Identidade Visual casamento

A identidade visual no casamento não é somente um belo convite, kit toalete e brindes com o monograma do casal. A ID visual é a construção de elementos gráficos e visuais, que se explorados em conjunto pelos fornecedores do seu casamento, podem trazer o UAU tão esperado pelos convidados. 

Cores, texturas, tipografia, estampas são alguns dos elementos utilizados para imprimir o estilo dos noivos. Eles podem estar presentes fisicamente, como na papelaria, pista de dança e objetos decorativos, ou na comunicação digital como no site do noivos e save the date. 

Atenção: criar um monograma e distribuir em toda papelaria do casamento não é criar personalidade para o seu casamento.

Nesta matéria você verá como criar e aplicar uma identidade visual no seu casamentoTudo o que você precisa saber sobre o tema!  Vamos lá?

Para nos ajudar nesta matéria conversamos com a Claudia Haddad da Papel a La Carte, empresa de Design de papelaria e Programação Visual.

 

1- Por onde começar a escolha da identidade visual do casamento?

 

Como quase tudo no casamento, a identidade visual também começa pela definição do estilo do seu casamento.

Vocês querem uma festa com uma pegada mais moderna ou mais boho? Seus convidados são na maioria jovens? Vai ser pé na areia ou em um espaço fechado? Quantos convidados serão? Essas são algumas perguntas que podem ajudar a definir o conceito e estilo do casamento.

 

Essa matéria pode te ajudar: Vou casar, e agora? Responda 3 perguntas fundamentais antes de começar! 

 

Tendo o estilo do casamento definido, converse com o seu decorador e designer de papelaria. Esses dois fornecedores serão os responsáveis por imprimir a identidade do casal no casamentoVamos falar mais pra frente da importância da boa comunicação entre esses fornecedores.

É importante ter em mente que a identidade visual começa no convite de casamento. Com o convite em mãos, os convidados criam diversas expectativas sobre o casamento. É no convite que vocês darão o tom de formalidade do casamento.

Como disse a Claudia da Papel a La Carte “O convite é o item mais formal da papelaria – afinal um convite para um casamento é coisa séria (mesmo que colorido e divertido)”

 

 

2- Com quanto tempo de antecedência devo definir a ID visual do casamento?

 

Pelo menos com 6 meses de antecedência, disse a Claudia.

Levando em consideração que 2 meses antes do casamento os convites devem prontos para serem entregues, e ainda tem a parte de criação e fabricação, quanto antes você definir sua ID visual melhor.

Confira o Cronograma de casamento: passo a passo em 7 etapas e organize-se!

 

3- Como escolher um bom fornecedor para fazer a Identidade visual do casamento?

 

Comece buscando referências de fornecedores de ID visual. Marque uma reunião inicial e veja se acontece uma boa troca com este fornecedor, se ele está interessado em desenvolver algo especial para vocês. E para isso ter um bom briefing é fundamental.

O briefing nada mais é do que o conjunto de informações dadas pelos noivos que serão utilizadas para a criação do projeto de identidade visual do casamento. Então faça uma lista de idéias das inspirações que vocês gostaram nos sites e na vida real. Coloque todas essas imagens e textos em alguma pastinha para apresentar na hora de definir a ID do casamento.

 

A Claudia da Papel a La Carte disse que analisar o histórico da empresa, também é muito importante. 

“Fazer a identidade visual de um casamento implica também no serviço de orientar, tirar dúvidas e ir até o final da produção. Muitas vezes o designer que não tem intimidade com papelaria elabora projetos sem tanta preocupação com os custos de produção.”

 

Faz pouco tempo que as empresas que faziam os convites de casamentos eram somente as gráficas. Quem desenvolvia o layout era a mesma empresa que iria imprimir o convite. Essa realidade mudou muito e por mais que ainda existam excelentes gráficas que também fazem esse atendimento direto para os noivos, hoje eles tem mais clientes designers que imprimem seus trabalhos lá, do que eles imprimem dos seus clientes diretos. E essa mudança é fruto da explosão de design que vimos nos últimos anos. Faz sentido buscar uma designer para desenvolver a ID do seu casamento e depois enviar a papelaria para uma boa gráfica imprimir. Assim a gráfica pode focar na sua atividade de impressão, que já é bastante responsabilidade.
 
Como disse a Cláudia, muitas vezes o designer que não entende de impressão pode criar projetos que serão mais caros ou com execução complicada porque estas áreas estão separadas. Esse é o ponto fraco desta nova geração de convites.
 
 

 

4- O que os noivos devem levar para a primeira reunião?

 

Como dito na resposta anterior, nesta primeira reunião o importante é que o(a) designer tenha um bom briefing, e para isso é fundamental que os noivos tragam referências.

Quanto mais informações vocês passarem para o(a) designer melhor ele(a) conhecerá o estilo do casal. Portanto não economizem. Conversem com ele(a) sobre o que vocês gostam, o que vocês não gostam, levem inspirações, exemplos e cores.

 

Veja aqui 10 perguntas para o designer de convites

 

Depois dessa primeira reunião geralmente é criado um mood board com as referências do casal, com a paleta de cores, fontes que serão utilizadas, estampas, texturas e monograma (quando houver).

