Sabe aquele casal que você sente a sintonia só de olhar as fotos? Pois é, Amanda e Flávio são assim. 

Ele 11 anos mais velho que ela, ela amiga do irmão dele. Mas não foi o irmão quem apresentou o dois, foi o destino. Como ela mesma disse: “não acreditamos em coincidências, era destino mesmo“.

Depois de 4 anos de namoro Amanda e Flávio se casaram no Hotel Unique em São Paulo. Com a assessoria de Babi Leite, eles fizeram uma cerimônia emocionante, uma festa linda e super animada. A decoração foi da 1-18 Project. A Anna Quast e o Ricky Arruda foram os responsáveis pelas fotos incríveis deste casamento.

Além de contar a sua história e experiência como noiva, a Amanda ainda deu várias dicas para quem ainda está neste processo de organização do seu casamento. Veja os detalhes na matéria.

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelos noivos, em 1ª pessoa. Nossa proposta é uma troca livre e real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outros casais que ainda estão no caminho!

 

 

Noivos: Amanda Schall Távora Pinho e Flávio Cagno

Local: Hotel Unique – São Paulo, SP

Data: 28 de setembro de 2019

 

Créditos da foto do destaque: Anna Quast e Ricky Arruda 

 

 

 

 

História do casal:

 

A minha história com o Flávio é daquelas histórias que tínhamos que nos conhecer, tudo conspirou a nosso favor, e ela começou muito antes de nos conhecermos!

O primo dele, o Caio, era meu vizinho e melhor amigo do meu irmão quando éramos pequenos! Frequentávamos a mesma escola, e as nossas mães faziam rodízio! Convivi com o Caio a minha vida toda, e nunca conheci o Flávio!

Só fui conhecer o Flávio em outubro de 2015, em uma festa no interior, quando ele só pegou o meu telefone. A partir daí começamos a conversar por WhatsApp e ele me adicionou nas redes sociais. Só aí fui ver o sobrenome dele, que era o mesmo do Caio! Aí a conversa já mudou e topei sair para jantar com ele! 

Era uma quarta-feira e fomos em um japonês que amamos e frequentamos até hoje! Tenho que falar que achava que não iria para frente… ele é 11 anos mais velho que eu e eu ainda estava na faculdade e estagiando. Só pensava “até parece que ele vai querer algo com uma pirralha” hahahaha! Naquela semana saímos quarta, quinta, sexta e sábado

Foi aí que veio o maior sinal de todos: os irmãos do Flávio são médicos, e descobrimos que eles já tinham operado os meus pais (cada um já tinha operado um)! E como se não bastasse isso, descobrimos que uma pessoa que trabalha com o Flávio é um dos melhores amigos do meu pai!

Então foi MUITA coincidência! Aliás, não acreditamos em coincidências, era destino mesmo

Começamos a namorar uma semana depois que nos conhecemos. Dois anos e meio depois ficamos noivos e quase 4 anos depois nos casamos! E a melhor escolha que eu fiz na minha vida, foi ter ido naquele jantar!

 

 

O pedido de casamento:

 

O pedido eu já estava esperando! O Flávio foi fazer um curso em Nova York no segundo semestre de 2018 e me convidou para ir junto! Meu pai que não é bobo nem nada, falou que eu só poderia ir se fosse noiva e com o casamento marcado! hahahaha 

Fiquei esperando o primeiro semestre de 2018 inteiro para ele fazer o pedido e nada! Até que chegou a nossa última viagem antes de ir para NY, que era uma viagem para Mendoza!

Fomos para lá e o primeiro dia se passou e nada aconteceu! No segundo dia já estava em pânico! Já tinha ligado para a minha mãe que se não fosse naquela viagem eu ia terminar, hahahaha! Mas ele fez o pedido no jantar do segundo dia, e foi lindo!!!

Nós ficamos em um hotel que era dentro de uma vinícola! E ele pediu para prepararem um jantar para nós dois dentro da adega, que era virada para um jardim todo iluminado! Quando desci as escadas para ir para a adega e vi a mesa cheio de pétalas de rosas vermelhas, velas, música de piado e um garçom só para nós com uma champanhe nos esperando, já sabia que a hora tinha chegado! Ele esperou até a sobremesa para fazer o pedido, quase morri do coração hahahaha foi tudo lindo e maravilhoso!

