Preparamos uma série de 4 matérias para te ajudar a produzir um cronograma, para organizar todas as etapas do casamento.

 

Como sempre falamos por aqui, fazer um roteiro é importante para acalmar a ansiedade de não saber como será o dia do seu casamento. Escrevendo cada detalhe que você vai poder relaxar, sabendo que nada será esquecido.

 

Esta é a segunda parte da série, onde vamos focar a atenção apenas na cerimônia. A partir daqui a noiva tem um papel diferente daquele atuante na produção do dia da noiva. Agora o cerimonial é quem vai tomar as rédeas e conduzir o roteiro até depois que a festa terminar. Mas, entendemos que são informações valiosas para vocês noivos alinharem com seus cerimonialistas, e não perderem nenhum detalhe importante na condução do dia do seu casamento.

 

Leia também:

♦︎ Roteiro do casamento: dia da noiva

♦︎ Roteiro do casamento: festa 

♦︎ Roteiro do casamento: pós festa

 

Este post é especialmente para o cerimonial, já que a noiva nada pode fazer, além de viver intensamente este momento.

 

Vamos usar como exemplo o casamento católico, porque quase todos os outros tipos de cerimônia são parecidos aos olhos de um cronograma.

 

54-750x50

 

Quando o cerimonial chega ao local onde será realizada a cerimônia, eles precisam checar e ter em mãos:

 

1

Por onde a noiva vai entrar. É importante testar, abrir a porta, entender como é o fecho das portas antigas, perceber o peso e ver se o tapete não impedirá que ela abra, para que na hora da entrada  da noiva vocês não tenham surpresas desagradáveis.

Se o casamento for ao ar livre, veja o trajeto por onde a noiva vai passar, certifique-se que em caso de chuva terá uma alternativa seca. 

 

2

Procurem saber onde são os toaletes para indicar aos convidados, e vejam se eles estão em boas condições. Observem como será o acesso para pessoas com mobilidade comprometida e também se tem à sua disposição seguranças para auxiliar em caso de necessidade.

 

3

Organize as cadeiras dos pais e padrinhos no altar. O número de cadeiras e a disposição delas no altar vai depender da escolha da noiva e da orientação do cerimonial. É comum ter cadeiras no altar para os pais e um pouco antes do altar as cadeiras para os padrinhos. As cadeiras dos padrinhos podem ser em pares, os dois sentam; ou somente uma cadeira, neste caso a madrinha senta e o padrinho fica em pé atrás da cadeira de seu par.

 

4

Procure um local na sacristia para receber os padrinhos, os pais e o noivo.  Certifique-se de que as lapelas – flores do traje dos padrinhos – estejam neste local junto com os buquês das daminhas, a salva ou almofada para as alianças e tudo mais que for usado no cortejo. Faz parte de uma boa organização prever água e algumas balinhas para oferecer aos padrinhos, pais e noivo, porque nem sempre os lugares tem.

 

5

Procure a orquestra que vai tocar no casamento e confirme como serão as entradas e como será a comunicação entre vocês, para que as músicas e as entradas estejam alinhadas.

 

6

Combine com os noivos quem trará as alianças até você. Geralmente elas chegam com o noivo e se houver almofadinha ou salva de prata elas devem ser amarradas ou presas com um durex.

 

7

A caneta para assinatura não é exatamente responsabilidade de ninguém, na maior parte das vezes o celebrante leva uma. É mais elegante que os noivos tenham uma caneta especial, bonita, para ficar registrado na foto e para poder guardar de recordação e assinar documentos importantes da nova família. Mas se todos esquecerem, ninguém tiver uma caneta na hora H, tenha sempre uma SOS com você, assim em uma emergência você terá como resolver, ainda que seja com uma caneta bic.

 

8

Um lenço para o noivo é fundamental! Avise-os! Não há nada mais descortês que um noivo não oferecer um lenço para a noiva, mãe ou sogra se elas precisarem!
 
 
9

Reserve os primeiros bancos para os avós e parentes mais próximos. Não reserve se não houver verdadeira necessidade porque, se os primeiros bancos ficarem vazios, ficará muito feio nas fotos e no filme. Verifique a necessidade real com a família.

 

55-750x50

 

Conforme os padrinhos forem chegando convém ir marcando em uma lista e já colocar as lapelas em cada um. Assim, quando a noiva chegar, todos estarão preparados para entrar. As únicas lapelas que não recomendamos colocar antes é a do noivo e dos pais, porque eles serão muito abraçados e pode machucar a flor, deixe-os para o final.

 

Convide os padrinhos a prestarem atenção ao que você vai explicar e monte a fila de entrada, as mulheres devem estar à direita dos homens. Peça para desligarem os celulares, explique como será a entrada e aproveite este momento para avisar aos padrinhos onde serão as fotos após a cerimônia e qualquer outra informação importante.

Veja onde está a noiva, se ela já estiver próxima ao local é hora de começar. Procure foto e filme e avise-os, certifique-se que o padre também está preparado.

