Esta é a terceira parte da série de 4 matérias que preparamos para te ajudar a produzir um cronograma, para organizar todas as etapas do seu casamento.

 

Nesta matéria vamos focar a atenção apenas na festa. Lembrando que o cerimonial é quem vai tomar as rédeas e conduzir este momento. Mas, entendemos que são informações valiosas para vocês noivos alinharem com seus cerimonialistas, e não perderem nenhum detalhe importante na condução do dia do seu casamento.

 

Leia também:

♦︎ Roteiro do casamento: dia da noiva

♦︎ Roteiro do casamento: cerimônia

♦︎ Roteiro do casamento: pós festa

 

 

54-750x50

Assim que a cerimônia religiosa termina é importante que a equipe de recepcionistas, que está no salão de festas, seja avisada para tomar as providências necessárias para a festa começar!

 

É importante verificar alguns itens antes dos convidados e dos noivos chegarem:

 

1Verifique os banheiros. Prepare um kit toalete para seus convidados. É muito atencioso ter alguns itens para o conforto de todos. Preveja um local adequado para apoiar este material.

 

2Prepare os brindes organize-os para estarem à mão na hora de serem entregues. Geralmente é preciso retirar etiquetas e plásticos, ou apenas arrumá-los em cestas.

 

3Certifique-se de que a decoração está pronta, com velas acesas, salão limpo, mesa arrumada e nenhuma escada ou estrutura de apoio pelo caminho.

 

4

Cheque as estruturas como: se o ar-condicionado (se houver) está ligado, quais são as saídas de emergências, onde estão os seguranças, e quem responde pelo gerador e luz, caso precise.

 

5

Faça a contagem das bebidas alcoólicas compradas pelos noivos e confira com as suas anotações. Se houver bebidas em consignação, observe se as caixas estão em local seco, as caixas molhadas não são aceitas de volta.

 

 

59-750x50

 

Enquanto os convidados se encaminham para a festa, vale aproveitar o momento perfeito para fazer as fotos oficiais dos noivos, pais e padrinhos, que acabaram de sair da cerimônia e por isso estão juntos. Eles devem ser levados para um local separado para fazer as fotos tradicionais.

É importante que seja um local onde os noivos não fiquem visíveis para os convidados, caso contrário eles receberão muitos cumprimentos, atrapalhando os fotógrafos, que não conseguirão fazer o seu trabalho no tempo previsto. Caso não seja possível sair do campo de visão dos convidados, organize alguém para avisar aos convidados que os noivos estão fotografando e não podem receber cumprimentos neste momento.

 

61-750x50

 

Tenha uma lista de convidados em mãos apenas de apoio, para contagem. O que sugerimos é apenas contar cada convidado que entra, com a lista de apoio em mãos para pedir o nome de alguém que pareça fora do contexto. A lista serve também para te dar respaldo, caso algum penetra seja descoberto durante a festa, assim você terá um documento para justificar e certificar que aquela pessoa não foi convidada.

 

Aprendi com a minha mãe (Thais de Carvalho Dias) que na maior parte dos casamentos não justifica fazer uma fila na entrada para checar cada convidado na lista. Penetras legítimos são raros, o mais comum é o próprio convidado trazer um acompanhante que não estava prescrito, e neste caso iremos impedir a entrada? Acredito que não. Então avalie se é mesmo necessário fazer todos os convidados esperarem em fila.

 

60-750x50

 

No inicio da festa alguém da equipe do cerimonial deve ficar de olho para ver se o DJ, bar e o buffet já começaram os serviços, assim que os primeiros convidados chegarem. E um outro grupo deve organizar as mesas reservadas, se houver, pois a cerimonialista estará acompanhando os noivos, pais e padrinhos nas fotos.

 

É elegante reservar o menor número de mesas possível, o ideal é reservar apenas uma mesa para a família da noiva e outra para a família do noivo. Se por algum motivo precisar reservar muito mais que 4 mesas, avalie a possibilidade de reservar todas. Não é elegante tratar 30% do casamento como pessoas especiais e deixar o restante sem a mesma atenção. Portanto fique ligado na porcentagem de reservados, e não deixe passar de 10 a 15% do total de convidados.