O anel eu já sabia qual seria a marca, porque uma vez ele falou que os anéis mais bonitos eram de lá! E um ano antes o Flávio já estava me perguntando discretamente como eu gostaria o anel.. se era quadrado, redondo ou retangular.. e também quando passávamos em alguma joalheria, eu mostrava algum anel como quem não quer nada hahaha então o anel que eu ganhei era realmente o dos meus sonhos! Ele seguiu direitinho todas as pistas que eu deixava!!!

Como o pedido foi em junho e julho eram férias, e agosto já íamos para NY, o noivado foi às pressas! Só as nossas famílias mesmo, em um almoço na casa dos meus pais!

 

 

Créditos: todas as fotos desta matéria são da Anna Quast e Ricky Arruda  

 

Os Preparativos:

 

Marcamos a data com 1 ano e 4 meses de antecedência! Como tínhamos tempo, os preparativos foram muito tranquilos! Tive tempo de pesquisar com calma, fazer várias reuniões e escolher os profissionais que gostamos! Quem participou sempre dos preparativos foi eu e a minha mãe, mas tudo o que foi escolhido tinha a “benção” do Flávio e do meu pai. 

Quando eu fiquei noiva a primeira dica que me deram foi para contratar um assessoria tempo integral, ou seja, para antes e durante o casamento! Contratamos a Babi Leite que foi incrível! Para ser bem sincera eu achava que não fosse fazer tanta diferença, mas durante o processo eu percebi que foi o melhor dinheiro gasto no casamento todo! Ela me ajudou MUITO! Fora que com os descontos que ela consegue, ela mesmo se paga!! Foi essencial ter a ajuda dela para organizar a festa e para que saísse tudo perfeito!!

A grande maioria dos fornecedores foi indicação ou da Babi ou de amigas que já tinham casado! Mas todos os fornecedores eu fui atrás, pesquisei, vi o Instagram, Internet e também teve profissional que encontrei pelas redes sociais e perguntei para a Babi se ela conhecia. Nessas horas precisamos confiar nos profissionais que contratamos

 

 

Roteiro-completo-para-organizar-seu-casamento_-cronograma-comentado-em-7-etapas

 

No dia do casamento, antes da cerimônia: 

 

O dia do casamento passamos no Hotel Unique mesmo. Quando você fecha a festa lá, você ganha a noite de núpcias. Então passamos lá mesmo, ele convidou vários amigos para irem passar o dia com ele e eu optei por ficar só eu e a minha mãe! Não quis madrinhas se arrumando comigo porque cada uma tem um cabelereiro e maquiador que gosta e frequenta sempre. Não queria stress no dia do meu casamento por conta disso. Então era mais cômodo para elas irem se arrumar onde elas costumam ir, e também não me atrasava!

A última vez que nos vimos foi no jantar de sexta de noite. A família do meu pai não é de São Paulo, então meus pais fizeram um pequeno jantar só para receber a família dele. Demos um pulo lá, jantamos e nos despedimos.

Era para só nos vermos só na cerimônia mas nos cruzamos no restaurante do hotel! Foi muito rápido, ele foi sentar para almoçar com os amigos e eu estava de saída para começar a me arrumar. Durante os preparativos não nos falamos, só nessa hora que nos encontramos sem querer.

No meu making of ficou eu e a minha mãe. Quando estava chegando perto da cerimônia, tiveram algumas amigas que deram um pulo lá no meu quarto para me ver e tirar umas fotos! E o dele foi feito com vários padrinhos e irmãos!

 

 

O vestido de noiva:

 

O meu vestido de noiva foi uma lenda! hahaha. Inicialmente queria comprar em Nova York e se eu não comprasse lá eu faria com o Junior Santaella, que na minha opinião faz os vestidos mais lindos!

Meus pais foram me visitar enquanto estava morando lá e fomos em quase todas as lojas de noiva de NY, sério, no final não aguentava mais! De todas as lojas que eu fui, gostei de 2 vestidos de estilistas diferentes! Um eu acabei eliminando porque a cauda era muitoooo grande e não dava para tirar para a festa, então estava decidido o outro!

Lembro que estava almoçando com os meus pais e decidimos juntos qual seria, mas aí me veio na cabeça para não comprar naquele momento e esperar a minha mãe voltar ao Brasil e ver quanto seria um vestido do Junior!

Nessa hora acho que os meus amigos espirituais estavam me ajudando, (sou espírita) hahahaha… porque uns 3 dias depois desse almoço, uma pessoa próxima a mim sem querer postou no Facebook uma foto minha vestindo o vestido que eu tinha escolhido! hahahahahahaha SIM ISTO ACONTECEU!

