Ninguém pode negar que a entrada das daminhas e pajens é o momento fofura da cerimônia, e parece que quanto mais descontraída é entrada das crianças, mais engraçadinho fica!

Ter daminhas e pajens no cortejo do seu casamento é uma escolha, mas se vocês tem alguma criança que seja próxima, que faça parte da história de vocês, é uma pena não convida-las para ser dama e/ou pajem. Os pais amam ver os filhos entrando na cerimônia com aquelas roupinhas lindas e as crianças se sentem parte daquele momento e são elas que vão demonstrar a longevidade do casamento, porque o crescimento delas trás a dimensão do tempo. Quando sua daminha casar, seu casamento está travessando gerações.

E a cerimônia ganha um momento de descontração maravilhoso quando as crianças entram e preparam o ambiente para a entrada da noiva. 

Preparamos uma matéria bem completa sobre tudo que você precisa saber sobre as daminhas no seu casamento. Assuntos que você verá aqui: 

 

Quem chamar para ser daminha ou pajem?

Quantos anos eles devem ter?

Quantas daminhas e pajens eu posso ter?

A entrada das daminhas e pajens e opções de músicas

Vestido das daminhas, qual escolher?

Com quanto tempo de antecedência devo escolher o vestido das daminhas?

Devo alugar ou comprar o vestido das daminhas?

Quem paga pelo vestido da daminha?

Qual o valor de um vestido de daminha?

Acessórios das daminhas

Dicas gerais

 

Quem chamar para ser daminha ou pajem?

 

Geralmente, as daminhas e os pajens são crianças que têm alguma relação próxima com o casal; muitas vezes são sobrinhos, afilhados, irmãos ou filho de amigos. É legal ter uma história com a criança ou com os pais da criança, pois eles farão parte do dia do seu casamento e poder acompanhar seu crescimento (mesmo que distante) vai trazer bastante significado para aquelas crianças que estarão nas fotos oficiais da cerimônia.

 

 

 

Quantos anos eles devem ter?

 

Não tem regra para a idade das damas e pajens, mas geralmente são crianças que já andam sozinhas a partir de 1 ano de idade até crianças de 10-12 anos. Mas já vimos por aqui bebês de colo que foram levados em carinhos fofíssimos! Confira aqui.

E também já vimos casamentos onde as amigas da noiva foram as damas de honra. Então realmente não tem regra quanto a idade das daminhas e pajens.

 

 

Quantas daminhas e pajens eu posso ter?

 

O número de daminhas e pajens depende de vocês! É importante levar em consideração o tamanho da igreja ou do local da cerimônia. Imagina uma igrejinha pequena com 10 daminhas e pajens no altar?

Mas é claro que se você tem 10, 15 crianças queridas e quer ter todos no altar com vocês, converse com a sua cerimonialista, ela encontrará uma boa alternativa.

Uma foto clássica de um casamento com várias daminhas e de diferentes idades, é a do casamento da top model Kate Moss. Parece uma foto tirada de um editorial!

 

A entrada das daminhas e pajens e opções de músicas

 

A entrada das damas e pajens é uma introdução para a entrada da noiva, representa boa sorte e fertilidade para abrir o caminho do casal. 

Normalmente o cortejo é composto por 7 músicas, a terceira música é das damas e pajens. Essa música deve ser leve e alegre, para acalmar a intensidade da entrada do noivo, suavizar o clima e dar espaço para a música da noiva crescer. 

 

Algumas dicas de músicas clássicas para a entrada das damas e pajens, segundo a Ornamentus.

 

⇒ Veja também: Música do casamento: cerimônia na Igreja

 

? Minueto – J.S. Bach

 

 

? Minueto de Bocherini

 

 

? Marcha do Quebra-Nozes – Tchaikovsky

 

 

Fica a dica: Reserve assentos no primeiro banco da cerimônia para os pais das daminhas e pajens, caso eles não sejam padrinhos. É importante que a criança veja os pais ou algum rosto familiar lá no altar, assim ela ganhará confiança para ir até o final. E durante a cerimônia ela ficará no colo dos pais ou sentadinha nos degraus do altar, quando tiver.

 

Vestido das daminhas, qual escolher?

 

Para ajudar neste neste assunto chamamos a Sylvinha Freire, que há mais de 30 anos tem um atelier de alta-costura especializado em vestido de daminhas e noivas no Rio de Janeiro.

