A história de Beatriz e João Fernando nos mostra que não existe idade certa para encontrar seu par neste mundo. Fizeram um curso juntos, quando tinham 15 anos de idade, e no último dia… beijaram pela primeira vez ao som de Como uma Onda no Mar, de Lulu Santos.

 

Esta história clássica de amor adolescente virou um amor super maduro, desses onde o companheirismo e a individualidade convivem em perfeita harmonia. Depois de 10 anos, 7 meses e 13 dias de namoro, casaram em uma cerimônia ao ar livre na serra carioca.

 

Visitaram a Locanda Della Mimosa e se apaixonaram pelo local, chamaram  Thienny Tamis  para ajudá-los na missão de produzir o casamento em outra cidade e a Andrea Kapps  foi a escolhida para decorar a belíssima pousada. 

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelos noivos, em 1ª pessoa. Nossa proposta é uma troca livre e real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outros casais que ainda estão no caminho!

 

 

Noivos: Beatriz da Costa Carvalho Rodrigues e João Fernando Rodrigues do Nascimento.

Local: Cerimônia e festa na Pousada Locanda Della Mimosa em Itaipava, RJ

Data: 25 de maio de 2019

 

Créditos da foto do destaque:  V Rebel Cinema One         

 

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-1-750x50

 

 

 

História do casal:

 

Nos conhecemos durante um curso em nossa adolescência, mas especificamente quando tínhamos 15 anos. Nosso primeiro beijo foi dado ao som de “Como uma onda no mar” do Lulu Santos, cantada pelos nossos amigos, no shopping Barra Garden na Barra da Tijuca, onde eram as aulas do curso. O pedido de namoro ocorreu num domingo, dia 12/10/2008, após a nossa última aula.

 

Nós gostamos de fazer tudo juntos, tanto nossos interesses comuns, como cinema, jantares, assistir filmes e séries e viajar, como os que cada um gostam individualmente (eu adoro ver programas de casamento, fazer coisas ao ar livre, principalmente ir à praia. João Fernando gosta de assistir futebol e outros esportes e ficar mais em casa).

 

Antes do casamento fizemos 10 anos, 7 meses e 13 dias de namoro.

 

O pedido de casamento:

 

O pedido de casamento foi de surpresa no dia 28 de abril de 2017, na véspera do meu aniversário (29 de abril), em um jantar romântico no restaurante que sempre comemoramos nossos aniversários de namoro, o Gero na Barra da Tijuca. Ele escondeu o anel no bolso do blazer e fez o pedido após a sobremesa enquanto eu não parava de rir de nervoso e chorar de emoção.

 

O anel de noivado é um lindo solitário de ouro amarelo com diamante da Lisht, cravejado com outros diamantes menores, que era um dos meus sonhos. Na semana precedente ao pedido (06 de maio), ocorreu a festa de noivado em que o noivo já havia organizado totalmente de surpresa para a noiva com a ajuda da família dos dois lados. Foi na casa dos pais do noivo, com buffet privado da Bonne Chère, bolo da Make a Cake, bem-casados e bolos de rolo da Elvira Bona, caixinhas de trufas de lembrança da Ao Cubo Trufas e docinhos feitos por mim durante a semana. Estavam presentes os parentes mais próximos e os respectivos amigos mais antigos de cada um de nós, que também foram padrinhos.

 

 

Créditos: todas as fotos desta matéria são da  V Rebel Cinema One     

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-2-750x50

 

 

 

 

Os preparativos:

 

Marcamos a data com um ano e meio de antecedência. Como casamos em uma pousada, os preparativos foram beeem cheios de detalhes, pois tivemos que contratar tudo do zero. O que nos deixou seguros e confiantes foi termos casado em uma pousada de confiança e qualidade, além de termos tido o suporte em todo o casamento da nossa assessoria Thienny Tamis e todos os detalhes da decoração super bem cuidados pela nossa decoradora Andrea Kapps. Isso foi essencial para nós, pois apesar de sempre termos auxílio de ideias e sugestões de nossas mães, irmãs, tias e amigas, não saberíamos nem por onde começar.

