A Thaylla nunca teve o sonho de casar, mas quando o Bruno perguntou o que estava faltando para se casarem ela logo respondeu: “nada que um Tiffany não resolva”! Dito e feito! Supreendentemente Bruno ajoelhou em plena Times Square e a pediu em casamento, e com a caixinha azul!

Com a regra de que tudo tinha que ser diferente, moderno e ao mesmo tempo elegante, Thaylla e sua mãe tiveram apenas 2 meses para organizar a festa. Isso mesmo, 2 meses! Mas isso não é problema para quem tem Valeria Leão Bittar! Ela conseguiu colocar São Paulo em Goiás e parar a cidade com uma decoração de tirar o fôlego! E Fernanda Neves com sua experiência indicou os fornecedores certos.

Em três provas de vestido Thaylla já tinha resolvido o vestido. Ela não abriu mão dos 15 mil cristais Swarovski e a renda renascença, e escolher a Martha Medeiros para executar essa jóia.

Veja esse casamento lindo e inspire-se nas escolhas dessa noiva moderna e super antenada!

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelos noivos, em 1ª pessoa. Nossa proposta é uma troca livre e real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outros casais que ainda estão no caminho!

 

Noivos: Thaylla Vieira e Bruno Scaliante

Local: Espaço Premium – Anápolis, GO

Data: 20 de junho de 2019

 

Créditos da foto do destaque: Celso Junior   

 

 

 

História do casal:

 

Nos conhecemos através da minha prima Anna Katharina, sempre tivemos amigos em comum há anos, mas nunca havíamos nos esbarrados. Ela nos apresentou, e de cara já discutimos, com opiniões muito incisivas. Após alguns meses e algumas investidas em um show do Jorge e Matheus, ficamos. Porém, por eu morar em Brasília e ele em Anápolis jamais imaginei que daria certo.

Fiz uma viagem para o exterior e voltei decidida que ficaria com ele, já que ele passou o réveillon com minha prima e havia dispensado outras garotas, logo aquele menino mais custoso da cidade. Ao retornar ele me pediu em namoro e nunca mais terminamos. 

Somos quase que exatamente iguais, rs. Ele sempre dizia para Anna Katharina que casaria com a prima dela, mas ninguém levava a sério, tendo em vista ser mulherengo e não quietar com ninguém. 

Muito decidido e crítico me ganhou, sustentou tudo muito bem de forma que eu me apaixonasse por esse marido nada romântico rs, mas que sempre – ironicamente me mandava presentes fora de datas, flores e etc para que eu fosse feliz. Aquele que sempre foi firme para que crescêssemos juntos, afinal eu também nunca ouvi ninguém. Mas, ele…ah, ele não deixou a desejar. Dois dominadores que no final deu tudo certo onde as famílias se adoram e partimos da mesma criação.

 

 

O pedido de casamento:

 

Um dia ele me perguntou o que precisaríamos para casar e eu respondi “nada que um Tiffany não resolva rs”. Acho que ele nem sabia o que era, mas foi atrás.

Marcamos uma viagem para Nova York para visitar a prima dele Silvana e antes de irmos ele pediu para minha mãe, minha irmã e padrasto minha mão, sem que eu soubesse. Passados 18 dias da viagem, dia 18 de março de 2018, fomos parar na escadaria da Times Square quando olho pro lado ele esta ajoelhado com a caixinha azul na mão. Eu jamais poderia imaginar que o seria assim, pois ele e workalic, nada ligado nessas coisas. Mas, confesso superou todas as minhas expectativas, já que não gosto de nada tradicional e igual a ninguém, super amei. Já tínhamos 5 anos de namoro, portanto, realmente já era a hora certa.

 

 

Créditos: todas as fotos desta matéria são da Celso Junior    

 

 

Os Preparativos:

 

Como fui a primeira neta e a mais nova a casar, minha avó, que e meu xodó, não conseguia mais esperar… por este motivo marcamos para o meio do ano de 2019, e a data escolhida propositalmente, um dia após meu aniversário para que o marido não esquecesse rs.

Sinceramente, nunca tinha tive o sonho de casar, queria minha independência e pronto. Sendo assim, fomos organizar a festa com apenas DOIS meses de antecedência somente eu e minha mãe, que também trabalha muito. Então, a única coisa que estava previsto era data, o local e o noivo. 

