Hoje sigo para a última parte do cronograma que orientará as ações de todos os envolvidos no casamento. Já falei sobre o momento antes da cerimônia, sobre a cerimônia, sobre a festa, e neste post vamos até o final de todo o empreendimento que foi a produção do seu casamento.

Antes de começar, vale lembrar que esta é a minha maneira de trabalhar, mas existem muitas outras!

Terminamos o último capítulo desta série colocando os noivos no carro. Agora o cerimonial precisa providenciar alguns detalhes importantes.

Vamos começar?

É hora de avisar ao pessoal da desmontagem que eles já podem começar. Entra em campo novamente uma equipe enorme para desmontar e limpar tudo.

Neste momento alguém da família, geralmente os pais dos noivos, ou alguém previamente escolhido, ficará responsável por esperar para levar todos os itens que sobraram após o casamento.

A maior responsabilidade no fechamento do evento são as bebidas alcoólicas. É importante anotar no cronograma o número total de bebidas, a marca, e se houver alguma quantidade consignada, deixar bem claro.

Então, ao final do casamento o buffet organiza todas as garrafas, vazias e cheias, para que você faça a contagem de tudo e veja se está batendo direitinho. Definido o que sobrou, você tem algumas opções: colocar todas as bebidas que sobraram nos carros da família, ver com o local da festa ou buffet se eles podem guardar as bebidas até segunda-feira para a família buscar depois, ou contratar um transporte para esse final da festa, assim a família, provavelmente cansada, não precisa esperar, mas alguém tem que receber o transporte no endereço combinado.

Obs: Ao chegar no casamento é importante conferir se os números do cronograma estão batendo com o material entregue ao buffet. Caso haja bebidas consignadas é preciso avisar ao buffet (a maioria já sabe) que as caixas consignadas só serão aceitas pelo fornecedor para devolução em perfeito estado, elas não podem molhar.

Outra grande tarefa deste final de festa é guardar os doces que sobraram em caixas para a família levar. Como a mesa de doces é uma passagem obrigatória na saída dos convidados, eu não gosto de guardar ou desmanchar a mesa enquanto ainda estiver convidado no local, ou seja, só começo este trabalho quando os noivos vão embora.

Outro detalhe, como as mesas estão cada dia mais faraónicas em termos de decoração, são tantos os doces para ornamentar que eles acabam sobrando em grande quantidade. Eu gosto de mesa cheia e não me importo de guardar, amo as inovações das mesas de doces! O trabalho demora um pouco e a família está esperando (na maioria dos casos) então, mãos à obra e capricho para não chegar nada revirado. Ah, não esqueça de levar luvas, além de higiênico é mais prático.

Com as bebidas e doces organizados, recolhemos os kit toaletes, se houverem, sobra de brindes, presentes que às vezes os convidados levam para a festa ou algum item pessoal que tenha sido deixado com as recepcionistas. Tudo recolhido? Hora de colocar tudo no carro para a família poder descansar.

Fim da organização!

O que sobrará agora serão os momentos incríveis vividos, e futuramente também as fotos e vídeos.

 




Leia mais:

Quebrando a burocracia dos documentos de casamento

Tudo sobre a reunião com o dj para seu casamento

Conheça a Stein Doceria

Deixar um comentário