Não existe nada mais irritante do que alergia. Falo por experiência própria: sempre que dá, a rinite aparece com força nos momentos mais inusitados, pelos motivos mais variados possíveis. Alergia à flor, à poeira, ao tecido. Nossa! É uma imensidão de coisas que nos faz ter alergia. Para o seu casamento, é melhor prevenir para mantê-las todas longe de você.

Já ouvimos de muitas noivas o relato de que são alérgicas a determinados elementos e precisam alterar algumas decisões sobre o casamento. Coriza, coceira, vermelhidão… Nada disso combina com casamento, né? Para as noivas que sofrem com alergias, nós preparamos essa matéria especial para evitar qualquer imprevisto.

 

A tendência é que as noivas fiquem nervosas às vésperas do casamento. O estresse e a ansiedade pode desencadear uma alergia por causa de uma queda imunológica. Por isso, ficam mais suscetíveis a terem uma crise alérgica

Absolutamente tudo pode dar alergia, e é por isso que separamos em partes essa matéria. Tentamos reunir as maiores alergias e formas de escapar delas no seu casamento. Pode ter certeza que a alergia não irá te pegar neste dia tão importante para você.

 

Tanto as flores do buquê quanto as flores da decoração merecem um cuidado especial das noivas alérgicas. Flores que têm odor muito forte ou soltam pólen podem ser o pesadelo do seu casamento. Por isso, é interessante conhecer bem as flores que irão compor o seu casamento para ter certeza de que nenhuma delas incomoda seu nariz, faz coçar ou espirrar. Uma dica: flores como margaridas, girassóis, violetas e jasmim têm o pólen visível e causam frequente irritação em pessoas alérgicas. Evitá-las é uma forma de ter mais segurança nas suas escolhas para o casamento.  

Como a noiva só conhecerá o buquê no dia do casamento, este elemento pode sim trazer alergias que não eram esperadas. Se você é uma noiva alérgica a flores com bastante incidência, hortênsias e tulipas podem ser uma boa pedida para compor o seu buquê. Ou, se você não quiser arriscar bem no seu casamento, pode optar por substituir o buquê. Flores artificiais ou de papel, um terço, buquê de origamis ou broches, ou uma flor solitária podem ser ideias inovadoras e mais seguras para o dia.  

 

 

 

A alergia a acessórios é bem mais comum do que a gente imagina. A maioria é desencadeada por bijuterias, ou acessórios que têm a presença de níquel na composição da peça – o que costuma a dar bastante alergia. Os brincos e jóias de ouro amarelo contém menos níquel e, por isso, são os que têm menos incidência de incômodo.

Já soubemos de pessoas que têm alergia a anel e não podem usar nada nos dedos. Como fazer para substituir a aliança de casamento? Uma ideia bem legal é criar um cordão personalizado para os noivos trocarem durante a cerimônia

 

Para evitar alergia ao tecido do seu vestido, prefira peças que têm 100% de fibras naturais ou que elas sejam maioria na composição. Tecidos sintéticos são mais suscetíveis à alergias. Entre os tecidos naturais – algodão, cânhamo, juta, linho, lã, seda e sisal -, a seda e o algodão são mais recomendados.

 

 

Pode parecer exagero, mas se você é muito alérgica é sempre bom duvidar de tudo aquilo que pode te trazer alergia. Um desses elementos que não pensamos muito mas que pode ser bem alérgico é o ar condicionado. Se o seu casamento será em um salão fechado, com a necessidade de ar condicionado, faça questão de deixar claro que você tem alergia para que os aparelhos estejam limpos. As saídas do ar, quando direcionadas em cima do alérgico, são um perigo em potencial. Fique atenta a isso e o ar não será um problema.  

 

Cheiro demais também irrita o seu nariz? Provavelmente você sentirá um monte de perfume diferente das pessoas que te abraçam e cumprimentam. A quantidade de perfume que os convidados usam você não pode controlar, mas ajudará o seu bem-estar se o seu perfume não “brigar” com outros. Um cheiro que você esteja acostumada, seja leve e que permita que o seu nariz fique confortável para cumprimentar as pessoas. O perfume do seu marido também deve ser um que você já está acostumada a sentir, para não causar surpresas desagradáveis para suas narinas.

 

Você sabe o que é dermatite de contato? Muitas noivas têm e só vão descobrir muito depois, quando o tecido do sapato já está causando bastante alergia nos pés. Alergia ao couro, ao tecido sintético, à tintura usada no sapato podem trazer incômodos desagradáveis para as noivas. Ao comprar o sapato escolha materiais e formatos que você costuma usar, assim você evita qualquer tipo de imprevisto. Se você não gosta de salto, este é o momento para você inovar e imprimir a sua personalidade no look!

 

Outra dica importante é: depois que você comprar seus sapatos, use-os! Ande pela casa com ele, fique bastante tempo com ele nos pés. Este processo é importante para saber se o modelo é confortável, se irá te irritar depois de muitas horas de festa e dança. Colocar no seu casamento um sapato que você nunca usou é um passo para dar errado

 

Viva o dia do teste de maquiagem! Além de ter uma prévia de como ficará a make do dia do casamento, o teste da maquiagem irá te ajudar a descobrir se algum dos materiais usados te incomodam de alguma maneira. É válido lembrar também que produtos que você já sabe que tem alergia devem ficar de fora – insistir só porque é o seu casamento pode ser um erro. Converse com o seu maquiador e demonstre a sua preferência por produtos hipoalergênicos.  

 

 

A sua alergia não foi citada nesta matéria? Conta para gente para incluirmos aqui! 😉 

 

 

Leia mais: 

Chá Bar: Temas para se inspirar!

A organização de um Destination Wedding

Bebidas alcoólicas no casamento, por Ecila Antunes

Deixar um comentário