Por isso, uma super dica: tomem muito cuidado para quem vocês mandam as fotos provando o vestido de noiva! No dia eu fiquei super triste porque realmente tinha AMADO o modelo que tinha escolhido, mas Deus escreve certo por linhas tortas, não é verdade?

Decidi que iria fazer com o Junior Santaella mesmo, e que seria tão maravilhoso quanto! E ele acabou sendo MUITO mais bonito que o outro! Então hoje em dia eu super agradeço essa pessoa por ter postado a foto, porque se não eu teria comprado aquele vestido!

Minha inspiração foi baseada em todos os outros vestidos que tinha experimentado! O bom de provar vários é que você consegue ver o que cai bem em você e o que não cai.. então quando cheguei no Junior eu já tinha algumas coisas na cabeça como: a calda tinha que ser removível para a festa e tinha que ter uma capa!!!

O vestido que tive que eliminar em NY, além de ter uma cauda enorme, ele tinha uma capa maravilhosa, foi dele que eu tirei a ideia! O véu era bem simples porque o meu vestido já era importante, então não queria que brigasse com o vestido. A grinalda, eu “montei” uma! Juntei 3 peças e coloquei em cima do coque! Aliás, essa ideia de juntas as 3 peças foi do próprio Junior!

A maior dica que eu dou para quem está começando a ver vestido é: experimente a maior quantidade de vestidos que você puder! Por quê? Porque vemos várias modelos vestindo vestidos lindos, ou até mesmo vemos um vestido no Instagram que ficou lindo em alguém, mas muitas vezes aqueles modelos não valorizam o nosso corpo! Experimentando você consegue ver o que fica bom em você! E escolha aquele modelo que você se sinta deslumbrante!!! Não ouça aquela pessoa que não gostou tanto do vestido, não é ela que está casando, é você certo? Quem tem que se achar linda é você e não ela!

 

 

Acessórios:

 

O Junior Santaelle tem vários acessórios que ele empresta! Então as 3 peças que eu usei são dele mesmo!

E o sapato comprei novo na Durval, não achei que os que tinham para mandar fazer eram confortáveis. Eu queria algo para não tirar do pé e me acabar na festa! Tinha que ser mega confortável! Achei os sapatos da Durval lindos e confortáveis, mas mesmo assim tirei o sapato no meio da festa hahahaha eu pulei muitoooooo!

O buquê queria flores brancas. Só tirei print de algumas inspirações no Instagram e no Pinterest (que alias é um ótimo lugar para tirar ideias) e mandei para o Andre Pedrotti. O resto ele que fez!

 

 

 

Roupa do noivo:

 

Noivinhas, super dica!!! Fizemos o terno do Flávio, do meu pai e do meu irmão no Ermenegildo Zegna. E duas vezes por ano eles fazem promoção de ternos prontos e sob medida! Entrem em contato com a loja para saberem os dias certinho, e se eles não souberem ainda pergunta o mês que vai ser. Aí quando chegar o mês vocês ligam e perguntam o dia. Eu fiz isso e deu super certo! Não é que é super barato, mas os ternos acabaram saindo o mesmo preço que é nos EUA (aqui no Brasil é bem mais caro), e eles ainda parcelam, então valeu super a pena!

Como falei acima, fiz todo esse processo que contei para vocês e fomos nos dias que a promoção estava rolando. Eu já tinha decidido a cor do terno do noivo, dos padrinhos e do meu pai. O Flávio era azul marinho! Chegamos lá e vimos diversos azuis diferentes, diferentes tecidos, alguns tecidos eram premiados, você fica até perdida. Escolhido o tecido, você escolhe o forro do terno, do colete, os botões e a gravata. Ai só faltou o sapato. Homem é super fácil e rápido! Só tem duas prova de roupa e depois você já retira. No meu caso, eu ajudei o Flávio a escolher todas as etapas e acompanhei a prova, vi tudo!

 

 

 

Cerimônia:

 

Optamos por fazer a cerimônia no mesmo lugar da festa por diversos motivos. Um deles era por ser mais cômodo para os convidados (não precisa ir para a igreja e depois sair correndo, e ficar no trânsito). Outro motivo era porque queríamos aproveitar o máximo da festa e não queríamos perder tempo com deslocamento. No final foi perfeito e não me arrependo nada de não ter casado dentro da igreja.

