Tainã e Hugo queriam uma cerimônia de frente para o mar. O local escolhido foi Trancoso na Bahia. Lugar perfeito para vários dias de festa! E assim foi, Welcome Drink no restaurante Favoritto, Beach Day na Pousada Estrela D’água, e finalmente o casamento no Itapororoca Villa.

Para a Tainã, os preparativos do casamento foram bem tranquilos. Ela contou com a ajuda do cerimonial da Patrícia Galvão, e com toda experiência da sua mãe Guta e a sua tia Cris que comandam nada menos do que o Guta Gula Guloseria. E é claro que o bolo e a mesa de doces foram um show à parte. A decoradora Katia Criscuolo criou uma mesa de doces que parecia um jardim, com muita folhagem, elementos rústicos e mais de 2.150 doces! Segundo a noiva, a decoração tinha um estilo rústico + romântico.

Com vestido feito sob medida na Vivaz, Tainã estava linda com um super decote nas costas; entrou na cerimônia acompanhada de sua avó emocionando os convidados. 

Quer ver mais detalhes deste casamento e conhecer mais sobre a história do casal? Confira nesta matéria.

 

Os Casamentos Reais publicados no CaseMe são escritos diretamente pelos noivos, em 1ª pessoa. Nossa proposta é uma troca livre e real de experiências, sejam boas ou ruins, que ajudem outros casais que ainda estão no caminho!

 

 

Noivos: Tainã Medeiros Versiani Ribeiro Matos e Hugo Leonardo Nogueira dos Santos

Local: Itapororoca Villa – Trancoso, BA

Data: 30 de novembro 2019

 

Créditos da foto do destaque: Sotter Fotografia

 

 

 

 

 

História do casal:

 

Nós dois somos anestesiologistas. Nos conhecemos na época da residência, eu morava em Belo Horizonte e ele morava em Salvador. Nos conhecemos em um congresso em Florianópolis, em 2015. O primeiro beijo foi em uma festa do congresso.

Namoramos por 4 anos, sendo que os 2 primeiros anos foi um namoro à distância. Quando terminamos a residência nos mudamos para Jequié- BA, que é a cidade natal dele. Já estávamos morando juntos há 2 anos quando nos casamos.

Gostamos muito de viajar, ir ao cinema, sair para jantar. Trabalhamos juntos alguns dias da semana também.

 

 

 

O pedido de casamento:

 

O pedido foi em novembro de 2017, em Belo Horizonte. Eu ainda morava lá na época.  Foi em um jantar romântico no restaurante Glouton. O Hugo foi passar o fim de semana em BH e o vôo foi cancelado. Ele conseguiu chegar no dia seguinte, e ficou o tempo todo com o anel no bolso, rs. Foi uma surpresa, eu não estava esperando o pedido.

Fizemos uma festa de noivado formal 5 meses depois, em março de 2018. Foi na casa da minha mãe, em Porto Seguro- BA. Foi uma festa íntima, apenas para os familiares.

 

 

Créditos: todas as fotos desta matéria são da Sotter Fotografia 

 

 

Os Preparativos:

 

Marcamos a data e iniciamos os preparativos com 1 ano e 4 meses de antecedência, em julho de 2018. Foi tudo muito tranquilo, contamos com a ajuda do cerimonial, a Patrícia Galvão, e a minha mãe e minha tia também foram essenciais na organização. Elas comandam o Guta Gula Guloseria e já estão há cerca de 10 anos no ramo de casamentos, fazendo bolo, doces e bem casados.

Eu escolhi Trancoso pois queria um local onde pudesse fazer vários dias de comemoração. Foram 3 dias de festa. No primeiro dia (28/11) fizemos um Welcome Drink no restaurante Favoritto Trancoso. No segundo (29/11) foi o Beach Day na Pousada Estrela D’água. E finalmente, o terceiro e último (30/11), foi o casamento no Itapororoca Villa.

A escolha dos profissionais também foi muito tranquila, pois Trancoso já conta com um time completo de fornecedores de alta qualidade, e eu já conhecia alguns por causa da minha mãe e tia que trabalham na área. Levei poucos fornecedores de fora da região.

 

Roteiro-completo-para-organizar-seu-casamento_-cronograma-comentado-em-7-etapas

 

 

No dia do casamento, antes da cerimônia: 

 

O Itapororoca Villa conta com 4 bangalôs que hospedam até 25 pessoas. Nós dois já estávamos hospedados lá há 3 dias, junto da nossa família.

