Você já pensou em passar sua lua de mel em Bali? Na lista de destinos românticos para a lua de mel, Bali não perde nem um poco para capitais famosas pelo romantismo. A ilha, no entanto, é envolvida por natureza exuberante, trazendo um ar tranquilo e relaxante. Para conhecermos mais sobre esse destino incrível,  nossa parceira Tereza Perez Tours, trouxe um pouquinho da ilha mais romântica da Indonésia para entendermos porque uma lua de mel em Bali, é escolha certa. Confira abaixo!

 
A Indonésia contempla mais de 17 mil ilhas, inúmeros templos e carrega um semblante espiritual visível em poucos países. Entre as ilhas do lugar, Bali se destaca como um complexo de variedades culturais, naturais e gastronômicas. A ilha mais romântica da Indonésia se renova com muito estilo. 
 
Vilas, vilarejos, museus, galerias de arte e palácios despontam em Bali ao lado de um povo amistoso e receptivo. Seguidores, principalmente do hinduísmo e budismo, os balineses demonstram seu caráter espiritual em pequenos gestos e nos sorrisos que contagiam a todos que têm o privilégio de conhecer a ilha.
Bali é também sinônimo de paraíso, por conta de sua natureza impressionante. Cercada por vulcões, alguns ainda ativos, cadeias de montanhas e praias exuberantes, ainda exibe paisagens incomuns, provenientes das plantações de arroz.
 
Estas plantações unem-se aos vulcões criando um sistema inventivo de irrigação. Situadas nas encostas de vulcões inativos, as plantações recebem a água da chuva que é represada nos topos dos vulcões. Além de encantarem os olhos, as plantações de arroz também fornecem o protagonista da gastronomia de Bali.
Na ilha, ele é consumido normalmente frito ou à vapor, acompanhado de verduras, carne ou pescado e temperado com muitas especiarias locais. Em meio a traços espirituais e culturais, uma natureza que encanta e se reinventa e sabores autênticos, destacamos dois lugares para conhecer a dois: a cidade de Ubud e a vila costeira de Canggu.
 
 

 Canggu

 

Canggu está na moda! Esbanjando uma atmosfera festiva e ao mesmo tempo charmosa, esta vila costeira está a 10 quilômetros da costa sul de Bali. Repleta de ótimos bares, restaurantes e cafés, Canggu é palco para atividades culturais e pode proporcionar passeios deliciosos por uma natureza que se impõe. O local se tornou um dos pontos preferidos dos sufistas e, claro, dos casais que se encantam com vistas de uma natureza irretocável.
 
 

◆ Onde comer:
 
 
▸ Peloton Supershop
Preservando a atmosfera de Canggu, o Peloton Supershop tem como tema o ciclismo, exibindo bicicletas estampadas nas paredes. O menu é vegano e tem como atração principal os famosos smoothie bowls, feitos com frutas, leite de coco e granola.
 
 
 
▸ The Shady Shack
O The Shady Shack é um café que privilegia uma culinária baseada em alimentos orgânicos. Além de proporcionar um menu saudável, o local tem vistas para os campos de arroz de Canggu.
 
▸ Crate Café 
Instalado em uma boutique de roupas feitas localmente por designers de Canggu, o Crate Café serve pratos inspirados em uma gastronomia orgânica, além de café feito com produtos locais e toques contemporâneos.
 
 
◆ Passeios:

 

 

▸  Batu Bolong Temple
Instalado na praia de Segara Batu Bolong, o Batu Bolong Temple é um templo de culto a Ida Batara Segara. Além de um espaço religioso, o local tem lindas paisagens do mar, ao sul da ilha de Bali.
 
 
▸  Samadi Bali Market
O Samadi Bali Market é um mercado que acontece semanalmente, sempre aos domingos, e tem como foco produtos orgânicos e objetos artesanais. Privilegiando inteiramente agricultores e artesãos locais, o mercado conta com produtos frescos a cada semana, respeitando a sazonalidade de cada alimento, e itens feitos à mão por artistas de Canggu.  
 
 
▸  Batu Bolong Beach
A Batu Bolong beach é uma das principais em Canggu. Com belas vistas do Oceano Índico, a praia é famosa pela prática do surf e por ser um ótimo ponto para admirar o pôr do sol.
 