Casamos com o Reverendo Tadeu, da Igreja Anglicana. O Reverendo Tadeu foi indicação da minha tia que já tinha ido em um casamento que ele tinha celebrado, e foi uma grande surpresa! Ele é uma pessoa super doce, não é marketero e realmente se importa com os noivos. Fizemos duas reuniões com ele para ele nos conhecer bem. A cerimônia foi maravilhosa, chorei litros!! 

Já conhecíamos o lugar, tínhamos ido em outros casamentos no Hotel Unique mas nunca tinha ido em um casamento lá em que a cerimônia também tivesse sido lá.

O que mais me emocionou com certeza foi a entrada, a hora que meu pai me entregou para ele, e a hora das alianças! Tocou Ave Maria e foi uma energia super forte!

 

 

Música da cerimônia:

 

Contratamos a orquestra Coral Del Chiaro e foi um sucesso! Todo mundo comentou do coral, principalmente do Tenor. Foi tudo muito especial e eles conseguiram “tocar” as pessoas e muita gente veio me falar que chorou. Foi um cortejo super clássico.

 

 

Padrinhos e madrinhas:

 

No total foram 21 casais! Foram MUITOS! Mas o lado do Flávio a grande maioria era casado, e as meninas viraram grandes amigas minhas e eu fiz questão que elas entrassem com os maridos. Então ficou gigante o cortejo, mas tudo bem!

Os padrinhos foram com terno de tom cinza escuro/chumbo. As madrinhas não escolhi uma cor porque queria deixar elas a vontade! Acho muito chato você escolher uma cor e “obrigar” as madrinhas usarem. Isso era muito comum alguns anos atrás e hoje está mudando. Eu queria as minhas madrinhas felizes, com a cor que elas escolhessem, que as favorecessem, com o modelos que elas quisessem! Deixei muito à vontade nessa situação porque queria todo mundo feliz e com as melhores energias. A única restrição era que tinha que ser longo, não podia ser preto e nem estampado! O resto podia tudo!

 

Damas e pajens:

 

Foram 3 daminhas e 1 pajem, todos eram da família ou filhos de amigos.

Eu mandei fazer as roupinhas na D. Tonetti porque eu queria um tom específico de azul claro para os vestidinhos. E todos entraram sem problemas. No meu altar tinha uma Espírito Santo gigante e aquilo ajudou eles a entrarem!

 

 

 

Local da festa:

 

A escolha foi feita por exclusão. Quando ficamos noivos tínhamos vários lugares que nos interessavam, mas como a cerimônia ia ser no mesmo lugar que a festa, tinha que ser um lugar grande e que comportasse os dois (cerimônia + festa). Ai já caiu pela metade as escolhas.

Queríamos um lugar onde não teria hora para acabar, onde a localização fosse boa para todos e o mais importante, que eu e o Flávio gostássemos. Escolhemos o Hotel Unique por ter todas as coisas que queríamos!

Já conhecíamos o lugar sim, já tínhamos indo em outros casamentos/festas lá. Nem nos meus melhores sonhos meu casamento foi tão incrível, tudo me surpreendeu muito! As expectativas foram superadas e muito!

 

Decoração:

 

Desde o começo eu queria um casamento clássico porque eu sou uma mulher clássica! O meu decorador, o Luciano Martins da 1-18 Project , teve a maior paciência comigo e com a minha mãe. Mudamos o projeto umas 5 vezes! Construímos juntos cada detalhe do casamento. Não mudaria nada da decoração, ficou muito mais lindo do que eu esperava! Porque é muito difícil imaginar como tudo vai ficar antes do casamento acontecer. Ai quando chega a hora e você vê tudo montado, é um choque!

 

 

Bolos e doces:

 

A escolha do bolo foi fácil. O decorador já falou que eu precisava de um bolo importante para a minha mesa de doces, e me recomendou fazer no The King Cake.

Quando cheguei na reunião com o Nelson do The King, ele e o Lu já tinham conversado sobre o que o meu bolo precisava. O Nelson desenhou para mim um modelo e me apaixonei de cara! Não mudei nada! Realmente a única coisa que tive que escolher foi o sabor do bolo.

Os doces eu já sabia da onde eu queria pedir. A Babi entrou em contato com as doceiras e pediu para enviarem para a minha casa a caixa de degustação. 

A mesa tinha muitoo chocolate, mas também tinha aqueles doces que precisam ter, de ovos, pistache, nozes, etc.

