O casamento na igreja por muitos anos foi a primeira imagem que fazíamos de um casamento. Muita coisa mudou e os casamentos na praia, campos e fazendas dividem este espaço no imaginário de todos nós.

Hoje quem escolhe casar na igreja provavelmente tem uma ligação forte com a religião católica, e não está ali apenas cumprindo um protocolo. Portanto os casamentos na igreja ganham mais emoção e significado.

Se este é o seu sonho não deixe realiza-lo.

 

Reunimos as informações mais importantes para te ajudar a realizar seu casamento na Igreja Católica, confira.

 

 

1- Marcando a data e hora do seu casamento na igreja

 

A maioria das igrejas, principalmente as mais tradicionais para casamentos, precisam ser reservadas com antecedência porque são muito concorridas. Algumas igrejas tem dois horários disponíveis, mas é muito comum um casal reservar os dois horários. 

 

Se vocês vão dividir o dia com outro casal, é importante alinhar os detalhes da decoração como luz, passadeira e flores. Geralmente não existe tempo hábil para trocar a decoração da igreja, então vocês deverão combinar como será a divisão dos custos e os itens comuns da decoração.

Vamos falar sobre decoração da igreja já já!

 

Sobre o horário marcado para a cerimônia é importante checar se existe um limite de atraso, algumas igrejas e celebrantes são rigorosos em assumir o horário limite, sem abrir excessões. São muitos casos de casamentos onde o ritual é acelerado para compensar o atraso. 

 

Dica para não atrasar: converse com seu maquiador e fotógrafo sobre o tempo necessário para o making of, considerando as interrupções naturais de amigas, flores e outras situações que acontecem durante o dia da noiva.

 

Vale lembrar que a maioria das igrejas exigem que o agendamento seja presencial.

 

Confira as Igrejas para casar no Rio de Janeiro.

 

2- O que é Casamento religioso com efeito civil?

 

O casamento na igreja pode ser apenas religioso, para quem já casou no civil, ou pode ser um casamento religioso com efeito civil. 

 

Se você já se casou no civil e quer realizar o casamento religioso, não se preocupe, não há prazos para o casamento religioso após o casamento civil.

 

Já no casamento religioso com efeito de civil é preciso estar atento aos prazos e documentos exigidos. Fizemos uma matéria com o passo a passo completo e a documentação necessária para o casamento religioso com efeito civil.

 

É importante levar em consideração o período dos proclamas, cursos de noivos e a habilitação de casamento. Portanto seguir o roteiro irá te ajudar a não se perder com as datas.

 

Veja também os 5 passos: documentação para casamento civil

 

Vale frisar que para casar na Igreja Católica basta um dos noivos ser católico e batizado. Porém se um dos noivos é de outra religião será necessário pedir uma autorização especial para “casamentos mistos” ou de “disparidade de culto”. Converse com o Padre ou diretamente na Igreja.

 

 

3- A celebração

 

O celebrante do casamento na Igreja Católica geralmente é o sacerdote da paróquia, diácono ou algum outro padre indicado por ele. Mas se os noivos já escolheram o Padre e ele não é da paróquia, não tem problema. É só entregar uma carta assinada pelo Padre escolhido, com seu nome, telefone, data da cerimônia, horário e nome dos noivos, atestando com isso o seu compromisso. Esta carta deve ser entregue à igreja até 30 dias antes da cerimônia.

 

A celebração do casamento católico pode haver ou não missa. No casamento com missa noivos e convidados recebem o corpo e o sangue de Cristo, e para isso é necessário que os noivos tenham feito a primeira comunhão, assim como os convidados que irão receber a comunhão.

 

A cerimônia religiosa na igreja dura em média 45 minutos, geralmente há uma ou duas leituras, o salmo e as preces. As leituras podem ser escolhidas dentre algumas passagens da bíblia (veja aqui algumas opções), e podem ser lidas por convidados. Muitos noivos escolhem algum padrinho ou familiar para fazer as leituras. 