No dia do casamento tomamos café da manhã juntos e logo depois o Hugo foi para o bangalô dos pais dele, onde fez todos os preparativos e tirou fotos.

Eu me arrumei no nosso quarto, onde fiquei com a minha mãe, avó, tia e irmã. Não nos falamos durante os preparativos. Quando estava quase na hora da cerimônia fui surpreendida com um presente. Ele mandou me entregar um anel, uma rosa e um bilhete. Foi muito emocionante.

Eu estava muito tranquila nos dias que antecederam o casamento, mas confesso que quando a cerimônia foi se aproximando o nervosismo tomou conta, rs.

 

 

 

O vestido de noiva:

 

Mandei fazer o meu vestido sob medida em Belo Horizonte, na Vivaz. Eu já tinha idéia do vestido, queria muito que fosse de gola alta, com decote nas costas. A estilista Isabella fez o desenho e eu me apaixonei. Nem cheguei a olhar em outro lugar. Ficou do jeitinho que eu queria.

 

 

 

Acessórios:

 

Eu aluguei os acessórios na Márcia Marquez, que foi indicação de uma amiga. A grinalda era de um tom cobre, de flores e pérolas, e o brinco na mesma proposta.

Os anéis foram todos presentes do noivo. O anel de noivado, da Vivara. E o outro que ganhei no dia do casamento, da Hstern.

 

 

 

Roupa do noivo:

 

Fomos juntos escolher a roupa dele. Ele não quis mandar fazer, compramos pronto na Brooksfield.

Queríamos um terno azul escuro, com colete e sem gravata. Ele comprou o primeiro que experimentou (com os homens é sempre mais fácil, rs). E ficou impecável, precisou de poucos ajustes.

 

 

 

Cerimônia:

 

Em primeiro lugar escolhemos a data, e a partir dela começamos a escolha do local e dos fornecedores. Como tínhamos tempo, pois começamos a organizar com uma certa antecedência, conseguimos escolher o local que mais gostamos. Eu queria um lugar em que pudesse fazer a cerimônia de frente para o mar e a festa fosse totalmente coberta e o chão de tablado (p/ ajudar as mulheres com o salto). O Itapororoca Villa tinha tudo isso, além de ser um lugar lindo. O tempo também ajudou muito, foi um dia lindo.

A celebrante foi a Carla Nunes, e as palavras dela foram o ponto alto da cerimônia. Ela faz a cerimônia voltada especialmente para cada casal, contando a história de cada um. Foi lindo e muito emocionante relembrar cada momento da nossa história no altar.

Não foi uma cerimônia clássica, eu entrei com a minha avó e alteramos a ordem do cortejo. O Hugo entrou apenas depois dos padrinhos, para que todos pudessem ver a entrada dele.

 

 

 

Música da cerimônia:

 

Contratamos uma orquestra e optamos por ter apenas o instrumental durante a cerimônia, sem voz. Escolhemos músicas com as quais nos identificamos e que tinham a ver com o momento.

Eu entrei com a música “Perfect”, Ed Sheeran.

 

 

Padrinhos e madrinhas:

 

Tivemos 12 casais de padrinhos no total. Os homens tiveram uma roupa definida (calça bege, camisa social branca, sapato e cinto marrons). As madrinhas eu deixei mais à vontade, não determinei uma cor específica. Pedi apenas que fossem de longo e que não usassem preto ou roxo (porque não gosto da cor, rs).

 

 

 

 

Damas e pajens:

 

Tivemos 3 daminhas, que são sobrinhas do Hugo. 2 gêmeas de 3 anos, que são filhas do irmão dele e a outra de apenas 1 aninho, que é filha da irmã. Todas entraram e deram um show, a menorzinha parou até para dançar no meio do caminho, rs. Não tivemos pajens, apenas meninas.

As roupinhas mandei fazer em uma costureira aqui na minha cidade. Ela é ótima, as meninas ficaram lindas. Todas usaram uma coroa de flores na cabeça e levaram um buquê. 

 

 

 

Local da festa:

 

A festa foi no mesmo local da cerimônia. Visitamos alguns lugares em Trancoso, e quando fomos ao Itapororoca não tivemos dúvidas de que seria ali. Foi tudo perfeito, superou as nossas expectativas.