 

Decidimos pela Thi por ver seu trabalho no insta e conhecendo ela e o Cris pessoalmente, foi amor à primeira vista! Vimos toda a organização e profissionalismo deles, assim como são uns fofos e pessoas maravilhosas. A Andrea foi por indicação da pousada e vendo seu trabalho maravilhoso no insta também, já me apaixonei aí. Mas conhecemos ela pessoalmente, aí não tivemos dúvidas que era nas mãos dela que gostaríamos que nossa decoração ficasse, e não teve erro! Todos os outros profissionais foram escolhidos por indicação e conferindo seus trabalhos pela internet.

 

No dia do casamento, antes da cerimônia: 

 

Tivemos um jantar na pousada sexta antes do casamento com os convidados que estavam na pousada (família) e os padrinhos, isso foi ótimo pra começar a aquecer pro dia da festa! 

 

Noiva: Comecei o dia tomando um café maravilhoso seguido de uma massagem relaxante. Logo depois dei um beijinho no meu noivo e fui para o quarto me arrumar. Depois disso não nos vimos mais. Passei o dia lá me arrumando em meio a fotos que fiz com as mulheres da minha família e do meu noivo (avós, tias, mãe e sogra) e com minhas madrinhas (irmã, cunhadas, primas e melhores amigas). Passei o dia bem tranquila e relaxada com a ajuda da minha mãe, irmã e cunhada, do meu maquiador querido, Marcelo Hicho, que com seu profissionalismo me deixou linda e calma.

 

Com a querida Vania Rebel e seus fotógrafos tirando nossas fotos, eles são demais! E não poderia esquecer do garçom da pousada que ficou o tempo todo comigo antes e durante a festa. Até que chegou a hora da minha descida para entrada na cerimônia, a partir daí o nervosismo bateu muito forte e como cantei com minha irmã antes mesmo de entrar, a voz não escondeu a emoção!

 

Noivo: Comecei o dia no quarto que passaríamos a noite de núpcias. Acordei cedo para escrever meus votos de casamento que deixei para última hora. Fiquei um pouco nervoso, mas consegui fazer um bom trabalho. Depois fui tomar um café bem reforçado com alguns dos convidados que estavam na pousada, mas não antes de encontrar com a Andrea (decoradora) que já estava finalizando a decoração. Foi nessa hora que encontrei minha noiva pela última vez antes da cerimônia, ela estava na correria, nem nos falamos direito rs, mas estava tranquilo.

 

Passei algumas instruções para o metre que tomaria conta do buffet da festa e também recebi alguns dos primeiros profissionais que chegaram para o evento, como o maquiador da noiva e o DJ que chegaram cedo.

 

Depois do café joguei uma partida de videogame com meu primo mais novo, o pajem que entrou com as alianças na hora da cerimônia. Fui então relaxar na hidromassagem com alguns dos padrinhos, até esse ponto não estava muito nervoso. Depois do almoço fui começar a me arrumar com meu pai. Passei no quarto para falar com minha mãe e irmã que estavam já nos preparativos e fiquei um pouco emocionado.

Um fotógrafo e um cinegrafista ficaram comigo nessa hora, registrando tudo, fizemos ótimas fotos e nos divertimos bastante. Eu achei muito engraçado também que o meu primo mais novo (pajem) ficou praticamente o dia todo do meu lado, me seguia o tempo todo, inclusive nos últimos momentos antes do início do evento. Adorei!

 

Quando finalizei meus preparativos foi a hora de encontrar meus padrinhos para umas fotos bem legais e um brinde antes do casamento. Foi nessa hora mesmo que comecei a ficar nervoso. 

 

O vestido de noiva:

 

Tinha inspirações de vestido de noiva desde mais novinha, mas só pude ter mais noção do que queria quando fui com minha mãe, minha irmã e minha tia à alguns ateliês como Rosa Clará e Pronovias em Madri e experimentei alguns modelos. Mesmo experimentando vestidos belíssimos, não consegui encontrar o meu, só consegui ver como uns modelos vestiam melhor do que outros em mim. A partir disso decidi ir em algumas estilistas no Rio de Janeiro. Foi quando encontrei com a Carol, ela tirou direitinho da minha mente o que eu queria colocando em seu desenho. Ela foi bem objetiva e detalhista, se baseou no jeito do meu corpo, meu estilo, local e horário da cerimônia. A partir disso me mostrou vários tecidos e combinações que poderíamos fazer. Decidido! O vestido perfeito seria com a Carol Hungria!

