Conversamos com o celebrante Luiz Longuini e pedimos para listar as 10 perguntas mais importantes para os noivos fazerem durante a reunião. Confira:

O celebrante é o responsável pela celebração do matrimônio, por conduzir a cerimônia, e isso requer uma boa comunicação, bom senso e empatia.  Ele pode ser um Juiz de Paz (habilitado para realizar casamento civil), pertencer a uma religião específica (padre, pastor, rabino, etc.), ser ecumênico (realiza uma celebração religiosa mas sem uma religião específica) ou agnóstico (sem vínculo com religiões ou crenças).

Os celebrantes religiosos costumam seguir um roteiro pré-estabelecido, já os ecumênicos e agnósticos costumam ser mais personalizados.

→ Confira aqui as 10 perguntas essenciais que devem ser feitas durante a reunião:

1. A cerimônia é ecumênica (respeitando todos os credos) ou segue uma religião específica?

2. Quanto tempo dura a cerimônia?

3. É possível os noivos escreveram os votos?

4. Como funciona a escolha das músicas e se há restrição, por exemplo, devendo ser apenas músicas religiosas?

5. O celebrante pode fazer o religioso e o civil junto?

6. Como funciona esse tipo de casamento: religioso com efeito civil?

7. O celebrante realiza uma ou mais entrevistas para orientar e conhecer a história dos noivos?

8. É possível algum amigo ou familiar dizer algumas palavras?

9. Quanto custa esse tipo de cerimônia?

10. Pode ser feito apenas o religioso (Bênção matrimonial) sem o civil?

 

→ Conheça mais sobre Luiz Longuini:

 

Longuini nasceu em uma fazenda cafeeira no interior paulista. Hoje reside no Rio de Janeiro, onde é Pastor e Professor. Se formou em Teologia e Filosofia, possui Mestrado em Ciências da Religião na UMESP e Doutorado em Ciências da Religião em Hamburgo, Alemanha e Brasil/UMESP, além de ser autor de dois livros e inúmeros artigos acadêmicos.

 

Leia mais:

10 perguntas para o cerimonial

10 perguntas para o buffet

10 perguntas para ajudar na sua lista de convidados

 

 

Deixar um comentário