O verão é aguardado por muitos, mas junto com a estação vem a forte temperatura e muitas vezes torna-se inviável não ligar o aparelho de ar-condicionado. Aprenda neste post como reduzir o consumo de energia do ar-condicionado no verão.

Calor + ar-condicionado = conta de luz alta, certo? Os cuidados para reduzir e conseguir controlar o seu gasto começam na escolha do aparelho, depois na instalação e finalmente no seu uso. Vamos começar?

Compra

 

• Inicie a escolha pelos modelos com o Selo Procel de Economia de Energia – uma forma que o governo brasileiro encontrou para indicar aos consumidores os aparelhos mais eficientes e, naturalmente, que economizam mais energia.

• Ar-condicionado com tecnologia Inverter é o modelo que mais gera economia de energia. Esse sistema oferece maior eficiência energética a medida que ajusta o trabalho do compressor conforme a necessidade do ambiente. Com ele pode-se ter economia de até 40% em relação aos modelos convencionais.

• Para escolher o aparelho certo, descubra a carga térmica e o tamanho do ambiente no qual será instalado. Se for colocado em um espaço maior do que é capaz de arrefecer, vai consumir muito mais energia para realizar o trabalho e pode não ser eficaz. Consulte um técnico credenciado.

Instalação

 

• Uma má instalação pode gerar um aumento de consumo de 20% de energia, além de reduzir a vida útil do equipamento.

• Faça a instalação da unidade externa em local com boa circulação de ar, sem bloquear as saídas de ar e onde não bata luz do sol de forma direta – do contrário, ele trabalhará mais desnecessariamente.

• No interior da casa, o aparelho deve ser instalado de forma que o ar circule da melhor forma possível no ambiente. Escolha um local onde o fluxo de ar fique paralelo à maior dimensão do local. Evite deixá-lo perto de cortinas, móveis ou cantos de paredes.

• Quanto mais alto ele for instalado melhor, já que o ar frio “desce” e ar quente “sobe”.

Temperatura

 

Colocar a temperatura em torno dos 17ºC não é uma escolha inteligente, isso irá consumir mais energia porque força o equipamento a trabalhar muito para resfriar o ambiente.

De acordo com especialistas a temperatura ideal do ar condicionado no verão é que o aparelho esteja entre 20° e 22°C, assim a diferença de temperatura do ambiente externo e interno não será tão drástica. Esse pequeno ajuste pode gerar uma economia de energia de até 50%­­, sem contar que esta temperatura deixa o ambiente agradável, evita riscos de choque térmico e doenças como gripes e resfriados.

Deixe o aparelho no modo automático para que detecte a temperatura do ambiente e trabalhe apenas o necessário, em vez de resfriar sem parar.

 

Limpe os filtros

 

Lembre-se sempre de limpar os filtros do ar-condicionado. Quando estão sujos eles impedem a circulação do ar, forçando o aparelho a trabalhar mais. As entradas e saídas também precisam de atenção para não serem obstruídas por pó e sujeira.

 

Evite que o calor entre no ambiente

 

Quando o aparelho estiver ligado mantenha as portas e janelas bem fechadas para que o ar quente externo não entre. Ao sair do ambiente por um tempo prolongado, não esqueça de desligar o aparelho. Para evitar que o ambiente esquente com o calor do sol, deixe cortinas e persianas fechadas até mesmo quando o ar não estiver sendo usado.

 

À noite

 

Quando for dormir, programe a função Sleep do seu ar-condicionado. Esta função é importante para que você programe o tempo de uso do ar, evitando que ele continue em funcionamento quando não for necessário. Para os usuários mais esquecidos, a programação é um ótimo auxílio.

 

Gostaram das dicas?

 

Leia mais:

Lista de presentes

6 dicas para as noivas

10 filmes perfeitos para as noivas

TAGS:

Deixar um comentário