 

62-750x50

O coquetel está acontecendo no salão e os noivos, pais e padrinhos estão em um local reservado para tirar as fotos, conforme já explicado. Como a “nata” do casamento está no mesmo local é importante que o cerimonial e o buffet se organizem para fazer um atendimento impecável. Tenha sempre um apoio de bebidas e certifique-se que o coquetel, que está sendo servido no salão, seja também servido no local das fotos.

 

Acreditamos que a ordem das fotos faz toda diferença para o andamento do casamento. Lembre-se que a festa está neste momento sem nenhum representante das famílias e por isso liberar os pais para irem para a festa o mais rápido possível é muito importante.

Segue o nosso roteiro padrão:

 

1

Foto com as famílias. Existem muitas combinações possíveis e os fotógrafos, junto com os noivos é quem vão definir as prioridades. Nós sugerimos a seguinte ordem: (a) Foto dos noivos com os pais da noiva (b) Foto dos noivos com os pais da noiva + irmãos (c) Foto dos noivos com os pais da noiva + os pais do noivo (d) Foto dos noivos com os pais do noivo (e) Foto dos noivos com os pais do noivo + irmãos. Após essa sequência, é importante pedir que a família vá recepcionar os convidados no salão.

 

2

Foto com as avós. As avós nem sempre estão no cortejo da cerimônia e por isso podem não estar no grupo que vai direto da saída da cerimônia para as fotos. O ideal é já deixar alguém responsável por buscar as avós para as fotos.

 

3

Foto com damas e pajens. Esta foto também requer uma organização prévia. Muitas vezes as mães das damas e pajens não estão no cortejo e partem da cerimônia direto para a festa. Então combine direitinho com os pais para que eles sigam os padrinhos e pais para o local das fotos.

 

4Foto dos padrinhos.  A ordem das fotos dos padrinhos é a que mais interfere no custo/tempo. Faça primeiro as fotos com todos os padrinhos juntos. E depois a foto de cada casal, se vocês quiserem. Assim cada casal que já fez sua foto, pode ir para a festa, liberando o espaço e organizando quem já fotografou e quem ainda está esperando. Evite deixar platéia nas fotos, dispersa e o tempo é curto!

 

5

Foto dos noivos. Não tenha pressa, mas também não deixe que este momento atrase muito a entrada dos noivos no salão. Existe um momento ideal, que é sentido pelo cerimonial experiente. Não podemos “queimar a largada” e fazer a entrada dos noivos no salão sem que os convidados estejam preparados. 40 minutos é um tempo bom para a festa começar a esquentar.

Os convidados quando chegam na festa querem beber alguma coisa, encontrar os amigos e bater um papinho, até bater a vontade de dançar. Fazer as fotos correndo para entrar rápido na festa pode atrapalhar este momento importante do coquetel que prepara todos para uma pista de dança bombada!

 

 

63-750x50

 

Após as fotos oficiais os noivos podem ir direto para a festa, ou aproveitar uns minutinhos para tirar o véu, jantar e fazer algum retoque na make. Veja nesta matéria a importância da alimentação dos noivos neste dia.

 

Antigamente a noiva entrava na festa com o véu e fazia a primeira dança com ele. Nós aconselhamos tirar, já que na maior parte dos casos o véu precisa ficar enrolado no braço da noiva para ela conseguir dançar. Sem o véu os noivos podem dançar livremente.

 

Além do véu, veja se a cauda do vestido da noiva será suspenso. Veja aqui a matéria sobre como prender a cauda do vestido de noiva

 

Quando os noivos se alimentam um pouquinho antes de entrar na festa, garantimos que eles estejam preparados para beberem com mais segurança. É bem raro o casal conseguir comer alguma coisa durante a festa. O tempo passa muito rápido e tudo o que fazem é se divertir e beber. Portanto cuide deles a noite toda, veja se estão bebendo água e se estão alimentados.