 

Alguns exemplos de mood boards tirados do site Hampton Event Hire.

 

5- Identidade visual no casamento, quais os estilos e elementos mais pedidos?

 

Segundo a Claudia da Papel a La Carte, os três queridos dos noivos são:

 1- Clássico com um toque moderno 

2- Estampa aquarelada

3- Aquarela do local

 

Confira a matéria 5 dicas para o seu Save The Date.

 

Banner-Crie-Seu-Site-Grátis-CaseMe-Site

 

6- Como imprimir a identidade visual no casamento?

 

A identidade visual do casamento pode ser expressa nos elementos de papelaria, brindes e na decoração. E como dito antes, não é apenas colocar o monograma do casal em tudo! Aqui vão alguns exemplos de objetos, que se bem trabalhados, podem trazer a impressão digital do casal.

 

Papelaria

 

Nos elementos de papelaria as fontes, cores, aquarelas, desenhos e grafismos do casamento podem ser utilizados de maneira sutil e harmônica nos seguintes objetos:

  • – Convites 
  • – Save the date
  • – Tags
  • – Menus
  • – Lágrimas de alegrias
  • – Chuva de arroz
  • Kit toalete
  • – Cartões de agradecimento
  • – Embalagens para docinhos

 

 

Brindes

 

Os brindes personalizados são os queridinhos dos convidados. Quem não tem um par de Havainas com um monograma ou estampa ou aquarela de algum casamento que foi? Algumas opções de brindes personalizados com a identidade visual do casamento são:

  • Sandálias e chinelos
  • – Leques
  • – Caixinha de doces
  • – Garrafinha de água
  • – Robe da noiva e madrinhas
  • – Presente para padrinhos e madrinhas
  • – Kit infantil para daminhas e pajens
  • – Difusor
  • – Velas
  • – Louças
  • – Amendoas

E se for um Destination Wedding, o céu é o limite!

  • – Livretos com informações da região
  • – Cangas e toalhas
  • – Necessaire
  • – Bolsas estilo ecobag
  • – Óculos
  • – Kit praia
  • – Kit avião 

 

Decoração

 

Na decoração, a identidade visual no casamento pode ser impressa através de elementos gráficos, texturas, estampas, cores… que podem ser aplicadas em:

  • – Pista de dança
  • – Almofadas
  • – Porta guardanapos 
  • – Fechamentos e toldos
  • – Tecidos 
  • – Toalhas de mesa
  • – Flores e plantas

Confira também a matéria sobre Objetos decorativos nos vários estilos de casamento, inspire-se!

 

7 – Como a comunicação entre decorador e designer pode ajudar a criar uma identidade visual incrível?

 

Uma boa comunicação entre decorador e designer é muito importante para a criação de um cenário perfeito!

Por exemplo, imagina se a papelaria do casamento tem elementos e aquarelas de folhagens e folhas como Costela de Adão; e a decoração não tem nenhuma Costela de Adão? Você como convidado pode até nem perceber isso, mas quando o inverso acontece a sensação de uau aparece.

Se o(a) designer de papelaria e o(a) decorador(a) trocam informações, dão ideias de como serão feito os seus trabalhos e como um pode complementar o outro, provavelmente o resultado final será o melhor possível.

Como disse a Claudia da Papel a La Carte” a troca de informações é positiva”. 

Veja aqui alguns exemplos de como a identidade visual no casamento onde diversos elementos foram explorados:

 

⇒ Casamento Eliza e André no Hotel IL Campanario

 

⇒ Casamento por Patricia Vaks | Parceiros da decor: Lindomar Rodrigues | Ilustração: Dominique Jardy Rio | Papelaria: Papel a La Carte

 

 

⇒ Casamento por Andrea Kapps Decoração | Papelaria: Dona Amélia | Fotografia: Giovani Garcia

 

 

⇒ Casamento por Carla Vidal Decoração | Cerimonial Roberto Cohen

 

Assista a Resenha da Pauta sobre esta matéria com a Claudia Haddad

 

Em nossas matérias gostamos sempre de dar uma ideia de valor a ser gasto com o tema sugerido, mas como a identidade visual no casamento é um assunto super abrangente e muitas variáveis interferem no valor total, preferimos que você analise as variáveis abaixo e pergunte diretamente para o seu fornecedor.

Algumas variáveis importantes:

  • Número de convidados
  • Número de padrinhos e madrinhas
  • Diferentes estilos de brindes 
  • Material escolhido
  • Tamanho, gramatura e tipo de papel do convite e papelaria
  • Tipo de processo gráfico
  • Acabamentos
     

E aí, depois de passar pelas 7 perguntas que respondemos para você, ainda restam dúvidas? Se sim, mande aqui nos comentários. Vamos adorar ter seu feedback.

 

VOCê-trabalha-com-casamentos-o-B2B-É-para-você-3

 

Leia mais:

Tudo sobre convite de casamento

Roteiro do casamento: dia da noiva

Flores para casamento: tudo o que você precisa saber

Deixar um comentário