 

 

 

Decoração:

 

Como o casamento foi na praia, a decoração tinha uma idéia mais rústica. Eu dei algumas referências do que eu gosto para a Katia Criscuolo e ela percebeu que eu sou uma noiva romântica (como ela mesma disse, rs). Ela executou o projeto com perfeição, baseado em um estilo rústico romântico. Superou muito as nossas expectativas, não faria nada diferente.

 

 

Bolos e doces:

 

O Guta Gula Guloseria, responsável pelo bolo, doces e bem casados, é comandado pela minha mãe e minha tia.

Escolhi um bolo com muitas flores de açúcar, que tinha tudo a ver com as flores da decoração, e que mostrasse bem o trabalho delas, que é maravilhoso. Foi um bolo branco, de 5 andares, com uma camada de flores entre cada andar e no topo, nos tons de rosa, verde e off white. Eu fiquei apaixonada, arrisco dizer que foi o bolo mais bonito que elas já fizeram, rs. 

Aproveitando a idéia das flores de açúcar, pedi para a minha tia fazer um buquê pra mim com as mesmas flores de açúcar do bolo. Ele ficou lindo!!

Com os doces não foi diferente. Eu queria uma mesa grande, e para que ela ficasse bem cheia foram preparados 2.150 doces. A Katia (decoradora), como já trabalha há alguns anos com o Guta Gula, caprichou nesse projeto. A mesa ficou parecendo um jardim, e eu amei!

Além dos doces da festa, eu pedi para o Guta Gula preparar alguns docinhos para a gente distribuir para os fornecedores no dia do casamento. Foram 800 docinhos arrumados em caixinhas de acetato, distribuímos para o pessoal que estava trabalhando no dia da festa, e eles adoraram!

 

 

 

Buffet:

 

Contratamos a Fernanda Possa Gastronomia como buffet do casamento. Foram tantos elogios que eu me arrependi de não ter comido mais durante a festa, rs. Ela fez 2 mesas com entradas, que estavam simplesmente divinas (além de lindas). Para o jantar tínhamos 3 opções, frutos do mar, carne e uma massa. E ela serve o jantar empratado, o que eu acho bem chique, rs.

Na véspera do casamento fui surpreendida com uma notícia que me deixou bem triste, devido ao acometimento das praias do nordeste pelo óleo não foi possível servir o prato de lagosta, que é pescada na região. Mas a Fernanda substituiu o prato à altura, preparou uma degustação de frutos do mar, que também fez o maior sucesso. Além das mesas de entrada e do jantar, tivemos o serviço volante com várias entradas e mini porções, e o lanchinho da madrugada, com mini hambúrguer e milk shake, servidos na pista de dança. O buffet foi um sucesso, impecável em todos os detalhes.

Em relação ao bar, eu queria algo diferente. Foi uma coisa que eu quis investir desde o começo. Contratamos o Help Bar, e também foi o maior sucesso. Eles são realmente muito bons. Além dos drinks do menu que eu escolhi, também fizemos um drink dos noivos com as nossas iniciais, ficou lindo!

 

 

 

 

Música da festa:

 

Eu já conhecia o DJ Daniel Kuko do casamento de um amigo, gostei muito dele, e não tive muita dificuldade nessa escolha. Além dele contratamos o DJ Zulu, que fez um show à parte. A apresentação dele é muito animada, cheia de efeitos especiais, fora a pessoa humilde e simpática que ele é.

A banda foi comandada pelo Walber Luiz. Foi um show com duração de 4 horas, com efeitos especiais, e um momento de percussão. Acho que esse foi o ponto mais alto do casamento, a percussão foi muito animada, e vimos todos os nossos amigos e família na pista de dança.

 

 

 

Registros:

 

Contratamos fotógrafo e filmagem separados. Para fotografia contratamos o Vinícius Sotter e Júnior, que fazem parte da Sotter Fotografia. Os meninos nos acompanharam nos 3 dias de comemoração (Welcome drinks, Beach day e casamento), e hoje posso dizer que se tornaram nossos amigos. O Hugo não gosta muito de fotos e o maior medo dele era perder muito tempo da festa com as fotos. Os meninos tiraram de letra, fotografaram tudo e não deixamos de aproveitar nem um segundo. Fora o clima de descontração, demos boas risadas juntos. E as fotos? Eu diria que são de tirar o fôlego.

Para a filmagem: Fabrício Rodrigues. Também é uma pessoa sensacional, registrou todos os momentos com maestria e o seu drone fez lindas imagens aéreas do casamento. Ele ficou conosco 2 dias, no Beach day e no casamento. O que mais me surpreendeu foi que no final do dia ele já nos mandava o vídeo de 1 minuto com os melhores momentos.