 

Muitas noivas escolhem outro look para a festa, ou fazem algum retoque na maquiagem, mesmo que por elas mesmas. Então este é o momento ideal. Depois do jantar dos noivos, para entrar na festa!

 

 

64-750x50

 

Existem muitos formatos para este momento. Vamos descrever os mais comuns.

 

1Entrada, corte do bolo e dança dos noivos no modelo tradicional. Esse formato é bastante elegante e convida a festa a participar do momento. Porém, para ficar bonito requer atenção e uma excelente execução do plano. Quando este momento é mau executado é uma pena, ao invés de emocionar, fica só uma sensação de constrangimento pelos noivos. Portanto, se quiser fazer uma entrada tradicional, estude os passos e arrase!

 

(a) Entrada dos noivos: Antes de entrar com os noivos no salão, no momento em que eles estão terminando de jantar, peça às recepcionistas para procurar a família dos noivos e pedir para que eles fiquem próximos à mesa do bolo para fazer o corte simbólico do bolo e o brinde.

Quando os noivos terminarem de jantar e estiverem prontos para entrar, avise às recepcionistas, que já estarão com os pais na “agulha”.

Não esqueça também de checar se a espátula para cortar o bolo está na mesa e avise ao buffet quantas taças serão necessárias para o brinde. Avise o fotógrafo e o cinegrafista para eles não serem pegos surpresa com a entrada dos noivos.

Tudo tem que estar bem preparado e bem alinhado para este momento, é muito feio deixar os noivos esperando ou sem saber para onde ir ou o que fazer.

Libere o caminho com a ajuda das recepcionistas, dê o sinal para o DJ iniciar a música de entrada e acompanhe o casal, tentando estar o mais fora da cena possível para não atrapalhar foto e vídeo. A música da entrada deve ser um pouquinho mais alta que as músicas do coquetel, para chamar a atenção dos convidados para a entrada dos noivos no salão.

 

(b) Bolo e brinde:  Ao chegar na mesa do bolo, neste caso no meio da pista de dança, dispomos os pais ao lado dos seus filhos (noivos no meio e cada casal de pais ao lado) e à partir daí o trabalho é todo orientado para a fotografia e a filmagem.

 

Ps: Verifique com quem fez o bolo se todos os andares são verdadeiros, é comum algumas camadas serem de isopor, portanto saiba certinho onde os noivos devem cortar.

 

Terminado o corte começam os brindes. Um garçom já deve estar perto da mesa do bolo com as taças vazias e o espumante aberto. Ele deve servir cada taça de uma vez, e com a ajuda do cerimonial distribuir entre todos. Muitos buffets sugerem já trazer os espumantes servidos, não faça isso, não é elegante.

 

Importante: Sempre tenha taças sobressalentes, não é raro o casal ou os pais chamarem irmãos e avós para o brinde. Acho muito importante que o improviso aconteça de maneira natural, não se preocupe se chegarem muitas pessoas, providencie as taças, ajude o fotógrafo, e deixe as famílias viverem o momento da maneira delas.

 

Explique que o brinde deve ser na altura dos ombros, caso contrário as taças sairão na frente dos rostos na fotografia. Lembre-se de ajudar o fotógrafo nesta hora, ele deve fazer a foto do grupo todo, dos pais da noiva com o casal, dos pais do noivo com o casal e só do casal. Claro que isso não é uma regra, é o fotógrafo quem decide tudo isso. Tente não atrapalhar, perceba que o fotógrafo e o cinegrafista precisam de espaço neste momento.

 

(c) Dança dos noivos:  Após o brinde faça um sinal para o DJ colocar a música da primeira dança e retire todos da pista, deixando apenas os noivos e a sua primeira dança! 

Depois que os noivos dançam, vale colocar os pais e padrinhos para dançar também. A partir daí o DJ normalmente segue com algumas poucas músicas para dançar junto e logo em seguida agita a festa.

Dica para o casal: vale a pena ensaiar um pouquinho, só para passar um “verniz” na dança e os gestos ficarem harmônicos. Com toda certeza esse acabamento vai trazer mais beleza e emoção para o casamento.

 

Assista o CaseMe TV: Você deve coreografar sua primeira dança?