Toda sua equipe foi perfeita durante todo o processo! O meu véu também foi dela e minha cauda foi presa para festa.

Minha dica é primeiro vestir modelos para ver o que veste bem em você, depois ir em uma estilista para poder fazer exatamente o seu vestido dos sonhos! Se for com a Carol, ele é garantido.

 

Acessórios:

 

Minha grinalda foi um pouco difícil de escolher, pois queria que acontecesse um amor à primeira vista. Pesquisei bastante e achei a Vitória Cabaleiro no insta. As grinaldas dela são super românticas e originais, bem do jeito que estava procurando. Mesmo com a distância (ela em São Paulo e eu no Rio), ela fez um atendimento personalizado, fazendo uma grinalda a partir de combinações de outras, conseguindo chegar no que havia imaginado! Ficou perfeita!

Meu brinco foi o meu “something borrowed“! Um brinco de pérola clássico para combinar perfeitamente com a minha grinalda, que foi emprestado pela minha sogra.

Decidi por uma sandália super confortável e atemporal da Schutz, pois queria usar até o final da festa e poder usar ela depois do evento! Assim foi feito, usei ela de 13h até 00h, tirei ela só no quarto!

O buquê foi uma mistura de inspiração de cores e minhas flores favoritas. Foi fielmente feito pela Bia Gelli, que foi indicação da Andrea Kapps.

 

Roupa do noivo:

 

Como o noivo não tinha nenhuma informação do meu vestido, nada mais justo que eu não saber de nada do traje dele. Foi com seus pais e sua irmã para ver o terno na Via Veneto, onde é cliente há muitos anos, todos os seus ternos são de lá. Ele adora o atendimento e os alfaiates.

 

Cerimônia:

 

Queríamos que fosse em um lugar aberto e no mesmo local ocorressem cerimônia e festa. Sempre sonhei com isso. A única dúvida era onde seria esse lugar, que encaixaria o que queríamos e ao mesmo tempo faria nosso coração bater mais forte. Essa dúvida foi sanada assim que chegamos no Locanda, tivemos a certeza que lá seria o lugar.

O que mais emocionou na cerimônia foi que todos os convidados conseguiram sentir o que estávamos sentindo, toda emoção, alegria, amor e vários outros sentimentos bons. Isso foi muito perceptível e incrível. Isso é uma vantagem de ter convidado pessoas bem próximas para esse momento.

O celebrante foi o pastor de minha igreja. Escolhemos ele, pois era o que mais tínhamos identificação e o que faria da nossa cerimônia ainda mais perfeita.

 

Música da cerimônia:

 

Foram 6 músicos, tocando violino, viola, teclado e alguns outros instrumentos. As músicas da cerimônia, em sua maioria, eram modernas. As mais antigas foram as duas da minha entrada, Marcha Nupcial e Como é Grande o Meu Amor por Você do Roberto Carlos e a dos pajens e daminhas, que foi a Over the Rainbow. 

 

Padrinhos e madrinhas:

 

Nossa vontade é que fossem no máximo 4 casais para cada um (isso depois de achar que conseguiríamos nos ater a 2 pra cada), só que decidimos escrever o “por quê” da escolha de cada um. Com isso, vimos que tínhamos algumas pessoas que precisavam estar tendo esse papel para que tudo fosse completo. Acabamos fechando 12 casais, 6 pra mim e 6 pra ele (fechamos, se não ia ter mais!).

Os padrinhos usaram terno cinza claro, blusa branca e gravata rosa claro, dada por nós dois. As madrinhas usaram vestido longo dentro de uma paleta de cores que variava em tons de rosa claro misturado com lilás. Também usaram um corsage de flores naturais, dispensando a clutch de sempre!

Damas e pajens:

 

Foram 7 no total! Três priminhos meus, o Eduardo de 3 anos, a Maria Vitória de 4 anos e o Miguel de 7 anos. Um sobrinho de 4 patas, Bartolomeu de 2 aninhos! Uma queridinha, filha de um casal de amigos, Sara de 4 anos. E dois primos de João Fernando, o João Gabriel de 10 anos e a Bárbara de 12 anos, eles entraram com a Bíblia e nossas alianças. 

Queria roupinhas muito específicas pra eles, que acabei não encontrando elas prontas, por isso optamos em mandar fazer.