Segundo Sylvinha Freire, para escolher o vestido das daminhas você precisa levar em consideração o local, época do ano e horário do casamento, e a suntuosidade do vestido de noiva

 

” Por exemplo, se o casamento for em uma igreja grande e o vestido da noiva for todo de renda super clássico, não dá para escolher um vestido de fustão para as daminhas. Este tipo de tecido fica lindo em um casamento no campo ou na praia.

 

Na hora de escolher o tecido leve em consideração a época e local do casamento, para o inverno prefira tecidos mais encorpados como tafetá ou veludo, e para o verão, ou em casamentos na praia, prefira tecidos mais leves como algodão, cambraia de linho ou fustão. Cetim, shantung de seda e organza de seda também são muito procurados. Independente da escolha do tecido é muito importante que ele seja confortável e não pinique as crianças.”

 

 

É importante lembrar que as daminhas não são mini noivas. O vestido das daminhas precisam estar em harmonia com o vestido da noiva, e não ser uma mini versão do vestido da noiva.

⇒ Confira a coleção do Oscar de La Renta para daminhas, aqui.

 

Os vestidos de damas mais pedidos ainda são os brancos e off whites, mas tem muitas estampas e cores que estão sendo usadas principalmente em cerimônias no campo e na praia.

 

 

 

Banner-Crie-Seu-Site-Grátis-CaseMe-Site

 

 

Com quanto tempo de antecedência devo escolher o vestido das daminhas?

 

Para a Sylvinha Freire, o ideal são 6 a 7 meses antes. Se você optar por mandar fazer sob medida você tem tempo suficiente para escolher o tecido, modelo e cor.

 

“Tem finais de semana que eu tenho 5, 6 casamentos. Então com esse tempo de antecedência a noiva que tem várias daminhas pode ficar tranquila. Podemos fazer todas as provas e ajustes com calma.”

 

E para as daminhas que moram longe ou que não conseguem ir no atelier, a Sylvinha envia um bonequinho ensinando como tirar as medidas das crianças e preencher o formulário.

 

“Eu diria que o ideal são três provas. A primeira para tirar medidas, a segunda vez para provar e a terceira para apenas para ajustar algum detalhe ou caso a criança tenha engordado ou emagrecido consideravelmente. Mas como a vida da mãe ou da própria criança é muito corrida, ou a daminha mora em outro lugar, o bonequinho tem ajudado bastante e em uma ou duas vezes aqui no atelier resolvemos tudo!”

 

Confira as inspirações de daminhas e pajens que separamos para você.

 

Devo alugar ou comprar o vestido das daminhas?

 

A diferença de alugar ou comprar parece óbvia mas tem alguma situações que precisam ser levadas em consideração. Vamos lá.

 

Alugar o vestido da daminha:

 

No atelier da Sylvinha Freire tem duas opções de aluguel: o aluguel comum e o primeiro aluguel.

No aluguel comum a noiva pode escolher dentre todos os vestidos disponíveis no atelier, nos tamanhos 2, 4, 6, 8, 10 e 12 anos. Esses vestidos foram usados no máximo duas ou três vezes. Estão sempre impecáveis, engomados, com anáguas trocadas e as faixas também. São mais de 20 opções de cores de faixa e de tecidos para faixa; é possível escolher laço na frente ou laço atrás, e também fazer pequenas adaptações. Mas lembre-se esta opção não permite que você mude completamente o modelo do vestido, e ajustes como bainha e preguinhas podem vir a acontecer quando o tamanho do vestido não está exatamente igual às medidas da criança.

 

No primeiro aluguel o vestido é feito sob medida para a criança, com o tecido, cor e modelo escolhido pela noiva. A diferença é que, por razões lógicas, o primeiro aluguel é mais caro do que o aluguel comum.

Obviamente quando a opção é vestido alugado, depois de usado pela daminha o vestido deverá ser devolvido ao atelier em condições normais aceitáveis. É importante avisar as daminhas e a seus responsáveis, que possíveis multas podem ocorrer caso o vestido seja devolvido em péssimo estado.

 

Comprar o vestido da daminha:

 

Comprar ou mandar fazer sob medida? Comprar pronto é mais complicado principalmente quando se tem muitas daminhas e de idades diferentes. A chance de conseguir o mesmo modelo em tamanhos diferentes são   pequenas e a probabilidade de precisar de ajustes são enormes.