Sempre fui muito ligada a essas coisas de moda e beleza, trabalhamos em São Paulo então vi a oportunidade de sair de lá exatamente com todos os fornecedores que gostava, caso eu fizesse uma festa. Dito e feito, rapidamente decidimos tudo. A regra era: tudo diferente, moderno e ao mesmo tempo elegante. 

Pareço moderna, mas sou conservadora em alguns quesitos, dos quais não abri mão que  externasse na festa e na cerimônia, sendo muito fiel aos meus princípios. Portanto, tudo, tudo mesmo tinha minha personalidade. 

Nesse trajeto, houve uma pessoa que e a única que me conhece MUITO bem e autorizada a dar todo e qualquer pitaco: minha MÃE. Ah, ela foi a grande mentora desta festa. Sem ela e Deus nada disso seria possível. Nosso gosto e implacável e externamente parecido. 

Enquanto o noivo trabalhava, nos duas arduamente corremos atrás de todos os contratos e fornecedores que tenho um carinho especial.

Mudamos toda a decoração uma semana antes da data escolhida. Graças a competência da Valeria Leão, a decoração ficou exatamente como eu queria, de perder o fôlego! Aliás, agradeço profundamente a ela, pois teve a maior paciência e elegância de me entender. Aquela que conseguiu colocar São Paulo dentro do Goiás, aquela que, mais uma vez, parou toda cidade. E foi uma delicia reecontra-la, já que há alguns anos minha mãe havia trabalhado com a mãe dela, a Moema.

Dentro da decoração, não poderia deixar de mencionar a Alessandra da Cem Por Cento Eventos, que mulher surreal, que anjo, sabe aquela pessoa que ajuda uma noiva ao invés de desesperar? E faz qualquer sonho se tornar real e palpável? E ELA! Dentro de sua equipe, menciono a Pricila da Aun Cenografia, muito inteligente. A Viviane da Alan dos Lustres. A Miram que trouxe de Belo Horizonte os tapetes mais bonitos e modernos. A Meire responsável pela forracao também foi espetacular conosco. 

Outros profissionais que merecem destaque foram: a Samara da S Cards responsável pelos convites, acatou todas as nossas ideias, idealizando no papel um convite que tocou nosso coração, literalmente e com diferencial enorme de qualidade no produto e no atendimento. De cara minha mãe apaixonou por ela e pela Janaina, aliás tarefa muito difícil, já que ela e MUITO exigente, minha mãe e um peça!

Destaco também, o Bruno dono do buffet EVO, que criou o cardápio exclusivo para a festa em tão pouco tempo, sem colocar qualquer empecilho, mercado este, que e super disputado ao mesmo tempo carente de profissionais excelentes como ele. Sua equipe que nos serviu durante o evento incomparável, não deixou faltar nada, a comida extremamente saborosa full time.

A cerimonialista Fernanda Neves de Goiânia com uma competência ímpar, forte, voraz que não deixou absolutamente nada dar errado, inclusive nas suas indicações não tive nenhum problema.

O fotógrafo Celso Junior  que tirou no noivo a timidez e de mim a Giselle que havia escondido haha. Dono dos melhores ângulos e de um olhar único, abençoado, suave. O Rafael e a equipe de filmagem Megalume responsáveis por eternizar até a energia presente, super atencioso e complementou a beleza do casamento, comentários a parte.

A Help Bar, especificamente a Veronica, escolheu os melhores drinks e suas quantidades exatas, sem regrar absolutamente nada, que fartura. O Henrique da DOC Bebidas, um gentleman.

A Leticia Manzan responsável pela criação dos dois vestidos da mãe da noiva em 10 dias, trazendo para as peças toda vontade e personalidade da minha mãe e da minha irmã.

Os doces da Pati Piva que eram surreais quando derretiam na boca e nos fazem lembrar do gosto até hoje.

Os seguranças pessoais que atentamente nos ajudaram e prontamente cobriram nossa segurança.

O Marcio dono do local da festa Espaço Premium muito educado, acatou todas as mudanças, ou seja, de uma flexibilidade incomparável e necessária, pois o conheci pessoalmente um dia antes do casamento (já que o local que eu havia alugado foi interditado 45 dias antes, outros lugares me ofereciam venda casada, maneira esta que não concordamos), sequer visitamos o salão anteriormente, logo, todos os fornecedores, conjuntamente, repaginaram o ambiente de acordo com nossas expectativas.

