A escolha de março para casar trás a possibilidade de uma decoração repleta de orquídeas, um clima de temperaturas mais amenas, mas também a probabilidade de chuva. Para algumas noivas isso não é problema. É benção. Mas pra quem não quer que a chuva atrapalhe o casamento, é importante pensar em soluções caso ela apareça.

 

Dicas para lidar com a chuva no casamento:

 

♦︎ Toldo

Contratar um toldo já não é demanda apenas para o caso de chuva. Já vimos aqui, em várias matérias, que a estrutura do toldo é super importante como suporte para a decoração. Portanto o ideal é sempre contar com ele em casamentos ao ar livre.

Leia também: Toldo faça chuva ou faça sol

Ainda que o toldo esteja contratado, o fechamento lateral vai depender da chuva, ou do ar condicionado. Com ar, o fechamento lateral é obrigatório, mas normalmente as laterais ficam abertas para correr o vento e aproveitar o clima natural.

O fechamento da lateral vai ser decidido no dia, conforme o tempo na hora da montagem.

Mas, se você pensa no seu casamento a céu aberto, e não gostaria de ter um toldo, vale já deixar amarrado o plano B. Que pode ser um salão interno, uma varanda e muitas vezes a pista de dança (se for coberta) pode ser cenário para a cerimônia e depois rapidamente voltar a ser pista de dança.

Veja nas fotos abaixo uma ótima opção para cerimônias com chuva fininha. Além de resolver, o visual fica incrível.

 

♦︎ Caminhos fora do toldo

Contratar um toldo nem sempre resolve tudo, algumas passagens podem ficar de fora, como o caminho do carro até o salão, o caminho para os toaletes, ou da cerimônia para a festa. Nesses casos um sistema super prático é colocar 2 seguranças, um em cada extremidade do caminho, oferecendo os guarda-chuvas para os convidados. O convidado vai sozinho com o guarda-chuva até o destino e lá entrega para o outro segurança. Quando os guarda-chuvas do inicio do caminho acabam, o segurança que está na ponta final trás todos de volta ao inicio, para continuar o processo.

Este sistema é bem melhor do que impactar muitos seguranças para acompanhar todo mundo. Imagine uma saída da Igreja para um salão muito próximo? Onde todos os convidados estão indo ao mesmo tempo para o mesmo lugar. Seriam necessários quase um segurança para cada casal de convidados, mas com este sistema, será necessário apenas um volume grande de guarda-chuvas.

 

 

♦︎ Piso da festa e cerimônia

Preocupe-se com o chão. Avalie se em caso de chuva o gramado vai virar lama, ou o chão vai criar bolsas de água. E veja com o seu decorador as opções para estruturar o piso de forma que não crie problemas no dia.

 

 

♦︎ Foto e filme

Existem fotos que só são possíveis em dias de chuva, saber usar a criatividade é fundamental nesses dias. Para você que tem medo que chova no seu casamento, separamos as fotos abaixo para você mudar de idéia e torcer para que chova!

♦︎ Gerador

Assim como o toldo, a demanda por gerador não vem da chuva. É obrigatório em todas as estações e condições climáticas. Mas, em caso de chuva, ele pode representar o sucesso, e a segurança, de que nenhum apagão na cidade vai atrapalhar seu casamento.

 

♦︎ Ovos para Santa Clara

Oferecer ovos para Santa Clara já faz parte das tradições de casamentos brasileiros. No Rio de Janeiro existe o Convento das Clarissas, que fica no bairro da Gávea, e recebem todas as semanas as doações (de todos os tipos, não precisa ser apenas ovos) de noivas na expectativa de um lindo para casar.

 

♦︎ Acompanhe a previsão

Acompanhe a previsão do tempo nos dias que antecedem o casamento. Wind Guru é um excelente site de previsão do tempo, ele é super preciso e te dá o volume de chuva e vento. Vale a pena checar.

“São as águas de março fechando o verão. É a promessa de vida no teu coração.”  Tom Jobim

 

Você tem outra dica para compartilhar com a gente? Deixe nos comentários!

 

Foto do destaque: Thomas Stewart

 

Leia mais:

 

Toldo faça chuva ou faça sol

Novas versões da tradicional “chuva de arroz”

Top 5 sufocos nos casamentos

 

Deixar um comentário