A # do instagram foi #hugoetaiemtrancoso.

 

 

 

Convidados:

 

A festa foi para 200 convidados. A Patrícia Galvão fez o RSVP ativo e eu achei essa parte muito importante, é mais fácil organizar quando você já tem uma idéia de quantas pessoas terão na festa, e nem todo mundo confirma a presença no site.

Ficamos realmente muito felizes com a presença de todos que foram, vimos o esforço de cada um para estar lá. Não é fácil se deslocar até Trancoso, ainda mais sendo uma data que não era feriado. 

Para as noivas de primeira viagem: convidem quem vocês realmente gostariam que fossem, não se prendam a obrigações nem formalidades.

 

 

 

 

Lua de Mel:

 

Viajamos logo depois do casamento, no dia seguinte. Fomos para Suíça, Áustria e República Tcheca, e foi maravilhoso!

Como lá era final do outono, chegamos a pegar temperaturas até abaixo de zero, mas eu e o Hugo gostamos de frio. Infelizmente, por causa das baixas temperaturas, deixamos de fazer alguns passeios na Suíça, que não funcionam nessa época do ano. Para quem não gosta de frio, sugiro ir na Primavera, vimos fotos maravilhosas da Suíça toda florida.

Como eu gosto muito de viajar, já me programo com bastante antecedência. Pesquiso todos os destinos, o que tem pra fazer, lugares para visitar, a língua, moeda, meio de transporte. Assim fica mais fácil organizar o roteiro e não perder nada.

 

 

Dicas:

 

Para as noivas de primeira viagem posso dar um conselho: dediquem um tempo para confeccionar o site do casamento. Dêem dicas, expliquem tudo com detalhes. Ajudou muito os meus convidados.

 

 

Presentes:

 

Fizemos 2 tipos de lista de presentes. A lista em loja, onde escolhi 2 lojas que eu gosto mais (Camicado e La Ville). E a lista do site, que fiz baseada no tema lua-de-mel. Essa última fez mais sucesso, acho que mais ou menos 80% dos nossos convidados deram presente dessa lista. Nesse caso os presentes são convertidos em dinheiro, que usamos ajudar nos gastos do casamento.

Eu agradeci cada presente. Só não consegui fazer isso no dia do casamento, e várias pessoas deixaram para a última hora, rs. Acho importante agradecer, pois cada presente vem com um recadinho muito especial, adorei ler cada um deles.

 

 

Ficha técnica:

 

Local: Itapororoca Villa

Assessoria e cerimonial: Patricia Galvão Eventos    

Fotografia: Sotter Fotografia

Filme: Fabrício Rodrigues

Celebrante: Carla Nunes

Música de Cerimônia: Perfect do Ed Sheeran

Decoração: Katia Criscuolo

Plantas: Katia Criscuolo

Mobiliário: Congregabahia Eventos   

Toldo: Proporsom Eventos

Iluminação: Proporsom Eventos

Buffet: Fernanda Possa Gastronomia     

Open Bar: Help Bar

Bolo: Guta Gula Guloseria   

Doces: Guta Gula Guloseria   

Bem Casados: Guta Gula Guloseria   

DJ: DJ Daniel Kuko Ribeiro

DJ: DJ Zulu

♦︎ Show: Walber Luiz      

Vestido: Vivaz Brasil     

Beleza: Andrea Alencar

Véu: Vivaz Brasil     

Grinalda: Márcia Marquez

 Acessórios: Márcia Marquez

Sapato: Ana Miranda   

Buquê: Flores de açúcar por Guta Gula Guloseria

Alianças: HStern

Traje do Noivo: Brooksfield   

Lapelas dos padrinhos: Katia Criscuolo

Roupa das Damas e Pajens: Telma Atelier

ID Visual e Convite: Susana Fujita Convites     

 Gerador: Proporsom Eventos

Manobra e Segurança: Pro Service Trancoso

Hotel da noite de núpcias: Itapororoca Villa

Lua de mel: Áustria, Suíça e República Tcheca

Lista de presentes: Camicado e La Ville

 

 

 

Cadastre-se para receber nossas matérias no seu email.

NEWSLETTER-POST-3-3-750x125

 

 

Leia mais:

Dicas e flores para a lapela do noivo

Cronograma de casamento: passo a passo em 7 etapas

Pré Wedding: Dicas e Inspirações

Deixar um comentário