Confesso que fiquei apreensiva e quase desisti da realização da festa, sem que eu soubesse minha mãe entrou imediatamente em contato com a Valeria Leão, pedindo que eu não visse nada antes do evento, e prontamente, ela disse que não tinha medo de empecilhos, tratava-se de um desafio. Para ela isso foi fácil, nosso objetivo foi alcançado com sucesso. 

Para animação contamos com a presença do DJ Rodrigo Melo e banda. 

 

 

Roteiro-completo-para-organizar-seu-casamento_-cronograma-comentado-em-7-etapas

 

No dia do casamento, antes da cerimônia: 

 

Nos arrumamos no hotel Park Imperial, cada um numa suíte, com a equipe que super indico de maquiagem Roberta Andrade que ao longo do tempo tornou-se nossa grande amiga e a qual eu jamais abriria mão. Para o cabelo, a Taise Nara. Foi super tranquilo e fizemos o making of por lá. Não nos vimos durante a preparação, como segue a tradição. 

 

 

O vestido de noiva:

 

Eu não tinha inspiração eu tinha a estilista. No final do ano fomos ao Resort Kenoa em Maceió e um amigo da família que reside lá foi ao nosso encontro e comentamos do casamento, onde ele nos falou sobre a Martha Medeiros que possui as rendas mais belas. Eu já estava decidida pela renda renascença que tenho paixão pelo trabalho e beleza que só ela tem. Logo depois, fui surpreendida por uma mensagem da Martha convidando para fazermos o vestido. Fui à Sao Paulo, lá criamos exclusivamente o vestido, digno de uma jóia, pois não abri mão dos 15 mil cristais Swarovski. Segundo a estilista, não há outro vestido bordado igual com a renda renascença, explosão de amor. Uma peça que deixarei de herança. E acreditem, fiz somente três provas. 

Nós não tínhamos muita flexibilidade de tempo, pois mesmo cuidando do casamento, trabalhamos, concomitantemente. Assim, nos atenderam na nossa hora e tempo.

A dica principal para a escolha do vestido e sem dúvida a presteza do serviço e do lugar que você escolheu, porque são eles que irão tornar real seu sonho atrás da peça que melhor lhe couber. E, experimente vários modelos.  

 

 

 

Acessórios:

 

Eu não queria buquê e vou falar a verdade, não gosto de flores, gosto mesmo de sapatos rsrs. Sim, uma noiva tradicional mas nada convencional. Então, a Martha, sua nora Gabriela e a Kelly sugeriram que eu entrasse com apenas um Copo de Leite revestido de pérolas e com a folha do vestido em renda e cristal.

O véu optei por um simples, já que o vestido era a estrela por si só, porém de 5 metros de cumprimento. Os brincos e a tiara foram da Gabriela Tannus Jóias escolhidas de forma que conversasse com o vestido; aquele menos e mais.

 

 

 

Roupa do noivo:

 

Eu que escolhi. Eu amo moda e já sabia como eu gostaria de vê-lo. Posteriormente, ele vestiu e minha mãe opinou, rs.

 

 

 

Cerimônia:

 

Minha mãe veio de um lar católico e mudou-se para Brasília, pois havia se separado. Sozinha batalhou dia após dia para criar sozinha eu e minha irmã que tenho paixão, passando por cima de qualquer preconceito. Quando foi convidada pela tia do Bispo Robson Rodovalho a conhece-lo, aconteceu, se tornaram grandes amigos. Ele estava fundando a Comunidade Sara Nossa Terra aqui, onde tempos depois minha mãe se batizou e nos levou juntamente para o melhor lugar dessa Terra: a casa de Deus. 

Sem herdar nada de ninguém minha mãe consolidou-se no mercado em Brasília e todas as promessas de Deus se realizaram em sua vida. Promessas essas que foram passadas de geração para geração, naquele dia e momento tão especial que foi meu casamento, se concretizaram.

Foi ele, o nosso Bispo quem lutou contra todas as barreiras com a minha mãe nessa cidade grande e nos ajudou incansavelmente, isso eu jamais me esquecerei. Eu tenho um carinho e um apreço por ele incalculável, somente ele sabe o se passa dentro da minha casa. Eu o ouço como meu líder espiritual e meu pai fraternal, meu coração bate pela mesma missão que a dele, nossa voz ecoa a palavra de Deus, sendo assim, ele sempre foi minha referência de vida.