Se a escolha for comprar um vestido sob medida a vantagem é ter um vestido de daminha exclusivo e que a criança terá para sempre. Mas provavelmente esta será a opção mais cara e definir quem irá pagar por isso é fundamental.

 

 

Quem paga pelo vestido da daminha?

 

Independe se o vestido de daminha será alugado ou comprado, a noiva precisa definir e informar quem irá pagar pelo vestido da daminha.

Não existe nenhuma regra de quem deve pagar pelo vestido das daminhas, mas se você puder pagar, pague! Principalmente se você não tem intimidade com os responsáveis das daminhas ou se escolheu um vestido caro. Se coloque no lugar da outra pessoa, será que ela está disposta a pagar este valor?

E o mais importante, converse com o responsável da criança e alinhe expectativas. Explique o modelo e a cor que você escolheu, que será alugado ou não, se será primeiro aluguel ou comum e quem irá pagar. Segundo a Sylvinha Freire vira e mexe acontece uma saia justa.

 

“A noiva fica com vergonha de dizer que é aluguel comum e a mãe da daminha exige que o vestido fique exatamente do tamanho da criança; e para isso eu teria que desmontar todo o vestido, o que só acontece no primeiro aluguel. E a mãe fica doida porque está pagando por algo que não vai ficar como ela queria.

Uma outra situação foi uma avó que estava pagando os vestidos da netas que seriam damas, e queria que eu mudasse o decote. Aí eu expliquei que foi a noiva que tinha escolhido o decote e tal. E a senhora retrucou dizendo que quem estava pagando pelos vestidos era ela e que o decote deveria ser diminuído.

São situações que podem ser solucionadas com uma boa comunicação.

 

 

Preço de um vestido da daminha?

 

O preço dos vestidos de daminhas dependem muito do tecido, modelo, complexidade do vestido, se tem sobre-saia; se será alugado ou feito sob medida.
No atelier da Sylvinha Freire os vestido de dama começam a partir de 600 reais e podem chegar até 5.000 reais; mas normalmente os vestidos de dama saem em média entre 750 a 1200 reais.

 

 

 

 

Acessórios das daminhas?

 

As daminhas normalmente entram segurando ou um mini buquê de flores ou uma cestinha com pétalas de flores, mas já passaram por aqui casamentos onde as daminhas entravam com bonecas de pano, buquê de balas ou plaquinha com dizeres. 

 

Já para o cabelo vemos a maioria das daminhas com tiara ou arco de flores, geralmente com flores pequenas e brancas. Uma outra opção para o cabelo das crianças são penteados como meio rabo ou um trança, com o laçinho combinando com o vestido.

Os sapatos podem ser sapatilhas ou sapato boneca, aquele arredondado na frente com uma presilha. Geralmente são brancos mas os coloridos estão aparecendo cada vez mais, assim com as sandálias para casamentos na praia. E principalmente que seja um sapato extremamente confortável para a criança!

 

Dicas:

 

Fique sempre atenta ao conforto e segurança das crianças.

 

1- Como mencionado anteriormente, procure deixar o responsável pela criança no primeiro banco da cerimônia.

 

2- Preste atenção ao comprimento do vestido das daminhas. O ideal é que o vestido não cubra os pés mas fique no limite do osso do tornozelo. Se o casamento for ao ar livre, o comprimento pode ser menor. Além de ficar lindo ajuda a evitar acidentes e melhorar a mobilidade das crianças.

 

3- Se o casamento for no inverno lembre-se de adicionar um casaquinho de tricô ou um bolerinho para as crianças não sentirem frio.

 

4- Toda criança adora doces e brinquedos. Se vocês quiserem mante-las entretidas durante a cerimônia tenham algumas guloseimas ou brinquedinhos para serem entregues no altar. 

 

Se mesmo depois de ler as dicas que demos aqui ainda restou alguma dúvida, deixe sua observação aqui no comentário. Vamos adorar te responder!

 

Assista a nossa live a Resenha da Pauta sobre esta matéria com a Sylvinha Freire

VOCê-trabalha-com-casamentos-o-B2B-É-para-você-3

 

Leia também:

 

Roteiro do casamento: pós-festa

Vestido de noiva: tudo o que você precisa saber para escolher o seu

5 passos: documentação para casamento civil

Deixar um comentário