AMEI a minha mesa de doces, ficou incrível! O Luciano entendeu direitinho como que eu queria. Eu não queria simplesmente uma mesa, eu queria uma sala cheia de doces maravilhosos! E vários doces acabaram, mas sobraram alguns também! 

 

 

 

Buffet:

 

O buffet eu não tive que escolher porque tinha que ser o do próprio hotel, mas não me preocupei porque o chef é o Emmanuel Bassoleil que é maravilhoso!

Tivemos uma reunião com ele para falar o que queríamos e ele sugeriu um cardápio. Depois fizemos a degustação do que seria servido e amamos tudo.

Durante o coquetel tinha as entradas que eram passadas pelos garçons, sempre finger food. O jantar foi servido em 5 pontos diferentes da festa. A pessoa ia se servir e sentava em uma mesa para comer.

Eu e o Flávio comemos antes de entrar na festa. Ficamos o tempo inteiro na pista, não vimos nem o bar e nem o buffet!

De bebidas alcoólicas foram servidos champanhe, vinho, vodka, gin, whiskey e os drinks do bar. 

Contratamos o Help Bar  para fazer nosso casamento e foi ótimo. A bebida estava muito boa!

 

 

 

Música da festa:

 

O Henrique Secchi foi o nosso DJ. Ele foi indicação da Babi. Tenho que admitir que estava insegura quanto a isso. O DJ que eu queria não tinha mais a minha data, e a Babi recomendou muito o Henrique, falou que eu poderia confiar, que ele é o melhor DJ de casamento dos tempos de hoje! 

Fizemos a reunião com ele, gostamos e fechamos. Ele superou todas as expectativas possíveis! Tocou todas as músicas que pedimos, todos os gêneros (ele não tem esse negócio “não toco funk”)  e segurou a pista até 6:30 da manhã! Os convidados super elogiaram no dia seguinte.

Tivemos uma atração durante o coquetel e no começo da festa. Foi o Samy’s Band! Eu já tinha ouvido eles no casamento de uma amiga minha, e tinha achado maravilhoso. Quando perguntei sobre eles para a Babi, ela falou que eles eram os melhores do mercado. Essa banda foi o grande destaque do meu casamento! TODO MUNDO comentou, amou! A pista ficou lotada, com todas as idades, desde crianças até meus avós! Foi sensacional! Muita gente veio me contar que não conseguiu me cumprimentar porque a pista estava tão cheia que não conseguiam chegar até mim.

Não sei se teve uma música que marcou o casamento, mas uma que fez muito sucesso e que o pessoal cantou mesmo foi Evidências. Outra que fez o pessoal sair do chão e foram ao delírio foi Bella Ciao!

 

Registros:

 

Os fotógrafos também foi indicação da Babi! Não conhecia o Anna e Ricky, e quando fiz reunião com eles logo me apaixonei! Fechei na própria reunião e não quis ver mais nenhum!

O Ricky manda na festa e em todo mundo hahaha ele realmente faz as coisas acontecerem, tira todas as fotos que tem que tirar!

A Anna, ah a Anna é uma fofa!! Ela tirou as fotos mais emocionantes e espontâneas! Realmente os dois formam uma dupla que um complementa o outro, e a energia deles é contagiante!

Eles foram fundamentais para mim, porque na hora que era para eu estar me descabelando (tive um pequeno imprevisto no dia do casamento), eles não deixaram que eu percebesse e ficavam tirando mil fotos de mim, me distraindo! Me deixaram calma e segura o tempo todo e fizeram eu me sentir maravilhosa no dia mais especial da minha vida!

A filmagem foi feita pelo Vinicius Credidio. Quando fiquei noiva eu já sabia que queria ele, então só reservei a data e paguei! Ele foi ótimo e toda a equipe dele é espetacular! No dia seguinte do meu casamento ele fez uma surpresa para mim e para o Flávio! Ficamos emocionados!! 

 

 

Convidados:

 

Inicialmente a festa era para 300 pessoas. Acabamos convidando 700 pessoas e foram 570!! Lógico que já avisamos com antecedência todos os fornecedores que tinha dobrado o número de convidados, isso é muito importante. Sempre tem que avisar quantas pessoas realmente são para todos se prepararem e não faltar nada no casamento.

