Este post é para você que vai casar e desconhece os termos básicos do universo dos vestidos de noivas. 
 
 
Se você não sabe a diferença entre véu e mantilha, não sabe ao certo o que é grinalda, e fica perdida com os termos que todos falam como se fosse algo simples, leia este post completo.
 
 
Carol Hungria tem feito no Instagram alguns quiz com os termos  que as noivas mais tem dúvidas. E ela conta que muitas confundem grinalda com anágua, com nomes de tecidos, e por aí vai. Então ela decidiu fazer uma lista com as palavras mais básicas que toda noiva tem que saber para conseguir se comunicar melhor e buscar cada item do seu look com a segurança de entender o básico necessário.
 
 
Vamos lá? Conheça as 8 palavras que não podem faltar no seu vocabulário de noiva!
 
Crédito das fotos do destaque:
Carol Bustorff  / Carlos Paszko   /  Ricky Arruda e Anna Quast

 

 

 
 

Glossário básico

 
Confira abaixo a explicação de cada termo, com aquele jeito característico da Carol de explicar. Sempre querida e de um jeito tão simples e fácil de entender, que só ela tem!
 
 
 

Anágua

 

É o saiote de tule usado por baixo do vestido para dar caimento à saia. Mesmo em modelos super sequinhos, é muito comum usar anágua para que a modelagem caia melhor.
 

 

Bordado

 
 
Parece simples pelo termo, não é mesmo? Mas visualmente ele confunde muitas noivas! Os bordados manuais andam cada vez mais elaborados e podem aparecer como protagonistas do vestido, criando uma estampa tão minuciosa que pode ser confundida com a de uma renda. 
 
 
 
 

Grinalda

 
É o acessório usado no cabelo. Pode ser flor, tiara, coroa, pente… enfim! É acessório, tá no cabelo da noiva, pode chamar de grinalda! 
 
 

 
 

Véu 

 

É o tule que sai da cabeça da noiva e ultrapassa o comprimento do vestido, fazendo uma vista na entrada da cerimônia. Nada remete mais à uma noiva que um véu, não é mesmo? Ele pode ser de uma camada ou de duas e não necessariamente precisa ser liso; vale bordar com cristais ou pérolas.

 

 

 

Mantilha

 

É um véu com aplicação de renda. Pode ser por todo o comprimento, somente no barrado ou acompanhando a borda toda do tule. 

 

 

 

Sobrecauda

 

É o excesso de tecido removível usado para criar o efeito de cauda. Ela pode ser presa direto na barra ou pode vir desde a cintura quase se fechando como uma saia na frente.

 

 

Sobressaia

 

Como o nome sugere, é uma saia removível usada por cima do vestido. Indicada para quem quer dois visuais diferentes em um só modelo, podendo ser o primeiro mais amplo, volumoso, liso ou bordado; e o segundo mais sequinho e com detalhes que também ficarão invisíveis sob a saia. O mais comum é que as noivas que optam pelo 2 em 1 entrem com algo mais impactante na cerimônia e revelem algo mais ajustado e confortável para a festa.

 

 

Tule pele

 

Temido por algumas noivas, o tule pele tem a pretenção de ser invisível na pele. É comum ser usado para sustentar decotes ombro a ombro ou muito profundos, e como base de mangas para uma montagem de renda que dê a impressão de “tatuagem” na pele. Esse material pode ser o melhor amigo da noiva ou pode causar um efeito desastroso se não tiver uma ótima qualidade, dando uma impressão de “meia calça”.

 

 
 
Esperamos que você consiga com estas 8 palavras do glossário que a estilista Carol Hungria preparou, sanar suas dúvidas sobre os termos mais usados para descrever itens do look da noiva.
 
 
 
Veja outras matérias sobre vestido de noiva já publicadas no CaseMe:
 

✽ Roteiro do dia do casamento

 

Deixar um comentário