 
◆ Onde ficar:

 

▸  COMO Uma Canggu
Em um trecho da praia ao longo de uma das melhores trilhas de surf na costa sul de Canggu, o COMO Uma Canggu tem suítes com design minimalista e vistas para o mar. Destaque para a penthouse, com arquitetura arrojada e para o spa, com foco em tratamentos holísticos.
 
Ubud

 

Situada na região central de Bali, Ubud é considerada o centro cultural da ilha e reúne atrativos que despertam o interesse dos amantes das artes e da boa mesa. Em meio à floresta, Ubud é mais afastada do mar e é igualmente cercada por montanhas, plantações de arroz e vilas agrícolas, conhecidas principalmente pela produção de artesanato de bambu. Durante a noite, a cidade se transforma em um verdadeiro show à céu aberto. Tradicionais performances de dança e músicas típicas tomam as ruas, ao lado de templos, a maior concentração da ilha, museus, galerias de arte e excelentes restaurantes.
 
◆ Onde comer:

 

▸ Ayung Terrace
Situado no Four Seasons Resort de Ubud, o restaurante Ayung Terrace proporciona a contemporânea culinária asiática com especialidades indonésias. A gastronomia pode ser apreciada com uma maravilhosa vista do rio. O local ainda conta com um aconchegante terraço.
 
 
▸ Locavore
O restaurante Locavore privilegia a culinária asiática com influências europeias, principalmente holandesa e escandinava. Com um jardim próprio, faz uso de vegetais e ervas frescos, além de utilizar 95 % dos ingredientes da Indonésia.
 
 
▸ Mozaic
Cercado por jardins em um ambiente elegante, o Mozaic tem um menu idealizado pelo chef Chris Salans, que trabalhou em restaurantes estrelados na França como o Oustau de Baumanière. No restaurante, os sabores da gastronomia francesa contemporânea são privilegiados, com o toque especial dos ingredientes indonésios.
 
 
◆ Passeios:

 

▸ Tanah Lot
O Templo Tanah Lot é considerado um dos mais importantes da Indonésia.  Consagrado ao deus do mar, Dewa Baruna, também conhecido como Bhatara Segara, Tanah significa “terra” e Lotmar”, nome que faz jus à sua localização, em uma rocha cercada pelo mar.
 

 
▸ Taman Ayun
Construído por volta de 1634 pelo então governante do reino de Mengwi, Tjokerda Sakti Blambangan, e restaurado em 1937, o templo Taman Ayun é um dos mais belos de Bali. Tido como “templo-mãe” de Mengwi, exibe jardins e arquitetura inspirada na China. O templo é uma reverência do povo de Mengwi a seus ancestrais.
 
 
▸ Alas Kedaton Monkey Florest
Situado em Kutuh, no distrito de Marga, o Alas Kedaton Monkey Florest é uma área verde habitada, principalmente, por centenas de macacos balineses de cauda longa, considerados sagrados na região.  Em meio à floresta há um templo de mesmo nome, muitas referido como Pura Dalem Kahyangan Kedaton.
 
 
 
◆ Onde ficar:

 

▸ Amandari
Na aldeia de Kedewatan, à margem da capital cultural de Bali, Ubud, o Amandari está́ situado em meio à celebrada natureza local. Os tratamentos de seu spa passam por métodos tradicionais balineses e são famosos por utilizarem a água de um templo local, considerada sagrada. As suítes do hotel foram pensadas para recriar o estilo de uma aldeia balinesa tradicional, da arquitetura à decoração. A riqueza cultural de Ubud, centro artístico de Bali, pode ser apreciada através das visitas guiadas proporcionadas pelo resort.
 
 
 
▸ Four Seasons Resort Bali at Sayan

Escondido em um paraíso exuberante atrás do rio Ayung, no Four Seasons Resort Bali at Sayan os hóspedes podem gozar de tranquilidade em uma de suas acomodações e renovar as energias interiores com a prática de yoga. Localizado entre os lindos campos de arroz da região e rodeado por jardins que trazem a fragrância das flores tropicais, o hotel está a 10 minutos de carro de Ubud, epicentro artístico e cultural de Bali. 

 

teresa-perez-tours-e-caseme-750x111

 Leia mais:
 
https://revista.caseme.com.br/lua-de-mel-na-turquia-istambul-e-capadocia/
 
https://revista.caseme.com.br/lua-de-mel-na-amazonia-quando-ir-e-onde-ficar/
 
https://revista.caseme.com.br/casamento-em-fernando-de-noronha-camila-e-lucca/

Deixar um comentário