 

2

Corte do bolo na mesa de doces (em off). Este é um formato mais low profile, o momento conta apenas com os noivos, os pais e quem estiver perto, sem música especial nem holofotes.

 

(a) Bolo e brinde: No modelo tradicional geralmente o bolo fica o centro da pista de dança, neste caso o normal é o bolo estar na mesa de doces. Quando os noivos estão prontos para entrar na festa eles fazem uma pequena pausa antes de entrar para tirar as fotos no bolo e fazer um brinde para as fotos

 

(b) Entrada dos noivos:  Neste formato a entrada dos noivos acontece após o corte do bolo e o brinde. Como o caminho até a pista geralmente é curto, uma música pode ser muito longa, converse com seu DJ para fazer algo que faça sentido na hora. Uma solução comum é aproveitar esse momento para agradecer os convidados com um microfone, na pista.  

 

(c) Dança dos noivos: A dança dos noivos pode seguir igual ao modelo tradicional, ou já começar com uma abertura de pista para todos, com músicas já animadas.

 

3

Noivos participam do coquetel. Este formato é indicado para casais mais velhos ou para casais que não são exatamente baladeiros. É um formato que desfavorece a pista de dança e valoriza o estar junto, as conversas, o jantar ou almoço. 

 

(a) Entrada dos noivos: A entrada é sem nenhum protocolo, os noivos apenas entram na festa cumprimentam os convidados naturalmente, sem filas. Eles participam do coquetel, comem e bebem com os convidados. Esse momento é uma delícia. É um privilégio poder participar deste momento do seu casamento. Mas ele tem um custo de tempo que faz não valer a pena para a maior parte dos noivos, pois atrasa bastante o inicio da pista de dança.

 

(b) Bolo e brinde: O bolo mais indicado neste formato é o low profile, na mesa de doces. Afinal vocês já entraram na festa, então não faz muito sentido sair para voltar “em grande estilo”. Mas é possível fazer o modelo tradicional também. Em determinado momento o cerimonial deve chamar os noivos e os pais para fazer as fotos  no bolo, ou para sair da festa para preparar a entrada tradicional. 

 

(c) Dança dos noivos: A dança dos noivos pode ser combinada, como os formatos acima, ou acontecer naturalmente. A opção pelo natural ainda pode adotar duas posturas: Tocar uma músicacombinada e os noivos dançam sem alardes, como um casal de convidados faria. Ou deixar que o casal dance ou não, como quiserem. 

 

 

67-750x50

 

De um modo geral, quando existe um jantar servido, o momento ideal para servir o jantar são 20 minutinhos após a 1ª dança dos noivos. Neste momento a pistapegou e os buffets não serão o centro das atenções, terão que dividir cena com o DJ, evitando filas.

O jantar não deve entrar antes ou junto com os noivos, para não dividir a atenção dos convidados, que deve estar 100% focada nos noivos nesse momento.

 

Veja aqui algumas matérias sobre buffets que talvez possam te interessar:

 

♦︎ Novidades para buffet por Carol e Ecila Antunes

♦︎ Buffet bistrô por Ecila Antunes

♦︎ Capim Santo, a natureza no seu casamento

 

 

68-750x50

 

Logo depois do jantar é importante ficar de olho na manutenção da beleza e limpeza da mesa de doces, além de já colocar para funcionar a tradicional mesa de café. Alguns estados tem serviços específicos para esta manutenção, que são maravilhosos. Porém em outros estados, como o Rio de Janeiro, quem cuida da manutenção da mesa de doces é o cerimonial.

O bolo deverá ser servido, geralmente 2 a 3 horas após o jantar. Existem algumas opções para servi-lo: (a) Um garçom pode ficar próximo ao bolo para servir cada convidado. (b) Passar volante na festa as fatias já cortadas. (c) Deixar alguns pedaços servidos na mesa do bolo.

 

69-750x50

 

Um detalhe que faz toda diferença no seu dia é ter alguém para ficar de olho em vocês.  Alguém do cerimonial deve ficar atenta aos noivos a noite inteira.