Porém, por um imprevisto, não foi possível que ele estivesse presente neste momento. E assim preferi, para que ele preservasse a sua saúde tão importante para todos nós. Sei que ele sentiu até mais que nós mesmos s sua ausência, pois ele sempre foi o nosso mentor e mais um responsável pelo evento. Apenas um casal poderia substituir a falta dolorosa, porém compreensiva do nosso Bispo, a Bispa Ana Celia e seu esposo Abimael. E não poderia ter escolhido melhor. Havia uma surpresa para eles mas teve que ser suspensa para que eles fossem, agora, os novos celebrantes da cerimônia. Foram eles que me “criaram”. Era somente na casa deles que minha mãe autorizava a dormir enquanto ela trabalhava noite e dia. Eles que nos instruíram, eles que me prepararam para viver o que vivo hoje. O que sou hoje, grande parte disso, foi ela que ajudou a moldar. Palavras não seria suficiente para agradece-lôs como realmente merecem, eles são sem dúvidas nossos pais. Eles me conhecem intimamente. E lindamente, ela pregou naquele dia e como sempre!

 

 

 

Música da cerimônia:

 

Foi bem clássico. Quis as músicas que tocam meu coração, das quais eu lembraria pra sempre.

 

 

Padrinhos e madrinhas:

 

Foram 7 casais casais para ambos os lados. Afinal, queria que cada padrinho se sentisse muito especial. Não curto muito aquela fila de padrinhos, pois torna-se cansativa a entrada. E preferi que as madrinhas fossem com o dress na cartela rose e os padrinhos com a gravata prata, dress code este, sugerido por um cerimonialista para que uniformizássemos as fotos. Juntamente com a gravata entreguei aos padrinhos uma caixinha JBL também na cor prata. E para as madrinhas uma sandália neutra que todas usariam por muito tempo, tendo em vista, que meu ponto fraco são sapatos rs, projeto idealizado junto a Samara da SCARDS.

 

 

Damas e pajens:

 

Tivemos 1 dama e 1 pajem, na mesma linha dos padrinhos, queria poucos pra que se sentissem exclusivos, unicamente especiais. 

 

 

Local da festa:

 

Como disse anteriormente, 45 dias antes do casamento soube que o salão que havia escolhido tinha sido interditado judicialmente. As pressas fizemos a troca do salão, eu conheci o salão apenas um dia antes do casamento, fechei os olhos confiei nos fornecedores, no projeto que criamos e na confiança que o Márcio, dono do Espaço Premium nos passou. Além do mais, ele foi super flexível, o que facilitou muito o processo, já que eu não fiz “venda casada”  com absolutamente ninguém.

Aliás, dica boa e essa, veja se seus fornecedores são flexíveis, isso evita dor de cabeça e gera um desafio a todos eles.

 

 

Decoração:

 

Também acredito que ja expliquei anteriormente, mas preciso registrar: não mudaria absolutamente nada ! Nós que idealizamos, cores, ambientação moderna… não abriria mão disso, mas quem executou tudo foi a Valeria Leão Bittar  trazendo os melhores elementos e nos apresentando o que havia de melhor.

 

 

Bolos e doces:

 

Essa parte deu zero trabalho. Já sabia que queria a Pati Piva marquei uma degustação em meio as viagens a trabalho por lá, foi super rápido e certeiro. Depois, procurei a Richesse que prontamente nos atendeu, pois queria que minha vó fizesse parte desta escolha também, fechamos com ele porque minha avó amou os bem casados, rs.

 

 

 

Buffet:

 

Ah, o buffet! Bruno, dono do EVO é inenarrável, tudo que eu escolhi podia não ter na degustação, mas adaptou todas nossas escolhas, e tudo foi acatado. Sem contar com atendimento excepcional. Muito aberto a entender o que o cliente busca. Pedi que a comida fosse regional e mesclamos com alguns refinados. Portanto, tinha para todos os gostos. E tudo, full time! Foi muita fartura, graças à Deus. Todos foram muito bem servidos, pois no meio da festa reparamos que as mesas estavam sempre servidas, assim como as bebidas. Além disso, ele fornece o garçom exclusivo para os noivos e para os pais dos noivos. Foi fantástico! A todo momento eles estavam nos servindo água para podermos beber mais um pouquinho, haha.

