A França é um país muito procurado por casais, principalmente os recém-casados em lua de mel. O destino mais popular costuma ser Paris, mas o país é tão característico e cheio de encantos que as opções não se resumem à capital.

Quem quer uma lua de mel de conto de fadas precisa conhecer o Vale do Loire. A região é repleta de castelos, arquitetura característica, vinhedos e boa culinária. Deu curiosidade? Continue para ler a matéria que a especialista em roteiros de viagem Teresa Perez preparou para a sua lua de mel no Vale do Loire.

Sonhar com a lua de mel é natural e muito saudável. Na verdade, faz bem pensar em tudo! Da celebração no altar, passando pela festa, até a viagem a dois, como recém-casados, para um lugar especial. Mas como saber se um destino é especial?

Algumas regiões tornam a viagem pós casamento ainda mais inesquecível e são quase inteiramente fiéis aos sonhos mais encantadores. É o caso do Vale do Loire, a terra de contos de fada da França.

Situado ao sudoeste de Paris, a apenas duas horas de carro da capital francesa, o Vale do Loire é uma região que margeia o Rio Loire. Declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, reúne cerca de 300 castelos, espalhados entre vinhedos, campos cultivados (floridos na primavera!) e vilarejos. Mas, nem sempre foi assim. Nos tempos da monarquia, a região, antes formada por florestas virgens, servia como refúgio para a nobreza francesa. Durante esse período, foram construídos os castelos que imortalizaram o Vale do Loire como um destino mágico. As inspirações para a construção das propriedades foram o Renascimento e o Iluminismo.

 

Certamente, os castelos dão um brilho especial para a lua de mel, mas, ainda assim, não são os únicos atrativos da região. Os vinhedos, entre um château e outro, não servem apenas para encantar os visitantes, mas também são fundamentais para a forte cultura enogastronômica que se desenvolveu ao longo dos séculos. Restaurantes famosos e premiados, alguns absolutamente surpreendentes, proporcionam menus com pratos preparados a partir dos melhores ingredientes sazonais, devidamente harmonizados com vinhos produzidos localmente.  O Vale do Loire ainda abriga charmosas cidades históricas como Blois, Saumur e Tours, onde estão situados parte dos melhores restaurantes da região.

 

Castelos

 

  Château du Chambord

 

O maior castelo do Vale do Loire. O Château du Chambord começou a ser construído em 1519 e teve seu projeto iniciado por ninguém menos que Leonardo da Vinci. A obra demorou quase 150 anos para ser concluída e hoje apresenta 440 aposentos.

 

◈  Château d’Amboise

 

O Château d’Amboise tem grande importância histórica. Construído no século 11 como uma fortaleza medieval, serviu de residência a Luis XI e Carlos VIII. No século 15, passou por uma extensa reforma que resultou no estilo renascentista que pode ser visto hoje. Junto ao castelo está a Chapelle St Hubert, túmulo de Leonardo da Vinci.

 

◈  Château de Villandry

 

O castelo dos jardins. Construído em 1536, durante o período do Renascimento, por Jean Le Breton, o Château de Villandry é um lindo exemplo da arquitetura do século 16. Os jardins do castelo exibem desenhos abstratos, considerados verdadeiras obras de arte, e plantas das mais diversas. Destaque especial para a horta, onde legumes e verduras são plantados como desenhos geométricos multicoloridos.

 

Onde comer em Blouis

 

ASSA

 

Em ambiente sereno, o restaurante ASSA, dono de uma estrela Michelin, privilegia a culinária francesa. O chef Anthony Maubert prepara os pratos a partir de produtos locais, com sutil influência da culinária japonesa.

 

Onde comer em Sammur

 

Gambetta

 

Uma experiência para os sentidos. As receitas do talentoso chef Mickael Pihours, à frente do estrelado restaurante de culinária francesa Gambetta, combinam texturas, sabores e aromas de forma surpreendente.

 

Onde comer em Tours

 

Auberge du XII Siècle

 

Em uma antiga estalagem do século 17, o restaurante Auberge du XII Siècle costumava ser frequentado por personalidades como o escritor Honoré de Balzac.. No local, a tradicional culinária francesa é servida com toques contemporâneos, em pratos apresentados de forma impecável.

 

Onde ficar

 

Château d’Artigny

 

 

No coração do Vale do Loire, rodeado por belos jardins, o Château d’Artigny está instalado em uma mansão em estilo palaciano. Cada suíte é ambientada com inspirações do século 18, combinando elegância clássica e confortos modernos. No spa, linhas de tratamento personalizadas e um quarto de meditação estão à disposição dos casais. Já a gastronomia tem como destaque o restaurante L’Origan, onde o chef Hervé Guttin proporciona o melhor da culinária francesa para jantares românticos.

 

Château de Noirieux

 

O elegante Château de Noirieux está situado em meio a um parque com linda vista para o Vale do Loire. O hotel Relais & Châteaux preza pelos detalhes, com quartos perfumados cada um com uma fragrância própria. A gastronomia do hotel privilegia a culinária francesa, preparada com ingredientes locais pelo chef Christophe Guillemot.

 

 

Leia mais:

Lua de Mel na Amazônia: quando ir e onde ficar

Lua de Mel em Tóquio – os bairros mais encantadores da metrópole japonesa

Lua de Mel em Paris

 

 

Deixar um comentário