Fizemos RSVP e recomendo! A primeira dica que eu dou é fazer a lista de casamento antes de contratar qualquer fornecedor. Todos vão perguntar quantos convidados são, você pode aumentar depois mas é bom já saber a quantidade certa. Ah e não se sinta obrigada em convidar ninguém! Até porque as pessoas que são importantes para você estarão lá e são elas que você vai se lembrar depois e que vão ficar até o final e fazer a diferença.

Sempre vai ter alguém que é importante e não vai conseguir ir. Tive uma amiga de infância que mora em Nova York e não conseguiu vir por causa do trabalho. Ela fez muita falta mas eu entendi também.

E tiveram duas pessoas que me surpreenderam muito de terem vindo ao casamento. Foram dois amigos do meu pai que me conhecem desde muito pequena. Os dois moram fora do Brasil (um mora em NY e o outro mora na Nova Zelândia) e eles vieram especialmente para o casamento!

 

 

 

Lua-de-mel:

 

Fomos para o Japão e Polinésia Francesa. Foi incrível! O Japão é um país fora de série, recomendo todo mundo a ir para lá! E a Polinésia Francesa é maravilhosa! Foi tudo perfeito e até queremos voltar para esses destinos no futuro.

 

Dicas de lua-de mel + novo apartamento:

 

Tive ajuda da minha mãe para organizar o pós festa. Ela distribuiu os doces, levou os vestidos para lavar, organizou a casa toda! 

A lua de mel contratamos uma agência de viagem. A única dica que eu dou aqui é: tome cuidado com quem você for contratar para organizar a sua viagem! Tivemos vários problemas no decorrer da viagem, mas graças a Deus nada que conseguisse estragar esse momento tão maravilhoso!

E sobre o apartamento novo, o Flávio já tinha o apartamento dele todo mobiliado, então foi só eu me mudar para lá e mexer em algumas coisinhas! Essa parte foi tranquila para mim. Mas a minha dica aqui é para organizar bem tudo com antecedência para não ficar louca em cima da hora!

 

 

Presentes:

 

Ganhamos muitos presentes mas não se assuste se vários convidados que forem no seu casamento não te derem nada, isso é “normal”. Várias pessoas não dão mesmo e nunca vou entender o porque não darem presente, mas não fique chateada, não vale a pena! O que eu fiz foi uma planilha com todas as pessoas que me deram presentes, qual foi o presente e o valor. Ai quando for a vez dessas pessoas casarem, eu já sei qual o valor do presente dar e se eu vou dar!

E sim, agradecemos todos os presentes! Acho falta de educação não agradecer.

 

 

Ficha técnica:

 

♦︎ Local: Hotel Unique   

♦︎ Assessoria e cerimonial: Babi Leite Eventos

Celebrante: Reverendo Tadeu

♦︎ Música da cerimônia: Coral Del Chiaro

♦︎ Decoração: 1-18 Project    

♦︎ Flores: Andre Pedrotti Flores

♦︎ Iluminação: Muzik Produções   

♦︎ Fotografia: Anna Quast e Ricky Arruda    

♦︎ Filme: Vinicius Credidio Films   

♦︎ Buffet: Hotel Unique   

♦︎ Open Bar: Help Bar

♦︎ Bolo: The King Cake

♦︎ Doces: Mariza Doces   

♦︎ Doces: Pati Piva

♦︎ Doces: Nininha Sigrist Doces

♦︎ Doces: Petite Fleur Patisserie    

♦︎ Doces: Maria Beatriz Andrade   

♦︎ Bem-casados: Ivany Bem Casados    

♦︎ DJ: Henrique Secchi

Banda: Samy’s Band

♦︎ Vestido: Junior Santaella

 Véu: Junior Santaella

Grinalda: Junior Santaella

♦︎ Sapato: Durval Calçados Finos

♦︎ Buquê: Andre Pedrotti Flores

 Maquiagem: Rodolfo Almeida

 Cabelo: prefiro não dizer, não tive uma boa experiência

♦︎ Roupa do noivo: Ermenegildo Zegna   

Alianças: Cartier

Roupa das Damas e Pajens: D.Tonetti Bambini

Convite: Relevo Araújo

Hotel da noite de núpcias: Hotel Unique

Lua de mel: não recomendo a agencia que fui

Lista de presentes: Mickey Presentes, Tania Bulhões e Fast Shop

 

 

 

Cadastre-se para receber nossas matérias no seu email.

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

 

Leia mais:

Casamento Raquel e Igor no Rio de Janeiro

Cronograma de casamento: passo a passo em 7 etapas

Entrada dos noivos na festa

Deixar um comentário