 

♦︎ Algumas inspirações de momentos de casamentos religiosos na igreja:

 

 

4- Escolhendo as músicas da igreja

 

As Igrejas Católicas não permitem músicas modernas, salvo raríssimas exceções, pois existe uma orientação da Cúria, que proíbe música popular. Dessa forma, o repertório fica restrito aos temas sacros e clássicos. O que está longe de ser um problema!

 

Conversamos com o músico Fernando Vilela, da Ornamentus, que deu várias dicas e informações sobre como escolher as músicas para cerimônia na Igreja e ele compartilhou um repertório em vídeo das músicas mais pedidas pelos noivos.

 

O cortejo é composto normalmente por 7 músicas. 

 

 

5- Traje dos noivos e convidados

 

Uma igreja tradicional ou uma imponente catedral pede um vestido clássico, com cauda longa, véu e grinalda!

O vestido da noiva deve combinar com o tamanho e suntuosidade da igreja, assim como quando as portas de uma grande catedral se abrem, espera-se ver uma noiva vestida com toda a pompa e circunstância; em uma igrejinha pé na areia, imagina-se uma noiva com um look mais natural.

O mesmo serve para os noivos. Se a noiva estiver usando um vestido super clássico com cauda longa e véu, o noivo deve acompanhar com um belo terno, fraque ou black tie. Confira a matéria sobre a roupa do noivo, para não errar!

 

Se o seu vestido de noiva é muito decotado, e a sua igreja muito formal, pense com sua estilista em opções removíveis como bolerinhos, mangas ou capas. 

 

Veja também Tudo sobre o vestido de noiva

 

♦︎ Algumas inspirações de vestido de noiva e roupa do noivo em casamentos religiosos na igreja:

 

 

6- Decoração da Igreja

 

Você sabia que ao contratar o decorador, nem sempre, a decoração da igreja está incluída no projeto?

Isso não é um problema, o projeto de decoração da igreja é tão simples que vocês ou o cerimonial poderão contratar os itens necessários, sem o auxílio de um decorador. 

A decoração da igreja geralmente inclui: tapete, iluminação, toldo e o mais importante: as flores

 

Pergunte na igreja onde você vai casar o que é permitido na decoração, como por exemplo velas, flores na nave e altar ou colocar toldo do lado de fora. Cada igreja tem suas restrições, procure saber quais são antes de começar o projeto de decoração.

 

Muitas igrejas disponibilizam o tapete, a toalha do altar e a sonorização da Igreja. Certifique-se que eles estão em bom estado para não ter surpresas no dia do casamento.

 

Leia a matéria que fizemos sobre a decoração da igreja.

 

♦︎ Algumas inspirações de passadeiras/ tapetes para casamentos religiosos na igreja:

 

♦︎ Algumas inspirações de decorações de casamentos religiosos na igreja:

 

7- Restrições

 

Fiquem atentos às regras da igreja onde vocês irão casar. Muitas não permitem a entrada de animais de estimação, limitam o número de padrinhos e muitas pedem discrição na decoração e atuação de fotógrafos e cerimonialistasInclusive existem algumas igrejas que não permitem a entrada dos padrinhos em cortejo, fazendo com que os padrinhos aguardem o início da cerimônia já sentados nos primeiros bancos.

Outra questão importante é que algumas paróquias não aceitam que se jogue na saída dos noivos, pétalas de rosas, bolhas de sabão ou arroz, porque o chão das igrejas são muito lisos e as pessoas podem escorregar. Eles restringem o arroz e o sabão também por questões de limpeza da paróquia. 

 

As restrições para a realização do casamento na Igreja Católica variam de paróquia para paróquia. O melhor é você se informar na secretaria da igreja que pretende se casar, para que tudo saia conforme sonhado. 

 

 

Leia mais:

Cronograma de casamento: passo a passo em 7 etapas

Casamento Patrícia e Thiago no Copacabana Palace

Casamento em São Miguel dos Milagres – Aline e Maurício

Deixar um comentário