As preocupações básicas são: (a) fazer os noivos beberem água (b) mante-los alimentados (c) retocar a beleza da noiva (d) organizar o penteado e retocar o batom (e) ficar de olho na cauda do vestido, ela pode estar causando acidentes pela pista!

Utensílios bons de se ter à mão: grampo, batom da noiva, lenço, alfinete de fralda, agulha e linha branca.

 

70-750x50

 

Deixar uma pessoa encarregada de monitorar a limpeza do salão faz toda a diferença no casamento. Verificar se a reposição do buffet está ok, ver se tem copo quebrado no chão, organizar as cadeiras vazias quando ficam separadas das mesas, verificar a manutenção dos banheiros para chamar as pessoas encarregadas e resolver cada um destes problemas.

Não existe nada mais elegante do que terminar um casamento com a decoração impecável, como se pudesse começar tudo novamente. Isso é muito possível quando contratamos por fora uma equipe de limpeza.

 

71-750x50

 

Distribua as atrações do casamento no tempo, sem atropelar. E fiquem atentos para gerenciar as atividades de modo que tudo esteja pronto no momento de entrar. Shots na pista, distribuição de havaianas, menus da madrugada e qualquer outra atração contratada para a festa, deve ser pensada para acontecer no momento mais adequado.

 

Leia também: Menu da Madrugada: o querido dos casamentos mais animados

 

72-750x50

 

A hora de jogar o buquê tem que ser sentida durante a festa. O ideal é jogar em um momento em que todos já estejam bem animados, mas não tão tarde, assim teremos solteiros o suficiente para a brincadeira acontecer, e para não ficar com cara de fim de festa.

 

Converse com o DJ, fotógrafo e cinegrafista antes de começar, para que todos se organizem e escolham o melhor ângulo e momento. Muitas vezes a hora de jogar o buquê vai se escolhida em função do término do contrato com o fotógrafo ou cinegrafista. Organize-se para que eles não encerrem o trabalho sem que vocês tenham jogado o buquê.

 

73-750x50

 

E para finalizar, existem informações fundamentais para o controle do final da festa, que são:

1Hora extra do salão.  Veja até que horas o salão está contratado e por quantas horas é possível estender a festa. Tenha em mãos o valor da hora extra para, se necessário, conversar com o cliente.

2Hora Extra buffet.  Veja até que horas o buffet está contratado e por quantas horas é possível estender a festa. Observe o que será servido após o término do horário do contrato para não ter surpresas depois. Tenha em mãos o valor da hora extra para, se necessário, conversar com o cliente.

3Hora Extra fotógrafo e cinegrafista.  Veja no contrato até que horas eles estão contratados, e se poderão estender o horário e quanto custa a hora extra. Não tem problema o fotógrafo e o cinegrafista irem embora depois de ter todo o material necessário para “contar a história”.

final da pista em relação aos registros, é “mais do mesmo”, e cada vez menos compostos. Indicamos que: se vocês podem investir em foto e vídeo até o finalzinho do casamento, melhor! Desta forma tudo será registrado, mesmo que as fotos não cheguem no álbum e nos melhores momentos do vídeo, estarão lá guardadinhos para a posteridade. Mas não fiquem preocupados se este custo for cortado, a cobertura mais importante estará lá.

 

Leia também: Hora extra no seu casamento

 

Seja porque o horário permitido do salão terminou ou porque a festa acabou naturalmente, o cerimonial já deve deixar o carro dos noivos preparado na saída, com os artigos pessoais deixados anteriormente com o cerimonial à disposição, para que a saída dos noivos seja rápida. Eles geralmente estão cansadíssimos e ficar esperando qualquer coisa neste momento é uma tortura.

Quando o casamento acaba, o cerimonial precisa providenciar alguns detalhes que estão descriminados na última matéria desta sequência, o Pós-festa.

 

Caseme_banner_728x100px

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

Leia mais:

 

Passo a passo para organizar meu casamento

Cerimônias de casamento com Atelier do Sim

O tamanho do casamento faz diferença no valor do cerimonial?

Comentários “Roteiro do casamento: a festa

Deixar um comentário