Local cerimônia: Capela de São Pedro dos Pescadores 🙂

♦︎ Local da festa: Restaurante Mergulhão 🙂

♦︎ Vestido noiva: Atelieria

♦︎ Cabelo e maquiagem: Paula Bork 🙂

♦︎ Acessórios: Rafaella Omeiri semi jóias

♦︎ Sapatos: By Rose

♦︎ Buquê: Taciana Souto

♦︎ Lapelas : Marcela Montenegro

♦︎ Roupas damas e Pajem: costureira de bairro indicada pela noiva

♦︎ Alianças: joalheria Woller

♦︎ Anel de noivado: Bergerson

♦︎ Música cerimônia: Buiu

♦︎ Música festa: Samba Depois da Missa e DJ Tekilla 🙂

♦︎ Fotografia: Chico Bala e Carol Sábio

♦︎ Filme: Rabbit Films 🙂

♦︎ Buffet: Mergulhão

♦︎ Bar: Mergulhão

♦︎ Decor: Marcela Montenegro (me ajudaram em muito mais do que somente a decoração) 🙂

♦︎ Iluminação: Buiu

♦︎ Mobiliário: Garimpe

♦︎ Flor: Marcela Montenegro

♦︎ Bolo: Dorinha bolo de rolo (me salvou mesmo! Sem contar que o bolo era maravilhoso!)

♦︎ Doces: Lana Bandeira

♦︎ Bem casados: Bendita Sorte

♦︎ Convite e identidade visual: Dani Nudelmann

♦︎ Roupa noivo: Ricardo Almeida

♦︎ Hotel e noite de núpcias: Solar dos Ventos

♦︎ Lua-de-mel: Adaraan Hudhuranfushi – Maldivas

♦︎ Istambul – Sura Hagia Sophia hotel

♦︎ Lista de presentes: Amare, Fast, Camicado

 

Leia mais:

Casamento na praia Mariana e Ronan

Tendências para noivas – Primavera 2019

Lua de Mel na Amazônia: quando ir e onde ficar

3 comentários “Casamento em Fernando de Noronha: Camila e Lucca

  1. Que linda reportagem CaseMe!!! Que delicia poder relembrar esse casamento incrível desse casal sensacional! Imensamente feliz por ter feito parte desse time de feras e eternamente grata à linda Cami pela confiança!!! Só quem presenciou sabe o sentimento e a felicidade dos dias plenos vividos no paraíso!! Muito amor!!!

    Resposta

Deixar um comentário