 

 

 

Música da festa:

 

Indicado pela Fernanda como melhor DJ de Goiânia, contratei o DJ Rodrigo Melo, que se conecta com o casal. Pegue uma cerimonialista que você realmente confia e vai; eles tem muita experiência.

Contratei também uma banda, a Samba Boom que animou o casamento, fato!

A música marcante foi sem dúvida foi “Quem beijou, beijou, quem não beijou não beija mais”, brincadeira de toda família conosco.

 

 

 

Registros:

 

Foi super fácil pra mim que amo uma foto, o noivo nem tanto. Mas, tanto o Celso quando o Rafa o deixaram super a vontade, assim fez toda diferença. Optei por fotos mais espontâneas para não ficar naquela obrigação.

Usamos #thayllaebruno #casamentothayllaebruno.

 

 

Convidados:

 

A festa foi para 300 convidados, mas quase ninguém confirma, infelizmente. Então, sua cerimonialista irá te indicar para fechar a quantidade mais em cima da hora para que não falte nada.

O RSVP também não tem tanta eficácia, não é todo mundo que atende. Refiz a lista umas três vezes, sem dúvidas é a parte mais difícil. Coloque um padrão pra sua escolha e a siga fielmente.

Me surpreendeu aqueles que vieram de longe, vão apenas aqueles que consideram mesmo. Após o casamento você sabe exatamente aqueles que estão contigo inevitavelmente.

 

 

 

 

Lua-de-mel:

 

Fomos primeiramente pra Jericoacoara no Essenza, ficamos apenas 3 dias, pois tanto eu quanto o noivo tínhamos compromisso de trabalho inadiáveis exatamente nesta época. Foi muito bom três dias só nossos, mas cansativo. Agora vamos tirar 15 dias e vamos pro mesmo lugar aonde noivamos.

 

 

 

Dicas de lua-de mel + novo apartamento:

 

Não compre nada antes pela empolgação, espere, compre ou alugue o apto primeiro. Visualize, e após, comprar os móveis veja qual decoração lhe cabe melhor. Tente se planejar para pagar à vista e obter mais descontos e só aproveitar a lua de mel.

 

 

Presentes:

Agradecemos todos os presentes. Nós mandamos um cartão com nosso brasão para cada um como forma de agradecimento.

 

 

Ficha técnica:

 

♦ Local: Espaço Premium

♦ Assessoria e cerimonial: Fernanda Neves      

♦ Celebrante: Bispo Abimael e Ana Celia

♦ Música de Cerimônia: Quao grande e meu Deus

♦ Fotografia: Celso Junior   

♦ Filme: Megalume Wedding Films   

♦ Decoração: Valeria Leão Bittar

♦ Cenografia: AUN Cenografia e Eventos

♦ Mobiliário: Cem Por Cento Eventos   

♦ Tapetes: Miriam Botelho   

♦ Toldo: Jorge Toldos

♦ Iluminação: Mixaria Iluminação e Allan dos Lustres

♦ Dj: Rodrigo Melo        

♦ Atração: Samba Boom

♦ Buffet: EVO Buffet     

♦ Open Bar: Help Bar

♦ Bolo: Richesse Confeitaria

♦ Doces: Pati Piva

♦ Doces: Richesse Confeitaria

♦ Bem-casados: Richesse Confeitaria

♦ Vestido: Martha Medeiros

♦ Cabelo e Maquiagem: Roberta Andrade e Taise Nara

♦ Buquê: Martha Medeiros

♦ Véu: Martha Medeiros

♦ Grinalda: Martha Medeiros

♦ Acessórios: Gabriela Tannus

♦ Sapatos: Kellen Sapatos

♦ Terno do noivo: Ricardo Almeida

♦ ID Visual: S Cards

♦ Lembrancinhas: S Cards

♦  Gerador: Power Geradores   

♦ Manobristas: Sofistically

♦ Lista de presentes: Tool Box

♦ Hotel da noite de núpcias: Park Imperial

♦ Lua de mel: Essenza e Nova York

 

 

 

Cadastre-se para receber nossas matérias no seu email.

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

 

Leia mais:

Entrada dos noivos na festa

Casamento Raquel e Igor no Rio de Janeiro

Vestido de noiva: tudo o que você precisa saber para escolher o seu

Deixar um comentário