Olá, temos conversado sobre os benefícios da atividade física e isso também se aplica ao período da gestação. Sim, é muito saudável e recomendado que neste momento tão especial da vida da mulher ela se exercite. Portando, as noivas futuras mamães também podem entrar em forma para o grande dia.

O ideal é que a mulher que pretende engravidar comece a praticar alguma atividade física previamente.

Agora que você já está gestando, antes de iniciar atividades físicas, é aconselhável  fazer uma avaliação médica completa para receber orientações adequadas de quais atividades pode realizar, a intensidade, a duração e a frequência. Também deve ser orientada quanto aos sinais e sintomas que indicam a necessidade de interrupção do exercício. O acompanhamento médico deve ser sistemático (siga sempre as orientações médicas, e em caso de dúvida consulte-o, sempre).

Durante uma gestação normal e sem complicações a atividade física pode beneficiar a mãe e também o bebê. A mãe adquire melhoras cardiovasculares, respiratórias e hormonais que propiciam um ambiente mais favorável ao desenvolvimento do feto.

 

⇒ Os principais benefícios fisiológicos são:

Prevenção de dores lombares, fadiga, depressão e ansiedade.

Prevenção da obesidade ou aumento da gordura corporal armazenada.

Redução da incidência e da severidade de problemas pós-parto.

Melhora da autoestima e do humor.

Melhora do equilíbrio postural.

Previne à diabetes e hipertensão gestacional.

Melhora do retorno venoso, prevenindo o aparecimento de varizes e a melhora nas condições de irrigação na placenta.

Aumento da tolerância do bebê ao estresse antes e pós parto.

 

As atividades físicas são prescritas de forma a se obter a melhor relação risco-benefício, garantindo a saúde da mãe e do bebê. A duração, intensidade e frequência semanal devem ser reguladas a um nível que não cause dor, dificuldade em respirar ou fadiga excessiva, de forma se adequem aos sintomas maternos.

Aqui vão algumas sugestões para um programa de atividades para gestantes.

  1. Treinamento Aeróbio

Atividades: Bicicleta estacionária, caminhada, elípticos, hidrobike, natação, hidroginástica, dança, etc. Todas com caráter de baixo impacto.

Frequência semanal: 2 a 5 vezes por semana

Duração: 15 a 45 minutos

  • Intensidade: O teste de fala também pode ser usado: manter uma conversação enquanto treina.

 

  1. Treinamento de Força

Atividades: Musculação, hidroginástica e ginástica localizada. Estas são as mais apropriadas, mas você pode praticar qualquer uma que se adapte.

Frequência semanal: 2 a 3 vezes por semana.

Intensidade: De moderada até um pouco forte.

Atenção: Não executar as repetições bloqueando a respiração.

 

  1. Treinamento de Flexibilidade

Atividades: Alongamentos estáticos personalizados na sala de Musculação. Aulas coletivas e Yoga somente quando forem personalizadas e com profissionais especializados.

Frequência semanal: 2 vezes por semana.

MUITO IMPORTANTE – Observe no dia seguinte se houve uma recuperação física suficiente para recomeçar os exercícios.

 

* Recomendações Especiais

– O ideal é treinar na academia, com ambiente fresco e climatizado.

– A alimentação é muito importante antes e após as atividades físicas. Consulte um nutricionista ou peça orientações ao seu médico.

– A intensidade, frequência semanal e duração devem ser controladas de acordo com os sintomas maternos.

– A hidratação durante os exercícios físicos deverá ocorrer a cada 15 minutos.

– Fazer exercícios que já está habituada e evitar aumentos bruscos no desempenho.

– Exercícios de aquecimento e volta à calma são importantes e devem durar entre 5 a 10 minutos.

– Evitar ficar em pé imóvel.

– Cuidado para não engordar em excesso para não propiciar uma futura obesidade.

 

Atividades Físicas Contra Indicadas

– Esportes de contato, de alto risco e com risco de queda.

– Mergulho submarino

– De alta intensidade ou muito forte e de longa duração.

– Excesso de exercícios de alongamentos devido ao aumento da flexibilidade nesta fase devido ao hormônio relaxina.

 

No mais é só seguir as observações que já foram dadas aqui em outras conversas.

Quanto antes você começar a exercitar-se mais benefícios você terá.
– NUNCA pense em “tirar o atraso” de um longo período de inatividade ou sedentarismo em um curto prazo, pois isso pode lhe trazer problemas e/ou lesões e você terá que interromper suas atividades para se recuperar.
– A prática de Atividade Física e Atividade Aeróbica aumenta o gasto de energia e redução de gordura corporal, o que vai melhorar o visual de uma forma geral.
A atividade deve ter alguma intensidade ao fazer (você percebe que consegue fazer a atividade desejada, porém com um pouco de dificuldade, sem exageros), e que esteja de acordo com a capacidade de cada um.
– Ao realizar exercícios são produzidos/liberados hormônios, aumentando a autoestima, se dorme melhor e se adquire uma sensação de bem estar geral, reduzindo os níveis de estresse, ansiedades e até depressão.
– Lembre-se a Atividade Física deve ser regular (preferencialmente 05 vezes na semana). A Atividade Física precisa apenas de ser regular para promover alterações e melhoras físicas, fisiológicas e psicológicas.

Tornarmos mais ativos é um investimento no futuro.

Para ter os benefícios da prática de exercícios, procure um médico para exames prévios e um profissional de Educação Física para lhe orientar nas suas atividades a alcançar seus objetivos.

 

assinatura-rodrigo-schettini-personal-caseme-750x223

* Foto destaque Rodrigo Sack

 

Leia mais:

Mitos e verdades sobre a atividade física

Costas incríveis até o casamento

Aprenda a melhorar a qualidade do sono

Deixar um comentário