Todos entraram lindinhos e majestosos!

 

Local da festa:

 

Queríamos fazer a cerimônia e a festa no mesmo local. Gostaríamos que a cerimônia tivesse um visual incrível por si só e que a parte da festa fosse bacana para criar bastante coisa legal! Visitamos alguns lugares no Rio e quando achamos que tínhamos visto tudo aqui, decidimos ir para serra, em Itaipava.

 

Daí quando chegamos na Locanda sentimos algo muito especial, a proposta de uma comemoração ao longo de um final de semana todo também chamou muito a nossa atenção! Vimos mais alguns lugares, mas tinha certeza que já havíamos encontrado nosso lugar perfeito. Nos esforçamos muito ao longe desses últimos dois anos e no final, para nossa felicidade, conseguimos fechar tudo lá! Foi tudo perfeito, bem do jeitinho que imaginávamos.

 

Decoração:

 

Não pensávamos exatamente em um estilo, sabíamos o que não poderia faltar na decoração. Tinha que ter as flores preferidas (tulipas, orquídeas, peônias, proteias, rosas, o verde e o capim dos pampas harmonizando), queríamos que o ambiente estivesse aconchegante, que tivessem detalhes bem originais e que tudo tivesse bem a nossa cara! Para que isso tudo acontecesse, tivemos uma idealizadora maravilhosa, que conseguiu juntar tudo isso encaixando no nosso budget, que foi a Andrea Kapps.

Ela fez com que ficasse ainda mais lindo do que imaginávamos, de verdade! Olha que a gente sonhava com coisas muito maravilhosas, já que a decoração era um dos itens principais na nossa listinha de prioridades da festa.

 

Bolos e doces:

 

O bolo não foi um item difícil. Definimos 3 fornecedores que gostaríamos de provar e escolhemos o que nos atendeu melhor. Nossa escolha foi um bolo da Myrian Aguiar branco, texturizado e com flores naturais, com massa branca, recheio de chocolate, doce de leite e creme de leite condensado. Divino! Os doces foram complicados viu?! Sou uma formiguinha e João Fernando não fica atrás, nossas famílias inclusive.

 

Então provamos vários. Finalizamos com bastante coisa de chocolate entre brigadeiros, trufas e bombons, mas tínhamos muitos doces, com sabores variados (mais de 3000!!), sem falar nos brigadeiros de queijo com goiabada e beijinho que fiz e os doces de compota feitos pela minha avó, mãe e tia. Então a variedade foi enorme, por isso os doces foram liberados desde o início da festa!

 

Buffet:

 

Nosso buffet foi impecável. Fechamos o buffet juntamente com a Locanda, tendo mesa posta com saladas deliciosas, coquetel volante que circulou durante todo o evento, pratos quentes para jantar sentado e mini sobremesas. Antes de entrarmos na festa, foi servido todo o menu do casamento para nós dois, além de termos um garçom só para gente durante toda a festa.

Fechamos o bar também da Locanda juntamente com o mixólogo Renê Depoli, tínhamos 7 opções de drinks alcoólicos e não alcoólicos maravilhosos. Os destaques foram pro Moscow Mulle e o drink de tangerina, maracujá e limão siciliano.

 

 

Música da festa:

 

Escolhemos o Ronaldo Xavier da Som 21, foi amor à primeira vista! Ele é ótimo, tem bastante profissionalismo e experiência, além de ser super gente boa! Soube conduzir muito bem a nossa pista, estava sempre cheia. Várias músicas marcaram nosso casamento, mas duas ficaram em destaque, a primeira foi I Want it that Way, do Backstreet Boys, uma das músicas que brincaram mais com o noivo e que ele sabia de cabeça, teve disputa e tudo para ver quem dançava com ele. Foi muito engraçado, e a galera cantou e pulou muito. A segunda foi Dog Days are Over, da Florence + The Machine, nessa hora todas as madrinhas e outras amigas importantes me cercaram e seguraram a barra do meu vestido, dançando bastante, foi muito bonito.

 

Registros:

 

Contratamos a V Rebel. Sem dúvida, uma das nossas melhores escolhas também. 

Não imaginava que seria tão fácil ser fotografado um dia inteirinho, de verdade! Eles deixaram tudo de forma tão natural e organizada, que tornou tudo muito delicioso de fazer! Amamos os registros da emoção contagiante de toda a cerimônia! Acho que foram os mais lindos e emocionantes! Usamos o #carvalhorodrigues em todas as fotos do Instagram.