 

Existem basicamente 2 maneiras de começar o cortejo:

 

1 O cortejo só começa depois que o fotógrafo e o cinegrafista já fizeram algumas tomadas da noiva na entrada da igreja, assim eles podem voltar para seus postos para fotografar e filmar a entrada dos padrinhos e toda a seqüência.

 

2

Outra maneira é criar um intervalo entre a entrada das daminhas e a da noiva, para que a foto e o filme possam ir até o carro da noiva fazer o clássico registro da noiva com seu pai no carro.

 

Eu prefiro (e só faço) da primeira maneira, acho mais bonito porque o cortejo evolui sem interrupções, é muito mais emocionante e também é melhor para as fotos, para o filme e para a orquestra.

 

O cortejo inicia com os padrinhos. Os padrinhos da noiva devem sentar-se do lado esquerdo do altar e os do noivo do lado direito. Geralmente existe uma música específica para os padrinhos.

 

Depois dos padrinhos entram a mãe da noiva com o pai do noivo, ou seus representantes. O pai do noivo ficará momentaneamente do lado esquerdo do altar para acompanhar a mãe da noiva, que ainda não está com o seu par (o pai da noiva), que vai entrar com a noiva.

 

Essa troca de casais simboliza a união das famílias. Em seguida entram a mãe do noivo com o noivo e se dirigem para o lado direito do altar. Na maior parte dos casos estes dois casais entram com a mesma música, mas é possível e bem comum cada casal ter sua música de entrada.

 

A entrada das damas e pajens é uma alegoria para a entrada da noiva, representa boa sorte e fertilidade para abrir o caminho do casal. A música que acompanha esta entrada é geralmente leve e bem humorada.

 

56-750x50

 

E então a tão esperada entrada da noiva.

 

1Prepare a noiva. Observe se ela está à direita do pai, veja se o buquê está no local correto, abaixo da cintura, organize seu vestido, véu e pronto, aguarde o toque dos sinos e tome cuidado para não queimar a largada! Além dos sinos é comum tocar a fanfarra, uma peça de sopro tocada imediatamente antes da música de entrada da noiva. Você deve esperar com a porta fechada até que os sinos e a fanfarra terminem e deixe que comece a música da noiva, e ainda assim observe a introdução da música e não deixe a noiva sair andando na primeira nota, abra a porta devagar, perceba o ponto certo para a noiva começar a andar e dê o sinal. 

Se for necessário uma leve organizada no véu, faça isso discretamente. A partir deste momento tudo que você fizer vai sair no filme e nas fotos, tente aparecer o mínimo possível.

 

2

Chegando no altar. Quando a noiva se aproxima do altar o noivo deve dar um beijo de despedida em sua mãe e ir ao encontro da noiva com o pai. Eles se encontram um pouco antes do altar e se cumprimentam, primeiro o noivo um beijo na testa ou bochecha da noiva e depois cumprimenta seu sogro. A noiva despede-se do seu pai e então os noivos se dirigem para o altar.

A noiva neste momento fica do lado esquerdo, perto da sua mãe, e o noivo do lado direito, perto de sua mãe. O pai da noiva fica onde está e o pai do noivo vem ao seu encontro, se cumprimentam, e cada um vai para o lado de seu par, o pai da noiva para o lado esquerdo e o pai do noivo para o lado direito.

No momento em que a noiva chega no altar ela pode entregar o seu buquê para a sua mãe segurar ou colocar em cima da mesa do altar, não é necessário segurá-lo o casamento inteiro. Agora está tudo pronto, a cerimônia vai começar.

 

57-750x50

Durante a cerimônia é importante ter alguém do cerimonial para ficar de olho no altar, para atender qualquer necessidade por parte da família ou padrinhos.

Ao final da cerimônia os noivos geralmente cumprimentam os pais e padrinhos no altar ou somente os pais. Após os cumprimentos deve-se organizar a foto clássica da família, lembre-se de devolver o buquê para a noiva.

Assim que o fotógrafo terminar as fotos, dê o sinal para a orquestra começar a música de saída e então saem na sequência: os noivos, damas e pajens, pais da noiva, pais do noivo e padrinhos. Os pajens e as damas podem sair com seus pais, se forem padrinhos.

 

MODELO-DE-TITULO-WP-4-750x50

 

Organize com antecedência para que o carro dos noivos já esteja na porta da igreja esperando por eles.

Avise à equipe de recepcionistas, que foram direto para a recepção, que a cerimônia terminou e que a festa vai começar!

 

Qualquer dúvida comente aqui no post, teremos o maior prazer em ajudar. E se você tiver um roteiro mais completo ou alguma dica boa, compartilhe com a gente! Teremos o maior prazer em complementar esta matéria com a sua colaboração.

 

Caseme_banner_728x100px

 

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

Leia também:

 

Roteiro do casamento: dia da noiva

O que levar na mala para o dia da noiva?

Passo a passo para organizar meu casamento

 

2 comentários “Roteiro do casamento: a cerimônia

Deixar um comentário