 

Convidados:

 

A festa foi para 200 convidados. Para isso, fizemos uma lista de 260 convidados. Tivemos RSVP passivo pelo site e ativo através da Thienny. A dica é que no final tudo sempre dá certo! De verdade, quando você acha que vai dar errado, aí é que dá certo! Tendo fé, tudo acaba bem! Todos que precisavam estar para fazer desse momento único e inesquecível estavam lá!

 

 

 

TITULO-CASAMENTO-REAL-3-750x50

 

 

 

Lua-de-mel:

 

Fizemos uma mini lua de mel em Campos do Jordão na Pousada Alto da Boa Vista. Foi ótimo! A nossa lua de mel oficial estará ocorrendo no ano que vem!

 

 

 

Dicas de lua-de mel + novo apartamento:

 

Deixar isso tudo organizado com antecedência. Não resolver nada, além dos últimos detalhes da festa, na semana do evento, ou seja, lua de mel e apartamento novo já totalmente finalizados na semana anterior. Tive um probleminha e acabei tendo coisas pra fazer no apartamento novo na semana da festa, fiquei meio pirada!

 

 

Presentes:

 

Fizemos uma lista virtual, então recebemos o valor total em dinheiro.

 

 

Ficha técnica:

Cerimonial e Assessoria: Thienny Tamis

♦︎ Local: Locanda Della Mimosa   

Celebrante: Pastor Miquéias Lima

Música de Cerimônia: Tuta Ribeiro Produções Musicais

♦︎ Decoração: Andrea Kapps Decoração      

♦︎ Buffet: Locanda Della Mimosa   

♦︎ Flores: Thais Gomes da Silveira

♦︎ Iluminação: DJ Mau        

♦︎ Mobiliário: Chiavari        

♦︎ Paisagismo: André Kapps

♦︎ Open bar: Renê Depoli Bartender

DJ: DJ Ronaldo Xavier (Som 21)

♦︎ Fotografia e filme: V Rebel Cinema One         

♦︎ Bolo: Myrian Aguiar

Doces: Sou uma formiga, então não conseguimos escolher um somente. E por querer realizar um sonho de deixar os doces liberados desde o início da festa, fechamos um total de quase 3000 doces.

♦︎ Doces: Sweet November

♦︎ Doces: Roberta Monteiro

♦︎ Doces e chocolates: Deli Delícia Delicatessen

♦︎ Doces em compota feitos pela minha avó, mãe e tia.

♦︎ Chocolate: Brigadeiros da Pati

♦︎ Bolo de rolo: Elvira Bona      

♦︎ Bem Casados: Beth Medeiros

Lembrancinhas: Só Chinelos (personalizados com a identidade visual para mulheres e uma diferenciada para os homens) e Pashminas feitas pela minha tia.

Convite: Toca Convites – Papelaria Personalizada.

Identidade visual: Minha querida amiga Thaís Mota

Gerador: Existente na Pousada

Ar Condicionado: Existente na Pousada

Manobra e Segurança: Equipe do Eliseu (trabalha na Locanda)

♦︎ Vestido: Carol Hungria

♦︎ Véu: Carol Hungria

♦︎ Grinalda: Vitoria Cabaleiro    

♦︎ Beleza: Marcelo Hicho    

 Acessórios: Brinco emprestado da mãe do noivo

Sapatos: Schutz

♦︎ Buquê e lapelas: Bia Gelli

Roupa do noivo: Terno Via Veneto, cinto e sapato Dom Amorim e relógio Tissot

 

 

 

Caseme_banner_728x100px

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

Leia mais:

Buquês desconstruídos estão em alta: entenda, inspire-se e encontre fornecedores

Glossário básico do look da noiva por Carol Hungria

O caimento correto do terno masculino

3 comentários “Casamento na serra carioca Beatriz e João Fernando

    • Oi Gabriela, entramos em contato com a noiva Beatriz e ela nos disse que foram feitos pela Bia Gelli. A mesma que fez o buquê, lapelas, buquês das daminhas, arranjo da cabeça das daminhas e forminhas!

      Esperamos ter te ajudado. 😉

      Resposta

Deixar um comentário